Publicidade

Posts com a Tag governistas

quinta-feira, 22 de dezembro de 2011 Governo | 12:47

Em balanço de fim de ano, Dilma elogia coordenação política

Compartilhe: Twitter

Confraternização de líderes e ministros governistas no Palácio da Alvorada (Foto: Alan Sampaio/iG)

Ontem à noite em sua festa de confraternização de final de ano com ministros e líderes governistas, no Palácio da Alvorada, a presidenta Dilma Rousseff não poupou elogios a seus coordenadores politicos.

Ninguém acreditava que desse muito certo o grupo formado pelas ministras Ideli Salvatti (Assuntos Institucionais) e Gleisi Hoffmann (Casa Civil) e pelos líderes do governo na Câmara, Cândido Vaccarezza (PT-SP); no Senado, Romero Jucá (PMDB-RR); e no Congresso, José Pimentel (PT-CE).

Nem eles mesmo acreditavam, e também não morrem muito de amores uns pelos outros. Incluindo aí os presidentes da Câmara, Marco Maia (PT-RS), e no Senado, José Sarney (PMDB-AP).

Mas a verdade é que, no balanço de fim de ano do Palácio do Planalto, tudo que o governo queria do Congresso foi aprovado.

Autor: Tags: , , , ,

segunda-feira, 19 de dezembro de 2011 Congresso | 10:04

A quase-lista pela recondução de Vaccarezza

Compartilhe: Twitter

Durante almoço de confraternização dos líderes governistas da Câmara, na quarta-feira, o vice-líder do governo, José Guimarães (PT-CE), discursou atribuindo a seu líder, Cândido Vaccarezza (PT-SP), responsabiolidade “pelo sucesso na aprovação das matérias” ao longo de 2011 no Congresso.

A líder do PSB, Sandra Rosado (RN), chegou a propor ali a elaboração de uma lista de apoio à recondução de Vaccarezza ao cargo em 2012.

Mas os demais líderes concluíram que isto poderia até atrapalhar: E se presidenta Dilma achasse que os líederes estavam querendo decidir por ela?

Além disso, o líder do PT, Paulo Teixeira (SP), ainda não havia chegado. E o PT é sempre quem tem mais disputas internas nesses casos…

Autor: Tags: , , , , , , ,

quarta-feira, 24 de agosto de 2011 Congresso | 14:22

Eliseu Padilha e seu primeiro voto com Dilma Rousseff

Compartilhe: Twitter

Suplente do novo ministro da Agricultura, Eliseu Padilha (PMDB-RS) prometeu a Michel Temer apoiar o governo e — pelo menos na sua primeira votação na Câmara — está cumprindo.

Ele votou contra a convocação do ministro Jorge Hage (auditor-geral da República) para depor no Congresso.

Autor: Tags: , ,

quinta-feira, 30 de junho de 2011 Congresso | 06:01

Sepultamento das emendas parlamentares “entristece muito a base”, afirma governista

Compartilhe: Twitter

O senador governista Magno Malta (PR-ES) estava na lista dos mais atingidos pelo corte de emendas de parlamentares caso a presidenta Dilma Rousseff não prorrogasse o prazo de pagamento dos restos orçamentários de 2011.

Em entrevista ao Poder Online, no Cafezinho do Senado, Magno Malta jurou que não reclamaria.

Mas o internauta pode conferir no vídeo abaixo o quanto esse assunto deixou irritados os governistas:

Autor: Tags: , , , ,

quarta-feira, 2 de março de 2011 Governo | 18:41

Líder do PDT: “Se me convidassem ao Palácio, eu não iria”

Compartilhe: Twitter

Como se sabe, o líder do PDT na Câmara, Giovanni Queiroz (PA), não foi convidado a participar da reunião da base governista, hoje, com a presidenta Dilma Rousseff no Palácio do Planalto.

Procurado pelo Poder Online, ele disse que foi uma atitude sensata do governo, pois, se fosse convidado, também não iria. Segundo o deputado, seria um constrangimento participar de uma reunião comemorativa da derrota da proposta de R$ 560 para o salário mínimo.

Veja:

Autor: Tags: , , , ,

quinta-feira, 3 de fevereiro de 2011 Governo | 12:03

Base governista ampla, plateia eclética

Compartilhe: Twitter

De Anthony Garotinho a Protógenes Queiroz.

Está bem eclética a plateia que foi ao Palácio do Planalto acompanhar a solenidade de anúncio de remédios grátis para diabéticos e hipertensos de todo o País.

Ou os políticos estão muito hipocondríacos, ou é a base do governo mesmo que está bastante ampla.

Autor: Tags: , , , ,

sábado, 20 de novembro de 2010 Congresso | 07:01

Briga de blocos entre PT e PMDB também chegou ao Senado

Compartilhe: Twitter

Renan Calheiros (Foto: AE)

O fantasma da disputa entre PMDB e PT pela formação do maior bloco parlamentar  não ronda apenas a Câmara. Também assombra os governistas do Senado.

O PT está tentando formalizar com PR, PRB, PSB, PCdoB e PDT um bloco reunindo 29 senadores, o que lhe daria o direito de indicar o presidente da Casa, já que o maior partido, o PMDB, tem 20 senadores.

Mas o líder peemedebista, Renan Calheiros (AL), já articula a reação. Está tentando fechar uma parceria com PP, PMN e PTB que somaria 32 senadores.

Ou seja, os dois maiores partidos do governo ficarão com o dedo no gatilho até o dia da eleição do presidente e dos membros da Mesa Diretora do Senado. O primeiro que piscar pode levar bala.

Autor: Tags: , , , , ,

quinta-feira, 1 de julho de 2010 Eleições | 18:33

Sarney e Jucá em chapas tucanas

Compartilhe: Twitter

Duas das principais lideranças governistas no Senado montaram chapa em seu estados lideradas por tucanos. 

O PMDB de José Sarney — presidente do Senado — fechou a coligação com o PSDB no Amapá para apoiar a candidatura do tucano Jorge Amanajás ao governo.

Em Roraima, terra do líder do Governo no Senado, Romero Jucá, a situação é a mesma. O PMDB está coligado com o PSDB para apoiar Anchieta Júnior, candidato tucano à reeleição.

Autor: Tags: , , , , , , ,

sexta-feira, 11 de junho de 2010 Congresso | 08:35

Governistas apostam que veto de Lula não será derrubado

Compartilhe: Twitter

Os líderes governistas no Congresso não só davam como certo o veto presidencial à redistribuição igualitária dos royalties do pré-sal entre todos os estados, como apostavam que dificilmente este veto será derrubado pelo Congresso.

A última vez que os parlamentares conseguiram derrubar um veto presidencial foi em agosto de 2005.  Assim mesmo, tratava-se de assunto do interesse direto dos  deputados e senadores: o reajuste de 15% nos salários dos servidores da Câmara e do Senado.

Autor: Tags: , , , , ,

sexta-feira, 4 de junho de 2010 Eleições | 17:33

Em Minas, até o PCdoB sobe no muro. E alegra Hélio Costa

Compartilhe: Twitter

O presidente do PT de Minas Gerais, Reginaldo Lopes, tentou articular uma frente dos partidos aliados ao governo federal no Estado, especialmente o PCdoB, o PRB e o PR, para baterem o martelo em torno do petista Fernando Pimentel como candidato a governador, em vez do peemedebista Hélio Costa. Mas não conseguiu. Os aliados deixaram para o PMDB e o PT decidirem. Procurada pela coluna, a presidente do PCdoB, deputada federal Jô Moraes, deixa clara sua posição:

— O PCdoB vai ter uma reunião preparatória amanhã para a reunião de domingo aqui em Minas entre os partidos da aliança. Mas nossa posição é de que este assunto tem muito a ver com a aliança nacional para eleger Dilma Rousseff.  Tanto que tudo será sacramentado na segunda-feira, em Brasília, numa reunião das cúpulas partidárias. Eu, particularmente, tendo a deixar para o PMDB e o PT chegarem a um acordo.

Este é um dos motivos do bom humor de Hélio Costa ontem à noite.

Autor: Tags: , , , , , , , ,

  1. Primeira
  2. 1
  3. 2
  4. Última