Publicidade

Posts com a Tag Antonio de Souza Ramalho

sexta-feira, 2 de agosto de 2013 Eleições | 08:00

Núcleo sindical tucano pede reforço de caixa para colocar campanha na rua

Compartilhe: Twitter

Em reunião realizada na tarde desta quinta-feira, em Brasília, sindicalistas ligados ao PSDB começaram a definir a estratégia de atuação do braço sindical da legenda para as eleições do próximo ano. Entre alguns pontos discutidos nesta tarde, os tucanos pretendem usar o Núcleo Sindical do partido para quebrar a imagem de que o PSDB é um partido elitista.

Leia também: PSDB monta equipe para pré-campanha de Aécio na área sindical

Para isso, os sindicalistas cobraram mais apoio do PSDB ao núcleo para financiar as atividades de articulação pelo país.

O atual presidente do Núcleo Sindical do PSDB, Antônio de Souza Ramalho, já admite também passar o comando para o atual secretário-adjunto do Trabalho de Belo Horizonte, Rogério Fernandes.

O nome de Fernandes já estava colocado para assumir a dianteira e promover a candidatura de Aécio Neves nos sindicatos, mas o caminho dele deve mesmo ser o comando do Núcleo.

Autor: Tags: , , , ,

quinta-feira, 1 de agosto de 2013 Economia | 19:27

Sindicato da Construção Civil de SP vai se desligar da Força Sindical

Compartilhe: Twitter

Dirigentes do Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias da Construção Civil de São Paulo (Sintracon) decidiram, por unanimidade, deixar a Força Sindical.

O baque para a Força não será dos menores. O Sintracon responde por uma contribuição anual de mais de R$ 1 milhão para a central sindical comandada pelo deputado Paulo Pereira da Silva (PDT-SP), o Paulinho da Força.

O presidente do Sintracon, Antônio de Souza Ramalho (PSDB), afirmou ainda que todos os cargos ocupados por membros do Sintracon serão entregues e que a decisão não tem volta.

Um dos principais motivos para o desgaste foi a falta de espaço do Sintracon na Força Sindical. A maior parte dos cargos de gestão da Força estão nas mãos de pessoas ligadas ao Sindicato dos Metalúrgicos de São Paulo.

Ramalho disse que ainda não ficou decidido o destino do Sintracon, mas ele deve fazer uma consulta interna para saber para qual central deverão migrar depois do divórcio com a Força Sindical.

Autor: Tags: , ,

quarta-feira, 24 de julho de 2013 Partidos | 08:00

Filho de tucano assumirá braço sindical do PTB em São Paulo

Compartilhe: Twitter

Antônio Ramalho Júnior (PTB) será empossado a frente do braço sindical do PTB paulista nesta quinta-feira.

Júnior é filho do sindicalista e deputado estadual tucano por São Paulo Antônio de Souza Ramalho.

Se o filho dirigirá o núcleo sindical do PTB, o pai é o presidente do núcleo sindical do PSDB.

Autor: Tags: , , ,

segunda-feira, 15 de julho de 2013 Eleições | 07:00

PSDB monta equipe para pré-campanha de Aécio na área sindical

Compartilhe: Twitter

Secretário de políticas sindicais do PSDB, Antônio de Souza Ramalho (SP), pretende indicar o atual secretário-adjunto do Trabalho de Belo Horizonte, Rogério Fernandes, para ser responsável dentro do Núcleo Sindical tucano em promover encontros e mobilizações para Aécio Neves.

Ramalho, entretanto, pretende pedir que Fernandes renuncie ao cargo na prefeitura de BH para se dedicar exclusivamente à tarefa.

Autor: Tags: , , ,

segunda-feira, 13 de maio de 2013 Partidos | 12:00

Tucano já pensa na próxima eleição para a direção do PSDB em SP

Compartilhe: Twitter

Ainda durante as reuniões da bancada do PSDB na Assembléia Legislativa de São Paulo para a indicação de nomes para a chapa de Duarte Nogueira, o presidente do Núcleo Sindical do PSDB, deputado estadual Antônio de Souza Ramalho, articulou dentro da lógica de sua intenção para próxima eleição tucana.

É que, dentro do esquema de revezamento que rege a escolha dos presidentes tucanos em São Paulo, Ramalho quer se colocar em condições de disputar em 2015, já que pretende tentar um novo mandato para a Assembléia paulista em 2014. Pelo acordo, o diretório paulista é dirigido pelo revesamento. Um mandato um deputado federal, no outro um estadual.

Autor: Tags: , ,

terça-feira, 30 de abril de 2013 Estados | 14:06

Bancada tucana da Alesp fecha indicações para diretório estadual do PSDB

Compartilhe: Twitter

A bancada do PSDB na Assembléia Legislativa de São Paulo esteve reunida na manhã desta terça-feira para deliberar sobre indicações que fará para a composição da chapa única que será apresentada para assumir o diretório paulista do partido.

O deputado estadual Cauê Macris, filho do deputado federal Vanderlei Macris, será indicado para a 1ª vice. Cargo que atualmente é ocupado por seu pai.

Outro deputado estadual, Antônio de Souza Ramalho, foi o escolhido pela bancada para a 1ª secretaria.

Dilador Borges é a indicação da bancada para ocupar uma das vogais.

Os nomes serão apresentados para Duarte Nogueira, canidato único para assumir a presidência.

Autor: Tags: , , ,

sábado, 27 de abril de 2013 Partidos | 13:00

Fora da disputa por PSDB paulista, Tobias poderia indicar vice e secretário-geral

Compartilhe: Twitter

Fora da disputa pelo comando do Diretório Paulista do PSDB, o deputado estadual Pedro Tobias, atual presidente do partido em São Paulo, poderia fazer  indicações para a chapa de Duarte Nogueira.

Leia mais: Presidente do diretório do PSDB-SP negocia desistência de candidatura

Tobias tinha intenção de tentar a reeleição, mas deixou a disputa atendendo a um pedido do governador Geraldo Alckmin que optou por prestigiar um nome do agrado de José Serra.

Tobias diz que não fará indicações para a composição da chapa única de Nogueira, mas nos bastidores ganha força a informação de que o atual presidente indicaria o nome de Antonio de Souza Ramalho para a primeira vice-presidência do partido e de Marco Antônio Vieira de Campos, o Marcão, ex-prefeito de Iperó, para a secretaria-geral.

“Não vou indicar ninguém”, garante Tobias. Perguntado sobre os nomes, o líder tucano é só elogios. “Ramalho serve para qualquer cargo, teria o meu apoio de olho fechado”, diz. Sobre Marcão, Tobias destaca a experiência do correligionário.

A eleição que conduzirá Nogueira à presidência do diretório paulista do PSDB está marcada para o dia 5 de maio.

Autor: Tags: , , ,

terça-feira, 9 de abril de 2013 Estados | 12:42

FHC abrirá seminário sobre segurança pública em São Paulo

Compartilhe: Twitter

O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (PSDB) fará a abertura de um seminário sobre segurança pública que será realizado no dia 25 de junho, na Assembleia Legislativa de São Paulo.

O seminário havia sido marcado inicialmente para o dia 19 de junho, mas como Fernando Henrique faz aniversário no dia 18 do mesmo mês, pediu para os organizadores que mudassem a data, já que o ex-presidente deve viajar com familiares.

Falará no seminário, entre outros, o instrutor de polícia estadunidense Charles Saba.

Autor: Tags: , ,

domingo, 7 de abril de 2013 Partidos | 10:00

‘PSDB precisa fazer discurso para o povo’, diz sindicalista tucano

Compartilhe: Twitter

Antonio de Souza Ramalho, presidente nacional do Núcleo Sindical do PSDB, faz críticas à forma como o partido vem se comunicando com as camadas mais simples da população. “Nosso partido precisa fazer discurso para o povo”, resume.

Ao Poder Online, o sindicalista diz que o braço sindical do partido poderia ajudar nesse sentido, mas alerta que o núcleo quer participar das discussões e não apenas ser um “instrumento para pregar cartaz e bater palmas”.

Ramalho alerta ainda para como essa falta de sintonia do PSDB com o público mais simples pode ter consequências graves para a candidatura de Aécio Neves em 2014.

O senhor não acha que o PSDB precisa dialogar melhor com a população mais simples?
Não tenho dúvida. Não é fazer barulho por barulho, mas apontando as coisas erradas do PT. Isto não está sendo dito para as pessoas mais simples. Nosso partido precisa fazer discurso para o povo. Estamos fazendo um discurso para nós mesmos. Eu que sou sindicalista e sou mais simples entendo isso, não é possível que com tanto intelectual no partido não se consiga fazer isso.

O Aécio Neves tem conseguido fazer isso?
O Aécio tem uma facilidade enorme de dialogar com o trabalhador, mas tem um monte de gente no partido que não consegue. O Aécio e o Fernando Henrique têm facilidade de falar as duas línguas, com os mais simples e com não simples. Quem fazia isso muito bem também era o Mário Covas, que ia para a periferia e amassava barro. Mas hoje diria que só Aécio, Fernando Henrique, Sérgio Guerra e o Pedro Tobias têm conseguido isso.

O núcleo sindical pode ajudar nisso?
O núcleo sindical seria um excelente interlocutor do partido para fazer isso. Mas o núcleo sindical quer participar. O núcleo não pode ser somente um instrumento para pregar cartaz e bater palmas. Queremos participar, discutir.

O senhor acha que essa falta de diálogo do PSDB com as pessoas mais simples pode comprometer a candidatura em 2014?
Sem dúvida, ninguém vai virar presidente se não dialogar com as pessoas mais simples, com o trabalhador. O Lula fez isso e se elegeu e conseguiu até eleger poste.

Que mensagem o PSDB deveria passar para o eleitor?
Curto e grosso: é o esclarecimento simples. O PSDB faz muito discurso para si mesmo. O partido faz muitas coisas, mas não se comunica. Derrubamos a ditadura com o povo na rua. O PSDB além de administrar tem de se preocupar em se comunicar.

Autor: Tags: , , , , ,

domingo, 31 de março de 2013 Partidos | 14:30

“Serra deveria dar um tapa com luva de pelica e ajudar Aécio”, diz sindicalista tucano

Compartilhe: Twitter

Dirigente do núcleo sindical do PSDB, Antônio de Souza Ramalho diz que os rumores sobre uma possível saída de José Serra do partido são “papo furado”.

Na semana passada, enquanto a cúpula do partido se unia em São Paulo em torno de Aécio Neves para assumir a presidência da legenda, Serra era a ausência mais notada.

O ex-governador paulista estava em viagem nos Estados Unidos e sua insatisfação fez muitos correligionários acreditarem que ele estaria de saída do PSDB.

Para Ramalho, o “remédio” para Serra “não é sair do partido”, mas sim ser candidato pelo PSDB em 2014. O sindicalista sugere candidatura ao Senado ou à Câmara dos Deputados e vai mais longe:

“Todo mundo sabe que o Aécio não ajudou muito (o Serra em 2010), mas acho que o Serra deveria dar um tapa com luva de pelica e ajudar o Aécio agora”, diz Ramalho.

Apesar da tese do sindicalista, existem ainda focos de resistência a Aécio no PSDB de São Paulo.

Autor: Tags: , , , ,

  1. Primeira
  2. 1
  3. 2
  4. 3
  5. Última