Publicidade

Posts com a Tag governo Dilma

sexta-feira, 6 de janeiro de 2012 Economia | 06:02

A hora de Dilma Rousseff enfrentar a questão do etanol

Compartilhe: Twitter

Depois de obter a vitória de mercado livre para o etanol brasileiro nos Estados Unidos, com o fim das barreiras tarifárias em 31 de dezembro, a União da Indústria da Cana-de-Açúcar (Unica) espera colher os frutos no governo Dilma Rousseff.

O embate entre a tributação do álcool contra a gasolina (sob controle rígido desde 2005 para impedir alta da inflação), segundo a Unica, é o que está impedindo a expansão do setor pois deixa o etanol sem competitividade.

Se Lula propagava o etanol pelo mundo, Dilma faz vista grossa.

O setor, agora, decidiu direcionar seus esforços para dar sua versão ao consumidor do porquê do preço do álcool subir tanto, mas também teme que a reação do governo seja aumentar o preço da gasolina e culpar os famosos usineiros.

Aliás, o índice de preços agrícolas, medido pelo governo de São Paulo, subiu 14,57% em 2011. A culpa? Da cana-de-açúcar que bateu 36,42%. A explicação técnica: os preços internacionais ainda estão em patamares elevados para o açúcar e a escassez relativa do álcool combustível no mercado interno.

A Unica garante que o que está determinando o aumento é a falta de competitividade com a gasolina e não o preço do açúcar que, segundo consultores, deve cair em 2012 devido à ampliação das exportações da Índia.

Seja lá o que for, Dilma Rousseff terá que sentar qualquer hora dessa para discutir a questão que ganha importância justamente no momento em que os brasileiros estão enchendo o tanque do carro para pegar a estrada nas férias. O Jornal Nacional, por exemplo, aproveitou o momento e colocou uma série de reportagem no ar sobre o tema.

A propósito: esse também é o tema de reportagem sobre o Brasil da revista The Economist desta semana.

Autor: Tags: , , , ,

quarta-feira, 4 de janeiro de 2012 Governo | 06:02

Balanço anual do MST critica governo Dilma

Compartilhe: Twitter

O Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem-Terra (MST) divulgou ontem seu balanço de 2011 com críticas ao governo Dilma Rousseff.

Segundo o texto do MST, “a ofenciva das forças do capital e a falta de iniciativa política do governo federal fizeram de 2011 mais um ano ruim para a Reforma Agrária. Apenas 35 áreas foram transformadas em assentamentos, beneficiando apenas 6 mil famílias. Os números correspondem a 20% do que o ex-presidente Lula realizou em seu primeiro ano de mandato, quando 135 assentamentos foram criados, assentando 9.195 famílias.”

Autor: Tags: , , ,

segunda-feira, 19 de dezembro de 2011 Partidos | 08:04

Presidencialismo de coalizão é fábrica de legendas

Compartilhe: Twitter

O presidencialismo de coalizão, desde 2003, produziu um feito inédito nos anos de governos Dilma/Lula: dos 23 partidos com representação na Câmara, cinco surgiram depois de 2003.

Apenas um é declaradamente – e na prática – de oposição: o PSOL, registrado em 2004. PSD se diz independente. E PR (2006), PP (2003), PRB (2005) estão na base de apoio ao Palácio do Planalto.

Autor: Tags: , , , , , , ,

quarta-feira, 26 de outubro de 2011 Governo | 18:13

Intelectuais: depois do silêncio, barulho por nada

Compartilhe: Twitter

Vinte e quatro horas depois de receber o apoio de 123 intelectuais brasileiros, o ministro do Esporte, Orlando Silva, foi demitido do cargo.

No governo Lula, os intelectuais foram criticados pelo silêncio. No governo Dilma, andam fazendo muito barulho por nada.

Autor: Tags: , , , ,

quinta-feira, 7 de abril de 2011 Economia | 12:13

Delfim: BC faz nota de Dilma cair

Compartilhe: Twitter

Delfim Netto (Foto: Divulgação)

O ex-ministro Delfim Netto, em palestra em São Paulo, acaba de justifica a nota de 9,9 aos 100 dias do governo Dilma. Segundo ele, a culpa por Dilma perder um décimo é do Banco Central:

– Há uma consciência clara que a economia não é tão simples quanto parecia. Mas existe um modelinho que o BC fez de três equações que é extremamente ridículo. Será uma vergonha daqui a vinte anos quando analisarem esse modelo, que se dizia capaz de explicar o que estava acontecendo. Aquele modelinho no qual não constava o crédito.

Autor: Tags: , , ,

Economia | 11:39

Delfim dá nota 9,9 para os 100 primeiros dias do governo Dilma

Compartilhe: Twitter

Em palestra, em São Paulo, o ex-ministro Delfim Netto acaba de dar nota 9,9 aos 100 dias do governo Dilma. Numa escala de 0 a 10. Começa agora a explicar porque a presidenta perdeu 1 décimo.

Autor: Tags: , ,

Economia | 11:24

Octávio de Barros prevê “trinta anos gloriosos” na economia

Compartilhe: Twitter

Em palestra sobre os 100 dias de governo Dilma, o economista-chefe do Bradesco, Octávio de Barros, disse agora há pouco, em São Paulo, que o  país tem condições de ingressar numa nova era de “trinta anos gloriosos”.

Vai depender de, entre outras questões, da liderança da China e não mais dos Estados Unidos, do ajuste fiscal, da reforma da Previdência – “que não seja tão revolucionária” – e de jogar pesado na Educação.

E ressaltou:

– Neste momento, não há nenhum empresário no Brasil preocupado com o crescimento do PIB em 2011. Os olhares das empresas vão muito além de 2011.

Autor: Tags: , , ,

terça-feira, 4 de janeiro de 2011 Governo | 18:05

A dura tarefa da oposição

Compartilhe: Twitter

É dura a vida da oposição mesmo com a saída de Luiz Inácio Lula da Silva de campo. Um tucanão faz a análise da conjuntura política e só vê desafios para os próximos anos:

– Não dá para ficar esperando falhas de Dilma, tem que encontrar outra maneira de fazer oposição.

Autor: Tags: , ,

quinta-feira, 18 de novembro de 2010 Congresso | 16:06

Ciro é política de cotas

Compartilhe: Twitter

A direção do PSB considera a possível indicação de Ciro Gomes para a presidência do BNDES fora da cota do partido.

O PSB briga para manter o que tem, o Ministério da Ciência e Tecnologia e a Secretaria Nacional dos Portos, e retomar a Integração Nacional.

A legenda considera Ciro, que ficará sem mandato em 2011, cota pessoal do presidente Lula.

Agora há pouco, o deputado deu duas palavrinhas com o Poder Online:

– Não é o momento de falar nada. Por enquanto, é tudo especulação – disse ao ser questionado sobre o BNDES.

Autor: Tags: , , , ,

quarta-feira, 10 de novembro de 2010 Brasil | 10:02

Ministério do Turismo divide bancadas do PTB da Câmara e do Senado

Compartilhe: Twitter

Ao reivindicar publicamente o Ministério do Turismo, o senador Mozarildo Cavalcanti (PTB-RR) expôs o que a bancada petebista já vinha discutindo há algumas semanas, como adiantou o Poder Online.

Falta agora um entendimento entre os deputados e os senadores do PTB.

Autor: Tags: , , ,

  1. Primeira
  2. 1
  3. 2
  4. Última