Publicidade

Posts com a Tag Eduardo Azeredo

terça-feira, 25 de fevereiro de 2014 Congresso | 17:07

Deputado do castelo toma posse e recusa-se a responder perguntas

Compartilhe: Twitter

Edmar Moreira (PTB-MG) tomou posse há pouco como deputado federal na vaga aberta por Eduardo Azeredo (PSDB-MG), que na semana passada renunciou ao mandato na esteira do processo do mensalão mineiro, que julgará as relações do tucano com Marcos Valério.

O trabalhista, conhecido como deputado do castelo por ser proprietário de um castelo no interior de Minas Gerais, fez a declaração protocolar e quando cadastrava suas digitais para o sistema de presença e votação da Casa disse que a presença dos repórteres não o intimidava. “A presença de vocês não me intimida, são todos muito simpáticos”, disse o recém-empossado parlamentar.

Moreira recusou-se a responder às perguntas dos repórteres e deixou claro que não falaria sobre nenhum tema. “Desculpem, mas não vou dar nenhum tipo de declaração, nada, nada, nada…”, repetiu o mineiro.

Assista:

Autor: Tags: , ,

quarta-feira, 19 de fevereiro de 2014 Congresso | 17:36

Presidente do PR-MG defenderá posse de deputado do castelo em consulta interna

Compartilhe: Twitter

O presidente do PR-MG, deputado Aelton Freitas, afirmou que pessoalmente será contra qualquer iniciativa do PR em tentar impedir que Edmar Moreira (PTB-MG) assuma uma cadeira na Câmara dos Deputados depois da renúncia do tucano Eduardo Azeredo (MG).

Moreira ganhou notoriedade por ser proprietário de um castelo no interior de Minas Gerais. Ele trocou o PR pelo PTB depois da eleição de 2010, o que poderia resultar numa ação contra sua posse como deputado por infidelidade. A vaga de suplente é para os partidos da coligação: PSDB, DEM, PP, PR e PPS.

“Ele deu dezenas de milhares de votos para o partido e a hora que o partido mais precisou do PR regional o PR não correspondeu com ele”, disse Freitas.

Segundo ele, o PR teve um problema de prestação de contas durante o processo eleitoral de 2010 e acabou ficando sem os repasses do fundo partidário, deixando Moreira “na mão”.

Como presidente do partido, entretanto, Freitas disse que fará uma consulta ao PR para saber que rumo tomar.

Assista:

Autor: Tags: , , , ,

segunda-feira, 17 de fevereiro de 2014 Sem categoria | 12:59

Barroso só vai estudar autos do mensalão mineiro após alegações finais

Compartilhe: Twitter
O ministro Luís Roberto Barroso (Foto: STF)

O ministro Luís Roberto Barroso (Foto: STF)

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Luís Roberto Barroso, relator do mensalão mineiro, só vai começar a estudar a parte técnica do processo após receber as alegações finais do deputado federal Eduardo Azeredo (PSDB-MG).

O prazo para a entrega das alegações finais de defesa começou na última quinta-feira, dia 13 e termina no dia 27 de fevereiro.
Na visão do ministro, ele não teria uma análise imparcial do processo se analisasse a ação aos poucos. Somente após ter acesso às duas  alegações finais é que ele lerá cada uma e fará a aferição de cada prova implementada no processo.
Por enquanto, Barroso nem sequer leu as alegações finais do processo apresentadas pela Procuradoria-Geral da República (PGR) na semana passada.
Autor: Tags: , ,

quarta-feira, 5 de fevereiro de 2014 Justiça | 09:00

Procurador-geral planeja antecipar alegações finais de mensalão mineiro

Compartilhe: Twitter

O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, pretende entregar antes do prazo as alegações finais do mensalão mineiro, cujo réu é o deputado federal Eduardo Azeredo (PSDB-MG).

Segundo informações de pessoas próximas a Janot, essa é uma das prioridades dele neste início do ano. E a expectativa é de que ele entregue o parecer na próxima semana.

Com isso, o relator do caso, ministro Luís Roberto Barroso, poderá intimar os advogados de Azeredo a também apresentarem suas alegações até o final de fevereiro. Caso isso aconteça, o caso tem condições de ir a plenário já a partir de abril.

Autor: Tags: ,

terça-feira, 19 de novembro de 2013 Justiça | 18:00

Autorizadas por ministro, senador dispensou novas diligências no “mensalão mineiro”

Compartilhe: Twitter

O senador Eduardo Azeredo (PSDB-MG) dispensou novas diligências na fase de instrução do julgamento do mensalão mineiro apesar delas terem sido oferecidas pelo ministro Luís Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal (STF), relator do processo.

O julgamento do esquema de desvios de recursos públicos supostamente comandado pelo publicitário Marcos Valério em Minas Gerais deve acontecer no ano que vem.

Dessa forma, no que se refere às acusações contra Azeredo, o caso está na fase de alegações finais dos advogados, mas o processo, relacionado ao senador Clésio Andrade (PMDB-MG), ainda está em fase de diligências.

Andrade começou a ser julgado na primeira instância, mas o processo praticamente começou do zero quando houve o encaminhamento do caso ao Supremo.

Autor: Tags: ,

sexta-feira, 9 de agosto de 2013 Eleições | 10:30

‘Não temos nada contra prévia, mas maioria é a favor de Aécio’, diz Azeredo

Compartilhe: Twitter

A movimentação de José Serra (PSDB-SP) em busca de uma garantia de realização de prévias para a escolha do candidato tucano à Presidência da República até deu alguns resultados em São Paulo. Há no partido quem reconheça que o tema ganhou força, mas o time de Aécio Neves (MG) segue contemporizando.

O mineiro Eduardo Azeredo avalia que não será preciso lançar mão do mecanismo. “Não temos nada contra a prévia, mas é um fato que existe hoje uma tendência majoritária a favor da candidatura do Aécio”, disse o tucano.

Autor: Tags: , , , , ,

segunda-feira, 11 de julho de 2011 Congresso | 15:12

Câmara discute projeto sobre crimes na internet

Compartilhe: Twitter

Após ataques de hackers brasileiros — que passam por crise de identidade — a sites do governo, a Câmara fará audiência pública nesta quarta-feira para discutir o projeto de lei do deputado Eduardo Azeredo (PSDB-MG), que tipifica os crimes cometidos por meio da internet.

A audiência será realizada pelas comissões de Ciência e Tecnologia, de Direitos Humanos e de Segurança Pública e Combate ao Crime Organizado.

Quem quiser pode participar por meio do chat ou twitter da comunidade interativa E-Democracia, disponível no portal da Câmara.

Autor: Tags: , , , , ,

domingo, 27 de junho de 2010 Eleições | 07:00

Flagra no Congresso: Sérgio Guerra recusa vuvuzela de Álvaro Dias e toca na cornetinha de Sabrina Sato

Compartilhe: Twitter

Na quarta-feira, o presidente do PSDB, senador Sérgio Guerra (PE),  já havia avisado ao colega Álvaro Dias (PSDB-PR) que ele era o mais cotado para vice na chapa de José Serra a presidente da República.

Mesmo assim, Guerra foi flagrado naquele dia pelo Poder Online gravando um take do programa Pânico na TV, que deverá ir ao ar hoje na Rede TV, no qual se recusa terminantemente a tocar na vuvuzela oferecida pela apresentadora, só porque “o negócio passou no Álvaro Dias”.

— Está louco… Tô fora — exclamou o tucano levando a vuvuzela para o colega de partido Eduardo Azeredo, que também recusou.  No final, depois de muita negociação, Sérgio Guerra só aceitou colocar na boca a cornetinha de Sabrina Sato.

Espantada, a apresentadora reclamou:

— Vocês, hein…   Só vuvuzelam escondidos.

Autor: Tags: , , , , , ,