Publicidade

Posts com a Tag Gilberto Kassab

quarta-feira, 9 de setembro de 2015 Brasil, Governo, Partidos, Política | 19:33

Com cortes no Minha Casa, Minha Vida, governo troca lançamento por reuniões fechadas

Compartilhe: Twitter
Gilberto Kassab (Foto: Agência Brasil)

Gilberto Kassab (Foto: Agência Brasil)

Com a perspectiva de ter que adequar os investimentos em programas sociais à realidade orçamentária difícil do próximo ano, o governo apresentará uma proposta mais modesta para a terceira fase do programa habitacional Minha Casa, Minha Vida.

Os números ainda estão mantidos em sigilo, no entanto, integrantes do governo já admitem que a proposta inicial de lançar mais 3 milhões de unidades a serem entregues até 2018 acabou sendo revisada. Representantes do setor e de movimentos sociais também já foram avisados do corte no programa.

Diante do enxugamento, o Planalto também decidiu substituir a cerimônia de lançamento da terceira fase do programa, prevista para quinta-feira (10), por um anúncio bem mais discreto.

Com a presença da presidente Dilma Rousseff, o ministro das Cidades, Gilberto Kassab, explicará o programa em reuniões fechadas, primeiramente com representantes dos movimentos sociais, depois, com empresários do setor da construção civil. Kassab foi convocado a explicará as mudanças feitas na proposta original e os motivos destas mudanças.

Somente após estas reuniões, marcadas para a parte da tarde, no Palácio do Planalto, é que o ministro deve dar uma entrevista falando sobre o projeto.

Nesta quarta-feira, Kassab e integrantes de sua equipe passaram a manhã em reunião no Planalto, acertando os detalhes. No entanto, o ministro não conseguiu convencer que o lançamento merecia a pompa costumeira das agendas positivas.

No Planalto, o ministro das Cidades conversou com o chefe da Casa Civil, Aloizio Mercadante, depois foi chamado ao gabinete presidencial para pela presidente Dilma Rousseff.

 

Autor: Tags: , , ,

terça-feira, 26 de maio de 2015 Política | 12:59

Raupp encerra giro com dirigentes em busca de apoio contra o “distritão”

Compartilhe: Twitter
O senador Valdir Raupp (PMDB-RO).

O senador Valdir Raupp (PMDB-RO)

O senador Valdir Raupp (PMDB-RO) deve encerrar hoje sua rodada de conversas com dirigentes partidários em busca de apoio para combater a aprovação do distritão, previsto na votação da reforma política.

O distritão, defendido por correligionários de peso de Raupp, como o presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (RJ), e o vice-presidente da República, Michel Temer, transforma a eleição de deputados em disputa igual a que ocorre hoje por cadeiras no Senado. Acaba a proporcionalidade, institui uma disputa de todos contra todos e são eleitos os mais votados.

Ontem, Raupp esteve com o o presidente do PT, Rui Falcão, e hoje encontra-se com o Ministro das Cidades, Gilberto Kassab (PSD).

Ele já esteve com o presidente Nacional do DEM, José Agripino, e com o presidente do PSDB, Aécio Neves.

A votação da reforma política começa hoje na Câmara.

Autor: Tags: , , , , , ,

terça-feira, 14 de abril de 2015 Congresso | 16:59

Deputados do PSD torcem o nariz para coleta de assinaturas do PL

Compartilhe: Twitter
O ex-prefeito Gilberto Kassab (Agência Brasil)

O ex-prefeito Gilberto Kassab (Agência Brasil)

Deputados do PSD reclamaram nas últimas semanas por terem sido escalados para para ajudar na coleta de assinaturas do PL nos estados. Dizem que os pedidos para que levem as fichas de filiação para seus respectivos estados aos fins de semana têm sido feitos em nome do ministro Gilberto Kassab.

Mas quem é próximo do ex-prefeito paulistano garante que ele nem sonha em meter os deputados na empreitada. Diz que a coleta de assinaturas vai muito bem, obrigado, e que Kassab está mesmo é cuidando do ministério.

Autor: Tags: , , , ,

quinta-feira, 12 de março de 2015 Política | 09:00

Kassab rebate Vaccarezza e diz que entregou 25 CEUs

Compartilhe: Twitter
O ex-prefeito Gilberto Kassab (Agência Brasil)

O ex-prefeito Gilberto Kassab (Agência Brasil)

Não agradou em nada ao ministro Gilberto Kassab a declaração dada pelo ex-deputado Cândido Vaccarezza (PT-SP), de que a administração do ex-prefeito de São Paulo foi concluída com a entrega de “uns cinco CEUs”.

Vaccarezza alfinetava o atual prefeito e colega de partido, Fernando Haddad, que, segundo ele, só entregou um Centro de Educação Unificado (CEU) até agora.

A equipe de Kassab garante que foram entregues 25 unidades durante sua passagem pela prefeitura paulistana, deixando a cidade com 46 CEUs em funcionamento.

Autor: Tags: , , , ,

quinta-feira, 5 de março de 2015 Partidos | 13:00

PTB e DEM retomam conversas sobre fusão

Compartilhe: Twitter
O prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM-BA). Foto: Divulgação

O prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM-BA). Foto: Divulgação

Nesta quinta-feira, as bancadas do DEM e do PTB se sentam para retomar as conversas sobre uma possível fusão.

Na bancada do PTB, o clima é mais favorável à movimentação, que resultaria no quarto maior partido do Congresso Nacional. Fala-se em manter a sigla do Partido do Trabalhista Brasileiro e o número eleitoral 14.

O DEM ainda tem certa resistência – motivo que levou, inclusive, à ida do prefeito de Salvador e um dos principais expoentes da sigla, Antônio Carlos Magalhães Neto, para Brasília.

Leia também: DEM descarta plano de fusão com PSDB

Autor: Tags: , , , , , , ,

quinta-feira, 12 de fevereiro de 2015 Partidos | 07:30

‘Profissão do Kassab é criar partido pra base aliada’, diz presidente do PTB

Compartilhe: Twitter
A deputada federal e presidente nacional do PTB, Cristiane Brasil (RJ). (Foto: Divulgação)

A deputada federal e presidente nacional do PTB, Cristiane Brasil (RJ). (Foto: Divulgação)

A oposição não tem gostado nada da movimentação do presidente nacional do PSD, Gilberto Kassab (SP), para recriar o Partido Liberal. É que boa parte dos partidos vê, na estratégia, uma manobra para roubar opositores e inflar a base aliada.

Na última quarta-feira, a presidente nacional do PTB, Cristiane Brasil (RJ), chegou a provocar formalmente o Tribunal Superior Eleitoral para se posicionar diante de casos semelhantes – em que um partido é criado já com o objetivo de, futuramente, fundir-se a outro.

“Nós precisamos acabar com essa profissão do Kassab, de criar partidos. É um empreiteiro financiado pelo governo para construir partidos pra base aliada”, diz a filha do ex-presidente do PTB Roberto Jefferson. “Isso burla a legislação que está em vigor, de uma maneira que não atende ao interesse nem do legislador, nem da sociedade. Essa criação inorgânica de siglas que são barriga de aluguel para a criação de monstros partidários sem a menor ideologia é ruim pra sociedade”, critica.

Leia também: Kassab ganha fama de ministro badalado graças ao novo PL

Autor: Tags: , , , , ,

quinta-feira, 5 de fevereiro de 2015 Congresso | 17:45

‘O PROS levou uma rasteira’, diz Valtenir Pereira

Compartilhe: Twitter

Em meio à distribuição de cargos na nova legislatura da Câmara, deputados do PROS têm dito que foram prejudicados após ficarem sem direito a representação na Mesa Diretora, nem a presidir alguma comissão.

A sigla faz parte do bloco parlamentar que reuniu PT, PR, PCdoB e PSD na tentativa de eleger o petista Arlindo Chinaglia (PT-SP), mas acabou ficando pra escanteio quando o deputado federal Ricardo Izar (PSD-SP) se lançou numa candidatura avulsa, conquistando a quarta suplência da Mesa.

“O PROS acabou levando uma rasteira”, diz o vice-líder do PROS na Câmara Valtenir Pereira (MT), que já acionou o presidente nacional do PSD, Gilberto Kassab (SP), e o líder da sigla na Câmara, Rogério Rosso (PSD-DF), para que o PSD abra mão de uma comissão. “Nós não podemos ter um bloco com um passando a perna no outro”, desabafa.

Assista:

Autor: Tags: , , , , ,

quarta-feira, 4 de fevereiro de 2015 Governo | 14:51

Kassab faz suspense sobre Henrique Meirelles

Compartilhe: Twitter
Gilberto Kassab (Foto: Agência Brasil)

Gilberto Kassab (Foto: Agência Brasil)

Diante das especulações sobre a possível indicação de Henrique Meirelles para presidir a Petrobras, o ministro Gilberto Kassab (Cidades), presidente do PSD e aliado do ex-presidente do BC, faz suspense. Ontem, ao ser questionado por onde passava sobre a possibilidade de nomeação, Kassab dizia apenas achar “pouco provável”.

Mas, diante das notícias de que Meirelles é o preferido do ex-presidente Lula para o posto, as falas do presidente do PSD foram entendidas imediatamente como um esforço para não queimar o aliado antes da hora.

Até porque Meirelles passou por algo muito parecido durante o processo de escolha do novo ministro da Fazenda: Lula bancava a indicação, mas a resistência de Dilma falou mais alto. A questão é se a presidente, desta vez, abraçou a sugestão.

Leia mais:
Com saída de Graça, governo vê Dilma mais exposta às denúncias da Lava Jato
Forma como saída de Graça foi anunciada gerou estranhamento no próprio governo

Autor: Tags: , , , , , , ,

segunda-feira, 26 de janeiro de 2015 Política | 06:00

Gilberto Kassab pede distância dos microfones

Compartilhe: Twitter
Gilberto Kassab (Foto: Agência Brasil)

Gilberto Kassab (Foto: Agência Brasil)

Gilberto Kassab tem optado por ficar bem quieto. Não quer falar com a imprensa por enquanto.

Além de fazer como outros novatos da Esplanada, que preferem tomar pé das coisas no ministério antes de dar declarações, o ministro das Cidades não quer correr o risco de ser questionado sobre a recepção que teve dos colegas.

Até porque o que não falta no governo é petista e peemedebista reclamando que a presidente Dilma Rousseff anda supervalorizando o novo auxiliar.

Autor: Tags: , ,

sexta-feira, 9 de janeiro de 2015 Partidos | 10:30

‘PSD não deixará de existir’, diz vice-presidente da sigla

Compartilhe: Twitter
Deputado Guilherme Campos (Foto: Agência Câmara)

O presidente nacional do PSD, Guilherme Campos (SP).(Foto: Agência Câmara)

De acordo com o vice-presidente nacional do PSD, Guilherme Campos (SP), embora boa parte da sigla esteja contribuindo para a recriação do Partido Liberal ao lado do ministro Gilberto Kassab (PSD-SP), ainda não existe acordo para uma fusão automática de todo o PSD à futura sigla.

“O PSD não deixará de existir”, diz o ex-líder do PSD na Câmara, que ocupa interinamente a presidência do partido desde que Kassab assumiu o Ministério das Cidades. “Não há nenhuma decisão no sentido de nos fundirmos automaticamente ao Partido Liberal. Nós estamos ajudando na coleta de assinaturas por uma questão de reciprocidade, para retribuir a ajuda que tivemos na criação do PSD”, completa Campos ao citar especificamente o nome de Cleovan Siqueira (PSD-GO), um dos idealizadores do novo PL.

A postura tem o respaldo do novo líder da bancada na Câmara, Rogério Rosso (PSD-DF). “Não podemos esquecer que o PSD é um partido histórico, de relevância nacional. Quando Juscelino Kubitschek inaugurou Brasília, a que partido ele pertencia? Ao PSD! Este é o nosso partido”, relembra o ex-governador do DF, em referência à sigla que existiu de 1945 a 1965, quando foi dissolvida pela ditadura militar. O partido só voltaria a existir em 1987, até ser incorporado ao PTB em 2003. Já em 2011, por iniciativa de Kassab, foi refundado mais uma vez.

Leia também: Kassab ganha fama de ministro badalado graças ao novo PL

Autor: Tags: , , , , , ,

  1. Primeira
  2. 1
  3. 2
  4. 3
  5. 4
  6. 5
  7. 10
  8. 20
  9. 30
  10. Última