Publicidade

Posts com a Tag eleições 2012

quinta-feira, 26 de junho de 2014 Eleições | 13:35

Desistência de irmão pode colocar Vital do Rêgo contra PT na Paraíba

Compartilhe: Twitter
Senador Vital do Rêgo (PMDB-PB) pode ser relator do Marco Civil no Senado. (Foto: Agência Senado)

Senador Vital do Rêgo (PMDB-PB) pode ser relator do Marco Civil no Senado. (Foto: Agência Senado)

O senador Vital do Rêgo (PMDB-PB) foi surpreendido na tarde de ontem com a notícia de que os petistas iriam apoiar a reeleição do governador da Paraíba, Ricardo Coutinho (PSB-PB).

A mudança foi feita após a desistência do irmão do senador, Veneziano Vital do Rêgo (PMDB-PB), em concorrer.

Presidente da CPMI da Petrobras, Vital do Rêgo deixou a reunião que ouvia o ex-presidente da estatal José Sérgio Gabrielli às pressas para negociar os rumos da aliança com o PT.

É possível, inclusive, que com a reviravolta Vital lance o próprio nome como candidato a governador – passando de aliado a rival do PT no estado.

 

 

 

Autor: Tags: , , , , ,

quinta-feira, 20 de junho de 2013 Congresso | 09:00

Em visita a Brasília, Kassab articula apoio longe dos holofotes

Compartilhe: Twitter

O ex-prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab (PSD), esteve ontem em Brasília para tratar da corrida eleitoral do ano que vem e discutir sua eventual candidatura ao governo paulista.

As incursões de Kassab são tratadas como assunto sigiloso porque o ex-prefeito reconhece que, fora do mandato, seu poder de barganha ficou reduzido na missão de arregimentar aliados.

Nas palavras de um interlocutor, Kassab precisa encontra um equilíbrio entre a força do Palácio do Planalto e o Palácio dos Bandeirantes.

Entre seus aliados mais próximos a única certeza na jornada é de que o partido não negocia com o PSDB.

Autor: Tags: , ,

sexta-feira, 15 de março de 2013 Eleições | 12:42

Duda Mendonça esteve perto de trabalhar na campanha de Russomanno

Compartilhe: Twitter

Muito antes do flerte de Duda Mendonça com o governador pernambucano Eduardo Campos (PSB), o publicitário que ajudou a eleger Lula em 2002 quase acabou participando da campanha municipal em São Paulo em 2012.

No auge do fogo cerrado que a candidatura de Celso Russomanno (PRB) levou tanto de Fernando Haddad (PT) quanto de José Serra (PSDB) às vésperas do primeiro turno em São Paulo, Duda e PRB  estiveram em contato para tratar de uma parceria a partir de um eventual segundo turno.

Sobre a possibilidade de Duda trabalhar na campanha de Russomanno em 2014, o PRB acha pouco provável que isso aconteça. O motivo: o tamanho da conta, que considera alto demais para os padrões financeiros do partido.

Autor: Tags: , , , , , ,

sexta-feira, 22 de fevereiro de 2013 Eleições | 19:10

Justiça aumenta multa contra Ratinho por entrevista com Lula

Compartilhe: Twitter

A Justiça Eleitoral decidiu aumentar o valor da multa contra o apresentador Ratinho pela entrevista realizada com o ex-presidente Lula no ano passado.

No dia 31 de maio de 2012, às vésperas do início oficial da campanha municipal, quando o então candidato Fernando Haddad (PT) registrava índices sofríveis nas pesquisas de intenção de voto, Lula o levou ao programa do Ratinho para participar de uma entrevista que concederia.

Ratinho e SBT haviam sido multados R$ 5 mil, por propaganda eleitoral antecipada, valor que agora foi reajustado para R$ 10 mil contra Ratinho e R$ 15 mil contra o SBT.

A alteração nos valores é resultado e um recurso impetrado pelo PSDB.

Cabe recurso.

Autor: Tags: , , , , ,

sexta-feira, 15 de fevereiro de 2013 Política | 11:20

Serra agora mantém silêncio absoluto no Twitter

Compartilhe: Twitter

Definitivamente a derrota nas eleições municipais do ano passado afetou a disposição de José Serra (PSDB) em dialogar com os internautas que o seguem no twitter.

Se as postagens eram frequentes ao longo de 2012, o ex-governador paulista, que tem sido cotado para participar do secretariado de Geraldo Alckmin (PSDB), anda numa onde de silêncio incomum.

Serra nada postou em 2013, num total de 46 dias de silêncio absoluto, o maior hiato desde a derrota do dia 28 de outubro. Ele tem 1.048.474 seguidores.

Autor: Tags: , , ,

quarta-feira, 23 de janeiro de 2013 Partidos | 07:30

PT nacional cede e decide assumir dívidas da campanha municipal

Compartilhe: Twitter

Após muita negociação, a direção nacional do PT cedeu às pressões de instâncias municipais e decidiu assumir as dívidas milionárias deixadas por alguns de seus candidatos na corrida municipal do ano passado.

Leia também: PT paulistano quer ratear rombo da campanha de Haddad

O partido já se comprometeu, por exemplo, a assumir o rombo de R$ 26 milhões da campanha de Haddad, que vinha tirando o sono do diretório do PT na capital paulista. A lista inclui também o débito deixado pela campanha de Patrus Ananias em Belo Horizonte. Nesse caso, a dívida declarada pela campanha ficou em pouco mais de R$ 4 milhões.

A expectativa é de que os acordos sejam ratificados na próxima reunião do diretório nacional petista. A negociação para chegar ao acerto, entretanto, não foi tão simples.  O PT nacional resistiu até onde foi possível. Ao menos do ponto de vista estatutário, a cúpula partidária não tinha qualquer obrigação de assumir os débitos. Isso porque uma resolução interna da sigla prevê justamente que os diretórios municipais devem se responsabilizar por eventuais dívidas eleitorais.

Autor: Tags: ,

segunda-feira, 14 de janeiro de 2013 Eleições, Partidos, Política | 07:00

PT paulistano quer ratear rombo da campanha de Haddad

Compartilhe: Twitter

O diretório municipal do PT em São Paulo anda se descabelando para decidir como fará para absorver os R$ 26 milhões em dívidas de campanha deixadas pelo agora prefeito Fernando Haddad. O problema é que, pelas normas internas do PT, cabe à instância municipal se responsabilizar pelo rombo. A direção nacional pode até analisar eventuais pedidos de socorro, mas não tem a obrigação estatutária de atendê-los.

As conversas entre as duas instâncias devem ser intensificadas nos próximos dias, quando boa parte dos dirigentes partidários volta ao trabalho, depois de esticar a folga de fim de ano.

A regra que obriga o diretório municipal a se responsabilizar pelo buraco nas contas não nasceu à toa. Foi criada justamente no período em que a direção nacional do PT se via mergulhada em dezenas de milhões em débitos, principalmente aqueles deixados por empréstimos avalizados por Marcos Valério no esquema do mensalão.

Apesar do buraco nas contas partidárias, petistas dizem estar otimistas quanto à capacidade de reverter o problema. Afinal, o dinheiro entra com muito mais facilidade quando se ganha a eleição.

Autor: Tags: , ,

quinta-feira, 13 de dezembro de 2012 Partidos | 19:08

Justiça rejeita contas de Netinho

Compartilhe: Twitter

A Justiça Eleitoral rejeitou as contas do comitê de campanha de Netinho de Paula (PCdoB).

De acordo com o despacho do Juiz Eleitoral, Paulo Furtado de Oliveira Filho, a prestação de contas de Netinho indica uma dívida de R$ 68 mil “cuja liquidação não foi comprovada pelo candidato nem assumida pelo partido político”.

A assessoria de Netinho informou que o vereador já recorreu da decisão e disse que a dívida foi assumida pelo comitê municipal do PCdoB sob delegação do comitê nacional do partido.

Netinho argumenta que esse foi o motivo para a rejeição, já que a lei determia que é o orgão nacional do partido que deve assumir a dívida, mas que no caso do PCdoB isso foi delegado ao municipal.

Autor: Tags: , ,

sexta-feira, 7 de dezembro de 2012 Partidos | 10:00

Sem provas, PSDB-SP não deverá punir tucanos rebeldes

Compartilhe: Twitter

A cúpula do Diretório do PSDB-SP admite que os processos no conselho de ética do partido contra tucanos que apoiaram candidaturas de adversários nas eleições municipais não resultarão em punição.

A avaliação do diretório é que, embora tenha havido muita choradeira pelo estado de São Paulo afora, essas queixas carecem de provas o que, portanto, inviabilizaria os castigos.

Autor: Tags: ,

quinta-feira, 6 de dezembro de 2012 Partidos | 08:30

Reunião discutirá quem assumirá dívida de R$ 19,5 milhões da campanha de Serra

Compartilhe: Twitter

Em encontro a ser realizado nesta quinta-feira, em São Paulo, a Executiva do PSDB-SP decidirá se a dívida da campanha de José Serra será assumida pelo Diretório Estadual do partido.

O valor da dívida é de R$ 19,5 milhões e a maior parte disso diz respeito ao trabalho realizado pelo marqueteiro de Serra, Luiz Gonzalez.

Autor: Tags: , , ,

  1. Primeira
  2. 1
  3. 2
  4. 3
  5. 4
  6. 5
  7. 10
  8. 20
  9. 30
  10. Última