Publicidade

Posts com a Tag Dilma Rousseff

segunda-feira, 24 de agosto de 2015 Brasil, Congresso, Governo, Partidos, Política | 15:49

Para peemedebistas, sinalização Temer é de “desembarque próximo”

Compartilhe: Twitter
Michel Temer (Foto: Marcello Casal Jr./ABr)

Michel Temer (Foto: Marcello Casal Jr./ABr)

As movimentações do vice-presidente, Michel Temer (PMDB-SP) no sentido de deixar bem claro seu descontentamento com o governo e a disposição em entregar à presidente Dilma Rousseff a função de articulador político passaram um sinal para o meio político, principalmente para peemedebistas rebeldes, de que “o desembarque está próximo”.

O PMDB já prepara sua convenção partidária para o dia 15 de novembro em Brasília. Entre os deputados do partido, boa parte seguidora do presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), a tese majoritária é de rompimento com o governo petista.

Deputados do PMDB defendem que foi Temer quem defendeu a aliança na Convenção e que Temer é quem segurava a insatisfação.”O rompimento é o  caminho natural do PMDB e a postura de Temer, ao querer entregar a articulação, é uma sinalização importante e que terá  efeito na convenção”, disse ao Poder Online, o deputado Lúcio Vieira Lima (PMDB-BA).

Temer se reuniu com Dilma para entregar suas funções de articulador do governo, assumida logo após o ministro Pepe Vargas (PT-RS), atual ministro de Direitos Humanos, ser defenestrado do Planalto, onde era ministro da Secretaria de Relações Institucionais (SRI), por exigência da bancada do PMDB da Câmara.

A decisão de ficar ou não na articulação vazou de forma meio dúbia, já que Temer, continuaria cuidando das questões mais importantes, enquanto seu auxiliar, Eliseu Padilha, atual ministro da Secretaria de Aviação Civil (SAC), continuaria com o rame-rame da negociação de cargos e emendas parlamentares. Ou seja, o que mudou foi o clima. Temer continuaria cuidando do que sempre cuidou. A presidente teria agora é que  encontrar alguém para substituir Padilha até 1º setembro, quando ele deve passar a se dedicar exclusivamente à sua pasta titular.

“Se o PT não deixou Temer cuidar do micro, vai deixar cuidar o macro?”, questionou o deputado.

Autor: Tags: , , , , , , , , ,

quinta-feira, 13 de agosto de 2015 Brasil, Congresso, Governo, Partidos, Política | 20:07

Senadores sugerem que Dilma não fique a reboque de Renan na relação com Congresso

Compartilhe: Twitter
Randolfe Rodrigues (Foto: Divulgação)

Randolfe Rodrigues (Foto: Divulgação)

Ao se reunir com um grupo de senadores na noite desta quinta-feira (13), a presidente Dilma Rousseff aceitou a sugestão dada pelo grupo de ir ao Congresso falar sobre a situação de crise pela qual passa o país e o seu governo. Dilma se referiu ao Senado como um “poder moderador” nestes tempos de crise e se mostrou aberta ao diálogo.

“Encontramos uma presidente que não esperávamos encontrar. Primeiro, ela não transparecia preocupação ou tensão com o momento político pelo qual estamos passando. Além disso, ao contrário de falar, ela mais ouviu”, relatou o senador Randolfe Rodrigues (PSOL-AP), que integra o grupo autodenominado “independente”.

Como forma de reverter a crise política, os senadores sugeriram que Dilma não fique a reboque do presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL) e que apresente uma nova agenda de propostas que seja complementar à Agenda Brasil, apresentada por Renan. “Algo que tenha sido pensado pelo governo”, sugeriu Randolfe.

“Ela chegou a questionar se a agenda do PMDB não contemplava. Respondemos: Não contempla. A senhora precisa construir outra, ouvindo os movimentos sociais, a oposição e outras forças políticas”, disse o senador.

Autor: Tags: , , , , ,

Brasil, Congresso, Governo, Partidos, Política | 19:27

Senadores “independentes” se apresentam a Dilma como alternativa no Senado

Compartilhe: Twitter
Senador Cristovam Buarque (PDT-DF), vai ao Planalto com grupo de senadores "independentes"

Senador Cristovam Buarque (PDT-DF), vai ao Planalto com grupo de senadores “independentes”

O grupo de senadores que se autodenomina “independente” está reunido neste momento com a presidente Dilma Rousseff para se apresentar como “alternativa” de diálogo diante das dificuldades que o governo vem enfrentando no Congresso.

Fazem parte do encontro os senadores Acir Gurgaz, líder do PDT no Senado, Cristóvam Buarque (PDT-DF), Antônio Carlos Valadares (PSB-SE), João Cabiberibe (PSB-AP), Lasier Martins (PDT-RS), Lídice da Mata (PSB-BA) e Randolfe Rodrigues (PSOL-AP).

O encontro havia sido pedido ao vice-presidente Michel Temer, responsável pela articulação política, em carta enviada no início da semana.

Temer não respondeu e na quarta-feira (12) a assessoria da presidente retornou marcando o encontro que é considerado estratégico para reforçar o contraponto que o governo vem construindo no Senado, à oposição declarada pelo presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ).

Ao Planalto, o diálogo ainda servirá para minimizar os efeitos das dissidências da base anunciadas pelo PDT e pelo PTB da Câmara, sob a influência de Cunha.

Tal como fez o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), que sugeriu a chamada “Agenda Brasil”, os independentes chegaram ao Planalto com outra agenda que deverá servir de ponto de partida para a aproximação.

Entre as propostas estão as que tratam da reforma política e ainda as que envolvem o compromisso de que o ajuste fiscal não atingirá conquistas sociais e investimentos em infraestrutura.

Autor: Tags: , , , , , , , , , ,

quinta-feira, 6 de agosto de 2015 Brasil, Congresso, Governo, Partidos, Política | 18:35

Em crise com a Câmara, Dilma chama presidente do Senado ao Palácio

Compartilhe: Twitter
Renan Calheiros (foto: Clarissa Oliveira)

Renan Calheiros (foto: Clarissa Oliveira)

 

Em meio a crise política que ronda o governo, a presidente Dilma Rousseff chamou o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), para uma conversa no início da noite desta quinta-feira (6), no Palácio do Planalto.

A reunião não está prevista na agenda oficial da presidente.

O apoio do senador é considerado um contraponto importante às movimentações do presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), que durante o recesso parlamentar, se declarou oposição ao governo.

Autor: Tags: , ,

terça-feira, 4 de agosto de 2015 Brasil, Política | 15:19

Dilma adere à malhação e aos suplementos para manter a forma

Compartilhe: Twitter
Mais magra, Dilma adere à musculação para manter a forma

Mais magra, Dilma adere à musculação e aos shakes para manter a forma (Wilson Dias – Agência Brasil)

Depois de emagrecer mais de 15 quilos com a dieta Ravenna, a presidente Dilma Rousseff tem se preocupado em manter a forma e melhorar seu tônus muscular.

Para isso, incluiu em sua rotina de exercícios físicos três dias de musculação por semana, além das pedaladas que costuma dar pelas imediações do Palácio da Alvorada nos finais de semana.

Dilma tem feito musculação em aparelhos instalados no Palácio da Alvorada, residência oficial da Presidência da República.

Para dar uma ajudinha na performance, a presidente aderiu ainda aos shakes de proteínas, moda nas academias.

 

Autor: Tags: ,

quinta-feira, 9 de julho de 2015 Brasil, Política | 17:20

Papa Francisco sobrevoa Brasil e manda mensagem de benção aos brasileiros

Compartilhe: Twitter

Papa Francisco manda mensagens aos brasileirosEm sua viagem a países da America Latina, o Papa Francisco sobrevoou nesta quinta-feira (9) o Brasil e enviou, há pouco, uma mensagem à presidente Dilma Rousseff e aos brasileiros.

“Ao sobrevoar o território brasileiro, para dar início a minha visita Pastoral à Bolívia e ao Paraguai, é muito grato desejar um cordial “saludo” a V. Exa. e renovar a aproximação e afeto pelo povo brasileiro para que eu peço ao Senhor, abundantes graças e que vocês possam progressar os valores sociais e espirituais, aumentando o compromisso pela justiça, solidariedade e paz, atentamente. PAPA FRANCISCO”, diz a mensagem, recebida por volta das 17 horas, pelo Quarto Centro Integrado de Defesa Aérea e Controle de Tráfego Aéreo (CINDACTA IV), em Manaus (AM).

O voo transportava o Pontífice do Equador para a Bolívia durante a jornada do Papa Francisco pela América Latina. De acordo com a Força Aérea Brasileira (FAB), a mensagem foi recebida pela controladora de tráfego aéreo, sargento Karoline Santos. “Vou recordar deste momento para sempre”, disse a militar.

Autor: Tags: ,

terça-feira, 30 de junho de 2015 Brasil, Congresso, Governo, Partidos, Política | 13:19

Lula diz a Renan que Lava Jato não pode ser agenda do país

Compartilhe: Twitter

lula-visita-renan-004Em café da manhã com o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva passou a impressão de ter vindo a Brasília em “missão de paz”. Ele pediu que o alagoano relevasse qualquer desconforto em relação à presidente Dilma Rousseff ou com o governo.

Consciente da crise de imagem que atinge o PT e o governo, Lula propôs a Renan um pacto de união, dizendo que a Operação Lava Jato não pode ser a única agenda do país.

Peemedebistas saíram do encontro com a impressão de que Lula retornou  à posição de ajudar o governo a sair da crise e apostar novamente na parceria com o PMDB, postura diferente da que o ex-presidente teria expressado, há algumas semanas, quando destilou críticas à Dilma.

O comentário de um peemedebista deu o clima da conversa: “Ele nem falou mal da Dilma, nem do Mercadante”,disse, referindo-se à presidente e ao chefe da Casa Civil.

 

Autor: Tags: , , , ,

segunda-feira, 29 de junho de 2015 Brasil, Congresso, Economia, Governo, Partidos, Política | 15:01

Senadores “progressistas” querem derrubar proposta que reduz maioridade penal

Compartilhe: Twitter
O candidato ao governo do Rio de Janeiro, Lindbergh Farias (PT-RJ). (Foto: Agência Brasil)

Senador Lindbergh Farias (PT-RJ). (Foto: Agência Brasil)

Depois de se juntarem contra o pacote fiscal imposto pela presidente Dilma Rousseff, os senadores que formam a chamada “frente progressista” preparam um manifesto bem mais simpático ao Planalto.

Para esta semana, a frente se posicionará contra a redução da maioridade penal, proposta ainda em discussão na Câmara e que é considerada um ponto de honra para o presidente da Casa, Eduardo Cunha (PMDB-RJ).

A frente tem um caráter suprapartidário. No manifesto contra o ajuste reuniu 14 parlamentares, entre eles o senador Lindibergh Farias (PT-RJ), que chegou a defender a saída do ministro da Fazenda, Joaquim Levy.

Além dele, também assinam a frente os senadores João Capiberibe (PSB/AP), Telmário Mota (PDT/RR), Cristovam Buarque (PDT/DF), Paulo Paim ( PT/RS), Hélio José ( PSD/DF), Roberto Requião ( PMDB/PR), Donizeti Nogueira ( PT/TO), Regina Sousa (PT/PI), Lídice da Mata (PSB/BA), Jorge Viana ( PT/AC), Roberto Rocha ( PSB/MA), Randolfe Rodrigues (PSOL/AP) e Vanessa Graziotin (PCdoB/AM).

Leia também: Petista anuncia grupo formado para derrubar ajuste fiscal e até o ministro da Fazenda, Joaquim Levy.

 

 

Autor: Tags: , , , ,

terça-feira, 23 de junho de 2015 Brasil, Governo, Partidos, Política | 18:58

Governo destina 13 mil hectares da Amazônia para reforma agrária e reservas indígenas

Compartilhe: Twitter
O ministro do Desenvolvimento Agrário e ex-prefeito de Belo Horizonte, Patrus Ananias (PT-MG). Foto: Divulgação

O ministro do Desenvolvimento Agrário e ex-prefeito de Belo Horizonte, Patrus Ananias (PT-MG). Foto: Divulgação

Depois de ter recebido sinal verde, em público, da presidente Dilma Rousseff, para apresentar no prazo de 30 dias, um plano nacional de reforma agrária, o ministro do Desenvolvimento Agrário, Patrus Ananias, deu início ao processo de distribuição de terras.

Amanhã (24), o ministro formalizará a destinação de 13 milhões de hectares na Amazônia Legal para a reforma agrária, regularização fundiária, e para a criação de unidades de conservação ambiental e de reserva indígena. A ministra do Meio Ambiente, Izabella Teixeira, também participará do anúncio.

A iniciativa faz parte do Programa Terra Legal Amazônia, da Secretaria Extraordinária de Regularização Fundiária na Amazônia Legal. As áreas estão nos estados do Acre, Amazonas, Amapá, Mato Grosso, Maranhão, Pará, Rondônia, Roraima e Tocantins.

O prazo para elaboração do plano foi dado por Dilma a Patrus na segunda-feira (22), durante o lançamento do Plano Safra para a Agricultura Familiar, no Palácio do Planalto. A preocupação do governo com a nova postura é não ser avaliado, principalmente pelos movimentos sociais do campo, como a pior fundiária dos últimos tempos. O primeiro mandato de Dilma já é avaliado como o que menos distribuiu terras e assentou famílias no campo nos últimos 20 anos.

Autor: Tags: , , ,

sexta-feira, 19 de junho de 2015 Governo, Política | 18:48

Dilma visitará empresas do Vale do Silício, nos Estados Unidos

Compartilhe: Twitter

Em sua viagem aos Estados Unidos, programada para o final deste mês, a presidente Dilma Rousseff incluiu uma passagem pelo Vale do Silício, região do estado da Califórnia, onde se concentram as maiores empresas de alta tecnologia de informação do mundo. O roteiro prevê visitas a duas universidades, Berkeley e Stanford, além da sede da empresa Google.

A viagem tem um tom de reaproximação com o presidente norte-americano, Barack Obama, após o desgaste com as denuncias de espionagem feitas pela agência de segurança dos Estados Unidos (NSA) que atingiram as correspondências pessoais da presidente, em 2013. Na época, devido ao escândalo denunciado pelo ex-agente Edward Snowden, Dilma cancelou a visita de Estado que faria aos Estados Unidos.

Dilma iniciará sua viagem por Nova Iorque, onde deverá chegar no dia 28 de junho. Ela tem encontros previstos com empresários e investidores no dia 29. À noite, ela jantará com Obama, na Casa Branca, em, Washington. No dia seguinte, participará de um “almoço de Estado” oferecido por Obama.

 

Autor: Tags: , , ,

  1. Primeira
  2. 2
  3. 3
  4. 4
  5. 5
  6. 6
  7. 10
  8. 20
  9. 30
  10. Última