Publicidade

Posts com a Tag Cândido Vaccarezza

quinta-feira, 9 de junho de 2011 Congresso | 16:48

Marco Maia discute com líderes substituto para Luiz Sérgio

Compartilhe: Twitter

O presidente da Câmara, Marco Maia (PT-RS), está reunido neste momento no gabinete da presidência com o líder do governo, Cândido Vaccarezza (PT-SP), e com o líder do PT na Casa, Paulo Teixeira (SP).

Discutem acordo em torno de um nome para substituir o ministro de Relações Institucionais, Luiz Sérgio, que deve entregar o cargo amanhã para a presidente Dilma Rousseff.

Autor: Tags: , , , , ,

Governo | 11:50

Por que o PMDB abriu mão das Relações Institucionais

Compartilhe: Twitter

É bastante sincera a torcida do PMDB para a nomeação do deputado petista Cândido Vaccarezza para o Ministério das Relações Institucionais.

Se Vaccarezza for para o Planalto, o que é pouco provável, a liderança do governo na Câmara – cargo muito mais importante, diga-se de passagem, ficaria vago.

E tem um peemedebista de olhão nele.

O PT já acendeu a luz vermelha e defende, agora, que o melhor é não deixar a cadeira vaga.

Autor: Tags: , ,

quarta-feira, 8 de junho de 2011 Governo | 16:10

O que mais conta a favor de Ideli Salvatti

Compartilhe: Twitter

Ideli Salvatti (Foto: Beto Barata/AE)

Neste momento de escolha do substituto de Luiz Sérgio no Ministério das Relações Institucionais o que mais conta a favor da ministra da Pesca, Ideli Salvatti, é ter sido ex-senadora.

Há consenso entre os petistas que o Senado é um problema maior do que a Câmara.

Já a nomeação de Cândido Vaccarezza deixaria um posto crucial a ser preenchido: a liderança do governo na Câmara. Um problemão diante das sequelas ainda abertas pelas disputas na bancada petista, hoje dividida.

Ou seja, é mais fácil arrumar um ministro cuja pasta é assim…deixa pra lá.

Autor: Tags: , , ,

Partidos | 12:01

Briga no PT da Câmara diminui chances de Vaccarezza assumir ministério

Compartilhe: Twitter

O candidato natural à vaga de coordenador político seria o líder do governo na Câmara, Cândido Vaccarezza (PT-SP).

Uma forma de compensar os deputados pela nomeação de uma senadora no lugar de Antonio Palocci.

O problema é a brigalhada interna no PT da Câmara, entre Vaccarezza, o líder do partido, Paulo Texeira (SP), e o presidente da Casa, Marco Maia (PT-RS).

Autor: Tags: , , , , , , ,

terça-feira, 7 de junho de 2011 Congresso | 19:21

Vaccarezza: “Nunca houve falta de interlocução no Congresso”

Compartilhe: Twitter

Logo após a saída de Antônio Palocci da Casa Civil, o líder do governo na Câmara, Cândido Vaccarezza (PT-SP), rebateu as notícias de que houve falta de articulação política e de interlocução do governo no Congresso:

— Nesses últimos cinco meses, nós aprovamos dezoito medidas provisórias na Câmara e quinze no Senado. E no período mais recente, inclusive, impedimos a convocação do ministro Palocci aqui na Casa — argumentou.

Autor: Tags: , , , ,

Governo | 13:14

Luiz Sérgio e Vaccarezza usam mesma estratégia para dissipar críticas na base aliada

Compartilhe: Twitter

Diante da crise em torno do ministro Antonio Palocci, que escancarou a falta de articulação política no governo, o ministro de Relações Institucionais, Luiz Sérgio, e o líder do governo na Câmara, Cândido Vaccarezza, adotaram a mesma estratégia para tentar dissipar críticas na base aliada.

Vaccarezza está fazendo do café da manhã com vice-líderes do governo e do almoço com líderes de partidos da base aliada uma rotina toda terça-feira.

E o ministro Luiz Sérgio, que agora participa do almoço de Vaccarezza, também tem adotado a prática de almoços políticos para mostrar serviço.

Autor: Tags: , , , ,

sábado, 4 de junho de 2011 Governo | 12:01

Em plena crise Palocci, Vaccarezza faz afago em Temer

Compartilhe: Twitter

No seu discurso, agora há pouco, na filiação de Gabriel Chalita ao PMDB, o líder do governo na Câmara, deputado Cândido Vaccarezza (PT-SP), preocupou-se em fazer um grande afago ao partido aliado e ao vice-presidente Michel Temer.

Lembrou que o “Brasil não seria este país que está aí sem o PMDB” e destacou o papel da legenda nos feitos econômicos do governo Lula.

Em meio à crise Palocci, como se sabe, o apoio do PMDB tem sido considerado indispensável.

Autor: Tags: , , , , , ,

quinta-feira, 26 de maio de 2011 Partidos | 09:12

Marta Suplicy e Vaccarezza discutem eleições para prefeitura de São Paulo

Compartilhe: Twitter

Líder do governo na Câmara, o deputado Cândido Vaccarezza (PT-SP) se reuniu na noite de ontem com a senadora e vice-presidente do Senado, Marta Suplicy (PT-SP).

Na pauta principal da conversa, as eleições de 2012 para a prefeitura de São Paulo.

Autor: Tags: , , , , , , ,

quarta-feira, 25 de maio de 2011 Congresso | 06:03

Bancada do PT quase votou contra proposta de Dilma para novo Código Florestal

Compartilhe: Twitter

Foi por muito pouco que a bancada do PT na Câmara decidiu seguir a orientação do governo de aprovar o texto do novo Código Florestal e votar contra a emenda 164, que prevê anistia a pequenos produtores que desmataram área de reserva legal até 2008.

Durante quase três horas, os deputados petistas discutiram qual seria o posicionamento da bancada.

O líder do PT na Câmara, Paulo Teixeira, chegou a defender voto contrário à emenda e ao próprio texto do deputado Aldo Rebelo (PCdoB-SP).

Resultado: a bancada decidiu — por 27 votos a 24 — se posicionar a favor da orientação do governo.

Autor: Tags: , , , , , , ,

quinta-feira, 19 de maio de 2011 Governo | 06:05

PV cobra de Dilma cumprimento da promessa feita em troca de apoio no 2º Turno das eleições

Compartilhe: Twitter

Como Poder Online explicou na segunda-feira, a então candidata a presidenta da República Dilma Rousseff (PT) obteve apoio da maior parte do comando nacional do Partido Verde, na disputa de segundo turno contra o tucano José Serra, numa solenidade em que assinou uma espécie de carta-compromisso com os ambientalistas.

Mas ontem o líder do governo na Câmara, Cãndido Vaccarezza (PT-SP), fechou um acordo com os ruralistas e com o PMDB para garantir a votação do Código Florestal na próxima terça-feira, liberando a pauta da Câmara para a votação das medidas provisórias do governo que estão às vésperas de perder validade.

Esse acordo, no entanto, não tem o aval do PV, que simplesmente não aceita a proposta de legalizar as plantações feitas até 2008 nas Áreas de Preservação Permanente das fazendas.

O deputado Sarney Filho (PV-MA) foi o principal articulador do apoio do PV a Dilma Rousseff no segundo turno. Agora, ele é um, dos primeiros a cobrar da presidenta que cumpra sua palavra e vete a legalização:

Autor: Tags: , , , , ,

  1. Primeira
  2. 9
  3. 10
  4. 11
  5. 12
  6. 13
  7. Última