Publicidade

Posts com a Tag etanol

quarta-feira, 20 de março de 2013 Economia | 09:00

Lobão diz que produtores de etanol não usam R$ 7 bi do BNDES

Compartilhe: Twitter

No encontro que teve com a bancada do PMDB na Câmara dos Deputados, Edison Lobão fez uma crítica velada aos produtores de etanol.

Ao explicar aos parlamentares de seu partido os motivos pelos quais a produção de etanol caiu em 2012, Lobão tentou convencê-los de que a situação já está sendo cuidada para reestabelecer os patamateres anteriores à queda.

O ministro disse que o BNDES abriu linha de crédito de R$ 7 bilhões para ajudar os produtores, mas que o dinheiro não tem sido buscado por eles.

Assista:

Autor: Tags: , , ,

sexta-feira, 20 de janeiro de 2012 Economia | 16:52

Os dois preços do etanol

Compartilhe: Twitter

Daqui a pouco, o Cepea-Esalq divulga sua pesquisa periódica de preço do etanol. O valor será o mais baixo desde agosto de 2011.

Na usina.

Nas bombas dos postos, como o consumidor brasileiro bem sabe, tá lá nas alturas.

A diferença é atribuída à mão invisível do mercado contra a mão visível do governo e de distribuidores.

Autor: Tags:

sexta-feira, 6 de janeiro de 2012 Economia | 06:02

A hora de Dilma Rousseff enfrentar a questão do etanol

Compartilhe: Twitter

Depois de obter a vitória de mercado livre para o etanol brasileiro nos Estados Unidos, com o fim das barreiras tarifárias em 31 de dezembro, a União da Indústria da Cana-de-Açúcar (Unica) espera colher os frutos no governo Dilma Rousseff.

O embate entre a tributação do álcool contra a gasolina (sob controle rígido desde 2005 para impedir alta da inflação), segundo a Unica, é o que está impedindo a expansão do setor pois deixa o etanol sem competitividade.

Se Lula propagava o etanol pelo mundo, Dilma faz vista grossa.

O setor, agora, decidiu direcionar seus esforços para dar sua versão ao consumidor do porquê do preço do álcool subir tanto, mas também teme que a reação do governo seja aumentar o preço da gasolina e culpar os famosos usineiros.

Aliás, o índice de preços agrícolas, medido pelo governo de São Paulo, subiu 14,57% em 2011. A culpa? Da cana-de-açúcar que bateu 36,42%. A explicação técnica: os preços internacionais ainda estão em patamares elevados para o açúcar e a escassez relativa do álcool combustível no mercado interno.

A Unica garante que o que está determinando o aumento é a falta de competitividade com a gasolina e não o preço do açúcar que, segundo consultores, deve cair em 2012 devido à ampliação das exportações da Índia.

Seja lá o que for, Dilma Rousseff terá que sentar qualquer hora dessa para discutir a questão que ganha importância justamente no momento em que os brasileiros estão enchendo o tanque do carro para pegar a estrada nas férias. O Jornal Nacional, por exemplo, aproveitou o momento e colocou uma série de reportagem no ar sobre o tema.

A propósito: esse também é o tema de reportagem sobre o Brasil da revista The Economist desta semana.

Autor: Tags: , , , ,

terça-feira, 5 de abril de 2011 Economia | 07:02

BNDES sai ileso da crise do etanol

Compartilhe: Twitter

Nas conversas com o setor de açúcar e álcool, resta ao governo um desafio: ampliar o número de usinas novas no país. Em 2008, foram abertas 31 usinas, em 2009, depois da crise financeira abriram somente 19, em 2010, apenas 10 e a previsão para 2011 são de três a cinco.

Uma planta demora até quatro anos para entrar em operação e mais um ou dois para atingir a capacidade plena de produção.

O pior para o governo é que o problema no setor deixou, há tempos, de ser financiamento – que era uma reclamação antiga dos usineiros. Aliás, o presidente do BNDES, Luciano Coutinho, saiu muito bem nessa fita toda de explosão dos preços do etanol. O banco tem sido pim-pom-pim-pá – como a presidenta Dilma Rousseff tanto gosta.

Autor: Tags: , , , ,

quinta-feira, 27 de janeiro de 2011 Economia | 06:08

Bill Gates é convidado para vir ao Brasil discutir etanol

Compartilhe: Twitter

Bill Gates (Foto: Robert Sorbo/Microsoft/Handout)

A União da Indústria de Cana-de-açúcar (Unica) convidou Bill Gates para fazer a palestra de abertura de seu principal evento sobre biocombustíveis, o Ethanol Summit, realizado a cada dois anos.

O fundador da Microsoft prometeu dar uma resposta nos próximos dias. Mas já adiantou que tem espaço em sua disputada agenda para os dias 6 e 7 de junho, quando o evento será realizado em São Paulo.

Gattes, como se sabe, é atualmente um dos maiores entusiastas da energia renovável no mundo, sobretudo em países em desenvolvimento, e tornou-se um grande investidor em novas fontes de energia.

Em 2009, o palestrante do Ethanol Summit foi outro Bill. O Clinton.

Autor: Tags: , , , ,

quarta-feira, 21 de julho de 2010 Economia | 12:01

Brasil ganha mais aliados contra tafira dos EUA ao etanol

Compartilhe: Twitter

O Fórum de CEOs Brasil-EUA se reuniu em Denver, Colorado, nos EUA, e assumiu posição conjunta pelo fim da tarifa americana contra o etanol importado, que tira a competitividade do produto brasileiro.

Os líderes empresariais concordaram que o principal biocombustível do Brasil deve ficar livre de impostos para impulsionar oportunidades de negócio em ambos os países.

O CEO Forum Brasil-EUA foi criado pelos governos do Brasil e dos EUA e tem como participantes 20 CEOs, sendo 10 do Brasil e 10 dos EUA. Só tem gente grande.

A Unica (União da Indústria de Cana de Açúcar) acredita que a decisão do CEO Forum é muito significativa na sua luta contra a tarifa que incide sobre o álcool brasileiro.

Autor: Tags: , , , , ,

segunda-feira, 28 de junho de 2010 Economia | 09:02

Brasil ganha uma batalha contra os subsídios dos EUA ao etanol

Compartilhe: Twitter

Este anúncio publicado, na última semana, em alguns jornais norte-americanos surpreendeu – positivamente, claro – a União das Indústrias de Cana-de açúcar (Única). É uma peça contra os subsídios ao etanol deles, feito de milho. É uma atitude inédita e uma das melhores notícias para os produtores brasileiros. Foi bancado por quatro organizações da comunidade científica cuja opinião pesa por lá nas decisões do Congresso.

Ou seja, mesmo dentro dos Estados Unidos, há quem tenha colocado a mão na consciência e percebido que os mais de US$ 30 bilhões gastos por ano para produzir etanol de milho é um gasto prejudicial ao contribuinte e só beneficia as grandes empresas petrolíferas.

Publicidade contra: subsídio ao etanol é prejuízo para contribuinte

Autor: Tags: , , ,

Economia | 09:01

Lei dos subsídios vale até dezembro

Compartilhe: Twitter

O anúncio foi publicado, entre outros, no Daily Congress, jornal mais lido pelos parlamentares do país – submetidos ao poderoso lobby das empresas de petróleo que adoram o subsídio para reduzir seus custos na mistura de álcool à gasolina.

A lei dos subsídios vale até dezembro e pode ser renovada. Se os subsídios caírem – ou forem reduzidos – o etanol brasileiro, alvo principal dessa política, passa a entrar no país com preço muito mais competitivo.

Autor: Tags: , , ,

terça-feira, 8 de junho de 2010 Eleições | 05:02

Serra altera agenda de Alckmin

Compartilhe: Twitter

A pedido de José Serra, o ex-governador Geraldo Alckmin foi acompanhá-lo ontem à entrega do prêmio Top Etanol, onde estiveram os três principais candidatos a presidente da República.

Alckmin tinha outra agenda – um jantar com vereadores do partido e uma entrevista à rádio Record. No entanto, precisou fazer uma alteração de última hora para atender Serra.

Ao Poder Online, Alckmin desmentiu qualquer assimetria no ritmo de sua campanha com a de Serra, como a imprensa chegou a veicular, dando conta de que ele – líder nas pesquisas de intenção de voto – havia hibernado:

– Dizer que fiz apenas nove viagens ao interior não é verdade – disse Alckmin, em seguida enumerando seu périplo por vários municípios nas últimas semanas.

Após a convenção, no domingo, Alckmin prepara uma agenda mais arrojada.

Autor: Tags: , , , ,

Eleições | 05:01

Alckmin, o rei do etanol

Compartilhe: Twitter

Há motivos numéricos para Serra fazer questão da presença de Alckmin no evento promovido pela União das Indústrias de Cana-de-açúcar, que reuniu os nomes de peso do setor no país.

No governo dele, o ICMS para o álcool combustível foi reduzido de 25% para 12%. Para aquela plateia, Alckmin é o rei do etanol.

Autor: Tags: , , ,

  1. Primeira
  2. 1
  3. 2
  4. Última