Publicidade

Posts com a Tag Fernando Lugo

sexta-feira, 27 de fevereiro de 2015 Congresso | 13:37

‘Congresso desrespeitou autonomia da Venezuela’, diz petista

Compartilhe: Twitter
O deputado federal Valmir Assunção (PT-BA). Foto: Divulgação

O deputado federal Valmir Assunção (PT-BA). Foto: Divulgação

O deputado federal Valmir Assunção (PT-BA) tem dito que há “uma indignação seletiva” no Congresso Nacional, quanto aos fatos internacionais. “Quando os Estados Unidos, por exemplo, invadem países sem o aval dos organismos internacionais, da ONU, não há nenhuma reclamação no Parlamento”, diz o petista.

Saiba mais: Mendonça apresenta moção de repúdio contra Nicolas Maduro

De acordo com Valmir, por uma articulação do DEM e do PSDB, a Câmara dos Deputados foi “arrogante” ao aprovar uma moção de repúdio ao governo da Venezuela. “O Congresso Nacional promoveu um desrespeito à autonomia da Venezuela, enquanto país democrático. Um desrespeito ao presidente Nicolas Maduro, eleito com a maioria dos votos em eleições limpas e reconhecidas pela comunidade internacional, além de desrespeito à soberania do povo venezuelano”.

Militante do MST, Valmir disse ainda que “o Parlamento não tem o direito de interferir naquilo que não tem informações concretas”, e afirmou que a moção foi baseada “em notícias filtradas pela mídia brasileira”. Segundo o petista, “se houvesse coerência no DEM e no PSDB, eles também teriam se mobilizado quando Hugo Chávez e Fernando Lugo sofreram golpes de Estado”, na Venezuela e no Paraguai.

Autor: Tags: , , , , , , , , ,

sexta-feira, 21 de novembro de 2014 Internacional | 07:30

Petista diz que fará ‘cursinho contra impeachment’ no Paraguai

Compartilhe: Twitter
Deputado federal Renato Simões (PT-SP). Foto: Agência Câmara

Deputado federal Renato Simões (PT-SP). Foto: Agência Câmara

O deputado federal Renato Simões (PT-SP) foi escalado para fazer um giro internacional, na próxima semana. Na sexta-feira, o petista chega ao Paraguai para representar o partido no primeiro congresso da Frente Guaçu, partido do ex-presidente paraguaio Fernando Lugo. Em seguida, Simões estará no Uruguai, onde acompanhará as eleições presidenciais para sucessão de José Mujica.

“Vou fazer um cursinho de resistência contra impeachment”, brinca o deputado, em referência à proposta levantada por alguns setores do PSDB diante da reeleição da presidente Dilma Rousseff e ao impeachment relâmpago de Lugo, em 2012.

Na época, a decisão do Senado paraguaio foi considerada um golpe de estado por organizações como Unasul e Mercosul, das quais o país foi afastado temporariamente até a realização de novas eleições, em 2013.

Autor: Tags: , , , , , , , ,

segunda-feira, 23 de julho de 2012 Internacional | 10:34

DEM estreita os laços com o Paraguai após destituição de Lugo

Compartilhe: Twitter

Como se sabe o Partido Democratas (DEM) foi contrário às manifestações do governo brasileiro condenando a destituição, pelo Congresso, do ex-presidente do Paraguai Fernando Lugo.

Assessor de Relações Internacionais do DEM, o ex-prefeito do Rio de Janeiro Cesar Maia chega hoje a Assunção, a convite dos partidos majoritários, “para contatos em nível presidencial” amanhã com o governo e parlamento paraguaio.

Maia acompanha o senador chileno Jovino Novoa,  presidente da União de Partidos Latino-americanos (Upla).

Autor: Tags: , , ,

terça-feira, 3 de maio de 2011 Congresso | 17:51

Sarney suspende votação de Tratado de Itaipu e atrapalha planos de Dilma

Compartilhe: Twitter

O presidente do Senado, José Sarney, e os senadores Romero Jucá e Fernando Collor durante sessão sobre Tratado de Itaipu (Foto: José Cruz/ABr)

O presidente do Senado, José Sarney, suspendeu a votação da aprovação do Tratado de Itaipu, que autoriza o governo a triplicar de US$ 120 milhões para US$ 360 milhões o pagamento pela energia de Itaipu comprada do Paraguai.

A ideia da base aliada do Senado era apressar a aprovação projeto, mas o senador Itamar Franco questionou a urgência da votação. Sarney deu razão a Itamar e afirmou que projeto só entrará na pauta do plenário na próxima quinta-feira. Isto se houver quórum.

A decisão de Sarney pode atrapalhar os planos da presidenta Dilma Rousseff, que esperava chegar ao Paraguai, no próximo dia 15, com a aprovação do projeto em mãos para apresentar ao presidente Fernando Lugo.

Autor: Tags: , , , , , ,

quinta-feira, 15 de julho de 2010 Economia | 09:02

Oposição: Itaipu só depois da eleição

Compartilhe: Twitter

Depois de conseguir adiar a votação da revisão do Tratado de Itaipu, a oposição quer jogar a decisão para depois da eleição.

A aposta é que haverá uma grande renovação no Congresso e os novos parlamentares engordariam os votos contra o projeto que fará com que o Brasil triplique de US$ 120 milhões para US$ 360 milhões os pagamentos anuais a Assunção pela compra da energia excedente da hidrelétrica de Itaipu que não é usada pelo Paraguai:

– Vamos tentar jogar para frente. É a chance que a gente tem de derrotar o governo, revela o deputado Alfredo Kaefer (PSDB-PR).

Autor: Tags: , , ,

terça-feira, 13 de julho de 2010 Economia | 05:02

Itaipu: Fim do tratado dará receita de US$ 2 bilhões por ano ao Paraguai

Compartilhe: Twitter

O presidente do Instituto Acende Brasil, Claudio Sales, calculou a renda que o Paraguai pode ter, a partir de 2023, com o fim do Tratado de Itaipu e a posse de 50% da usina:

– Com o fim do tratado, se o Paraguai assumir os custos e riscos de comercializar a sua metade da usina a preço de mercado, digamos a US$45 por megawatt-hora, pode esperar uma receita superior a US$ 2 bilhões por ano, com a venda de 47 mil gigawatts-hora a cada 12 meses.

Sales afirma que se a Câmara dos Deputados aprovar o Projeto de Decreto Legislativo (PDL) que revisa o Tratado de Itaipu (assinado em 1973), “os brasileiros desembolsarão R$ 5,5 bilhões adicionais aos paraguaios”.

Autor: Tags: , , , , ,

Economia | 05:01

Lula vai a Assunção de mãos abanando

Compartilhe: Twitter

O Projeto, já aprovado no Parlamento do Mercosul,  fará com que o Brasil triplique de US$ 120 milhões para US$ 360 milhões os pagamentos anuais a Assunção pela compra da energia excedente da hidrelétrica de Itaipu que não é usada pelo Paraguai.

No fim do mês, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva já tem encontro marcado com o presidente paraguaio, Fernando Lugo. A ideia de Lula era apresentar a revisão (já aprovada) do Tratado de Itaipu, tão desejada pelo país vizinho. Provavelmente, não dará tempo.

Autor: Tags: , , , ,