Publicidade

Posts com a Tag Assembleia Legislativa de São Paulo

quarta-feira, 3 de dezembro de 2014 Estados | 09:00

Três tucanos são favoritos para presidir Assembleia de SP

Compartilhe: Twitter

Três tucanos lideram atualmente a lista de apostas para presidir a Assembleia Legislativa de São Paulo na próxima legislatura.

Embora o governador Geraldo Alckmin ainda evite articular em favor a um dos candidatos, os mais citados por interlocutores são Barros Munhoz, Vaz de Lima e Fernando Capez.

Autor: Tags: , , , , ,

sexta-feira, 7 de novembro de 2014 Congresso | 18:33

Deputado sugere que oposição exiba promessas de Dilma no Plenário

Compartilhe: Twitter
painel_alesp_7875

Painel da Assembleia Legislativa de São Paulo também exibe vídeos

Empolgado com o novo perfil que a oposição promete assumir para o segundo mandato da presidente Dilma Rousseff (PT), o deputado Vaz de Lima (PSDB-SP) faz uma sugestão curiosa. Diz que a Câmara dos Deputados deveria adquirir um novo painel, igual ao utilizado na Assembleia Legislativa de São Paulo.

Segundo Vaz de Lima, quando presidiu a Assembleia paulista, foi responsável pela adoção do painel multifuncional, que exibe não apenas a lista de presença dos deputados, mas pode ser convertido num telão por meio do qual os parlamentares exibem vídeos.

O tucano sugere a mesma tecnologia para que a oposição possa fiscalizar e exibir no Plenário as promessas feitas pela presidente durante a campanha e comparar a Dilma candidata com a Dilma presidente.

Autor: Tags: , , , ,

quinta-feira, 8 de maio de 2014 Política | 10:00

Zara será chamada a falar na CPI do Trabalho em SP

Compartilhe: Twitter

A Comissão Parlamentar de Inquérito que investiga o trabalho escravo na Assembleia Legislativa de São Paulo planeja convocar o representante legal no Brasil da rede de lojas de roupa Zara para depor na Casa. Representantes do Ministério Público do Trabalho e Federal, que também investigam denúncias relacionadas à rede, também serão convidados a comparecer.

“Foram as denúncias contra a Zara que deram origem ao pedido desta CPI, em 2011. Agora, tanto o Ministério Público do Trabalho quanto o Ministério Público Federal deram passos importantes na responsabilização criminal e trabalhista. A Zara já veio à Comissão de Direitos Humanos e tentou se esquivar da responsabilidade mas, meses depois, foi flagrada no mesmo esquema de trabalho escravo de bolivianos na Argentina. Queremos saber se houve mudança num esquema global de exploração de pessoas ou se a empresa se esforça só para fugir da responsabilidade e da lista suja do trabalho escravo”, afirmou o presidente da CPI, deputado Carlos Bezerra Júnior (PSDB-SP).

Leia também: Zara é responsabilizada por trabalho escravo e pode entrar em “lista suja” da Justiça

 

Autor: Tags: , , , ,

quarta-feira, 7 de maio de 2014 Política | 07:00

PT tenta pautar discussão sobre modelo de concessões em SP

Compartilhe: Twitter

Sem conseguir a presidência da CPI dos Pedágios da Assembleia Legislativa de São Paulo, o PT vai propor ao PSDB a discussão do modelo de concessão das rodovias do estado.

A intenção é confrontar o modelo dos governos estadual e federal. Enquanto o modelo adotado pelo PT nas rodovias federais, é o da menor tarifa -quem oferece o menor preço ao usuário leva a praça-, o modelo adotado pelo estado de São Paulo desde a gestão de Mário Covas (PSDB-SP) é o da concessão onerosa -os consórcios que oferecem maior retorno ao estado ganham a licitação.

 

Autor: Tags: , , ,

terça-feira, 6 de maio de 2014 Política | 22:07

Em SP, PT evoca Mario Covas na CPI dos Pedágios e deputado pede sessão de umbanda

Compartilhe: Twitter

Durante a eleição do presidente da CPI dos Pedágios na Assembleia Legislativa de São Paulo, os deputados petistas Gerson Bittencourt e Antonio Mentor evocaram o ex-governador Mario Covas na tentativa de persuadir o deputado Bruno Covas (PSDB-SP) a não assumir a presidência da comissão.

Os petistas alegaram que o modelo responsável pelas elevadas tarifas de pedágios foi criado por Covas, avô do deputado, e que financia a perpetuação de um mesmo partido no poder.

Leia também: PT vai reivindicar presidência da CPI dos Pedágios

Coube ao deputado Campos Machado (PTB-SP) sair em defesa da família tucana. “Mário Covas não foi apenas um político, foi um estadista, um homem profundamente honesto, honrado, franciscano, correto, preparado, sério e de caráter, que não pode se defender, a não ser que nós façamos aqui uma sessão de umbanda, uma sessão espírita”, afirmou.

A vice-presidência da CPI ficou com Mentor e Covas indicou o também ex-secretário do governador Geraldo Alckmin (PSDB-SP) deputado Davi Zaia (PPS-SP) para a relatoria.

Com a chamada “tropa de choque” do governador na comissão, a oposição considera que a CPI já nasceu morta.

Autor: Tags: , , , , , , , , , , ,

quarta-feira, 30 de abril de 2014 Partidos | 18:00

PT vai reivindicar presidência da CPI dos pedágios da Assembleia de SP

Compartilhe: Twitter

O PT promete fazer barulho na próxima terça-feira durante a escolha do presidente e vice-presidente da CPI dos pedágios da Assembleia Legislativa de São Paulo. A base do governador Geraldo Alckmin (PSDB-SP) tem sete das nove cadeiras da comissão e deve indicar o ex-secretário estadual de Meio Ambiente Bruno Covas para a presidência.

No entanto, apesar do regimento da Casa não versar sobre o assunto, é costume que o autor do requerimento para formação da CPI seja nomeado para a presidência -no caso, o deputado petista Antonio Mentor.

“Desconheço qualquer acordo para essa nomeação. Não é uma regra, não é uma norma, não há dispositivo regimental, mas há uma tradição em respeito a quem tomou a iniciativa já que requerimento pra ser regularizado dá trabalho. Foi uma guerra para conseguir assinaturas. Vamos reivindicar que essa prática que é comum na Casa se mantenha. Eu sei do grau de dificuldade porque é uma questão delicada do governo”, afirma Mentor.

Leia também: PT tenta responsabilizar Alckmin por crise da água

 

Autor: Tags: , , , , , ,

quarta-feira, 23 de abril de 2014 Partidos | 13:00

PT tenta responsabilizar Alckmin por crise da água

Compartilhe: Twitter

A bancada do PT da Assembleia Legislativa de São Paulo prepara uma representação contra o governador Geraldo Alckmin (PSDB-SP) e dirigentes da Sabesp por ilegalidade, inconstitucionalidade e improbidade na questão da crise da água no estado.

O partido alega que a Sabesp atua em Alagoas, Espírito Santo, Panamá e Honduras. No entanto, a legislação que regulamenta a companhia estabelece que a Sabesp poderá atuar fora do estado apenas se seus serviços estiverem adequados e suficientes. O que, segundo o PT, não é o caso.

A representação também cita uma reportagem da revista “Carta Capital” que afirma que ex-diretores da Sabesp são beneficiados em licitações. O PT também quer que o governador seja responsabilizado por omissão no caso, por falta de planejamento.

Leia também: Padilha pega carona na crise da água

Autor: Tags: , , , , ,

Eleições | 07:00

PT dá aula a deputados e assessores sobre como explorar crise da água

Compartilhe: Twitter

Deputados e assessores do PT da Assembleia Legislativa de São Paulo foram escalados para um seminário sobre a crise da água no estado.

O plano era municiar a bancada com dados de uma espécie de dossiê com todas as informações passadas pelo governo, pela diretoria da Sabesp, pela Agência Nacional das Águas (ANA) e por técnicos consultados pelos petistas.

A ordem é alinhar o discurso crítico ao governador Geraldo Alckmin (PSDB-SP), dando uma forcinha à campanha do ex-ministro Alexandre Padilha (PT-SP) ao governo.

Leia também: Presidente do PT-SP pede que deputados respondam a ataques sobre Petrobras

Autor: Tags: , , , , ,

terça-feira, 22 de abril de 2014 Eleições | 20:00

Presidente do PT-SP pede que deputados respondam a ataques sobre Petrobras

Compartilhe: Twitter

O presidente do diretório estadual do PT de São Paulo, Emídio de Souza, se reuniu hoje com a bancada do PT da Assembleia Legislativa de São Paulo para discutir estratégias da participação dos deputados nas campanhas petistas.

Entre as orientações dadas, está o caso Petrobras. Os deputados foram orientados a não ficarem na defensiva sobre o assunto. Parlamentares tucanos levaram o assunto ao plenário da Casa na semana passada. O líder do governo na Casa, deputado Barros Munhoz (PSDB-SP), levou vídeos com reportagens sobre o caso para o plenário.

A estratégia petista é responder aos ataques comparando a gestão da empresa durante o governo tucano de Fernando Henrique Cardoso com os governos Lula e Dilma. Citando, inclusive, a valorização do preço da Petrobras.

Leia também: Graça Foster diz que compra de Pasadena não foi bom negócio

Autor: Tags: , ,

quarta-feira, 16 de abril de 2014 Governo | 07:00

Com ajuda do PT, servidores da Saúde prometem nova ocupação na assembleia de SP

Compartilhe: Twitter

Os cerca de cem servidores da saúde ocuparam a Assembleia Legislativa de São Paulo retornam hoje e prometem ficar  por lá até o governo de São Paulo atender suas reivindicações.

Com apoio da bancada do PT, os servidores pedem agilidade na aprovação do projeto que prevê um prêmio de incentivo, anunciado pelo secretário estadual da Saúde David Uip no mês passado, e que, segundo a categoria, seria destinado a menos da metade dos trabalhadores.

O SindSaúde também diz que a tabela geral de valores do prêmio não foi encaminhada para a Assembleia para discussão.

Leia também: João Paulo Rillo assume liderança do PT na Alesp

Autor: Tags: , ,

  1. Primeira
  2. 1
  3. 2
  4. 3
  5. 4
  6. 5
  7. 10
  8. Última