Publicidade

Posts com a Tag Comissão de Assuntos Sociais

quarta-feira, 25 de fevereiro de 2015 Congresso | 19:53

Comissões do Senado criam impasse no PMDB

Compartilhe: Twitter
Senador Eunício Oliveira (PMDB-CE). Foto: Luiz Alves / Agência Senado

O líder do PMDB no Senado, Eunício Oliveira (PMDB-CE). Foto: Luiz Alves / Agência Senado

Se a disputa interna no PMDB pelo comando da Comissão de Constituição e Justiça do Senado parece acirrada, com os senadores Edison Lobão (MA), José Maranhão (PB) e Garibaldi Alves (RN) no páreo, outras comissões esquentam o clima nos bastidores.

O líder do PMDB no Senado, Eunício Oliveira (CE), tem evitado falar sobre essas disputas na pela presidência das três comissões as quais seu partido terá direito na Casa: Constituição e Justiça, Infraestrutura e Assuntos Sociais.

Na Infraestrutura, o nome mais cotado para assumir o comando é o paraibano Raimundo Lira, que assumiu a vaga de senador com a ida de Vital do Rego para o Tribunal de Contas da União. A CAS, por sua vez, poderia ficar como prêmio de consolo para quem perder a presidência da CCJ. O martelo final, porém, só deve ser batido na próxima semana e a ordem, até lá, é evitar publicizar a disputa e demonstrar qualquer sinal de desunião na bancada.

Autor: Tags: , , , , , , , ,

terça-feira, 11 de março de 2014 Congresso | 08:00

Em comissão do Senado, PT fecha voto pela rejeição de projeto que altera Bolsa Família

Compartilhe: Twitter
Aécio Neves (foto: Agência Senado)

Aécio Neves (foto: Agência Senado)

Na reunião da Comissão de Assuntos Sociais do Senado desta quarta-feira, o PT apresentará voto pela rejeição do PLS 458/2013, de autoria do senador Aécio Neves (PSDB-MG).

O projeto regulamenta a saída de beneficiários do Bolsa Família, estipulando um prazo de seis meses para as famílias que não se encaixam mais nos critérios do programa fazerem a transição.

Para a bancada petista, no entanto, as modificações prejudicariam o acesso dos beneficiários ao programa, uma vez que os prazos atuais para a transição costumam ser mais flexíveis do que os seis meses propostos.

Além disso, pesa sobre a votação o que alguns parmalentares classificam como caráter eleitoreiro com relação à iniciativa do pré-candidato tucano à Presidência.

Autor: Tags: , , , ,