Publicidade

Posts com a Tag Bruno Covas

quinta-feira, 7 de maio de 2015 Congresso | 09:00

O que Eduardo Cunha e a esteira do ambulatório da Câmara têm em comum

Compartilhe: Twitter
O presidente de Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ). Foto: Alan Sampaio / iG Brasília

O presidente de Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ). Foto: Alan Sampaio / iG Brasília

A esteira do ambulatório médico da Câmara dos Deputados ganhou um apelido em homenagem ao presidente da Casa, Eduardo Cunha (PMDB-RJ).

“Sobe aí na Dudu”, ordena o médico que atende os deputados convocados para o check-up periódico, que inclui um ecocardiograma.

Desavisado, o novato Bruno Covas (PSDB-SP) foi perguntar ao médico o motivo do apelido: “Ué, é como o Eduardo. De vez em quando ela dispara”.

Autor: Tags: , ,

quinta-feira, 5 de março de 2015 Partidos | 15:00

Mário Covas Neto, o Zuzinha, pode assumir comando do PSDB paulistano

Compartilhe: Twitter

O vereador Mário Covas Neto, o Zuzinha, filho do ex-governador Mário Covas, está amarrando sua candidatura única à presidência do PSDB paulistano.

Se a empreitada der certo, ele terá o controle do diretório durante os preparativos para a corrida municipal de 2016.  Seu sobrinho Bruno Covas é um dos interessados na vaga, caso a legenda opte por uma renovação.

Autor: Tags: , , , ,

terça-feira, 6 de maio de 2014 Política | 22:07

Em SP, PT evoca Mario Covas na CPI dos Pedágios e deputado pede sessão de umbanda

Compartilhe: Twitter

Durante a eleição do presidente da CPI dos Pedágios na Assembleia Legislativa de São Paulo, os deputados petistas Gerson Bittencourt e Antonio Mentor evocaram o ex-governador Mario Covas na tentativa de persuadir o deputado Bruno Covas (PSDB-SP) a não assumir a presidência da comissão.

Os petistas alegaram que o modelo responsável pelas elevadas tarifas de pedágios foi criado por Covas, avô do deputado, e que financia a perpetuação de um mesmo partido no poder.

Leia também: PT vai reivindicar presidência da CPI dos Pedágios

Coube ao deputado Campos Machado (PTB-SP) sair em defesa da família tucana. “Mário Covas não foi apenas um político, foi um estadista, um homem profundamente honesto, honrado, franciscano, correto, preparado, sério e de caráter, que não pode se defender, a não ser que nós façamos aqui uma sessão de umbanda, uma sessão espírita”, afirmou.

A vice-presidência da CPI ficou com Mentor e Covas indicou o também ex-secretário do governador Geraldo Alckmin (PSDB-SP) deputado Davi Zaia (PPS-SP) para a relatoria.

Com a chamada “tropa de choque” do governador na comissão, a oposição considera que a CPI já nasceu morta.

Autor: Tags: , , , , , , , , , , ,

quarta-feira, 30 de abril de 2014 Partidos | 18:00

PT vai reivindicar presidência da CPI dos pedágios da Assembleia de SP

Compartilhe: Twitter

O PT promete fazer barulho na próxima terça-feira durante a escolha do presidente e vice-presidente da CPI dos pedágios da Assembleia Legislativa de São Paulo. A base do governador Geraldo Alckmin (PSDB-SP) tem sete das nove cadeiras da comissão e deve indicar o ex-secretário estadual de Meio Ambiente Bruno Covas para a presidência.

No entanto, apesar do regimento da Casa não versar sobre o assunto, é costume que o autor do requerimento para formação da CPI seja nomeado para a presidência -no caso, o deputado petista Antonio Mentor.

“Desconheço qualquer acordo para essa nomeação. Não é uma regra, não é uma norma, não há dispositivo regimental, mas há uma tradição em respeito a quem tomou a iniciativa já que requerimento pra ser regularizado dá trabalho. Foi uma guerra para conseguir assinaturas. Vamos reivindicar que essa prática que é comum na Casa se mantenha. Eu sei do grau de dificuldade porque é uma questão delicada do governo”, afirma Mentor.

Leia também: PT tenta responsabilizar Alckmin por crise da água

 

Autor: Tags: , , , , , ,

terça-feira, 7 de janeiro de 2014 Eleições | 07:00

Alckmin vai trocar dez secretários por causa da eleição

Compartilhe: Twitter

Até março, dez secretários do governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), vão deixar suas pastas para voltar à Câmara e à Assembleia Legislativa para disputar as eleições.

Geraldo Alckmin (Foto: Divulgação)

Geraldo Alckmin (Foto: Divulgação)

Os deputados federais licenciados Julio Semeghini (PSDB – Planejamento), Rodrigo Garcia (DEM – Desenvolvimento Econômico), Silvio Torres (PSDB-Habitação) e José Aníbal (PSBEnergia) tentarão a reeleição à Câmara. Os estaduais Edson Giriboni (PV – Saneamento) e Davi Zaia (PPS-Gestão Pública) voltam para a Assembleia para a reeleição.

O deputado estadual e secretário de Meio Ambiente, Bruno Covas (PSDB-SP), retorna para a Assembleia paulista mas vai disputar um posto na Câmara.

As conversas para a transição de governo começam nesta semana.

Autor: Tags: , , ,

quinta-feira, 26 de dezembro de 2013 Estados | 10:30

Cauê Macris deve assumir liderança do PSDB na Assembleia Legislativa de SP

Compartilhe: Twitter

Na Assembleia Legislativa de São Paulo, tucanos dizem reservadamente acreditarem que a liderança da bancada deverá mesmo ficar com o deputado Cauê Macris.

Bruno Covas também pleiteava a posição, mas tem sinalizado a aliados que mudou de ideia e prefere se dedicar à sua campanha em 2014.

Ele deixará a secretaria estadual do Meio Ambiente para disputar mais um mandato na Assembleia paulista.

Autor: Tags: , , ,

sexta-feira, 6 de dezembro de 2013 Partidos | 16:56

Cauê Macris e Bruno Covas são cotados para liderar PSDB na Assembleia de SP

Compartilhe: Twitter

O deputado Cauê Macris e o secretário estadual do Meio Ambiente, deputado licenciado Bruno Covas, são os nomes mais cotados para assumir a liderança do PSDB da Assembleia Legislativa de São Paulo.

Bruno Covas, que é secretário-geral do diretório estadual do partido, volta à Casa no ano que vem e se lança candidato a deputado federal. Quem irá perder a vaga será o deputado Dilador Borges (PSDB-SP).

Cauê, filho do deputado federal Vanderlei Macris (PSDB-SP), vice-presidente do PSDB-SP, deve tentar a reeleição.

Leia também: Base de Alckmin custa a se entender na Assembleia 

Autor: Tags: , , ,

terça-feira, 30 de julho de 2013 Eleições | 10:00

Comissão começa a montar chapas do PSDB para a eleição

Compartilhe: Twitter

O presidente do PSDB-SP, deputado Duarte Nogueira, designou  o secretário estadual do Meio Ambiente, Bruno Covas, o assessor do senador Aloysio Nunes João Guariba e o ex-prefeito de Iperó Marco Antônio Vieira de Campos para compor a comissão que vai formar as chapas proporcionais das eleições do ano que vem.

A comissão irá apresentar na reunião da executiva, na semana que vem, os nomes que irão disputar cadeiras na Assembleia Legislativa de São Paulo e na Câmara dos Deputados.

O trio está ouvindo os atuais deputados, os que disputaram eleições anteriores, ex-prefeitos tucanos interessados em concorrer e antigos militantes que deixaram o partido. Até setembro, o diretório municipal tem a meta de reconquistar ex-tucanos para participarem das eleições de 2014 pelo PSDB.

Autor: Tags: , ,

terça-feira, 11 de junho de 2013 Política | 19:48

Bruno Covas nega privatização de gestão de parques estaduais de São Paulo

Compartilhe: Twitter

O secretário Estadual do Meio Ambiente, Bruno Covas, afirmou nesta terça-feira (11) que o projeto de lei do governador Geraldo Alckmin (PSDB) -enviado em regime de urgência à Assembleia Legislativa de São Paulo o dia 30 de abril- que concede o uso remunerado, pelo prazo de até 30 anos, dos parques estaduais não terceiriza a gestão das áreas.

“A gestão das unidades de preservação continua sob a responsabilidade da Fundação Florestal (órgão do Estado responsável pela gestão dos parques). Não está se passando a gestão das unidades, está se passando a concessão do uso das áreas apontadas no plano de manejo como áreas onde são possíveis ter atividades econômicas, como hotelaria, trilhas, passíveis de serem utilizadas pela concessionária. “, afirmou Covas que participou de uma audiência pública da Comissão de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável da Assembleia Legislativa de São Paulo.

A justificativa do PL 249/2013 menciona falta de tempo e de “recursos materiais e tecnológicos diversos” para que o governo do Estado realize “intervenções urgentes e necessárias na gestão” dos mais de 20 mil hectares. Para Covas, os parques a serem concedidos são “deficitários”.

A proposta autoriza a concessão a exploração dos parques estaduais de Campos do Jordão, Cantareira e Jaraguá e da Estação Experimental de Itirapina e a Floresta Estadual de Cajuru, localizada em Altinópolis.

O secretário afirmou que a cobrança da entrada deverá levar em consideração a vocação das áreas e parte do lucro deverá reverter aos cofres do Estado.

Leia também: Projeto de Alckmin prevê privatização de parques e áreas de preservação em SP

Autor: Tags: , ,

terça-feira, 16 de abril de 2013 Sem categoria | 19:31

‘Estão antecipando a eleição municipal’, diz secretário sobre diretório do PSDB

Compartilhe: Twitter

O secretário de Estado da Casa Civil, Edson Aparecido, criticou nesta terça-feira (16) o impasse na eleição do diretório municipal do PSDB. “Estão antecipando a eleição municipal e isso não faz sentido porque temos uma eleição dificílima para governador antes”, afirmou Aparecido, que apoia a candidatura do vereador Andrea Matarazzo.

Marcada para o último domingo (14), a votação foi adiada para hoje depois que os secretários estaduais Julio Semeghini (Planejamento), Bruno Covas (Meio Ambiente) e José Aníbal (Energia) articularam, em cima da hora, a candidatura do ex-deputado estadual Milton Flávio, que já foi assessor de Aníbal. Covas, Aníbal e Matarazzo são pré-candidatos tucanos à Prefeitura de São Paulo em 2016.

Aparecido, que desde ontem conversa com os envolvidos no impasse para costurar um acordo, afirmou que já havia tido um consenso no partido que seria bom que um vereador assumisse a legenda para prestigiar a Câmara. Pessoas ligadas ao vereador paulistano consideram que o adiamento da eleição da executiva foi uma “puxada de tapete”.

Autor: Tags: , , , ,

  1. Primeira
  2. 1
  3. 2
  4. 3
  5. 4
  6. 5
  7. Última