Publicidade

Posts com a Tag Carlos Lupi

quinta-feira, 16 de outubro de 2014 Eleições | 15:24

Relação entre Carlos Lupi e apoiadores de Aécio anda complicada

Compartilhe: Twitter
Carlos Lupi (Foto: Elza Fiúza - Agência Brasil)

Carlos Lupi (Foto: Elza Fiúza – Agência Brasil)

Não anda nada bem a relação entre o presidente nacional do PDT, Carlos Lupi, e seus correligionários Pedro Taques (MT), Cristovam Buarque (DF) e Antônio Reguffe (DF). Nas palavras de um pedetista, o clima está “complicado”, sobretudo depois que Lupi lançou um comunicado oficial em que ameaçou punir aqueles que desrespeitassem a decisão da convenção do partido de apoiar a presidente Dilma Rousseff. Ao contrário de Lupi, Taques, Cristovam e Reguffe anunciaram publicamente o apoio ao presidenciável tucano Aécio Neves.

Para fugir da polêmica, entretanto, o senador eleito Antônio Reguffe (PDT) repete a quem quiser ouvir que sua prioridade no momento é eleger o candidato a governador do Distrito Federal Rodrigo Rollemberg (PSB). Sobre a campanha presidencial, Reguffe desconversa e tem se limitado responder que não fará parte da base governista e votará “a favor dos bons projetos e contra os maus”.

Autor: Tags: , , , ,

quinta-feira, 10 de abril de 2014 Congresso | 17:42

Tucano questiona CGU sobre paradeiro de ex-ministros

Compartilhe: Twitter
Líder da minoria na Câmara, Domingos-Sávio (PSDB-MG). (Foto: George Gianni/PSDB)

Líder da minoria na Câmara, Domingos-Sávio (PSDB-MG). (Foto: George Gianni/PSDB)

O deputado federal Domingos Sávio (PSDB-MG), líder da Minoria na Câmara, solicitou à Controladoria-Geral da União informações sobre investigações de escândalos que supostamente motivaram a queda de ministros durante os governos de Lula e Dilma Rousseff.

Nos sete requerimentos endereçados nesta semana a Jorge Hage, ministro-chefe da CGU, Sávio questiona se os investigados ocupam atualmente algum cargo ou função pública.

Leia também: Escolha de Berzoini para o ministério é alento para o PT

Na chamada “faxina ministerial”, foram exonerados os ministros Antonio Palocci (Fazenda e Casa Civil), Carlos Lupi (Trabalho), Wagner Rossi (Agricultura), Mário Negromonte (Cidades), Pedro Novais (Turismo), Orlando Silva (Esporte) e Alfredo Nascimento (Transporte).

O tucano também pergunta quais medidas administrativas e judiciais foram tomadas, os resultados das investigações e que mecanismos anti-corrupção o governo federal desenvolveu desde então para “correção das falhas apontadas, objetivando evitar a repetição dos atos de corrupção”.

Autor: Tags: , , , , , , , , ,

quinta-feira, 24 de outubro de 2013 Partidos | 10:00

PDT convoca reuniões para decidir alianças e fazer balanço da gestão de Paulinho

Compartilhe: Twitter

O presidente nacional do PDT, ex-ministro Carlos Lupi, convocou duas reuniões importantes para o futuro do partido. A primeira acontece nesta quinta-feira (24), em São Paulo, e a outra será em Brasília no próximo dia 31.

Hoje, Lupi se reúne com os membros de São Paulo para fazer um balanço final da gestão do ex-presidente do diretório estadual, deputado Paulo Pereira da Silva, o Paulinho da Força, fundador do Solidariedade. Em pauta, possíveis ações judiciais contra o ex-pedetista.

Em Brasília, Lupi comanda reunião com líderes de todos os estados da sigla. Além de fazer um balanço nacional após as perdas para siglas novas, o ex-ministro irá articular as alianças para o ano que vem.

Leia também: Lupi assume dianteira do PDT paulista e ignora Paulinho

Autor: Tags: , , ,

sexta-feira, 11 de outubro de 2013 Partidos | 13:16

PSB sonha com apoio de PDT e Solidariedade

Compartilhe: Twitter

A filiação de Marina Silva ao PSB deu ânimo para o partido negociar novas alianças. As siglas dos sonhos agora para reforçar a candidatura do governador de Pernambuco,  Eduardo Campos (PSB), são o PDT, do ex-ministro Carlos Lupi, e Solidariedade, do deputado federal Paulo Pereira da Silva, o Paulinho da Força.

Apesar da tradicional aliança PT-PDT, membros do PSB, inclusive o próprio Campos, já procuraram pedetistas. Em Brasília, o senador Rodrigo Rollemberg (PSB), que pode ser candidato ao governo do distrito, conversa com o deputado José Antônio Reguffe (PDT-DF).

Já o apoio do Solidariedade é dado como certo pelo partido do governador.

Autor: Tags: , , , , ,

quarta-feira, 2 de outubro de 2013 Partidos | 10:30

Lupi busca aproximação com PT de São Paulo

Compartilhe: Twitter

O presidente nacional do PDT, Carlos Lupi, se reuniu com o prefeito de São Paulo, Fernando Haddad (PT), para uma “aproximação partidária”.

Embora as tratativas para 2014 corram soltas, Lupi investe no discurso da candidatura prória em São Paulo e afirma que o assunto segundo turno não foi discutido. Mas disse que a conversa foi sobre a “possibilidade do PDT estar com ele”, após a reestruturação do partido.

O ex-ministro assumiu o diretório estadual de São Paulo após o deputado federal Paulinho da Força (SP) fundar o Solidariedade.

Autor: Tags: , , , ,

segunda-feira, 23 de setembro de 2013 Partidos | 12:00

Paulinho da Força já nem atende mais ligações de Lupi

Compartilhe: Twitter

Depois de intervir no diretório do PDT em São Paulo, o presidente nacional do PDT, Carlos Lupi,  diz que tentou por diversas vezes conversar com o deputado federal Paulo Pereira da Silva, o Paulinho da Força (PDT-SP), mas não conseguiu falar com ele. Paulinho ainda é o presidente do diretório paulista da legenda, mas lidera em paralelo a criação do  Solidariedade.

Segundo Lupi, o deputado, além de não atender mais suas ligações, também não apareceu mais no partido.

Leia também: Deputados interessados no troca-troca eleitoral buscam alternativas à Rede

 

Autor: Tags: , ,

segunda-feira, 26 de agosto de 2013 Partidos | 19:26

‘Não vou segurar ninguém’, diz Lupi sobre Solidariedade

Compartilhe: Twitter

Em reunião na Assembleia Legislativa de São Paulo, o presidente nacional do PDT, Carlos Lupi, tomou a dianteira do diretório paulista e avisou que não vai segurar ninguém no partido.

Foi um recado direto aos que flertam com o Solidariedade, do deputado Paulo Pereira da Silva, o Paulinho da Força Sindical.

“Não vou segurar ninguém. Quem quiser ficar, fica. Nossos irmãos sindicalistas são e sempre serão a base desse partido”, afirmou Lupi.

Paulinho, como era de se esperar, não foi nem convidado. E disse não saber o que vai ser do PDT. Também na tarde de hoje aconteceu uma reunião entre os articuladores do Solidariedade.

Lupi já agendou a próxima reunião do diretório para finalizar a organização das coordenadorias regionais para as eleições do ano que vem. E disse que o PDT paulista tem que ser tão grande quanto é na esfera nacional. Leia-se alinhado ao governo Dilma.

Leia também: Lupi assume dianteira do PDT paulista e ignora Paulinho

Autor: Tags: , ,

sexta-feira, 23 de agosto de 2013 Partidos | 18:21

Lupi assume a dianteira do PDT paulista e ignora Paulinho da Força

Compartilhe: Twitter

O presidente nacional do PDT, Carlos Lupi, convocou uma renião na próxima segunda-feira (26) na Assembleia Legislativa de São Paulo e irritou o presidente do diretório estadual, deputado federal Paulinho da Força (SP).

“É uma reunião estratégica para as eleições do ano que vem, vou criar coordenadorias regionais para cuidar das candidaturas. Eu sou o presidente, eu fiz a convocação (da reunião). Ele (Paulinho da Força) está indo para outro partido e eu vou fingir que não estou vendo? Ele, inclusive, está convidando deputados para ir para o novo partido. Ele não aparece mais em reunião, não atende meus telefonemas. Eu vou organizar o partido com ou sem ele”, afirmou Lupi.

O deputado Major Olímpio enviou ofício aos filiados e políticos do PDT-SP com o convite para falar de “novos rumos” do partido, com a presença de Lupi, referindo-se à iminência da saída de Paulinho do PDT para o novo partido Solidariedade, que ele está ajudando a criar.

Paulinho respondeu ao primeiro ofício do deputado afirmando que o diretório estadual não convocou nenhuma reunião. “Neste sentido, a convocação de qualquer reunião do PDT-SP para esta data, estará sendo feita Á REVELIA DO DIRETÓRIO ESTADUAL DO PDT-SP, em confronto com os dispositivos legítimos do Partido. Em que pese o respeito mantido pelo companheiro Deputado Estadual Major Olimpio, informamos que não corresponde à verdade a informação de que este signatário `decidiu novos rumos com a criação de uma nova legenda`. Pelo contrário, informamos que o Diretório Estadual tem mandato vigente até o dia 07 de outubro de 2013, tendo sido eleito democraticamente nos devidos termos do Estatuto do Partido”, respondeu Paulinho.

O documento fez com que Lupi respondesse dizendo que a reunião estava mantida. “Vamos juntos fazer dessa reunião um novo momento do PDT de São Paulo e uma notável oportunidade para ampliar a ação participativa, encaminhando nossos projetos com ousadia e companheirismo”, afirmou o presidente nacional no e-mail enviado aos filiados.

 

Autor: Tags: , , , ,

sábado, 13 de julho de 2013 Partidos | 07:25

Paulinho da Força bate de frente com cúpula do PDT

Compartilhe: Twitter

A reunião que selou o acordo entre PT, PDT, PC do B e centrais sindicais para apoio ao projeto de decreto legislativo para uma reforma política, que aconteceu na sexta-feira (12) na sede estadual do PDT em São Paulo, estava marcada para acontecer na sede da Força Sindical, presidida pelo deputado Paulo Pereira da Silva, o Paulinho da Força (PDT).

Em cima da hora, Paulinho pediu para o presidente do PDT, Carlos Lupi, alterar o local da reunião por ter uma posição contrária ao plebiscito, mas se comprometeu a comparecer. No entanto, o deputado não apareceu nem mandou representante e deixou o presidente do partido irritado.

“Ele disse que viria à reunião. Eu lamento muito porque nem comunicação disso eu recebi. Ele poderia ter me avisado, sou presidente do partido, lamento ele ter faltado, lamento ele sequer ter me comunicado. Ele como presidente sindical pode ter opinião divergente, mas como membro do partido, tinha que estar presente”, afirmou Lupi.

Quem também não compareceu à reunião foi o presidente da União Geral dos Trabalhadores (UGT), Ricardo Patah.

“Ele está respondendo à imprensa até agora”, disse um dos participantes do encontro no início da reunião, provocando risos dos presentes. A UGT foi acusada de pagar R$ 50 para um grupo participar do Dia Nacional de Luta na quarta-feira (11).

Autor: Tags: , ,

segunda-feira, 10 de junho de 2013 Política | 09:00

Major Olímpio promete giro pelo interior paulista

Compartilhe: Twitter

O deputado estadual Major Olímpio (PDT-SP) garante que sua pré-candidatura ao governo de São Paulo é pra valer e diz até que fará uma série de viagens pelo Estado para lançar seu nome na disputa.

Até agosto, diz ele, serão 25 cidades, entre elas Ribeirão Preto, Presidente Prudente, Bauru e Praia Grande. No próximo dia 15, acontece também um encontro do partido em Guarulhos. O ato terá a presença do ex-ministro Carlos Lupi.

Autor: Tags: , ,

  1. Primeira
  2. 1
  3. 2
  4. 3
  5. 4
  6. 5
  7. Última