Publicidade

Posts com a Tag financiamento de campanha

quinta-feira, 30 de setembro de 2010 Eleições | 15:08

Alckmin e Anastasia são campeões nacionais de arrecadação

Compartilhe: Twitter

Pela primeira vez, a Lei Eleitoral (nº 11.300/2006) exige, durante a campanha, a prestação parcial de financiamento dos candidatos. Eles devem informar à Justiça tanto a arrecadação em dinheiro quanto as despesas. Tiveram que fazer isso no dia 6 de agosto e 6 de setembro e, agora, devem fazer a prestação final 30 dias após o pleito.

A lei foi criada para evitar futuras justificativas de enriquecimento ilícito com o chamado “dinheiro não contabilizado” proveniente das campanhas eleitorais, que veio à tona no escândalo do mensalão do PT, em 2005.

De acordo com levantamento feito pelo Poder Online, com base nas duas prestações de contas exigidas por lei, este é o balanço parcial para o eleitor tirar suas conclusões sobre as contas dos principais concorrentes aos governos dos estados e do Distrito Federal:

Maior rombo

Aloizio Mercadante (PT), de São Paulo: R$ 3.589.233,77

Maior sobra de campanha

Jaques Wagner (PT), da Bahia: R$ 5.061.559,38

Maior arrecadação

Antônio Anastasia (PSDB), de Minas Gerais: R$ 15.097.078,58

Menor arrecadação

Tião Bocalom (PSDB), do Acre: R$ 25.000,00

Maior despesa

Geraldo Alckmin (PSDB), de São Paulo: R$ 15.028.394,81

Menor despesa

Angela Amin (PP), de Santa Catarina: R$ 4.073,80

Sem declaração

Carlos Gaguim (PMDB), do Tocantins: R$ 0,00

Clique aqui para conferir as contas dos principais candidatos em todo o país.

(Colaborou Thais Arbex)

Autor: Tags: ,

  1. Primeira
  2. 1
  3. 2
  4. 3
  5. Última