Publicidade

Posts com a Tag Câmara dos Deputados

segunda-feira, 15 de dezembro de 2014 Congresso | 15:50

Ativistas preparam manifestações contra Bolsonaro na Câmara

Compartilhe: Twitter
O deputado federal Jair Bolsonaro (PP-RJ). Foto: Agência Câmara

O deputado federal Jair Bolsonaro (PP-RJ). Foto: Agência Câmara

Nesta semana, duas manifestações foram convocadas para protestar contra o deputado federal Jair Bolsonaro (PP-RJ), na Câmara dos Deputados. Os atos previstos para terça e quarta-feira pedem a cassação do parlamentar por quebra de decoro e apologia ao estupro contra a deputada Maria do Rosário (PT-RS).

Saiba mais: Após insulto contra deputada, Jair Bolsonaro será alvo de ação judicial

Na semana passada, Bolsonaro disse à ex-ministra “não te estupro porque você não merece” e, em entrevista ao jornal Zero Hora, reforçou a declaração dizendo que a deputada “não merece porque ela é muito ruim, porque ela é muito feia. Não faz meu gênero”. Diante das declarações, PT, PSB, PCdoB e PSOL entraram com uma ação conjunta pedindo a cassação do mandato do deputado.

Na internet, os eventos somam mais de dez mil confirmações. Além disso, foi criada uma petição virtual na Avaaz, que até o momento reúne cerca de 160 mil assinaturas. O objetivo do grupo é alcançar 500 mil, para entregar ao Conselho de Ética da Câmara dos Deputados. Entre as palavras de ordem, está a frase “Bolsonaro não merece ser deputado”, em referência ao movimento “Não mereço ser estuprada”, organizado por feministas no início no ano.

Autor: Tags: , , , , , , , , , ,

sexta-feira, 12 de dezembro de 2014 Congresso | 09:00

PSB traça plano B para Júlio Delgado

Compartilhe: Twitter
Deputado Federal Júlio Delgado (PSB-MG). Foto: Divulgação

Deputado Federal Júlio Delgado (PSB-MG). Foto: Divulgação

Dependendo do desenrolar da disputa da presidência da Câmara, o PSB tem um rumo definido para o deputado Júlio Delgado (PSB-MG).

Já está praticamente certo que ele será o novo líder da bancada na Casa.

Autor: Tags: , , ,

quinta-feira, 11 de dezembro de 2014 Congresso | 13:33

Caso Bolsonaro ficará para o próximo ano, diz presidente do Conselho de Ética

Compartilhe: Twitter

Embora o PT, PCdoB, PSOL e PSB tenham se unido para representar contra Jair Bolsonaro (PP-RJ) no Conselho de Ética da Câmara dos Deputados, não há mais tempo para que nada seja decidido nesta legislatura.

Na última terça-feira, Bolsonaro disse que não estupraria a deputada Maria do Rosário porque ela “não merece” após polêmica sobre a divulgação do relatório final da Comissão da Verdade.

“Não dá tempo. Hoje um processo no conselho tem de ter a duração de 90 dias úteis. Se entrar com a representação essa semana, os 90 dias ultrapassam o final da legislatura”, diz o presidente do Conselho de Ética e Decoro Parlamentar, Ricardo Izar (PSD-SP).

Segundo Izar, pode-se até iniciar o processo nesta legislatura para começar a contar prazo, até que o caso seja arquivado. Ele poderia, posteriormente, na próxima legislatura, que começa em fevereiro, ser desarquivado.

Assista:

Autor: Tags: , , ,

terça-feira, 9 de dezembro de 2014 Congresso | 12:00

Em busca do novo líder, bancada tucana torce pelo ‘resta um’

Compartilhe: Twitter
Duarte Nogueira

Duarte Nogueira

A expectativa de que o deputado Duarte Nogueira (PSDB-SP) possa ser nomeado secretário do governador paulista Geraldo Alckmin tende a facilitar as negociações para decidir quem será o novo líder da bancada tucana na Casa. Em tempos em que o partido anda embalando entusiasmado os discursos de oposição ao governo Dilma, a vitrine ficou pra lá de cobiçada.

Se a nomeação sair, alguns nomes atraem a maioria dos palpites. No topo da lista, o atual líder Antonio Imbassahy (BA) e Carlos Sampaio (SP), que cuidou do jurídico da campanha de Aécio Neves.

 

Autor: Tags: , , , ,

segunda-feira, 8 de dezembro de 2014 Congresso | 19:15

Após adiamento, relator promete para amanhã parecer sobre Argôlo na CCJ

Compartilhe: Twitter
Deputado federal Valtenir Pereira (PROS-MT). Foto: Divulgação

Deputado federal Valtenir Pereira (PROS-MT). Foto: Divulgação

Depois de frustrar membros do Conselho de Ética e Decoro Parlamentar da Câmara ao adiar a entrega de seu relatório sobre o caso Luiz Argôlo (PSD-BA), Valtenir Pereira (PROS-MT) promete apresentar seu parecer amanhã.

Leia também: Presidente do Conselho de Ética teme que Argôlo seja primeira pizza da Lava-Jato

Pereira é relator na Comissão de Constituição e Justiça do recurso encaminhado por Argôlo após aprovação no Conselho de Ética do parecer de Marcos Rogério (PDT-RO) que pede a cassação do parlamentar baiano.

Mesmo no prazo normal, inicialmente programado para 2 de dezembro, a apresentação do relatório que analisará o recurso de Argôlo na Comissão de Constituição e Justiça já era tido como tardio e com risco de livrar Argôlo da cassação.

Com o adiamento, a pizza é praticamente garantida, já que não haverá tempo para o encaminhamento para o Plenário da votação do relatório que pediu a cassação de Argôlo em função de suas relações com o doleiro Alberto Youssef.

Autor: Tags: , , , , , , ,

quinta-feira, 4 de dezembro de 2014 Congresso | 07:30

Deputados pedem investigação de irregularidades em relatório da PEC 215

Compartilhe: Twitter

Deputados da Frente Parlamentar de Apoio aos Povos Indígenas querem que o Conselho de Ética da Câmara investigue a existência de supostas irregularidades na elaboração do relatório da PEC 215, pelo deputado federal Osmar Serraglio (PMDB-PR). Entre outras coisas, a Proposta de Emenda Constitucional transfere para o Legislativo a responsabilidade pela demarcação de terras indígenas e autoriza a revisão de demarcações já realizadas.

Leia tambémIndígenas planejam manifestações semanais em Brasília

Os parlamentares se baseiam em uma informação do Ministério Público Federal e da Polícia Federal de que um assessor jurídico da Confederação Nacional da Agricultura teria elaborado o relatório de acordo com interesses ruralistas, por R$ 30 mil.

“O relatório mente”, diz o deputado federal Padre Ton (PT-RO), presidente da frente. “Não é que um relator de uma PEC não possa buscar assessoria jurídica fora. Mas essas degravações denotam uma quadrilha que está querendo mudar a Constituição do Brasil e mudar cláusulas pétreas para responder aos interesses de uma minoria, que são os ruralistas”, completa.

A votação do relatório estava prevista para a última quarta-feira, mas foi adiada para terça-feira que vem, devido à convocação da Sessão do Congresso Nacional para votar os vetos presidenciais e a nova meta do superávit primário.

Assista:

Autor: Tags: , , , , , ,

segunda-feira, 1 de dezembro de 2014 Congresso | 10:30

Corregedoria da Câmara espera enxurrada de denúncias da Lava Jato

Compartilhe: Twitter
O corregedor da Câmara dos Deputados, Átila Lins (PSD-AM). Foto: Agência Câmara

O corregedor da Câmara dos Deputados, Átila Lins (PSD-AM). Foto: Agência Câmara

No clima das investigações da operação Lava Jato da Polícia Federal, a Corregedoria da Câmara dos Deputados já está se preparando para um ritmo agitado na próxima legislatura.

A avaliação é de que as denúncias apresentadas nas delações premiadas muito em breve resultarão em novos pedidos de representação contra parlamentares, o que demandará um esforço extra da equipe.

Diante disso, a Corregedoria pretende zerar o mais rápido possível a pauta de processos apresentados até o momento, para começar a nova legislatura pronta para se debruçar nos novos casos.

Leia também: Corregedoria da Câmara já recebeu cinco denúncias contra Bolsonaro

Autor: Tags: , , , , ,

Congresso | 07:30

Patrus avança no PT como alternativa para presidência da Câmara

Compartilhe: Twitter
O ex-ministro e prefeito de Belo Horizonte Patrus Ananias (MG).

O ex-ministro e prefeito de Belo Horizonte Patrus Ananias (MG).

O PT voltou a falar com mais ânimo no nome de Patrus Ananias para a disputa da presidência da Câmara.

O ex-ministro já vinha sendo citado como opção faz algum tempo, mas passou a ser apontado com mais frequência pelos colegas de partido, diante da dificuldade de articulação em torno do nome de Arlindo Chinaglia frente ao líder do PMDB, Eduardo Cunha (RJ).

Leia também: Colegas jogam água na candidatura de Arlindo Chinaglia

Autor: Tags: , , , , ,

sexta-feira, 28 de novembro de 2014 Congresso | 16:30

Voz de locutor rende a Pastor Eurico apelido de ‘Pastor Esso’

Compartilhe: Twitter
Deputado Federal Pastor Eurico (PSB-PE). Foto: Agência Câmara

Deputado Federal Pastor Eurico (PSB-PE). Foto: Agência Câmara

Com longos anos de experiência como locutor da Rádio Guarani, o deputado federal Pastor Eurico (PSB-PE) anda cada vez mais conhecido por seu timbre de voz.  A leitura característica com que apresenta seus pareceres na Câmara lhe rendeu inclusive o apelido de “Pastor Esso”, entre alguns colegas.

Nesta semana, ao final da leitura de um voto em separado em defesa do projeto 5412/13 da deputada Rosane Ferreira (PV-PR), que tipifica como crime a divulgação pública de imagens de vídeos de segurança, o pastor ouviu dos colegas que “tinha jeito para repórter da Voz do Brasil”. Alguns foram ainda mais longe e o compararam ao Repórter Esso – noticiário transmitido entre 1941 e 1968 pela Rádio Nacional.

Leia também: Pastor Eurico diz que projeto da cura gay não está ‘descartado’

Autor: Tags: , , , , , , , ,

quinta-feira, 27 de novembro de 2014 Congresso | 19:14

Romário apresenta projeto de lei contra ‘carteirada’

Compartilhe: Twitter
O deputado federal Romário Faria (PSB-DF) - Foto de Luiz Alves - Agência Câmara

O deputado federal Romário Faria (PSB-DF) – Foto de Luiz Alves – Agência Câmara

O deputado federal Romário Faria (PSB-RJ) apresentou nesta semana um projeto de lei que torna crime a prática da “carteirada” – prevendo de um a três anos de prisão para agentes públicos que se aproveitarem do cargo para deixar de cumprir uma obrigação ou para obterem vantagens indevidas. O projeto 8152/2014 também prevê a suspensão da função pública quando comprovado o abuso.

De acordo com o deputado – que foi eleito senador nestas eleições – a iniciativa busca evitar casos como o da agente de trânsito do Rio de Janeiro Luciana Silva, condenada a pagar danos morais por dizer para um magistrado que “juiz não é Deus”. Na ocasião, o juiz João Carlos de Souza Correa dirigia uma Land Rover sem placa nem documentação e deu voz de prisão à agente por desacato.

Em 2012, porém, Romário foi alvo de críticas por vizinhos de condomínio no Rio de Janeiro por ter supostamente usado a condição de parlamentar para levar adiante uma festa de ano novo fora do horário combinado entre os moradores.

Leia também: MP investiga decisões do ‘juiz da Lei Seca’

Autor: Tags: , , , , , ,

  1. Primeira
  2. 8
  3. 9
  4. 10
  5. 11
  6. 12
  7. 20
  8. 30
  9. 40
  10. Última