Publicidade

Posts com a Tag Congresso Nacional

terça-feira, 3 de março de 2015 Governo | 15:15

Base reclama e Dilma acerta reunião com líderes

Compartilhe: Twitter
 Dilma Rousseff (Foto: Agência Brasil)

Dilma Rousseff (Foto: Agência Brasil)

Diante de mais uma leva de reclamações de aliados, a presidente Dilma Rousseff convocou uma reunião com líderes de todos os partidos da base.

O encontro acontece amanhã, no Palácio do Planalto, a partir das 10 horas.

 

Autor: Tags: , ,

quarta-feira, 25 de fevereiro de 2015 Governo | 09:00

Senadores reclamam de ausência de Dilma na primeira conversa com o governo

Compartilhe: Twitter
O ministro da Secretaria de Relações Institucionais, Pepe Vargas. (Foto: Agência Brasil)

O ministro da Secretaria de Relações Institucionais, Pepe Vargas. (Foto: Agência Brasil)

A primeira avaliação de integrantes do governo sobre a rodada de conversas promovida pelo Planalto ontem é curiosa. Os deputados da base, que se mostravam até então mais rebeldes em relação ao pacote fiscal, ouviram atentamente as explicações e se dispuseram buscar um consenso.

Já os senadores adotaram um ar de superioridade em relação aos ministros e chegaram a reclamar que a conversa teria que ser com a própria presidente Dilma Rousseff, não com o ministro de Relações Institucionais, Pepe Vargas, responsável pelo diálogo do Planalto com o Congresso. Os senadores queriam Dilma no comando das negociações.

Coube a Pepe a função de amenizar o clima e dizer que a presidente só não estava na conversa inicial por problemas na agenda e que ela, em encontros futuros, ela estará presente.

Autor: Tags: , , ,

sexta-feira, 13 de fevereiro de 2015 Governo | 16:00

Governo tenta driblar desgaste em ida de ministros ao Congresso

Compartilhe: Twitter
José Guimarães (Foto: Agência Câmara)

José Guimarães (Foto: Agência Câmara)

A liderança do governo na Câmara tem procurado os ministros e seus assessores, na tentativa de montar uma agenda positiva para ser levada ao Congresso Nacional.

Sem conseguir barrar o convite aos 39 ministros, a ideia agora é tentar driblar o desgaste buscado pela oposição e alguns rebeldes da base aliada.

Assim, os ministros têm sido instruídos a vender o melhor possível o peixe de cada área e aproveitar, ainda, para buscar uma aproximação com os parlamentares.

Autor: Tags: , ,

Congresso | 10:00

PT vê no lobby da OAB obstáculo à legalização do lobby

Compartilhe: Twitter

Se o PT tivesse que apontar um culpado pela dificuldade de sequer colocar em discussão a proposta de legalização do lobby seria o próprio lobby. Mas não das grandes empreiteiras e sim da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB).

A entidade, diz o partido, vem pressionando desde o ano passado para que advogados não sejam enquadrados entre os profissionais cuja atuação teria de ser regulamentada pelas novas normas.

Autor: Tags: , , ,

quarta-feira, 4 de fevereiro de 2015 Congresso | 06:00

Com novo líder, Dilma age para conter críticas do próprio PT ao governo

Compartilhe: Twitter

Ao indicar o deputado José Nobre Guimarães (PT-CE) como novo líder do governo na Câmara, a presidente Dilma Rousseff não só tenta minimizar o os atritos com o novo presidente da Casa, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), como age para acalmar a resistência dentro de seu próprio partido ao governo. Muito antes de confirmada a eleição de Cunha, o governo já trabalhava com o nome de Guimarães como chave para manter sob controle a irritação da bancada petista, intensificada nos últimos meses pela montagem do novo ministério.

José Guimarães (Foto: Agência Câmara)

José Guimarães (Foto: Agência Câmara)

Guimarães é irmão de José Genoino e teve, em 2005, um assessor preso no aeroporto com dólares na cueca. Ele é hoje um dos principais expoentes do grupo Construindo um Novo Brasil (CNB) na Câmara. Cresceu em poder e capacidade de articulação justamente no vácuo deixado pela prisão de seu irmão e de outro líder petista no Congresso e réu no mensalão, o ex-presidente da Câmara João Paulo Cunha (PT-SP).

Logo depois da posse de Dilma, na virada do ano, Guimarães foi chamado ao gabinete do chefe da Casa Civil, Aloizio Mercadante. Ouviu do ministro que a indicação para a liderança do governo estava praticamente certa, já que o Planalto antevia a necessidade de acalmar a ala majoritária do PT, mais especificamente a CNB. O grupo foi removido de cargos que considerava estratégicos na reforma ministerial, como a Secretaria de Relações Institucionais e a Secretaria-Geral da Presidência.

O grupo ameaçava subir o tom contra o governo justamente no fim desta semana. É quando está prevista a próxima reunião do diretório nacional do partido, em Minas Gerais. Por dar as cartas no partido, a CNB tem poder para evitar a aprovação de resoluções mais duras no partido da presidente.  E a expectativa, na reunião, é que grupos mais à esquerda da legenda proponham justamente que sejam feitas críticas públicas às primeiras medidas do ajuste fiscal anunciado pelo governo.

Autor: Tags: , , ,

sexta-feira, 30 de janeiro de 2015 Congresso | 06:00

Peemedebista diz que aposta o salário na vitória de Eduardo Cunha

Compartilhe: Twitter
Manoel Junior (PMDB-PB) (Foto: Agência Câmara)

Manoel Junior (PMDB-PB) (Foto: Agência Câmara)

O deputado Manoel Junior (PMDB-PB) se diz disposto a apostar o salário do mês de fevereiro com o colega Silvio Costa (PSC-PE). Isso em resposta à previsão feita pelo pernambucano em relação à eleição para a presidência da Câmara.

Eduardo Cunha, segundo Costa, começou a disputa “dizendo que teria 330 votos, passou para 270 e daqui para domingo chega em 150”. E emendou: “Vai ter que ter cuidado para não perder do Júlio Delgado”.

“Eu não sou um homem afortunado, mas se o Eduardo Cunha tiver menos de 310 votos e o candidato dele tiver mais de 150, eu pago qualquer aposta. Aposto até o meu salário de fevereiro”, diz o peemedebista.

Autor: Tags: , , , , ,

quinta-feira, 29 de janeiro de 2015 Congresso | 12:00

PSDB avança na escolha do líder na Câmara, mas emperra no Senado

Compartilhe: Twitter
O deputado Carlos Sampaio (Foto: Divulgação)

O deputado Carlos Sampaio (Foto: Divulgação)

Se depender do andamento das conversas para a escolha de novos líderes, Carlos Sampaio está bem posicionado para levar a melhor na Câmara, segundo alguns colegas. Na lista de alternativas, aparece ainda com certa dose de apoio Marcus Pestana (MG).

No Senado, entretanto, nada andou muito por enquanto. Mas quem circula na bancada vê como óbvias as alternativas José Serra (PSDB-SP) e Tasso Jereissati (CE).

Autor: Tags: , , , , , ,

terça-feira, 27 de janeiro de 2015 Governo | 12:00

Ministros serão orientados a dar mais atenção a parlamentares

Compartilhe: Twitter
A presidente Dilma Rousseff. (Foto: Alan Sampaio / iG Brasília)

A presidente Dilma Rousseff. (Foto: Alan Sampaio / iG Brasília)

Passada a posse do novo Congresso, no novo fim de semana, o Palácio do Planalto espera que todos os ministros participem do esforço para melhorar a relação entre Executivo e Legislativo no novo governo.

A ideia é orientar todos os auxiliares da presidente Dilma Rousseff, novos e antigos, a dar mais atenção a parlamentares. Leia-se reservar espaço na agenda para audiência com deputados e senadores.

A ordem é para que todas as pastas incorporem em suas atividades rotineiras a tarefa de melhorar a relação institucional entre os poderes.

Autor: Tags: , , ,

segunda-feira, 26 de janeiro de 2015 Congresso | 15:35

Valadares se movimenta, mas ainda não convence

Compartilhe: Twitter
Antônio Valladares (PSB-SE)  (Foto: Agência Senado)

Antônio Valladares (PSB-SE) (Foto: Agência Senado)

Quem ainda está sem saber para onde vai a disputa pela presidência do Senado custa a acreditar que a candidatura do senador Antonio Carlos Valadares (PSB-SE) vá de fato sair do papel.

Ele anunciou hoje que poderá entrar na corrida contra o presidente da Casa, Renan Calheiros (PMDB-AL), mas o martelo só será batido amanhã, após reunião da bancada socialista.

 

Autor: Tags: , , , ,

quarta-feira, 14 de janeiro de 2015 Congresso | 19:40

Pepe Vargas larga na linha dura

Compartilhe: Twitter

O novo ministro das Relações Institucionais, Pepe Vargas, já deu sinais de que não vai dar moleza aos colegas de partido. Nesta quarta-feira, ele recebeu para um café em seu gabinete três senadores: José Pimentel (CE), Walter Pinheiro (BA) e Humberto Costa (PE).

Eles queriam o aval do ministro para indicar um nome a ser considerado pelo Planalto para a liderança do governo no Senado.  A resposta dadas aos senadores foi um sonoro “não”. Pepe deixou claro que todo o processo caberá exclusivamente à presidente.

Autor: Tags: ,

  1. Primeira
  2. 1
  3. 2
  4. 3
  5. 4
  6. 5
  7. 10
  8. 20
  9. Última