Publicidade

Posts com a Tag Arthur Chioro

quinta-feira, 30 de abril de 2015 Governo | 13:11

‘Crise mais difícil de gerenciar foi a do Zé Gotinha’, diz Ministro da Saúde

Compartilhe: Twitter

Em meio a uma entrevista coletiva para anunciar a nova campanha de vacinação contra a gripe do governo federal, o ministro da Saúde, Arthur Chioro, aproveitou para homenagear o funcionário que há anos veste a fantasia do personagem Zé Gotinha, em ações do ministério.

Bem-humorado, Chioro lembrou um episódio em que outra organização contratou um funcionário para se fantasiar como o personagem, criando uma “crise de identidade”.

“A crise mais difícil que eu tive de gerenciar desde que eu vim aqui, mais do que o Labogen, foi a crise dos dois Zé Gotinhas”, disse o ministro.

Assista:

Autor: Tags: , ,

quarta-feira, 4 de fevereiro de 2015 Governo | 17:37

Chioro será segundo ministro a participar de bate-papo na internet

Compartilhe: Twitter
Ministro da Saúde, Arthur Chioro. (Crédito: Agência Brasil)

Ministro da Saúde, Arthur Chioro. (Crédito: Agência Brasil)

Depois de Juca Ferreira, Arthur Chioro vai participar da série de bate-papos na internet organizada pelo PT.

O ministro da Saúde falará aos internautas amanhã, a partir das 15 horas.

Autor: Tags: , , ,

segunda-feira, 14 de julho de 2014 Governo | 13:42

Mulheres cobram do governo regulamentação do atendimento a vítimas de violência sexual

Compartilhe: Twitter
Ministro da Saúde, Arthur Chioro. (Crédito: Agência Brasil)

Ministro da Saúde, Arthur Chioro. (Crédito: Agência Brasil)

O ministro da Saúde, Arthur Chioro, receberá nesta tarde uma carta assinada por mais de cem organizações feministas pedindo a regulamentação da lei 12.845/2013, que trata do atendimento a vítimas de violência sexual pelo SUS.

Leia também: Após derrubar portaria, Eduardo Cunha tenta revogar lei sobre aborto

O documento questiona a revogação da portaria 415/2014, publicada em maio e revogada uma semana depois após pressão da bancada evangélica.

“Voltaremos a uma situação de dificuldade para as mulheres de acesso ao aborto legal e ao atendimento nos casos de violência sexual pela rede de atendimento do SUS. A redução do aporte financeiro com a revogação da Portaria nº 415 ameaça a qualidade e segurança destes atendimentos na rede pública de saúde”, diz a carta.

Autor: Tags: , , , , ,

quinta-feira, 29 de maio de 2014 Eleições | 20:27

Com portaria revogada, Pastor Everaldo terá de buscar nova bandeira eleitoral

Compartilhe: Twitter
Pastor Everaldo (PSC)

Pastor Everaldo (PSC)

As comemorações do PSC após a revogação da portaria 415 – que regulamentava a realização do aborto no SUS, nos casos já previstos em lei – foram menores que o imaginado.

Leia mais: Ministério da Saúde cede à pressão religiosa e revoga portaria sobre aborto

O presidenciável Pastor Everaldo (PSC) pretendia usar a crítica sobre uma suposta legalização do aborto para atacar frontalmente a presidente Dilma Rousseff nas eleições e já tinha até uma preparado uma Ação Direta de Inconstitucionalidade para levar ao STF.

A pressão religiosa foi tanta, porém, que o ministro da Saúde, Arthur Chioro, se antecipou e decidiu revogar a portaria antes que o assunto gerasse mais polêmica. Agora, internamente, o partido já está revendo a estratégia midiática.

Autor: Tags: , , , , ,

Governo | 14:35

Ministério da Saúde cede à pressão religiosa e revoga portaria sobre aborto

Compartilhe: Twitter
Reunião entre Eduardo Cunha (PMDB-RJ) e o ministro da Saúde, Arthur Chioro. (Foto: Divulgação)

Reunião entre Eduardo Cunha (PMDB-RJ) e o ministro da Saúde, Arthur Chioro. (Foto: Divulgação)

Após se reunir com o líder do PMDB na Câmara e integrante da bancada evangélica, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), o ministro da Saúde, Arthur Chioro, decidiu revogar a portaria 415 – que regulamentava a realização do aborto no SUS, nos casos já previstos em lei.

Em seu site, Eduardo Cunha agradeceu a Chioro e relatou o telefonema no qual o ministro informou que haveria estudado melhor a portaria e entendido que “havia falhas, logo resolveu revogá-la para melhor estudá-la”.

Publicada na semana passada, a portaria estabelecia que o governo deveria pagar R$ 443,30, por cirurgia, aos hospitais. Além disso, alterava o nome do procedimento de “curetagem” para “interrupção da gestação ou antecipação do parto”.

De acordo com a bancada evangélica, no entanto, o texto abria margem para realização de aborto em outros casos. Por isso, o PSC chegou a afirmar que iria recorrer na justiça para revogá-la, com o apoio do senador Magno Malta (PR-ES) e outras lideranças religiosas.

Autor: Tags: , , , , ,

quarta-feira, 7 de maio de 2014 Eleições | 13:03

Ministro da Saúde planeja fazer balanço do Mais Médicos em todos os estados

Compartilhe: Twitter

O ministro da Saúde, Arthur Chioro, planeja fazer um balanço do Mais Médicos em todos os estados do país. A intenção é que se reúna secretários estaduais e prefeitos em audiências para que o ministério tenha um feedback do programa. Além disso, a atividade fortaleceria uma das bandeiras do governo federal para a campanha à reeleição da presidente Dilma Rousseff.

O primeiro estado a receber Chioro será São Paulo. O secretário de Saúde do estado,  David Uip, representantes do Conselho Estadual de Saúde, da Associação Paulista de Municípios, da Frente Nacional de Prefeitos e do Conselho de Secretários Municipais do Estado de São Paulo serão convidados pelo deputado Edinho Silva (PT-SP) a participar do evento, ainda sem data marcada.

Leia tambémChega a 14 mil o número de profissionais do Mais Médicos

Autor: Tags: , , , ,

quarta-feira, 19 de março de 2014 Congresso | 21:16

Após visita de Chioro, deputados pedem mais explicações sobre saúde índigena

Compartilhe: Twitter

O ministro da Saúde, Arthur Chioro, defendeu o programa Mais Médicos e apresentou explicações sobre repasses da Secretaria Especial de Saúde Indígena a organizações não-governamentais durante sessão na Comissão de Fiscalização e Controle da Câmara dos Deputados.

O ministro esteve na comissão atendendo a convite de iniciativa do líder do DEM na Casa, Mendonça Filho.

Não satisfeito com as explicações do ministro, o deputado Edio Lopes (PMDB-RR) solicitou a Chioro que preparasse um relatório completo das organizações que recebem recursos federais para a saúde indígena.

O presidente da Comissão, Hugo Motta (PMDB-PB), se comprometeu a formalizar o pedido.

Assista:

Autor: Tags: , , , , , , , , , ,

quarta-feira, 29 de janeiro de 2014 Governo | 06:00

Posse de novos ministros deve ocorrer na próxima segunda-feira

Compartilhe: Twitter
 Dilma Rousseff (Foto: Beto Barata/AE)

Dilma Rousseff (Foto: Beto Barata/AE)

O governo ainda não bateu o martelo, mas pediu a alguns líderes petistas para que deixem previamente reservada em suas agendas a data da próxima segunda-feira.

Em tese, é o dia escolhido pela presidente Dilma Rousseff para dar posse aos ministros que abrem a troca das cadeiras na Esplanada.

Na lista das primeiras trocas da reforma ministerial, estão a chegada de Aloizio Mercadante na Casa Civil e sua substituição por José Henrique Paim na Educação. E ainda a troca de Alexandre Padilha por  Arthur Chioro na Saúde.

Leia também:
José Henrique Paim veste a camisa de ministro
PT busca um ministro para chamar de seu
PROS está mais próximo de levar a Integração Nacional

 

 

 

Autor: Tags: , , , ,

quinta-feira, 23 de janeiro de 2014 Governo | 13:51

Arthur Chioro evita falar sobre indicação no ministério: ‘Eu tenho juízo’

Compartilhe: Twitter

O secretário da Saúde de São Bernardo do Campo (SP), Arthur Chioro, –apontado como substituto do ministro Alexandre Padilha (Saúde)– parece já estar familiarizado com a fama de durona da presidente Dilma Rousseff. Ao ser questionado se ele confirmava que seria o novo ministro, Chioro respondeu: “Claro que não. Eu tenho juízo”, brincou.

Chioro reuniu a imprensa para explicar a investigação do Ministério Público de São Paulo por suspeita de improbidade administrativa. O secretário afirmou que, conforme exigido pela legislação, pediu o desligamento oficial de sua empresa de consultoria em saúde. A legislação citada por ele, no caso, é federal e trata da impossibilidade de servidores atuarem simultaneamente no governo e em consultorias da mesma área.

Veja o vídeo:

Leia também: PT paulista fará reunião para acelerar campanha de Padilha

Autor: Tags: , , , , ,