Publicidade

Posts com a Tag BNDES

quinta-feira, 12 de janeiro de 2012 Economia | 11:02

Avibras só depende do BNDES

Compartilhe: Twitter

Só depende de um parecer do BNDES a conclusão da compra pelo Exército do sistema de artilharia (lançadores de foguetes) Astros 2020 pela Avibras. O banco analisa agora a capacidade de endividamento da empresa.

O Congresso Nacional aprovou no fim de dezembro os recursos adicionais ao Orçamento para a primeira parcela do negócio que é a última esperança da empresa, com sede em São José dos Campos (SP), onde foram demitidos 150 empregados em 2011.

Se tudo der certo, boa parte volta ao trabalho.

Autor: Tags: , , ,

terça-feira, 20 de dezembro de 2011 Brasil | 08:08

2022, um bom ano para a Educação

Compartilhe: Twitter

Essa é para ajuda os parlamentares na discussão do Plano Nacional de Educação, que define o percentual do PIB para investimentos na área e vem do economista João Carlos Ferraz, vice-presidente do BNDES:

– Se o Brasil mantiver o mesmo investimento em Educação, em 2022, nossos alunos do ensino médio alcançarão a média dos países mais ricos do mundo.

Não é nada, não é nada…é o mínimo.

Autor: Tags: , ,

segunda-feira, 28 de novembro de 2011 Governo | 12:58

Dilma convoca Coutinho de surpresa

Compartilhe: Twitter

O presidente do BNDES, Luciano Coutinho, cancelou sua presença no almoço-palestra organizado pela Câmara Portuguesa de Comércio no Brasil, que acontece agora em São Paulo.

A presidenta Dilma Rousseff pediu para Coutinho acompanhá-la na viagem para São Gonçalo do Amarante, no Rio Grande do Norte, onde assina o contrato de concessão para construção parcial, manutenção e exploração do Aeroporto Internacional da cidade.

No almoço, Coutinho será representado pelo vice-presidente do BNDES, João Carlos Ferraz.

Autor: Tags: , , , ,

segunda-feira, 5 de setembro de 2011 Brasil | 10:14

Luiz Sérgio pede investimentos ao BNDES para pesca

Compartilhe: Twitter

O ministro da Pesca, Luiz Sérgio tem encontro marcado hoje, às 11h, com o presidente do BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social), Luciano Coutinho.

Na reunião, Luiz Sérgio vai pedir investimentos na cadeia produtiva da pesca que, segundo ele, é hoje no mundo nove vezes maior que a de frango, sete vezes maior que a de carne, e duas vezes maior que a de soja.

— Até eu fiquei surpreso com esses dados. Apesar disso, o Brasil é um dos maiores expotadores de frango, carne e soja, sendo que temos 13% da água doce do mundo para desenvolver a atividade da pesca — argumentou ao Poder Online

Autor: Tags: , , , ,

quinta-feira, 4 de agosto de 2011 Brasil | 11:18

Zé Aníbal cobra de Luciano Coutinho ação contra apagões da Eletropaulo

Compartilhe: Twitter

Luciano Coutinho (Foto: AE)

O secretário de Energia de São Paulo, José Aníbal, enviou, agora há pouco, ao presidente do BNDES, Luciano Coutinho, carta cobrando providências do banco, um dos principais acionistas da AES Eletropaulo, sobre a deterioração do serviço da empresa.

Aníbal e Coutinho já haviam conversado, há algumas semanas, sobre os apagões de junho e julho na região metropolitana de São Paulo. A formalização da reclamação, no entanto, deixa a AES Eletropaulo sob pressão ainda maior. Esses são os principais trechos da carta:

“Dez anos após as privatizações, as ocorrências de interrupção de energia e o tempo de restabelecimento caíram 50% em relação à gestão estatal. De três anos para cá, deteriorou-se o trabalho de toda a década. Os indicadores de qualidade recuaram em 50% sobre o terreno conquistado.

Os compromissos firmados com a empresa relevaram-se inúteis, pois foram descumpridos solenemente. A valer-se da tendência observada nas prioridades da atual gestão, cuja distribuição de dividendos supera o lucro líquido, observa-se um deliberado processo de desinvestimento em curso.

É de conhecimento geral que os maus serviços prestados pela AES Eletropaulo vêm penalizando a economia e a qualidade de vida no Estado de São Paulo. A região metropolitana da capital, área de atuação da empresa, tem a maior densidade populacional do país, e responde não apenas por 60% do ICMS paulista, como também por 25% de todo o IPI e Imposto de Renda arrecadados pela União.

Pelo fluxo de investimentos financiados pelo próprio BNDES no Estado, pode-se mensurar o grau de insegurança que a concessionária lança em nosso ambiente econômico.

Sob pressão da sociedade e do Governo de São Paulo, a AES Eletropaulo anunciou investimentos adicionais de R$ 120 milhões até o final do ano, o que é insatisfatório diante da defasagem de aportes em manutenção, expansão e modernização da rede.

Somados aos prejuízos e aborrecimentos causados à população, inclusive no que tange à prestação de serviços essenciais, não podemos deixar de esperar que o BNDES, que é regido pelo princípio do interesse público, represente os anseios da sociedade no Conselho de Administração da empresa.

Sem uma ação determinante do poder público, é certo um constrangimento infraestrutural na área de energia justo no momento em que mais se depende do setor: a curva de crescimento anual da demanda por energia (de 4,6% no estado) e os grandes eventos esportivos que nos esperam.”

Autor: Tags: , , , ,

sexta-feira, 17 de junho de 2011 Brasil | 17:09

Wagner depende do BNDES para realizar seu sonho da Copa

Compartilhe: Twitter

Às vésperas de a Fifa anunciar o estádio que receberá a abertura da Copa do Mundo 2014, o governador da Bahia, Jaques Wagner (PT), continua esperando o BNDES liberar o dinheiro do financiamento para a construção da Fonte Nova. O banco prometeu aprovar a primeira parcela do empréstimo até a próxima semana. Mas, por conta do feriado de Corpus Christi, Wagner acredita que a resposta só sairá no final do mês.

Com contrato assinado no dia 30 de dezembro, o projeto da Fonte Nova para a Copa foi um dos primeiros a ser aprovado pelo BNDES.

O governo da Bahia continua trabalhando para ser “o plano B” para sediar a primeira partida do Mundial.

Autor: Tags: , , ,

terça-feira, 5 de abril de 2011 Economia | 07:02

BNDES sai ileso da crise do etanol

Compartilhe: Twitter

Nas conversas com o setor de açúcar e álcool, resta ao governo um desafio: ampliar o número de usinas novas no país. Em 2008, foram abertas 31 usinas, em 2009, depois da crise financeira abriram somente 19, em 2010, apenas 10 e a previsão para 2011 são de três a cinco.

Uma planta demora até quatro anos para entrar em operação e mais um ou dois para atingir a capacidade plena de produção.

O pior para o governo é que o problema no setor deixou, há tempos, de ser financiamento – que era uma reclamação antiga dos usineiros. Aliás, o presidente do BNDES, Luciano Coutinho, saiu muito bem nessa fita toda de explosão dos preços do etanol. O banco tem sido pim-pom-pim-pá – como a presidenta Dilma Rousseff tanto gosta.

Autor: Tags: , , , ,

quinta-feira, 3 de março de 2011 Economia | 09:43

Tesouro anunciará envio de R$ 55 bilhões para o BNDES financiar máquinas e equipamentos

Compartilhe: Twitter

Guido Mantega (Foto: Dida Sampaio/AE)

O ministro da Fazenda, Guido Mantega, deve anunciar entre hoje e amanhã um aporte de recursos ao BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social) superior ao corte no Orçamento de 2011 anunciado na segunda-feira pelo próprio governo.

Até ontem, a quantia estava estipulada em de R$ 55 bilhões, para a  prorrogação do Programa de Sustentação de Investimentos (PSI), que é destinado ao financiamento a bens de capital, como máquinas e equipamentos.

No ano passado, o PSI recebeu R$ 110 bilhões. O montante a ser anunciado agora foi considerado pelos técnicos da Fazenda como o mínimo para manter os financiamentos da linha do PSI.

Autor: Tags: , , ,

terça-feira, 22 de fevereiro de 2011 Justiça | 18:02

PGR discorda do DEM e considera constitucional MP de Lula para o BNDES

Compartilhe: Twitter

A Procuradoria-Geral da República (PGR) emitiu parecer contrário a uma Ação Direta de Inconstitucionalidade do Democratas que tramita no Supremo Tribunal Federal (STF) e questiona uma Medida Provisória editada por Lula em 2008, que liberou R$ 15 bilhões para o BNDES.

Para a PGR, montantes maiores foram liberados em anos anteriores. Além disso, os recursos já teriam sido usados pelo banco.

Diz ainda que não houve desrespeito ao princípio da urgência, conforme o DEM criticou em sua ação.

Autor: Tags: , , , , ,

quinta-feira, 18 de novembro de 2010 Congresso | 16:06

Ciro é política de cotas

Compartilhe: Twitter

A direção do PSB considera a possível indicação de Ciro Gomes para a presidência do BNDES fora da cota do partido.

O PSB briga para manter o que tem, o Ministério da Ciência e Tecnologia e a Secretaria Nacional dos Portos, e retomar a Integração Nacional.

A legenda considera Ciro, que ficará sem mandato em 2011, cota pessoal do presidente Lula.

Agora há pouco, o deputado deu duas palavrinhas com o Poder Online:

– Não é o momento de falar nada. Por enquanto, é tudo especulação – disse ao ser questionado sobre o BNDES.

Autor: Tags: , , , ,

  1. Primeira
  2. 1
  3. 2
  4. 3
  5. 4
  6. Última