Publicidade

Posts com a Tag greves

sexta-feira, 21 de setembro de 2012 Congresso | 13:32

Governistas preferem dividir com oposição regulamentação das greves do funcionalismo

Compartilhe: Twitter

Articuladores políticos do governo estão aconselhando o Palácio do Planalto a não mandar para o Congresso o tal projeto de regulamentação das greves no funcionalismo e incentivar a base governista a trabalhar em cima do projeto do senador tucano Aloysio Nunes Ferreira (SP).

Afinal, para que chamar a si o desgaste se já há setores da oposição dispostos a se expor?

Autor: Tags: , , ,

terça-feira, 4 de setembro de 2012 Congresso | 14:24

Relatório mantém essência do projeto de regulamentação das greves no funcionalismo

Compartilhe: Twitter

Relator na Comissão de Constitutição e Justiça do Senado do projeto de regulamentação de greves no serviço público, Pedro Taques (PDT-MT) manteve, na essência, a proposta elaborada pelo senador Aloysio Nunes Ferreira (PSDB-SP):

O relator também manteve a relação dos serviços essenciais – 21 ao todo – que afetam a vida, a saúde e a segurança dos cidadãos e, por isso, devem ser preservados em caso de greve, além dos percentuais mínimos de servidores que devem permanecer em atividade durante a paralisação.

O projeto determina a manutenção de, no mínimo, 50% dos funcionários trabalhando durante as greves. Percentual que sobe para 60% e 80%, no caso de paralisação em serviços essenciais à população – saúde, abastecimento de água e energia, transporte coletivo – e na segurança pública.

Estipula ainda como efeitos imediatos da greve a proibição da contagem dos dias não trabalhados como tempo de serviço e a suspensão do pagamento da remuneração correspondente aos dias parados. Mas admite a revisão dessas medidas se houver compensação do período de paralisação. A remuneração dos grevistas estaria limitada, no entanto, a até 30% do que receberiam se estivessem trabalhando.

Autor: Tags: , , , ,

segunda-feira, 27 de agosto de 2012 Congresso | 08:01

Direito de greve do funcionalismo deve ser votado na CCJ na semana que vem

Compartilhe: Twitter

Presidente da Comissão de Constituição e Justiça do Senado, Eunício Oliveira (PMDB-CE),  avisa que colocará em votação na terça-feira da semana que vem o projeto do senador Aloysio Nunes Ferreira (PSDB-SP) que regulamenta o direito de greve do funcionalismo público.

O texto determina quais atividades deverão ser mantidas em funcionamento mesmo durante as greves.

Autor: Tags: , , , , , ,

sexta-feira, 24 de agosto de 2012 Congresso | 05:01

Greves do funcionalismo podem unir governo e oposição

Compartilhe: Twitter

Já está pronto para ser votado, na comissão de Constituição e Justiça do Senado, projeto do senador Aloysio Nunes Ferreira (PSDB-SP) que regulamenta o direito de greve do funcionalismo público.

Pela proposta do senador, em caso de greve, pelo menos 20 setores do funcionalismo terão que manter 60% de seus serviços em funcionamento. Na área de segurança, o limite é de 80%.

Nunes Ferreira informou ao Poder Online que o relator do projeto, Pedro Taques (PDT-MT), entregou ontem seu parecer À CCJ. Pela aprovação.

Antes, o governo não tinha muito interesse no assunto. Mas agora, com a eclosão generalizada de greves, os governistas devem apressar a votação do texto de Aloysio Nunes Ferreira.

Autor: Tags: , ,

sexta-feira, 10 de agosto de 2012 Brasil | 09:30

Lula manda recado à CUT: querem derrotar o PT?

Compartilhe: Twitter

O ex-presidente Lula disse a membros da cúpula do PT que não entende a adesão da CUT às greves do funcionalismo público federal espalhadas pelo país no mesmo instante em que se realiza o julgamento do mensalão e às vésperas das eleições de outubro.

Segundo Lula, a impressão que dá é que tem fogo amigo torcendo pela derrocada do PT.

A argumentação dos dirigentes da CUT para seus aliados petistas é que se a Central não aderisse às paralisações a Força Sindical tomaria a dianteira no movimento sindicalista.

Autor: Tags: , , , , , ,

terça-feira, 14 de fevereiro de 2012 Brasil | 10:06

Para brasileiro, número de greves será maior neste ano

Compartilhe: Twitter

Três dias depois do fim da greve de policias militares na Bahia, uma pesquisa do Ibope Inteligência em parceria com a Worldwide Independent Network of Market Research (WIN) mostra que 48% dos brasileiros acreditam que o número de greves, manifestações e protestos de trabalhadores de diversos setores aumentará em 2012.

Mais da metade população mundial (55% das pessoas entrevistadas), preocupada principalmente com a crise econômica em diversos países da Europa, também diz acreditar que as manifestações públicas se intensificarão neste ano.

A pesquisa ouviu 51.425 pessoas em 58 países.

Autor: Tags: , , , , ,