Publicidade

Posts com a Tag distritão

terça-feira, 26 de maio de 2015 Política | 12:59

Raupp encerra giro com dirigentes em busca de apoio contra o “distritão”

Compartilhe: Twitter
O senador Valdir Raupp (PMDB-RO).

O senador Valdir Raupp (PMDB-RO)

O senador Valdir Raupp (PMDB-RO) deve encerrar hoje sua rodada de conversas com dirigentes partidários em busca de apoio para combater a aprovação do distritão, previsto na votação da reforma política.

O distritão, defendido por correligionários de peso de Raupp, como o presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (RJ), e o vice-presidente da República, Michel Temer, transforma a eleição de deputados em disputa igual a que ocorre hoje por cadeiras no Senado. Acaba a proporcionalidade, institui uma disputa de todos contra todos e são eleitos os mais votados.

Ontem, Raupp esteve com o o presidente do PT, Rui Falcão, e hoje encontra-se com o Ministro das Cidades, Gilberto Kassab (PSD).

Ele já esteve com o presidente Nacional do DEM, José Agripino, e com o presidente do PSDB, Aécio Neves.

A votação da reforma política começa hoje na Câmara.

Autor: Tags: , , , , , ,

segunda-feira, 2 de março de 2015 Congresso | 11:00

‘Reforma política não pode aprovar o kit elitização’, diz petista

Compartilhe: Twitter

Representante do PT na Comissão Especial que debaterá a reforma política na Câmara, o cearense Odorico Monteiro diz que o Congresso Nacional não pode aprovar o que ele chama de “Kit de Elitização”.  No pacote, entram três pontos: voto facultativo, financiamento empresarial e o chamado “distritão”, que, na prática, estabelece o voto majoritário para deputado.

Leia também: PT aciona Rui Falcão para derrubar PEC de Vaccarezza sobre reforma política

“Nós temos que aproveitar esse momento para entender que a reforma política não pode ser só uma reforma eleitoral”, diz o petista. “Nesse sentido, eu diria que uma coisa importante é a gente ter cuidado para não transformar a reforma num processo de elitização cada vez maior da sociedade brasileira e elitização do próprio Congresso.”

Assista:

Autor: Tags: , , , , ,

sexta-feira, 13 de fevereiro de 2015 Congresso | 14:00

‘Ninguém mais aguenta compensar esse efeito-Tiririca’, diz Gilberto Nascimento

Compartilhe: Twitter

Animado com a entrada da proposta do modelo “distritão” de voto no debate sobre a reforma política, Gilberto Nascimento (PSC) explica o motivo da adesão de parlamentares de várias bancadas à proposta: “Hoje, a coisa está distorcida demais. Ninguém mais aguenta compensar esse efeito-Tiririca”.

O distritão, encampado pelo deputado Miro Teixeira (PROS-RJ) com apoio do PMDB, acaba com o voto proporcional para deputado. Com ele, os mais votados ficam com as vagas na Câmara. “Acho que tem muita chance de aprovação”.

Autor: Tags: , , , , ,

quarta-feira, 11 de fevereiro de 2015 Congresso | 12:00

‘Distritão’ vira dor de cabeça para o PT

Compartilhe: Twitter

A bancada do PT na Câmara já sentiu que vai ter trabalho com o avanço da proposta de implantar o sistema de voto apelidado de “distritão”, que, na prática, estabelece o voto majoritário para deputado. A preocupação é com o fato de integrantes do próprio partido custarem a disfarçar o entusiasmo com a articulação, apesar da posição histórica do PT pelo voto em lista fechada e o financiamento público de campanha.

Não seria a primeira vez que parlamentares da legenda, nos bastidores, dão uma ajudinha para angariar a apoio a propostas encampadas pela turma do novo presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ). Foi assim com o projeto da reforma política que dá sobrevida ao financiamento privado de campanha, por exemplo.

 

Autor: Tags: , , , ,

Congresso | 09:00

Miro tem dia de estrela com campanha pelo ‘distritão’

Compartilhe: Twitter

Miro Teixeira - Foto de Wilson Dias - Agência BrasilO deputado Miro Teixeira (PROS-RJ) é só sorrisos e anda arrancando elogios por onde passa. O que mais teve na Câmara nos últimos dias foi deputado rasgando a seda dele por conta da campanha para incluir o “distritão” na reforma política.

A ideia, já abraçada pelo PMDB, estabelece o voto majoritário também para deputado, já que os candidatos com maior votação ficam com as vagas na Casa. “Isso aqui é a transparência na eleição”, disparou Miro.

Autor: Tags: , , ,

quinta-feira, 8 de agosto de 2013 Congresso | 13:30

Eduardo Cunha fará consulta ao PMDB para apoiar ‘distritão’ na reforma política

Compartilhe: Twitter

O líder do PMDB na Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (RJ), propôs a seus correligionários uma consulta a respeito do resgate da proposta que institui o formato majoritário para a eleição de deputados federais.

Pelo modelo, cada estado conheceria seus eleitos simplesmente com base nos votos recebidos, os mais votados seriam automaticamente eleitos. Dessa forma, cada estado transformaria-se num grande distrito eleitoral, daí o apelido “distritão”.

Os peemedebistas opinarão a respeito do modelo e se houver consenso, o modelo receberá apoio do partido no âmbito do grupo de trabalho da reforma política, que é coordenado pelo petista Cândido Vaccarezza (SP).

Durante a reunião, os exemplos citados para trazer de volta a ideia do “distritão” foram de Enéas Carneiro, morto em 2007, e de Tiririca (PR-SP). Ambos foram responsáveis pela eleição de colegas graças à grande votação que receberam, baseado no modelo proporcional que é usado atualmente na eleição de deputados federais.

Autor: Tags: , , ,

terça-feira, 5 de julho de 2011 Governo | 19:41

PT e PMDB não chegam a acordo sobre reforma política

Compartilhe: Twitter

Michel Temer (Foto: Mister Shadow/AE)

Deputados do PT e do PMDB se reuniram com o vice-presidente Michel Temer, na tarde de hoje, para tentar chegar a um acordo sobre a reforma política. A reunião, que teve a presença de onze deputados, entre eles Ricardo Berzoini (PT-SP), Henrique Fontana (PT-RS), Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN) e Mendes Ribeiro (PMDB-RS), recém-nomeado líder do governo no Congresso, terminou sem acordo.

O PT não abriu mão da lista fechada – em que eleitor vota no partido, e não no candidato individualmente. Temer e os deputados peemedebistas, que defendem o chamado distritão – voto majoritário para vereador e deputados federais e estaduais – afirmaram que aceitariam o sistema misto. Mas com a condição que o PT também cedesse em alguns pontos.

O único acordo da reunião: para ganhar mais tempo para “misturar água e óleo”, o relator da Comissão Especial da Reforma Política, deputado Henrique Fontana, só apresentará seu parecer depois do recesso. É a segunda vez que a apresentação é adiada.

Autor: Tags: , , , , , , , , ,

sábado, 9 de abril de 2011 Partidos | 07:04

Rachada, cúpula do PMDB tenta consenso sobre reforma política

Compartilhe: Twitter

A cúpula nacional do PMDB entrou em estado de reunião permanente até o próximo encontro da Comissão da Reforma Política do Senado, quarta-feira. Os caciques do partido estão divididos, mas pretendem fazer um último esforço em busca de uma posição minimamente consensual.

O vice-presidente da República, Michel Temer (PMDB-SP), por exemplo, faz campanha pelo distritão. O presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP), defende o sistema distrital misto. E o presidente em exercício do partido, senador Valdir Raupp (RO), ainda não tem posição firmada.

Autor: Tags: , ,

quinta-feira, 24 de março de 2011 Congresso | 17:57

Valdir Raupp tem dúvidas sobre ‘distritão’ do Temer

Compartilhe: Twitter

Presidente interino do PMDB, o senador Valdir Raupp (RR) afirmou ontem em reunião da bancada peemedebista que ainda não está convencido de que o ‘distritão’ é o melhor modelo para o fortalecimento do partido.

A proposta tem sido amplamente defendida pelo vice-presidente da República e presidente licenciado da sigla, Michel Temer (SP).

Outros senadores do PMDB que  já se posicionaram contra o distritão são: Roberto Requião (PR), Luiz Henrique da Silveira (SC) e Pedro Simon (RS). O próprio presidente do Senado, José Sarney (AP), afirmou que é favorável ao sistema distrital misto com lista fechada.

Autor: Tags: , , , ,

quarta-feira, 23 de março de 2011 Congresso | 15:22

Sarney é contra ‘distritão’ defendido por Temer

Compartilhe: Twitter

Não foi apenas o senador tucano Aécio Neves (MG) que abandonou o distritão, sistema eleitoral defendido pelo vice-presidente da República, Michel Temer (PMDB-SP).

O presidente do Senado e cacique peemedebista, José Sarney (AP), afirmou ao Poder Online que é favorável ao modelo conhecido como distrital misto, em que metade das cadeiras é preenchida por parlamentares eleitos diretamente e metade pelas listas partidárias.

Autor: Tags: , , , , , ,

  1. Primeira
  2. 1
  3. 2
  4. Última