Publicidade

Posts com a Tag escândalo Erenice

sexta-feira, 24 de setembro de 2010 Eleições | 14:02

Bahia e DF: onde Dilma perde mais votos depois do escândalo Erenice

Compartilhe: Twitter

Depois do escândalo Erenice Guerra, a candidata do PT a presidente, Dilma Rousseff, sofreu as maiores baixas no eleitorado da Bahia e do Distrito Federal, segundo o Datafolha.

Naquele estado, Dilma caiu 4 pontos. Na capital do país, 7. Em ambos, Marina Silva (PV) tomou mais votos de Dilma do que José Serra (PSDB).

As explicações para a queda de Dilma nestes lugares: na Bahia, o governador petista Jaques Wagner diz que sofre ataques de todo lado por estar na frente e também caiu de 53% para 48%, logo, a ex-ministra colhe os espinhos.

No Distrito Federal, a explicação é o alto nível de informação sobre o que se passa no poder.

Ou talvez que o eleitorado de lá, para surpresa geral da nação, ainda se impressione com corrupção.

Autor: Tags: , , , , ,

quinta-feira, 23 de setembro de 2010 Eleições | 05:04

Governo ainda tem em estoque 75% do Tamiflu comprado em 2009

Compartilhe: Twitter

(Foto: AE)

Em 2009, o Ministério da Saúde, segundo levantamento do site Contas Abertas, comprou 75 milhões de comprimidos de 75 mg de oseltamivir, o conhecido Tamiflu, e mais 14 milhões de comprimidos de 45 mg e outros 16 milhões de 30 mg, além de 4 toneladas do medicamento em barril.

As últimas compras do medicamento contra a gripe H1N1, que deflagrou o escândalo de tráfico de influência na Casa Civil, ocorreram em dezembro, quando a epidemia já estava sob controle e depois de a Roche, o único produtor, fazer ao governo uma doação de mais 500 mil cápsulas.

O custo da compra foi de R$ 34,7 milhões, em junho, R$ 2,3 milhões em agosto, R$ 8,6 milhões em outubro e mais R$ 360 milhões em dezembro. No total, R$ 405,6 milhões.

De todo o Tamiflu comprado no ano passado, o governo ainda tem 75% em estoque.

Segundo declarou o ministro José Gomes Temporão, o ministério tinha interesse em “uma grande quantidade” do medicamento por se tratar de uma pandemia.

Autor: Tags: , , ,

terça-feira, 21 de setembro de 2010 Eleições | 09:06

A campanha da bala perdida

Compartilhe: Twitter

De um poderoso eleitor do PT, parodiando Dilma Rousseff, que acusou a oposição de estar à procura de uma bala de prata para detoná-la:

– Daqui a eleição não terá bala de prata, mas bala perdida vai ter um monte.

Autor: Tags: , ,

segunda-feira, 20 de setembro de 2010 Eleições | 16:49

Por enquanto, Lula ainda não quita a dívida com Paulo Bernardo

Compartilhe: Twitter

Terminou há pouco a conversa do presidente Lula com o ministro do Planejamento, Paulo Bernardo. Ficou decidido mesmo que ele continua onde está – aliás, de licença neste momento.

Até as eleições um interino, Carlos Eduardo Esteves Lima, responde pelo antigo posto de Dilma Rousseff.

Por enquanto, Lula ainda não quita sua dívida com Paulo Bernardo. Ou seja, tudo indica que ela seja paga no ano que vem.

Autor: Tags: , , ,

Eleições | 10:06

Para PT, governo é governo, campanha é campanha

Compartilhe: Twitter

Erenice Guerra (Foto: AE)

Apesar de a semana começar, ao que tudo indica, com uma nova demissão causada pelo escândalo Erenice Guerra – desta vez a saída coronel Eduardo Artur Rodrigues Silva que promete sair hoje da diretoria de Operações dos Correios -, a estratégia da campanha petista será manter o discurso de que tudo isso é coisa do governo e não da campanha.

Se questionados, petistas ou a candidata a presidente, Dilma Rousseff, responderão que o governo está apurando tudo e o caso das prisões ocorridas no Amapá servirão, inclusive, de “prova” de que a administração Lula está apurando as denúncias e, a despeito da eleição, mandando prender os corruptos.

– Não há acobertamento. O governo poderia esperar mas, como é assunto de governo, está agindo – afirma o líder Cândido Vaccarezza (PT-SP).

Ou seja, uma coisa é uma coisa, outra coisa é outra coisa.

Autor: Tags: , , , , , ,