Publicidade

Posts com a Tag Delta

terça-feira, 6 de novembro de 2012 Brasil, Congresso | 14:30

CPI: como estragar a pizza

Compartilhe: Twitter

O deputado federal Miro Teixeira (PDT-RJ) vê uma esperança no fim do forno em que muita gente quer assar a pizza da CPI que apurou as relações entre a Construtora Delta e o bicheiro Carlinhos Cachoeira.

Ressalta que, apesar da decisão de encerrar logo a CPI, os integrantes  da comissão já haviam aprovado entregar tudo o que foi apurado para o Ministério Público Federal.

Ou seja: todos os relatórios com quebras de sigilos irão para a Procuradoria da República em Goiás.

Segundo Miro, de posse deste material, os procuradores pedirão à Justiça a quebra de sigilos de mais 16 empresas que receberam depósitos suspeitos da construtora. Empresas que, segundo ele, não prestavam serviços à Delta.

Esta providência, diz o deputado, mostrará o destino final dos recursos e revelará que o dinheiro suspeito não circulou apenas por Goiás, mas também pelos estados do Rio de Janeiro e São Paulo.

Autor: Tags: , , ,

quarta-feira, 24 de outubro de 2012 Congresso | 11:56

Quebra de sigilo determina prazo de CPI de Cachoeira

Compartilhe: Twitter

A novela da prorrogação da CPI que apura atividades do bicheiro Carlinhos Cachoeira caminha para um final em aberto. Alguns integrantes da comissão defendem que os trabalhos se estendam por mais 30 dias; outros querem que as investigações durem mais seis meses.

O mais provável é que CPI atue até o fim do ano do legislativo, dia 22 de dezembro. Mas esta data pode não ser a definitiva.

Integrante da comissão, o deputado Miro Teixeira (PDT-RJ) diz que tudo será subordinado à decisão, a ser tomada na próxima semana, de quebra do sigilo bancário de 12 empresas do Rio e São Paulo. Segundo as investigações, todas receberam depósitos suspeitos da Construtora Delta.

De acordo com Miro, a quebra do sigilo abrirá novas frentes de apuração e determinará a continuação dos trabalhos da CPI ao longo de 2013.

Autor: Tags: , ,

segunda-feira, 17 de setembro de 2012 Congresso | 05:01

Randolfe Rodrigues: “A CPI parou por causa da Delta Engenharia”

Compartilhe: Twitter

Membro da CPI do Cachoeira, o senador Randolfe Rodrigues (PSol-AP) declara-se interessado em subscrever a ação que Pedro Simon (PMDB-RS) deu entrada na Comissão de Ética do Senado contra a própria CPI.

Trata-se de uma representação inédita antecipada pelo Poder Online.

Simon acusa os partidos majoritários, inclusive o seu PMDB,  de suspenderem os trabalhos da CPI “em óbvia manobra para que não haja tempo de se investigar mais nada”.

— A  ação será derrubada, pois eles têm maioria. Mas vale como protesto político. A suspensão foi vergonhosa. Justo no momento em que começaríamos a investigar a Delta Engenharia —  afirma Randolfe, acrescentando:

— Eu agora só deposito esperanças nos procuradores federais que acabam de  requisitar compartilhamento dos dados obtidos pela CPI. Isso sim, pode andar.

Autor: Tags: , , , ,

quarta-feira, 22 de agosto de 2012 Eleições | 08:17

Por que Lindbergh se afasta de Sérgio Cabral

Compartilhe: Twitter

Antes alinhadíssimo com o governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral (PMDB), o senador Lindbergh Farias (PT-RJ) resolveu criticar o governo do Estado por abanonar a Baixada Fluminense por alguns motivos:

a) Concluiu que Cabral não abrirá mão de fazer do seu vice, Pezão, o seu candidato à sucessão. Ou seja, Lindebergh, que é candidato, não poderá contar com o apoio da atual administração à sua campanha;

b) A imagem do governador está desgastada desde que seu amigo, Ferando Cavendish, dono da Construtora Delta, tornou-se um dos protagonistas da CPI do Cachoeira;

c) Lindbergh soube que vem mais chumbo grosso contra Cavendish e Cabral na CPI;

d) Se até o prefeito do Rio, Eduardo Paes (PMDB), que é candidato à reeleição, está afastando um pouco a sua imagem da de Cabral, por que ele, Lindbergh continuaria amarrado ao governador?

Autor: Tags: , , , , , , , , , ,

terça-feira, 21 de agosto de 2012 Congresso | 17:45

Para senador, o jogo era o menor dos negócios de Cachoeira

Compartilhe: Twitter

Para senador Álvaro Dias (PSDB-PR), o jogo ilegal era o menor dos negócios do bicheiro Carlinhos Cachoeira.

Na avaliação do senador, o contraventor se utilizava da construtora Delta para desviar recursos públicos.

O senador diz ter identificado pelo menos o desvio de R$ 413 milhões.

Assista:

Autor: Tags: , , , ,

quarta-feira, 4 de julho de 2012 Congresso | 08:08

PSDB vota pela convocação de Pagot e Cavendish à CPI do Cachoeira

Compartilhe: Twitter

Se depender da oposição, na quinta-feira a CPI do Cachoeira aprova a convocação do dono da empreiteira Delta, Fernando Cavendish, e de Luiz Antônio Pagot, ex-diretor-geral do DNIT (Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes).

Em entrevista ao Poder Online, o deputado Carlos Sampaio (PSDB-SP) afirma que a decisão já está tomada no seu partido e não há chances de se voltar atrás:

Autor: Tags: , , , , , , ,

quinta-feira, 14 de junho de 2012 Congresso | 10:52

Além dos R$ 4 milhões em obras para a Delta declarados por Perillo, Goiás já pagou mais de R$ 9 milhões em serviços

Compartilhe: Twitter

O governador de Goiás, Marconi Perillo (PSDB), declarou à CPI do Cachoeira que este ano a Delta recebu em obras do governo de Goiás apenas cerca de R$ 4 milhões.

“Em obras”…

Perillo não citou quanto pagou à Delta em serviços.

Na última vez em que Poder Online consultou o site oficial da Delta de Goiás (http://www.deltaconstrucao.com.br/?id=27&Idioma=PT&UF=GO#Mapa), ele estava fora do ar por algum motivo. Mas, quando acessível, informava que a Delta prestava os seguintes serviços, além das obras:

Levantamento feito pelo deputado Anthony Garotinho (PR-RJ) no site “Transparência Goiás” revela que, somente em março deste ano, o governo de Goiás pagou mais de R$ 9 milhões à Delta a título de prestação de serviços.

Autor: Tags: , , , ,

quinta-feira, 31 de maio de 2012 Estados | 10:00

Cesar Maia denuncia aditivo a contrato da Delta, de R$ 16 milhões, autorizado há três dias pela Prefeitura do Rio

Compartilhe: Twitter

Do ex-prefeito do Rio de Janeiro Cesar Maia (DEM), agora há pouco em sua newsletter eletrônica “O Ex-Blog do Cesar Maia”:

NO DIÁRIO OFICIAL DE 28 DE MAIO PREFEITURA DO RIO DÁ UM ADITIVO DE R$ 16 MILHÕES À DELTA!

1. E tenta ocultar não citando o nome da empreiteira e querendo enganar, referindo-se a valor do contrato. Mas pouco antes se descobre no Diário Oficial o pedido de aditivo da Delta.

2. D.O. Segunda-feira, 28 de maio de 2012.  DESPACHO DO SECRETÁRIO. EXPEDIENTE DE 25/05/2012 – 06/370.909/2010 – Ref.: Contrato nº 008/2011 – Autorizo a modificação de quantidades, sem alteração do valor contratual, na forma proposta pela O/SUBOP/CGO às folhas 2015/2016, objeto do processo instrutivo nº 06/370.909/2010 de acordo com o disposto no artigo 482, inciso II alínea “a” do Decreto Nº 3.221 de 18 de setembro de 1981.  consolidado pelo Decreto “N” Nº 15.350 de 06 de dezembro de 1996. (RGCAF), bem como AUTORIZO o acréscimo de serviços e a adequação do cronograma físico-financeiro, no valor de R$ 16.699.964,57 (Dezesseis milhões, seiscentos e noventa e nove mil, novecentos e sessenta e quatro reais e cinquenta e sete centavos), com fulcro no art. 65, inciso I, alínea “b”, parágrafos 1º e 2º e no artigo 58, inciso I da Lei.

3. Processo    06/370.475/2012 (APENSO). Requerente    DELTA CONSTRUCOES S.A.(MODIFICAO DE QUANTIDADES)  Assunto    OBRAS PUBLICAS

Informação Complementar    MODIFICACAO DE QUANTIDADES DO PROCESSO 06/370.909/2010.  Data Despacho    07/05/2012. Orgão Origem    O/SUBOP/CGO COORDENADORIA GERAL DE OBRAS. Orgão Destino    *O/SUBOP/CGO/APC SETOR DE EXPEDIENTE. Endereço    CAMPO DE SAO CRISTOVAO 268/4A.- SAO CRISTOVAO

Despacho    ANALISE(ENCAMINHAR P/). Processo Principal      06/370.909/2010. 8.666 de 21/06/1993 e suas alterações, bem como Autorizo a despesa no mesmo valor. Providencie-se a lavratura do Termo Aditivo correspondente.

Autor: Tags: , , , ,

Congresso | 08:46

Garotinho pressiona CPI por depoimento secreto “e bombástico”

Compartilhe: Twitter

O deputado Anthony Garotinho (PR-RJ) está pressionando os integrantes da CPI do Cachoeira a convocar um ex-funcionário de uma empresa que presta serviços para a Delta Contruções.

Segundo Garotinho, o depoimento, se aprovado, promete ser bombástico.

Assista:

Autor: Tags: , ,

sexta-feira, 25 de maio de 2012 Governo | 16:36

Ministérios têm 30 dias para explicar rompimento de contratos com a Delta

Compartilhe: Twitter

O líder da minoria na Câmara, Mendes Thame (PSDB-SP), enviou requerimentos solicitando informações para que quatro ministérios expliquem as circunstâncias dos cancelamentos ou suspensões dos contratos com a Delta.

O parlamentar quer cópias dos contratos, valores originais, duração, aditivos e motivos das suspensões ou cancelamentos.

Todas as informações têm um prazo legal de 30 dias para serem encaminhadas ao Congresso e depois de analisadas devem ser repassadas para a CPI do Cachoeira.

Autor: Tags: , , ,

  1. Primeira
  2. 1
  3. 2
  4. Última