Publicidade

Posts com a Tag Cauê Macris

terça-feira, 11 de março de 2014 Política | 17:16

Cauê Macris assume a liderança do PSDB na Assembleia paulista

Compartilhe: Twitter

O deputado Cauê Macris foi eleito nesta terça-feira, por unanimidade, líder da bancada do PSDB da Assembleia Legislativa de São Paulo.

Deputado Cauê Macris (foto: Alesp)

Deputado Cauê Macris (foto: Alesp)

Cauê é filho do deputado federal Vanderlei Macris (PSDB-SP) e aos 30 anos é o parlamentar mais jovem a assumir a bancada tucana na casa.

Em seu primeiro mandato, o deputado que é vice-presidente estadual do partido, já foi relator do Orçamento por duas vezes. Barros Munhoz (PSDB-SP) permanece na liderança do governo.

Autor: Tags: , , ,

quinta-feira, 26 de dezembro de 2013 Estados | 10:30

Cauê Macris deve assumir liderança do PSDB na Assembleia Legislativa de SP

Compartilhe: Twitter

Na Assembleia Legislativa de São Paulo, tucanos dizem reservadamente acreditarem que a liderança da bancada deverá mesmo ficar com o deputado Cauê Macris.

Bruno Covas também pleiteava a posição, mas tem sinalizado a aliados que mudou de ideia e prefere se dedicar à sua campanha em 2014.

Ele deixará a secretaria estadual do Meio Ambiente para disputar mais um mandato na Assembleia paulista.

Autor: Tags: , , ,

sexta-feira, 6 de dezembro de 2013 Partidos | 16:56

Cauê Macris e Bruno Covas são cotados para liderar PSDB na Assembleia de SP

Compartilhe: Twitter

O deputado Cauê Macris e o secretário estadual do Meio Ambiente, deputado licenciado Bruno Covas, são os nomes mais cotados para assumir a liderança do PSDB da Assembleia Legislativa de São Paulo.

Bruno Covas, que é secretário-geral do diretório estadual do partido, volta à Casa no ano que vem e se lança candidato a deputado federal. Quem irá perder a vaga será o deputado Dilador Borges (PSDB-SP).

Cauê, filho do deputado federal Vanderlei Macris (PSDB-SP), vice-presidente do PSDB-SP, deve tentar a reeleição.

Leia também: Base de Alckmin custa a se entender na Assembleia 

Autor: Tags: , , ,

terça-feira, 19 de novembro de 2013 Política | 13:14

Projeto de Orçamento 2014 de SP tem mais de 10 mil emendas

Compartilhe: Twitter

O relator do projeto de lei para fixar o Orçamento do Estado de São Paulo para o ano que vem, deputado Cauê Macris (PSDB), vai ter trabalho. A proposta do governador Geraldo Alckmin (PSDB) enviada à Assembleia Legislativa recebeu 10.835 emendas.

Leia também: Artistas fazem cortejo na Assembleia de SP por orçamento maior

Macris tem agora 20 dias para sintetizar as emendas e concluir seu relatório e, então, o Orçamento entrará na pauta para votação, o que tem que ocorrer ainda neste ano.

A Assembleia realizou 21 audiências públicas em todo o Estado para discutir o projeto, que geraram 24 emendas apresentadas pela Comissão de Finanças, Orçamento e Planejamento. Além disso, a população pode enviar sugestões pelo site da Casa.

Saiba mais: Paulistas poderão apresentar emendas ao Orçamento 2014 pela internet

Autor: Tags: , , , ,

quarta-feira, 4 de setembro de 2013 Política | 21:08

Por 40 minutos, deputados de SP se perdem em manobras e ficam sem respostas do presidente do Metrô

Compartilhe: Twitter

Por 40 minutos, cerca de 20 deputados que participavam da reunião da Comissão de Infraestrutura com o  diretor-presidente do Metrô, Luiz Antonio Carvalho Pacheco, se perderam em manobras políticas de obstrução e acabaram não ouvindo a resposta da maioria das questões sobre o caso Siemens.

Pelo regimento da Casa, as comissões não podem se alongar durante a sessão do plenário, que tem início às 18h30. Para que o grande expediente não fosse iniciado, deputados petistas se revezavam na tribuna para que a sessão não fosse iniciada.

Enquanto isso, deputados do PSDB discutiam com o presidente da comissão, Alencar Santana (PT-SP), em outro auditório, dizendo que o presidente da Casa, Samuel Moreira (PSDB-SP), já havia iniciado o grande expediente.

O deputado Cauê Macris (PSDB-SP) afirmou que os petistas estavam fazendo um “tribunal de inquisição” com o presidente do Metrô, enquanto os petistas diziam que os tucanos estavam tentando “blindar” Pacheco. O bate-boca durou 40 minutos e a reunião da Comissão foi encerrada sem o presidente esclarecer, por exemplo, questões levantadas  sobre empresas supostamente laranjas.

Outra reunião com o presidente do Metrô deverá ser agendada.

Leia também: PT tenta constranger deputados que não assinaram pedido de CPI do caso Simens

Autor: Tags: , , , , ,

terça-feira, 11 de junho de 2013 Política | 11:38

Deputado do PSDB dá parecer favorável à cassação de Afif

Compartilhe: Twitter

O deputado Cauê Macris (PSDB) protocolou nesta terça-feira (11) na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) parecer favorável ao processo de perda do mandato de vice-governador Guilherme Afif (PSD) na Assembleia de São Paulo.

“(…) a posse simultânea de dois cargos públicos, de Vice-Governador e de Ministro de Estado, indica, em tese, eventual violação de dispositivos constitucionais hábil a ensejar a perda de mandato de Vice-Governador (C. F., art. 28, § 1º e arts. 38, parágrafo único e 42, ambos da Constituição do Estado de São Paulo), como reconhecido no Parecer emitido pela douta Procuradoria desta Casa, ao qual se faz expressa menção como parte integrante da presente fundamentação”, diz o parecer do tucano.

O parecer será votado pelos 13 integrantes da CCJ -cinco deles são do PT, PTB e PSD, que já declararam que a Assembleia deveria opinar apenas sobre um pedido eventual de licença superior a 15 dias do vice, que regimentalmente tem que passar pela Casa.

Caso seja acatado, Afif terá o prazo de cinco dias para apresentar sua defesa por escrito. Em seguida, Macris dará um novo parecer, o de mérito, que novamente será apreciado pela CCJ. Se aprovado, será encaminhado ao plenário.

Tanto o procurador da Assembleia, Carlos Roberto de Alckmin Dutra, quanto o procurador-geral do Estado, Márcio Fernando Elias Rosa, já manifestaram que Afif deveria deixar o posto de vice-governador. O parecer de Dutra diz que há violação ao pacto federativo e ao princípio de autonomia administrativa das unidades, além de riscos de conflitos entre os interesses da União e do Estado de São Paulo. Rosa diz que o acúmulo de postos públicos é permitida excepcionalmente e somente quando há permissão expressa instituída na Constituição Federal.

Em seu favor, Afif -que assumiu o governo do Estado ontem após viagem do governador Geraldo Alckmin (PSDB)- tem um parecer da Advocacia-Geral da União (AGU) que diz que a dupla função é permitida.

Leia também: Deputados batem boca em debate sobre saída de Afif do governo de SP

Autor: Tags: , , , ,

sexta-feira, 3 de maio de 2013 Partidos | 17:15

PSDB paulista faz ajustes finais em chapa para o diretório estadual

Compartilhe: Twitter

Com ordem do alto escalão  para que na eleição do diretório paulista da sigla não haja surpresas como na disputa municipal, o PSDB faz os ajustes finais na chapa que será apresentada neste fim de semana.

Além do candidato único à presidência do diretório, Duarte Nogueira, já estavam confirmados os deputados estaduais Cauê Macris na vice-presidência  e Antonio de Souza Ramalho, o Ramalho da Construção, na primeira secretaria. Dilador Borges será vogal. Restam, entretanto, pendências como a secretaria-geral, que será definida no sábado (4).

Estão no páreo dois nomes: o primeiro é Marcos Monteiro, que foi tesoureiro do PSDB-SP e secretário estadual de Gestão, e é ligado ao ex-governador José Serra; o segundo é Fábio Lepique, diretor da Companhia Paulista de Obras e Serviços (CPOS), ligado ao governador Geraldo Alckmin.

Leia também: Após pressão de Alckmin, Pedro Tobias retira candidatura à reeleição da presidência do PSDB

Autor: Tags: , ,

terça-feira, 30 de abril de 2013 Estados | 14:06

Bancada tucana da Alesp fecha indicações para diretório estadual do PSDB

Compartilhe: Twitter

A bancada do PSDB na Assembléia Legislativa de São Paulo esteve reunida na manhã desta terça-feira para deliberar sobre indicações que fará para a composição da chapa única que será apresentada para assumir o diretório paulista do partido.

O deputado estadual Cauê Macris, filho do deputado federal Vanderlei Macris, será indicado para a 1ª vice. Cargo que atualmente é ocupado por seu pai.

Outro deputado estadual, Antônio de Souza Ramalho, foi o escolhido pela bancada para a 1ª secretaria.

Dilador Borges é a indicação da bancada para ocupar uma das vogais.

Os nomes serão apresentados para Duarte Nogueira, canidato único para assumir a presidência.

Autor: Tags: , , ,