Publicidade

Posts com a Tag coligação proporcional

segunda-feira, 25 de junho de 2012 Eleições | 07:37

Aníbal diz que vereadores tucanos formam uma bancada de “adesões e conveniências”

Compartilhe: Twitter

Indignado com o fato de que os vereadores tucanos resolveram aceitar a coligação proporcional para a disputa eleitoral deste ano, José Aníbal disse que a bancada do PSDB na Câmara Municipal de São Paulo é uma bancada de adesões e conveniências.

— Não tem debate, eles aderem. Não tem uma manifestação política deles. É só adesão aqui e ali. O PSDB não cresce quando se cala dessa forma — disparou Aníbal.

Curiosamente, Aníbal usou o mesmo termo que o governador Geraldo Alckmin havia utilizado no começo do mês ao criticar o “enorme adesismo” existente na política em que todos quer sugar o governo.

Ele classificou ainda como “coisa de vigarista” os boatos sobre sua saída do PSDB.

— Tenho a cara do PSDB, diferentemente de alguns malandros. Conduzi a aprovação do Plano Real na Câmara e defendi o governo FHC enquanto muitos o esconderam.

Autor: Tags: , , , ,

domingo, 24 de junho de 2012 Eleições | 15:47

Kassab acredita que Serra escolherá vice ouvindo os partidos aliados

Compartilhe: Twitter

O prefeito Gilberto Kassab (PSD) se esquivou da tese de que com a aceitação do chamado chapão (composição proporcional que colocará PSDB junto com PR, PSD e DEM) os tucanos buscarão uma chapa pura para a corrida municipal paulistana.

Para Kassab, o candidato José Serra (PSDB) fará uma escolha a partir do diálogo com os demais partidos da aliança.

Assista:

Autor: Tags: , , ,

sexta-feira, 22 de junho de 2012 Eleições | 18:29

Aníbal encerra o assunto: “não tenho de fazer ato nenhum de apoio ao Serra”

Compartilhe: Twitter

O secretário estadual de Energia, José Aníbal, disparou contra o líder da bancada tucana na Câmara Municipal de São Paulo, Floriano Pesaro.

Pesaro declarou que Aníbal trabalha para que José Serra perca a eleição em São Paulo.

O estopim da discussão entre os tucanos foi a coligação proporcional aprovada na noite de ontem pelo diretório municipal do partido. A união proporcional com o PSD foi aprovada por 41 votos a favor contra 27 contrários à união.

Segundo Aníbal, se a votação que decidiu a questão não tivesse sido aberta a coligação não teria sido aprovada. O secretário diz que muitos votaram constrangidos a optar pela união.

— O Floriano é um pau mandado, um leviano — criticou Aníbal, questionando a brusca mudança de posição do correligionário em relação às coligações proporcionais.

Perguntado sobre a realização de um ato de apoio à candidatura Serra, Aníbal resolveu encerrar a questão de uma vez:

— Não tenho de fazer ato nenhum de apoio ao Serra — disse o tucano.

Autor: Tags: , , , ,

sexta-feira, 15 de junho de 2012 Eleições | 10:01

Coligação proporcional permanece indefinida no PSDB e preocupa aliados

Compartilhe: Twitter

Alvo de preocupação do PP, a coligação proporciona é um tema para o qual o PSDB ainda não achou solução.

Internamente, os tucanos discutem a situação e muitos deles são contrários a esse tipo de união.

Entre os partidos que apoiam Serra (DEM, PSD, PV e PR) somente os verdes dizem não querer aliança na eleição para a disputa à Câmara Municipal.

O PR não apenas pediu a coligação como é condição para levar o apoio a José Serra para além da convenção.

Para o PP, o excessivo número de partidos poderia encolher as possibilidades de construção de uma bancada.

Autor: Tags: , , , , , , ,

sexta-feira, 8 de junho de 2012 Eleições | 08:00

Líder do PSB paulistano defende coligação proporcional com o PT

Compartilhe: Twitter

O presidente do PSB de São Paulo, vereador Eliseu Gabriel, disse ser favorável à coligação proporcional para a disputa municipal.

O partido deve anunciar oficialmente na semana que vem sua aliança com o PT .

— Na minha visão, ajuda — resumiu o socialista.

Gabriel afirma, entretanto, que o tema ainda não foi discutido internamente no PSB e que por isso não se pode dizer se o partido vai ou não exigir a coligação proporcional do PT.

Nos próximos dias, Gabriel fará uma consulta entre correligionários para retirar uma posição sobre a questão.

Autor: Tags: , , , ,

quarta-feira, 30 de maio de 2012 Eleições | 12:00

Serra sobre coligações proporcionais: “é preciso ver o que cada partido deseja”

Compartilhe: Twitter

O tucano José Serra afirmou que em princípio as coligações proporcionais, que uniriam a chapa de vereadores do PSDB com os demais apoiadores, devem acontecer, mas que dependerão do que cada partido aliado desejar.

Nos bastidores, o tema tem dividido tucanos com uma parcela deles se posicionando contrariamente à união.

Serra disse que o tema não está colocado pelo diretório municipal e que existem apenas plantações sobre o assunto.

Assista:

Autor: Tags: , , ,

Eleições | 07:50

Kassab diz que questão da coligação proporcional entre PSDB e PSD não será decidido até que aliados estejam definidos

Compartilhe: Twitter

O prefeito Gilberto Kassab (PSD) afirmou que a questão das coligações proporcionais entre o seu partido e o PSDB não será decidido agora.

O tema tem dividido opiniões no PSDB com alguma declarações públicas de tucanos contrários à união com a sigla de Kassab para a disputa proporcional.

O prefeito disse que o tema será discutido no momento adequado pelas lideranças partidárias quando for definida a composição da aliança em torno da candidatura do tucano José Serra.

Segundo Kassab, essa será uma discussão que será realizada sob a liderança de Serra.

Assista:

Autor: Tags: , , , , ,

segunda-feira, 28 de maio de 2012 Eleições | 18:59

Líder tucano diz que discussão sobre coligações proporcionais faz PSDB jogar contra si

Compartilhe: Twitter

Notoriamente contrário à coligação proporcional na eleição paulistana, o líder do PSDB na Câmara Municipal, Floriano Pesaro, acredita que o partido se precipita ao discutir a questão nesse momento.

O tucano diz que essa questão não tem sido colocada em pauta pelos aliados (PV, PSD e DEM) neste momento e que por isso não faria sentido que o PSDB se antecipasse.

— Discutir isso agora é jogar contra nós mesmos. O momento certo para tratar do tema é mais próximo da convenção e não agora – disse Pesaro.

Autor: Tags: , , ,

domingo, 27 de maio de 2012 Partidos | 10:00

Cresce no diretório municipal do PSDB o movimento contra coligação proporcional em São Paulo

Compartilhe: Twitter

Tucanos interessados em impedir uma coligação proporcional nas eleições em São Paulo ganharam força nos últimos dias.

A coligação proporcional é de interesse de José Serra que vê na questão uma forma de agradar aos aliados.

A grande mudança na situação é que diferentes correntes interessadas em bloquear a coligação que até aqui não vinham dialogando passaram a se articular de forma conjunta.

A leitura desses setores é de que, se a coligação for aprovada, terá de ser discutida e não poderá será imposta goela abaixo.

Autor: Tags: , ,

quarta-feira, 18 de abril de 2012 Eleições | 10:00

PSB aposta em coligação proporcional e em Marcelinho Carioca para aumentar bancada na Câmara Municipal

Compartilhe: Twitter

Independentemente de sua posição pró-PT, o vereador Juscelino Gadelha (PSB) defende que o partido trabalhe por uma coligação proporcional na corrida eleitoral em São Paulo.

Gadelha afirma que o PSB tem como meta aumentar a bancada dos atuais três vereadores para cinco na próxima legislatura.

O socialista defende que isso só será possível com a coligação. Num voo solo, diz Gadelha, o PSB não crescerá. Ele acrescenta que tanto PT quanto PSDB já ofereceram esta opção.

O partido aposta que esses dois novos vereadores que engrossarão o atual trio serão o ex-jogador e ídolo do Corinthians Marcelinho Carioca e Masataka Ota.

Autor: Tags: , , , ,

  1. Primeira
  2. 1
  3. 2
  4. Última