Publicidade

Posts com a Tag Assembleia Legislativa de São Paulo

sábado, 5 de abril de 2014 Eleições | 08:00

Deputados do PT reforçam pré-campanha de Padilha

Compartilhe: Twitter

A bancada dos deputados do PT da Assembleia Legislativa de São Paulo começam na próxima semana uma agenda de mobilização para reforçar a campanha do pré-candidato petista ao governo do estado, Alexandre Padilha.

Alexandre Padilha

Alexandre Padilha

O primeiro passo será um encontro com servidores públicos, entre eles da Fundação Casa e agentes penitenciários -que criticam a política do governador Geraldo Alckmin (PSDB).

O tema segurança terá destaque entre os petistas, que irão fornecer material para a campanha de Padilha.

Leia também: Sem Biagi, PT retoma ideia de emplacar Lottenberg na vice de Padilha

Autor: Tags: , ,

quarta-feira, 2 de abril de 2014 Política | 10:00

Assembleia de SP vai investigar compra e venda de ingressos para shows

Compartilhe: Twitter
Deputado Mauro Bragato (foto: Digulgação)

Deputado Mauro Bragato (foto: Digulgação)

A Assembleia Legislativa de São Paulo vai investigar os problemas em compra e venda de ingressos para shows em uma CPI. A comissão será presidida pelo deputado Mauro Bragato (PSDB-SP),  autor do pedido da investigação.

Há dois anos, Bragato tentava emplaca a CPI. Ele já havia solicitado ao Procon uma cópia do dossiê que o órgão fez na época sobre irregularidades na venda de ingressos pelos principais promotores de espetáculos. O Ministério Público também recebeu cópia da documentação.

Leia também: Sob fogo amigo, Alckmin não consegue aprovar projetos na Assembleia

Autor: Tags: , , , ,

quarta-feira, 26 de março de 2014 Política | 11:00

Em ato, Comissão da Verdade pedirá desmilitarização da polícia

Compartilhe: Twitter

31marco_finalO ato em memória dos 50 anos do golpe militar que está sendo organizado pela Comissão da Verdade da Assembleia Legislativa de São Paulo terá, entre outras exigências, o pedido da desmilitarização da polícia.

O evento, que terá representantes dos governos federal, estadual e municipal, será realizado no dia 31 de março na antiga sede do DOI-Codi, na zona sul da capital paulista.

“A cultura da morte praticada pelas Polícias Militares é continuidade do que fizeram os assassinos do DOI-CODI, com a mesma falsa versão de resistência seguida de morte para ocultar o extermínio de jovens negros e pobres das periferias de nossas cidades. A banalização da violência por parte da PM é a pior herança da ditadura militar”, diz trecho do manifesto que será lido pelo presidente da Comissão, deputado Adriano Diogo (PT-SP).

Durante o ato, 437 fotos dos mortos e desaparecidos durante a ditadura serão expostos.

Autor: Tags: , , , ,

terça-feira, 25 de março de 2014 Governo | 13:00

Para acelerar execução de emendas, Alckmin muda prazo para documentação

Compartilhe: Twitter
Geraldo Alckmin (Foto: Divulgação)

Geraldo Alckmin (Foto: Divulgação)

Motivo de reclamações constantes dos deputados da base aliada, o governador Geraldo Alckmin (PSDB) resolveu alterar o prazo de apresentação dos documentos necessários para autorização de convênios para agilizar a execução de emendas. O decreto foi publicado em “Diário Oficial”.

Leia também: Sob fogo amigo, Alckmin não consegue aprovar projetos na Assembleia

Campos afirmou que projetos do partido, com um sobre defesa animal, es

Anteriormente, as prefeituras e entidades beneficiadas precisavam apresentar o parecer jurídico – de aprovação de todos os documentos – para só depois firmar o convênio com o estado. Agora, os gestores terão até 90 dias após a assinatura da parceira para apresentar todo o material necessário ao governo.

A intenção, além de acalmar os ânimos do deputados, é fazer em maio – antes do final do prazo permitido pela lei eleitoral – uma nova rodada de assinaturas em grande evento no Palácio dos Bandeirantes – sede do governo paulista – para executar o máximo de emendas possíveis antes do início da campanha para reeleição do governador.

Leia também: Serra aparece de surpresa em evento para prefeitos organizado por Alckmin

Autor: Tags: , ,

segunda-feira, 24 de março de 2014 Política | 07:00

Aliado reclama do tratamento que recebe de Alckmin

Compartilhe: Twitter
Campos Machado (divulgação)

Campos Machado (divulgação)

O deputado Campos Machado, secretário-geral do PTB e líder da bancada do partido na Assembleia Legislativa de São Paulo, afirmou que os membros da base aliada ao governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), estão confundindo obstrução com indignação.

“Estou obstruindo, mas quando tiver que votar projeto do governo, eu vou votar a favor, mas enquanto estiver em discussão, nós vamos obstruir. Assim como deputado Barros Munhoz (líder do governo na Casa), eu eu também nunca vi em toda minha vida política, em seis mandatos, uma falta de atenção, um tratamento como esse dado ao mais leal e fiel parceiro de que o PSDB já teve, há 15 anos, mais do que o próprio governo. O calendário do PTB não é mais o do governo, é do líder do PTB”, afirmou o deputado.

Leia também: Sob fogo amigo, Alckmin não consegue aprovar projetos na Assembleia

Campos afirmou que projetos do partido, com um sobre defesa animal, estão sendo vetados pelo governador sem nenhum diálogo anterior e aviso. “Isso não é correto, não é leal”.

Autor: Tags: , , , , ,

sábado, 22 de março de 2014 Governo | 07:00

Para acalmar ânimo de deputados, Alckmin fará ‘pente-fino’ em emendas

Compartilhe: Twitter
Geraldo Alckmin (Foto: Filipe Araújo/AE)

Geraldo Alckmin (Foto: Filipe Araújo/AE)

Após o evento da próxima segunda-feira, quando governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), reunirá 400 prefeitos no Palácio dos Bandeirantes para anunciar a liberação de R$ 250 milhões em convênios provenientes de emendas de deputados estaduais, o governo fará um “pente-fino” para relatar o que falta ainda ser pago.

Leia também: Sob fogo amigo, Alckmin não consegue aprovar projetos na Assembleia

A demora na execução das emendas em ano eleitoral fez com que deputados da Assembleia Legislativa de São Paulo aliados ao governo criticassem publicamente o governador e obstruíssem projetos do Executivo, impedindo a votação.

Segundo a Casa Civil, a maior parte das emendas serão liberadas nas assinaturas do evento e as de 2013 já foram pagas. E, depois, um relatório será feito para localizar as emendas restantes e fazer a execução.

Autor: Tags: , , ,

quinta-feira, 20 de março de 2014 Política | 08:00

Sob fogo amigo, Alckmin não consegue aprovar projetos na Assembleia

Compartilhe: Twitter
Campos Machado (divulgação)

Campos Machado (divulgação)

“Em toda minha vida política, eu nunca vi isso”. Assim define a situação da base da Assembleia Legislativa de São Paulo o deputado Barros Munhoz (PSDB), líder do governo, nos corredores da Casa.

Saiba mais: Base de Alckmin na Assembleia paulista custa a se entender

Além da tradicional obstrução da bancada do PT, os partidos aliados ao governo também têm dificultado a votação de projetos do Executivo.

Há duas semanas, o governador tenta aprovar os projetos de bônus para médicos que atuarem na periferia e o que transforma em Organizações Sociais (OS) a Fundação Casa e a o Invest São Paulo e não consegue.

Em público, deputados reclamam que emendas parlamentares não foram liberadas pelo governador. No comando da “rebelião”, o deputado Campos Machado (PTB) – que tentou emplacar sua mulher como vice na chapa de Alckmin -, que passou a discursar contra o governo.

Membros do governo e da base aliada dizem não saber o que Campos pretende com as seguidas obstruções, o que inviabiliza um possível acordo.

Enquanto isso, deputados da base, incluindo os parlamentares tucanos, confirmam presença no início da tarde no plenário, mas não comparecem na apreciação, deixando os projetos do governo sem quórum para votação.

Autor: Tags: , , , , ,

quarta-feira, 19 de março de 2014 Estados | 13:48

João Paulo Rillo assume liderança do PT na Assembleia paulista

Compartilhe: Twitter
O deputado João Paulo Rillo, de São José do Rio Preto (interior de SP), foi aclamado líder da bancada do PT na Assembleia Legislativa de São Paulo.

João Paulo Rillo (foto: divulgação)

João Paulo Rillo (foto: divulgação)

Rillo assume no lugar de Luiz Cláudio Marcolino, que abriu mão da recondução.
O parlamentar é formado em direito, foi vereador e assessor especial do Ministério do Turismo.
O deputado Adriano Diogo (PT) assume a liderança da Minoria.
Autor: Tags: , , , ,

sexta-feira, 14 de março de 2014 Política | 09:00

Dois deputados disputarão a liderança do PT na Assembleia paulista

Compartilhe: Twitter

A liderança da bancada do PT da Assembleia Legislativa de São Paulo será disputada pelos deputados João Paulo Rillo, de São José do Rio Preto, e Antonio Mentor, de Americana.

Leia também: Cauê Macris assume liderança do PSDB na Assembleia paulista

O atual líder, Luiz Cláudio Marcolino, preferiu abrir mão da recondução. A escolha será feita durante reunião da bancada na semana que vem.

Autor: Tags: , , , ,

terça-feira, 11 de março de 2014 Política | 17:16

Cauê Macris assume a liderança do PSDB na Assembleia paulista

Compartilhe: Twitter

O deputado Cauê Macris foi eleito nesta terça-feira, por unanimidade, líder da bancada do PSDB da Assembleia Legislativa de São Paulo.

Deputado Cauê Macris (foto: Alesp)

Deputado Cauê Macris (foto: Alesp)

Cauê é filho do deputado federal Vanderlei Macris (PSDB-SP) e aos 30 anos é o parlamentar mais jovem a assumir a bancada tucana na casa.

Em seu primeiro mandato, o deputado que é vice-presidente estadual do partido, já foi relator do Orçamento por duas vezes. Barros Munhoz (PSDB-SP) permanece na liderança do governo.

Autor: Tags: , , ,

  1. Primeira
  2. 1
  3. 2
  4. 3
  5. 4
  6. 5
  7. 10
  8. Última