Publicidade

Posts com a Tag Gilmar Mendes

quinta-feira, 22 de maio de 2014 Justiça | 16:50

Gilmar Mendes diz que voto sobre doações de campanha só sai depois de julho

Compartilhe: Twitter
Ministro do STF Gilmar Mendes. (Foto: Nelson Jr / SCO / STF)

Ministro do STF Gilmar Mendes. (Foto: Nelson Jr / SCO / STF)

O ministro do STF Gilmar Mendes avisou que só deverá apresentar seu voto no julgamento sobre doações privadas em campanhas eleitorais após o recesso de julho, do Supremo.

Leia mais: Coalizão pela Reforma Política planeja ato com mote “Devolve, Gilmar”

O anúncio foi feito em uma reunião na última quarta-feira, a pedido da chamada Coalizão pela Reforma Política – integrada pela OAB, CNBB e parlamentares liderados por Jandira Feghali (PCdoB-RJ).

Durante a conversa, Gilmar Mendes também deu sinais de que seu voto será contrário aos seis colegas que já se posicionaram pelo fim do financiamento privado.

Por enquanto, a indecisão acirra os ânimos entre o Congresso Nacional e o Supremo Tribunal Federal.

 

 

 

Autor: Tags: , , , ,

segunda-feira, 19 de maio de 2014 Eleições | 07:30

Grupo pressiona Gilmar Mendes a se posicionar sobre doações privadas

Compartilhe: Twitter
Deputada federal Jandira Feghali  (Foto: Divulgação)

Deputada federal Jandira Feghali (Foto: Divulgação)

Representado pela deputada Jandira Feghali (PCdoB-RJ), CNBB e OAB, o grupo autointitulado Coalizão Política pediu uma audiência com o ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF).

O grupo pede ao ministro que libere o processo sobre doações privadas em campanhas eleitorais, do qual pediu vista.

Leia mais: Coalizão pela Reforma Política planeja ato com mote “Devolve, Gilmar”

Autor: Tags: , , , ,

quarta-feira, 7 de maio de 2014 Congresso | 14:09

Coalizão pela Reforma Política planeja ato com mote “Devolve, Gilmar”

Compartilhe: Twitter
Ministro do STF Gilmar Mendes. (Foto: Nelson Jr / SCO / STF)

Ministro do STF Gilmar Mendes. (Foto: Nelson Jr / SCO / STF)

Com o objetivo de aumentar a pressão social pela conclusão do julgamento do Supremo Tribunal Federal sobre o fim do financiamento privado em campanhas eleitorais, a Coalizão Democrática pela Reforma Política e Eleições Limpas realizará um ato no dia 29 de maio, na Cinelândia (RJ).

Leia também: ‘Estou rezando para o STF votar logo’, diz presidente da CCJ sobre reforma política

O slogan será a hashtag “Devolve, Gilmar”, em referência ao pedido de vistas do ministro do STF que atualmente segura a votação – já em 6 votos pelo fim do financiamento privado. O impasse tem, inclusive, acirrado os ânimos entre o STF e o Congresso Nacional.

O movimento é integrado por entidades como OAB e CNBB, além de Jandira Feghali (PCdoB-RJ), Henrique Fontana (PT-RS), Luiza Erundina (PSB-SP), Chico Alencar (PSOL-RJ) e Vieira da Cunha (PDT-RS), entre outros parlamentares.

Autor: Tags: , , , , ,

terça-feira, 2 de julho de 2013 Justiça | 15:47

‘A Justiça funciona muito mal’, diz Gilmar Mendes

Compartilhe: Twitter

O ministro Gilmar Mendes criticou a própria Justiça ao fazer uma avaliação da má qualidade dos serviços públicos.

“Todas vez que somos colocados como usuários do serviços públicos, a gente sofre muito”, afirmou Mendes. “A Justiça funciona muito mal, é preciso que se diga isso”, acrescentou ele.

Mendes disse que o Estado está dando respostas inadequadas para a população e propôs uma união para que se pudesse melhorar os serviços da Justiça.

Assista:

[kml_flashembed movie="http://www.youtube.com/v/6WZtYUo50vE" width="640" height="480" allowfullscreen="true" fvars="fs=1" /]

Autor: Tags: , ,

quinta-feira, 2 de maio de 2013 Justiça | 13:00

José de Abreu vai depor no Rio em processo de Gilmar Mendes

Compartilhe: Twitter

O ator José de Abreu deve depor na próxima quarta-feira (8), no Rio de Janeiro, no processo aberto pelo ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF), contra ele.

A queixa-crime foi aberta após um tuíte do ator em outubro do ano passado. Mendes alega que Abreu quer desmoralizá-lo.

Autor: Tags: , ,

terça-feira, 30 de abril de 2013 Congresso | 21:02

Requião critica colegas que foram ao STF e chama de absurda liminar de Gilmar Mendes

Compartilhe: Twitter

A crise entre Legislativo e Judiciário rendeu discussão mesmo em dia de Congresso vazio na véspera do feriado do Dia do Trabalho.

O senador Roberto Requião (PMDB-PR) criticou a liminar, que classificou de “inadequada e absurda”, concedida por Gilmar Mendes nesta semana que paralisou a tramitação do projeto que impede que novos partidos se benificiem com obtenção de tempo de TV referente a transferência de parlamentares durante a legislatura.

Requião demonstrou contrariedade com a visita que os senadores Rodrigo Rollemberg (PSB-DF), Pedro Taques (PDT-MT), Ana Amélia (PP-RS), Pedro Simon (PMDB-RS), Randolfe Rodrigues (PSOL-AP), Alvaro Dias (PSDB-PR), Ricardo Ferraço (PMDB-ES), Aloysio Nunes Ferreira (PSDB-SP), Antonio Carlos Valadares (PSB-SE) e Ruben Figueiró (PSDB-MS) fizeram a Mendes para apoiar a liminar concedida pelo Ministro.

“O importante é que o Congresso não se abaixe demais”, disse Requião. “Quem muito se abaixa, as redondas abundâncias lhe aparecem”, acrescentou.

Assista:

[kml_flashembed movie="http://www.youtube.com/v/wZoYidTlFH4" width="640" height="480" allowfullscreen="true" fvars="fs=1" /]

Autor: Tags: , , ,

Congresso | 11:56

Randolfe defende mudança em regras para partidos após 2014

Compartilhe: Twitter

Se a disputa no Senado em torno do projeto que restringe tempo de TV e fundo partidário para novos partidos  foi pausada pela liminar de Gilmar Mendes, a oposição promete resistência. O senador Randolfe Rodrigues (PSOL-AP) que antes da liminar falava em “fazer todas as obstruções possíveis”, defende mudanças no texto, embora não seja um crítico da proposta em sua essência.

“O problema não é o mérito da matéria. Vamos tentar modificar o texto, mantendo o mérito, mas para valer depois de 2014”, disse Randolfe.

Autor: Tags: , , ,

quinta-feira, 25 de abril de 2013 Congresso | 11:30

Se nova regra vingar, partido de Marina pode ter só 11 segundos na TV

Compartilhe: Twitter

Articuladores da Rede Sustentabilidade, partido que Marina Silva tenta viabilizar, assistiram à sessão do Senado da noite de ontem com atenção. Nela, o requerimento de urgência para que a proposta que acaba com a portabilidade do tempo de TV e do fundo partidário quase foi votado, o que permitiria a apreciação do mérito já na semana que vem.

A votação da proposta acabou suspensa por liminar do ministro Gilmar Mendes, do STF, que aceitou o pedido do senador Rodrigo Rollemberg (PSB-DF) solicitando a paralisação da tramitação.

Pelas contas dos aliados de Marina, se o fim da portabilidade for aprovado, a Rede teria somente 11 segundos no horário eleitoral, o que, na avaliação deles, praticamente inviabiliza uma candidatura presidencial sem que se consiga fazer coligações.

Autor: Tags: , , , , ,

terça-feira, 16 de abril de 2013 Política | 19:14

Gilmar Mendes processa ator José de Abreu pela segunda vez

Compartilhe: Twitter

O ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF), está processando o ator José de Abreu pela segunda vez. No dia 10 de outubro de 2012, o ator tuitou: “E o Gilmar Mendes que contratou o Dadá? 19 anos de cadeia pro contratado. E pro contratante? Domínio do fato?”, referindo-se ao espião envolvido em diversos casos de grampo, como o do bicheiro Carlinhos Cachoeira, quando foi preso. Mendes alega que Abreu quer desmoralizá-lo.

No ano passado, o ator já havia recebido uma notificação judicial do ministro por tê-lo chamado de corrupto no Twitter. Na época, Abreu fez uma retratação formal e o caso foi encerrado. Desta vez, o ator afirmou que não vai se retratar.

“Foi uma piada, não tenho porque me retratar. Imagina se eu quis dizer que ele (Gilmar Mendes) tem que responder por tudo o que o Dadá fez? Só na cabeça dele, é fora de qualquer lógica imaginar que ele, ministro, é responsável pelo Dadá. Não é possível que ele não tenha coisa mais séria para fazer do que implicar com o que eu tuito”, disse o ator.

Autor: Tags: , , ,

quarta-feira, 3 de abril de 2013 Justiça | 14:05

“É preciso encerrar o capítulo mensalão”, diz Gilmar Mendes

Compartilhe: Twitter

O ministro Gilmar Mendes afirmou acreditar que a questão do acórdão do caso do mensalão seja resolvida em breve.

Mendes não quis arriscar um prazo para que as penas dos condenados comecem a ser cumpridas. “Aprendi com um jogador lá do Nordeste que dizia que prognóstico só depois do jogo”, declarou Mendes.

O ministro afirmou sobre o mensalão que é “extremamente importante que o Tribunal vire essa página”.

“Estamos um pouco presos a esse tema”, avaliou Mendes.

Sobre uma possível alteração no resultado do julgamento com os recursos da defesa, Mendes disse esperar que nada mude. “O que está deliberado, está deliberado”,

Assista:

[kml_flashembed movie="http://www.youtube.com/v/p12Nn-ac8oM" width="640" height="480" allowfullscreen="true" fvars="fs=1" /]

Autor: Tags: , ,

  1. Primeira
  2. 1
  3. 2
  4. 3
  5. 4
  6. 5
  7. Última