Publicidade

Posts com a Tag Fernando Haddad

quinta-feira, 22 de janeiro de 2015 Partidos | 09:00

PT aceita tratar 2018 com Marta, mas prefeitura está fora de cogitação

Compartilhe: Twitter

O PT começou a mandar os primeiros recados à ex-prefeita Marta Suplicy, na tentativa de abrir um diálogo que permita sua permanência no partido. Mas as mensagens iniciais não casam com o que o próprio partido acredita que ela quer. Em tese, o comando petista até aceita manter Marta como uma possível alternativa para o governo de São Paulo em 2018, desde que ela aceite disputar internamente com outros postulantes. Mas, se a condição para a permanência for a disputa pela prefeitura paulistana em 2016, a resposta é: nem pensar.

Marta em caravana do PT (Foto: Divulgação/Elisabete Alves)

Marta em caravana do PT (Foto: Divulgação/Elisabete Alves)

O assunto foi discutido nos últimos dias pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e pelo menos dois líderes petistas. Uma possibilidade seria o partido se comprometer a não tirar Marta de cena na eleição para governador. Leia-se, Lula não repetiria o que fez na última eleição municipal, por exemplo, quando pediu expressamente que ela desistisse de reivindicar uma prévia com o hoje prefeito Fernando Haddad.

Isso não significaria garantir a ela a cabeça de chapa. Até porque o PT entende que é cedo demais para assumir qualquer compromisso para daqui a quatro anos. Mas Marta teria a chance de colocar seu nome para aprovação da militância, junto com o de outros candidatos. Só que, se depender da avaliação do próprio partido, a petista hoje teria chance quase zero de levar uma prévia, dada a falta de apoio interno ao seu nome.

Todos os envolvidos nas conversas concordaram que a hipótese de permitir uma prévia está absolutamente fora de cogitação na disputa da prefeitura. Para começar, porque Haddad já está no exercício do cargo. Sem contar que o partido avalia que a recuperação de imagem do prefeito vai se intensificar a partir deste ano. Ou seja, a vaga só não será dele se ele não quiser.

Até agora, Marta não respondeu aos primeiros acenos do PT. O partido, primeiro, quer sentir o terreno. E, só depois disso, levantar a possibilidade de procurar formalmente a ex-ministra. O que se espera, em tese, é que o próprio Lula tenha uma conversa com ela, caso ela sinalize que tem interesse em permanecer no partido. Se o sinal for negativo, Lula nem vai entrar em cena.

Leia também: Tudo certo para Alexandre Padilha assumir articulação de Haddad

 

Autor: Tags: , , , ,

Cidades | 06:00

Tudo pronto para Alexandre Padilha assumir articulação política de Haddad

Compartilhe: Twitter
Alexandre Padilha (Foto: ABr)

Alexandre Padilha (Foto: ABr)

Alexandre Padilha estará hoje com o prefeito Fernando Haddad. O prefeito paulistano deve oficializar o convite ao ex-ministro para assumir uma secretaria na administração municipal.

Se tudo correr como previsto, Padilha fica mesmo com a Secretaria de Relações Governamentais, onde poderá relembrar os tempos em que foi ministro de Relações Institucionais do governo Lula.

A lista de opções incluía ainda as pastas da Saúde e Subprefeituras, como informou o jornal O Estado de S. Paulo.

Autor: Tags: , ,

terça-feira, 13 de janeiro de 2015 Eleições | 09:00

Alckmin ainda custa para encontrar uma alternativa para 2016

Compartilhe: Twitter
Alckmin e Haddad

Alckmin e Haddad

O governador paulista Geraldo Alckmin pretende manter firme o controle sobre o processo eleitoral de 2016, mas até agora não conseguiu encontrar um nome a ser trabalhado para a disputa com o prefeito petista Fernando Haddad.

O que se sabe é que Alckmin quer um candidato para chamar de seu. Gostaria de encontrar alguém dentro do seu grupo político, empurrando para a margem alternativas como Aloysio Nunes e Andrea Matarazzo.

Meses atrás, Alckmin ensaiou bancar o nome de Saulo de Castro, mas desanimou no meio do caminho. Agora, ele o tem na fila para a sucessão estadual de 2018. Diante do desempenho em disputas anteriores, a alternativa Bruno Covas também custa a empolgar o governador. Mario Covas Neto também apresentou o nome.

Um nome que passou a circular com mais frequência nas conversas do Palácio dos Bandeirantes é o do chefe da Casa Civil, Edson Aparecido. Mas ate agora, dizem interlocutores, nada de o governador bater o martelo.

Autor: Tags: , , ,

segunda-feira, 5 de janeiro de 2015 Eleições | 06:00

PT e PMDB falam em lançar chapa Haddad-Chalita em 2016

Compartilhe: Twitter
O deputado Gabriel Chalita participa de homenagem a Michel Temer em outubro (Foto: Divulgação)

Gabriel Chalita, com o vice Michel Temer  (Foto: Divulgação)

PT e PMDB têm falado informalmente na possibilidade de selarem uma aliança para  próxima disputa municipal em São Paulo. Uma ideia que circulou nas conversas é emplacar Gabriel Chalita como vice do petista Fernando Haddad.

Mas o candidato derrotado ao governo paulista, Paulo Skaf, parece não gostar muito da ideia. Já fez chegar ao vice-presidente Michel Temer que está disponível para mais uma rodada nas urnas.

O recado dado foi que as conversas serão tocadas, nesse estágio, no diretório municipal do partido. Que é presidido por ninguém menos que o próprio Chalita.

Autor: Tags: , , , ,

sexta-feira, 14 de novembro de 2014 Política | 06:00

A idade preocupa Marta Suplicy

Compartilhe: Twitter
Marta Suplicy (Foto: Agência Senado)

Marta Suplicy (Foto: Agência Senado)

Diante da movimentação da ministra Marta Suplicy, que entregou nesta semana sua carta de demissão, alguns aliados relembram nas conversas de bastidores que a petista não esconde a preocupação com a relação entre idade e futuro político. Numa conversa recente, Marta comentou com um amigo que tem consciência de que não há tempo de sobra pela frente.

“Quando terminar meu mandato de senadora, eu terei 73 anos. Sei que meu futuro político tem tempo contado”, afirmou a petista, segundo o relato do aliado. Para esse mesmo interlocutor, o fato de Marta agora se colocar como potencial candidata à prefeitura paulistana, antecipando uma disputa com o atual prefeito Fernando Haddad, tem base justamente nessa avaliação.

É também nesse quesito que estaria apoiada a tese de que Marta pode vir a trocar o PT por um outro partido. Alguns aliados ainda desconfiam da real disposição da ex-prefeita de migrar para o PMDB. Mas admitem que, se ela entender que tem chances de se sair bem numa disputa pela prefeitura de São Paulo por outra legenda, pode perfeitamente optar por seguir adiante.

Autor: Tags: , , , ,

terça-feira, 11 de novembro de 2014 Congresso | 10:30

Celso Russomanno busca uma bandeira na Câmara

Compartilhe: Twitter
Candidato a deputado federal, Celso Russomanno (PRB-SP). Foto: Divulgação

Candidato a deputado federal, Celso Russomanno (PRB-SP). Foto: Divulgação

O deputado eleito Celso Russomanno (PRB-SP) pretende chegar a Brasília já com uma bandeira engatilhada. Ele já começou a pedir apoio aos futuros colegas ao que diz ser seu principal foco no mandato: a aprovação de um código de defesa do consumidor do serviço público.

De acordo com Russomanno, a proposta “já está praticamente pronta”. “O governo precisa dar o exemplo. Por que o que é público pode ser ruim? Você vê algum Procon fiscalizando e responsabilizando órgãos públicos? Se um diretor fizer isso vai ser demitido na mesma hora”, critica.

Leia também: Votação de Russomanno elege deputado apoiado por ex-líder da Telexfree

Em seu quadro Patrulha do Consumidor, apresentado na Record e previsto para continuar durante o exercício do mandato, o deputado também tem aproveitado para defender as mudanças na legislação e tecer diversas críticas ao prefeito de São Paulo e adversário local, Fernando Haddad (PT) – com quem Russomanno pretende disputar novamente a prefeitura, em 2016.

Autor: Tags: , , , , ,

quarta-feira, 5 de novembro de 2014 Congresso | 14:30

Frente de Prefeitos pede ajuda a Renan para aprovar renegociação de dívidas

Compartilhe: Twitter

Dirigentes da Frente Nacional de Pefeitos, entre eles o prefeito paulistano, Fernando Haddad, reúnem-se daqui a pouco com o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL).

A frente pretende pedir a aprovação do projeto de renegociação das dívidas de 180 municípios com a União.

O texto, já aprovado na Câmara, altera o indexador das dívidas e prevê a correção dos valores pela taxa básica de juros ou pelo IPCA mais 4% ao ano. Hoje, o indexador é o IGP-DI, mais 6% a 9% ao ano.

Autor: Tags: ,

quinta-feira, 23 de outubro de 2014 Eleições | 09:00

Petistas agora enchem a bola de Haddad

Compartilhe: Twitter
Haddad: na rua, 'Fernando Andrade' (foto: Paduardo/Futura Press)

Haddad: na rua, ‘Fernando Andrade’ (foto: Paduardo/Futura Press)

Depois de encarar muita reclamação dos colegas de partido, o prefeito de São Paulo, Fernando Haddad anda melhorando também sua avaliação interna no PT.

Hoje, já tem gente na legenda saindo entusiasmada em defesa do prefeito diante da tese de que ele seria responsável por grande parte da rejeição ao PT em São Paulo.

Autor: Tags: , , ,

quinta-feira, 16 de outubro de 2014 Eleições | 09:00

Haddad tenta, mas ainda custa para despachar menos e sair mais

Compartilhe: Twitter
Haddad: na rua, 'Fernando Andrade' (foto: Paduardo/Futura Press)

Haddad: na rua, ‘Fernando Andrade’ (foto: Paduardo/Futura Press)

O prefeito Fernando Haddad ri quando o assunto são os sucessivos pedidos do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva para que ele  saia mais do gabinete. “Isso ele me pede desde o primeiro dia de governo”, brinca o petista.

Haddad diz que até abriu a agenda para mais compromissos externos. Mas que os compromissos internos ainda o impedem de chegar perto do que gostaria Lula.

Autor: Tags: ,

segunda-feira, 22 de setembro de 2014 Cidades | 18:00

Recuperação na avaliação de Haddad alivia tensão com o PT

Compartilhe: Twitter

A melhora nos índices de aprovação ao governo do petista Fernando Haddad já começou a aliviar a tensão na relação entre o prefeito paulistano e o PT.

O partido nunca foi um grande entusiasta da candidatura de Haddad, que foi lançado na disputa pela prefeitura da capital pelas mãos do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Agora, petistas que antes diziam que Haddad tinha grandes chances de não se reeleger e que levantavam  já voltam a dizer que o prefeito “tem futuro” nos planos partidários.

E, neste momento, afirma um dirigente, a perspectiva de o PT lançar outro candidato em 2016, como os ministros Aloizio Mercadante ou Marta Suplicy, é zero.

Autor: Tags: ,

  1. Primeira
  2. 1
  3. 2
  4. 3
  5. 4
  6. 5
  7. 10
  8. 20
  9. 30
  10. Última