Publicidade

Posts com a Tag DataSenado

quarta-feira, 24 de outubro de 2012 Brasil | 15:15

Bafômetro aprovado; bullying condenado

Compartilhe: Twitter

Outros dados interessantes da pesquisa do DataSenado, feita para avaliar como a população analisa temas que estão sendo discutidos nos projetos de reforma do Código Penal – há um sendo discutido no Senado e outro na Câmara dos Deputados. O instituto é ligado à Secretaria de Pesquisa e Opinião do Senado.

Lei Seca: 74% dos entrevistados aprovam o uso do bafômetro para detectar se o motorista ingeriu bebidas alcoólicas. Mas 73% discordam da possibilidade de que apenas o testemunho de um policial sirva para comprovar a embriaguez de um motorista.

Jogo do bicho: 50% são contra sua legalização; 48%, a favor.

Bullying: a grande maioria dos entrevistados – 80% – é a favor da criminalização de agressões e intimidações na escola.

Outra curiosidade: 59% perdoam quem furta um objeto e, arrependido, o devolve. Para a maioria dos ouvidos, o autor do crime não deve ser processado.

Autor: Tags: , , , ,

Brasil | 14:45

Intolerância a cambistas; divisão em relação à pirataria

Compartilhe: Twitter

O trabalho do DataSenado – que entrevistou 1.232 pessoas em 119 municípios brasileiros – revela que a população quer punir cambistas e quem abandona animais, mas é, em boa parte, tolerante com a pirataria de alguns produtos. Vamos aos números:

Cambistas: para 70%, vender ingressos com preços acima do oficial deve ser considerado crime.

Abandono: 85% dos ouvidos querem punição criminal para quem abandonar animais.

Pirataria: para 52% dos entrevistados, quem copia livro, DVD ou CD para uso pessoal não deve pagar direitos autorais; 46% consideram que a cobrança é devida.

Autor: Tags: , , ,

Brasil | 14:30

Contra o aborto e liberação de drogas; a favor da punição a quem discrimina homossexuais

Compartilhe: Twitter

A pesquisa do DataSenado mostra que a população se mantém conservadora em alguns aspectos e, ao mesmo tempo, adota posturas mais liberais – apoia, por exemplo, a criminalização de quem discrimina homossexuais. Vamos aos números:

Aborto: 82% são contra a possibilidade de aborto motivado apenas pela vontade da mulher. Já 78% admitem a interrupção de gravidez motivada por estupro; 74%, quando houver risco de morte para a gestante.

Entre os entrevistados, 67% foram favoráveis à permissão do aborto quando médicos disserem que o bebê tem uma doença grave e pode morrer logo depois do nascimento.

Drogas: 89% não admitem que pessoas possam produzir e guardar drogas para uso próprio.

Ortonásia: os entrevistados se dividiram quanto à possibilidade de interrupção de tratamento de um paciente terminal. Dos que foram ouvidos, 49% defenderam o poder de escolha do paciente; 48% foram contra.

Preconceito: 77% afirmaram ser favoráveis à punição criminal de quem discriminar homossexuais; 85% disseram que deve considerado crime a manifestação de preconceito contra estrangeiros ou contra brasileiros que vivam fora de suas regiões de origem.

Autor: Tags: , , , ,

sexta-feira, 20 de abril de 2012 Brasil | 09:38

Mais de um terço da população brasileira diz que já foi vitima de violência ou crime

Compartilhe: Twitter

Pesquisa realizada pelo DataSenado, uma espécie de instituto de pesquisas do Senado Federal, revela que 38% dos entrevistados já foram vítimas de algum tipo de violência ou crime.

Os dados foram obtidos por telefone, entre os dias 19 e 28 de março, ouvindo-se 1.242 pessoas com mais de 16 anos, em 119 municípios de todo o país. A margem de erro é de três pontos percentuais para mais ou para menos.

Segundo o DataSenado, das pessoas que se disseram vítimas de crime ou ato violento, 32% afirmaram não ter procurado uma delegacia para fazer o boletim de ocorrência.
O principal motivo para não fazerem o registro foi a descrença de que a polícia resolveria o problema.

Autor: Tags: , ,