Publicidade

Posts com a Tag Golpe Militar

segunda-feira, 1 de dezembro de 2014 Militares | 19:30

Comissões da Verdade de indígenas e camponeses lançarão relatórios independentes

Compartilhe: Twitter

No dia seguinte ao lançamento do relatório final da Comissão Nacional da Verdade, a Comissão Camponesa da Verdade e a Comissão Indígena da Verdade também divulgarão o resultado de suas atividades desde 2012. As duas comissões foram criadas por organizações independentes para investigar abusos cometidos durante a ditadura militar paralelamente à CNV.

Leia também: ‘Me surpreendeu’, diz Erundina sobre relatório da Comissão da Verdade

Os documentos chegaram a ser encaminhadas à CNV, mas as comissões independentes afirmam que apenas parte das contribuições foram incorporadas. Uma das principais críticas que já tem sido apontadas está na diferença no número de mortos e desaparecidos. Enquanto o relatório oficial ficará em cerca de 400 vítimas, somente os camponeses falam em quase 1,2 mil.

O lançamento dos documentos será realizado no Congresso Nacional, após o ato público público para lembrar os 46 anos da publicação do Ato Institucional nº 5 – considerado “o golpe dentro do golpe militar”, por ter fechado o Congresso Nacional e suspendido todos os direitos civis da época.

Autor: Tags: , , , , , ,

segunda-feira, 2 de junho de 2014 Militares | 19:30

UnB avalia impacto do golpe militar na universidade

Compartilhe: Twitter

A Comissão da Verdade da Universidade de Brasília tem ouvido depoimento de gerações de perseguidos pelo golpe militar, para tentar compreender os danos do golpe militar no projeto universitário da época.

De acordo com Paixão, “Brasília era uma espécie de laboratório para um novo modelo de universidade, que foi derrubado em 1964”.

“Estamos ouvindo depoimentos de gerações de perseguidos”, afirmou o professor Cristiano Paixão, integrante da Comissão. “Queremos compor um quadro do que foi o impacto do golpe nas violações de direitos humanos na UnB como um todo.”

Assista:

Autor: Tags: , , ,

quarta-feira, 28 de maio de 2014 Congresso | 20:27

Deputados pedem abertura de arquivo secreto sobre morte de Anísio Teixeira

Compartilhe: Twitter

Em audiência pública para investigar as causas da morte do educador Anísio Teixeira, a deputada Luiza Erundina (PSB-SP) solicitou à Comissão Nacional da Verdade que peça a quebra de sigilo de uma carta endereçada a Afrânio Coutinho, da Academia Brasileira de Letras.

À época, Coutinho só autorizou a publicização da carta em 50 anos – prazo que venceria em 2021. O documento poderia conter dados reveladores sobre Teixeira, que na época buscava ingressar na ABL . “É um absurdo aceitar passivamente até 2021, quando muitos de nós nem estaremos aqui”, criticou Erundina, com o apoio de outros deputados presentes.

De acordo com o representante da Comissão Nacional da Verdade, Márcio Kameoka, há respaldo legal para entrar com o pedido junto à ABL, mas isso ainda deve ser decidido internamente pela Comissão.

Assista:

Autor: Tags: , , , ,

segunda-feira, 12 de maio de 2014 Congresso | 13:56

PCdoB retoma debate sobre reformas de base de Jango

Compartilhe: Twitter

Cinquenta anos após o golpe que tirou o presidente João Goulart do poder, o PCdoB quer retomar a discussão sobre as chamadas reformas de base, presentes no plano de governo de Jango.

Leia também: Filho de Jango diz que Brasil ainda precisa refletir sobre reformas de base

O ciclo de debates “Reformas de Base para o Brasil no Século XXI” será realizado a partir desta terça-feira, na Câmara dos Deputados, com o objetivo de colher propostas para apresentar projetos de interesse nacional sobre o tema, que possam influenciar no próximo governo.

Entre as presentas confirmadas estão o ex-presidente do IPEA Marcio Pochmann, o ex-ministro Luiz Carlos Bresser-Pereira, Sérgio Magalhães, do Instituto dos Arquitetos do Brasil, e Clemente Ganz Lúcio, do Dieese.

As chamadas reformas de base de Jango incluíam as reformas agrária, fiscal, educacional, bancária e eleitoral.

Autor: Tags: , , , , , , ,

terça-feira, 15 de abril de 2014 Congresso | 08:00

Sindicato dos Jornalistas vai acionar Conselho de Ética contra Bolsonaro

Compartilhe: Twitter
"Você está censurada", disse o deputado Jair Bolsonaro, à jornalista da Rede TV. (Foto: Reprodução)

“Você está censurada”, disse o deputado Jair Bolsonaro, à jornalista da Rede TV. (Foto: Reprodução)

Na próxima quarta-feira, o Sindicato dos Jornalistas do Distrito Federal vai entrar com uma ação junto ao Conselho de Ética da Câmara dos Deputados, apontando tentativa de censura do deputado federal Jair Bolsonaro (PP-RJ) à repórter da Rede TV Manuela Borges.

Os deputados Amauri Teixeira (PT-BA), Chico Alencar (PSOL-RJ) e Jean Wyllys (PSOL-SP) se colocaram à disposição do sindicato para apresentar a ação – que precisa ser feita via deputado ou partido.

“Você é uma idiota. Você aprendeu onde isso aí?”, disse Bolsonaro, após a jornalista fazer uma pergunta sobre o golpe de 1964, no dia 02 de abril. “Você é uma analfabeta! Não atrapalhe seus colegas, você está censurada!”, completou o deputado, visivelmente exaltado.

Além da ação junto ao Conselho de Ética, o sindicato e a jornalista também pretendem entrar com uma ação nas esferas civil, por danos morais, e criminal.

 

Autor: Tags: , , , ,

sexta-feira, 4 de abril de 2014 Eleições | 10:00

Câmara promoverá encontro nacional das comissões da verdade

Compartilhe: Twitter
A presidente da Subcomissão, Luiza Erundina (PSB-SP), na companhia do vice-presidente Ricardo Tripoli (PSDB-SP, à esq) e do relator Luiz Couto (PT-PB, à dir). (Foto: Agência Câmara)

A presidente da Subcomissão, Luiza Erundina (PSB-SP), na companhia do vice-presidente Ricardo Tripoli (PSDB-SP, à esq) e do relator Luiz Couto (PT-PB, à dir). (Foto: Agência Câmara)

Por iniciativa da Subcomissão Parlamentar Memória, Verdade e Justiça, será realizado um encontro nacional das comissões da Verdade de cada estado. A atividade fará parte do calendários dos 50 anos de golpe militar e está prevista para novembro.

De acordo com a deputada Luiza Erundina (PSB-SP), presidente da subcomissão, o objetivo será avaliar o relatório produzido pela Comissão Nacional da Verdade e encaminhar ações concretas, para o próximo ano. “Se não, só o que vai restar é um relatório para o Arquivo Nacional”, afirmou Erundina.

A subcomissão também pretende reconhecer, no Brasil, o dia 24 de março como Dia Internacional do Direito à Verdade, em homenagem a Dom Oscar Romero. O bispo foi assassinado pelo regime militar de El Salvador, enquanto celebrava uma missa.

Autor: Tags: , , , , , , , , ,