Publicidade

Posts com a Tag Câmara

quinta-feira, 4 de dezembro de 2014 Congresso | 18:00

PT espera decisão sobre candidato à presidência da Câmara na próxima semana

Compartilhe: Twitter

O PT promete se sentar na semana que vem, para tentar tirar uma posição sobre uma candidatura da legenda à presidência da Câmara.  A legenda tenta fazer frente ao peemedebista Eduardo Cunha (RJ) e até agora custa para encontrar um nome para a vaga.

Até poucas semanas, o nome era Arlindo Chinaglia (SP), mas a desarticulação do apoio dentro da própria bancada petista dificultou as conversas. Nos últimos dias, ganhou força o nome de Patrus Ananias (MG), que retorna à Câmara na próxima legislatura.

Autor: Tags: , , ,

terça-feira, 18 de novembro de 2014 Congresso | 18:50

Inocêncio Oliveira prepara discurso de despedida da Câmara

Compartilhe: Twitter
Inocêncio Oliveira (Foto: Agencia Câmara)

Inocêncio Oliveira (Foto: Agencia Câmara)

O deputado Inocêncio Oliveira (PR-PE) marcou para amanhã seu discurso de despedida do Congresso. Ele falará aos colegas nesta quarta-feira, às 15 horas.

O discurso promete ser animado, já que Inocêncio deu o que falar durante a campanha, ao ser destituído do diretório do partido em Pernambuco depois de contrariar a orientação nacional de apoio à presidente Dilma Rousseff.

Inocêncio fez campanha para o tucano Aécio Neves.

Autor: Tags: , , , ,

sexta-feira, 28 de março de 2014 Congresso | 12:00

Autor de projeto que restringiu acesso ao fundo partidário critica proposta semelhante

Compartilhe: Twitter
Deputado Edinho Araújo (PMDB-SP) (Foto: Lúcio Bernardo Jr / Divulgação)

Deputado Edinho Araújo (PMDB-SP) – (Foto: Lúcio Bernardo Jr / Divulgação)

Autor de uma das leis mais polêmicas sobre a distribuição do fundo partidário e do tempo de rádio e TV, o deputado federal Edinho Araújo (PMDB-SP) criticou os novos projetos sobre o tema.

“Sou contra. É inconstitucional”, afirmou Araújo sobre as Propostas de Emenda Constitucional 344 e 345, de autoria do deputado Mendonça Filho (DEM-PE).

“Meu projeto estabelece a forma de acesso aos recursos, mas essa PEC não dá nem condições para os partidos disputarem”, afirmou Araújo, autor do texto que condicionou a distribuição do fundo partidário e do tempo de campanha à votação do partido – e não mais à presença deles na Casa, em 2013.

Pela nova proposta do líder do DEM, apenas partidos que tenham concorrido às eleições e eleito pelo menos 3% dos membros da Câmara dos Deputados teriam acesso aos recursos do fundo partidário e à campanha gratuita. Dessa forma, partidos como PCdoB, Psol, PSC, PV e PPS correriam o risco de desaparecer dos rádios e TVs.

O texto está na pauta da Comissão de Constituição e Justiça, de onde segue para o Plenário da Câmara. Na última quinta-feira, o deputado federal Chico Alencar (PSOL-RJ) apresentou voto em separado, contrário às propostas.

Autor: Tags: , , , , , , , , , ,

sexta-feira, 14 de março de 2014 Congresso | 17:31

Autor de requerimento busca apoio de senadores para CPMI dos Black Blocs

Compartilhe: Twitter
Deputado Fernando Francischini (SDD-PR) - Foto: divulgação

Deputado Fernando Francischini (SDD-PR) – Foto: divulgação

O líder do Solidariedade na Câmara e autor do requerimento para instalação da CPMI dos Black Blocs, Fernando Francischini, tem encontrado dificuldade para conseguir as as 27 assinaturas necessárias no Senado.

Nessa semana, ele conversou pessoalmente com alguns senadores em busca de apoio.

Para contornar a situação, Francischini pretende nova investida no Senado acompanhado do deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ), na próxima semana.

A ideia é tentar sensibilizar a bancada do PMDB na Casa a aderir ao requerimento.

Segundo Francischini, não deve ser difícil fechar a coleta na próxima semana. “Na Câmara, já conseguimos as assinaturas”, afirma. Com a instalação da CPMI, o Congresso investigaria as denúncias de suposto aliciamento e financiamento de jovens para participarem das manifestações.

Autor: Tags: , , , , , , , ,

segunda-feira, 27 de janeiro de 2014 Congresso | 10:30

PT ressuscita promessas sobre projeto que desonera transporte

Compartilhe: Twitter

O PT promete voltar do recesso parlamentar empenhado em fechar um acordo com o governo federal para votar o Regime Especial de Incentivos para o Transporte Coletivo Urbano e de Caráter Urbano de Passageiros (Reitup), projeto que tramita no Congresso e propõe criar um sistema tributário diferenciado para desonerar o setor.

Saiba mais: Estudo do Ipea resgasta proposta de desoneração do transporte

Setores do governo resistem à proposta, o que alimenta no preocupação quanto a um possível veto da presidente Dilma Rousseff ao texto, uma vez aprovado. A ordem é apoiar a estratégia na tese de que a desoneração contribuiria para evitar aumentos de tarifa de ônibus neste ano.

Leia também: Frente de Prefeitos cobra ministros por mais desonerações do transporte

Autor: Tags: , , , , ,

quarta-feira, 4 de setembro de 2013 Política | 13:02

Romário pede relatoria de projeto que limita mandato dos dirigentes esportivos

Compartilhe: Twitter

O deputado Romário (sem partido-RJ) se reuniu com o senador Cássio Cunha Lima (PSDB-PB) para negociar a relatoria do Projeto de Lei do Senado (PLS) 253/2012, que cria normas para fixar regras de reeleição e de duração dos mandatos dos dirigentes de entidades desportiva.

A proposta foi aprovada pela Comissão de Educação, Cultura e Esporte do Senado e agora segue para a Câmara dos Deputados.

Para Romário, o projeto “vem ao encontro das propostas de moralização da gestão do esporte, que tenho defendido no Parlamento durante todo o meu mandato. Na prática, acaba com as gestões eternas dos cartolas apegados ao poder”.

Autor: Tags: , , , ,

segunda-feira, 17 de dezembro de 2012 Política | 17:00

Crônica de um conflito anunciado

Compartilhe: Twitter

A decisão do ministro Celso de Mello, pela cassação automática do mandato dos deputados João Paulo Cunha (PT-SP), Valdemar da Costa Neto (PR-SP) e Pedro Henry (PP-MT), vai cair no colo do futuro presidente da Câmara.

O atual, Marco Maia (PT-RS), vai detonar a interferência do Supremo Tribunal Federal até o dia 31 de janeiro e avisou, através de sua assessoria, que manterá as posições já anunciadas: não acatará a ordem de cassação do Supremo.

O problema é que a medida só será cumprida depois que a sentença do mensalão transitar em julgado, ou seja, no mínimo daqui a seis meses.

A menos que o STF decida até quarta-feira pela prisão dos deputados condenados, não haverá este ano efeito prático da medida.

O resultado pela cassação ficou em cinco a quatro com o previsível voto de Celso de Mello. Já recuperado da gripe que adiou a decisão por uma semana, o ministro disse agora há pouco que a Câmara terá de respeitar a decisão e considerou “inaceitável” qualquer desobediências.

Estão criadas as condições para a crise institucional cujas consequências são imprevisíveis.

Autor: Tags: , , , ,

sexta-feira, 30 de novembro de 2012 Congresso | 16:00

Reforço na busca da verdade

Compartilhe: Twitter

Com a experiência de quem, como prefeita da capital paulista, estimulou o funcionamento da primeira comissão parlamentar que investigou os crimes da ditadura -a famosa CPI de Perus, que retirou ossadas de militantes de esquerda enterrados numa vala comum do Cemitério de Perus -, a deputada Luiza Erundina (PSB) vai dar um reforço à cruzada empreendida pela Comissão Nacional da Verdade.

Na semana que vem, como presidente da Comissão Parlamentar Memória, Verdade e Justiça da Câmara, ela assinará um convênio de cooperação entre Câmara e CNV, que será representada por seu coordenador, o ex-procurador Claudio Fonteles.

A Câmara tem um dos maiores acervos do país sobre os anos de chumbo. Nos anais da casa estão registrados desde os primeiros atos do regime que se instalou com o golpe civil-militar em 1964 até denúncias recentes sobre possíveis paradeiros de desaparecidos políticos. São documentos preciosos para reconstituir o período.

Autor: Tags: , , ,

sexta-feira, 9 de novembro de 2012 Congresso | 09:00

Disputa no ninho tucano

Compartilhe: Twitter

No exercício do terceiro mandato pelo PSDB de São Paulo, o deputado Carlos Sampaio quer ser o próximo líder do partido na Câmara. Antes de buscar votos nas bancadas de outros estados, quer convencer os colegas paulistas.

É um nome do senador Aécio Neves no Congresso, afinado com espírito de renovação pregada no ninho tucano por Fernando Henrique.

“Se houver consenso entre os paulistas, vou procurar as outras bancadas”, diz Sampaio. “A renovação é de ideias e não de geração”, completa.
Sampaio enfrenta a concorrência de dois tucanos mineiros, Paulo Abi-Ackel e Domingos Sávio.

Autor: Tags: , ,

quarta-feira, 7 de novembro de 2012 Congresso | 22:22

Achados e perdidos

Compartilhe: Twitter

A votação dos royalties deixou muita gente atordoada na Câmara.

Nesta quarta, um deputado deixou uma caneta avaliada em R$ 5 mil num posto de cafezinho que fica entre a Câmara e o Senado.

Logo depois, uma de suas secretárias ligou, desesperada, atrás do mimo.

Outro parlamentar já havia deixado o seu celular por lá.

Autor: Tags: , , ,

  1. Primeira
  2. 1
  3. 2
  4. 3
  5. 4
  6. 5
  7. 10
  8. 20
  9. 30
  10. Última