Publicidade

Posts com a Tag Henrique Eduardo Alves

quarta-feira, 8 de dezembro de 2010 Governo | 08:01

Tudo em família

Compartilhe: Twitter

Piadinha que o líder do PMDB na Câmara, Henrique Eduardo Alves (RN), passou a noite ouvindo de seus colegas na cúpula do PMDB:

Ele fez troca-troca com o presidente do Senado, José Sarney, indicando o maranhense Pedro Novais para minsitro do Turismo, enquanto Sarney convencia Renan Calheiros a indicar o primo do líder, senador Garibaldio Alves Filho, para a Previdência.

Autor: Tags: , , , ,

segunda-feira, 6 de dezembro de 2010 Governo | 19:24

Por que o PMDB da Câmara perdeu o Ministério das Cidades

Compartilhe: Twitter

Quem não participou das negociações  estranha o fato de os deputados do PMDB terem perdido a indicação do ministro das Cidades do governo Dilma Roussef, em troca da pasta do Turismo.

A presidenta eleita acabou levando, digamos, a culpa. Como se tivesse passado a perna nos peemedebistas oferecendo um ministério fraco em troca do forte. Mas, segundo integrantes da cúpula do próprio PMDB, a história não foi bem assim.

Foi o líder do partido na Câmara, Henrique Eduardo Alves, quem propôs a troca. É que Dilma havia oferecido a pasta da Cidades à bancada do PMDB com o nome do ministro indicado por  Michel Temer: o ex-governador do Rio Moreira Franco.

Mas o deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ), braço direito de Henrique Eduardo Alves, estrilou. Como o governador do Rio, Sérgio Cabral, também não morria de amores pelo indicado — e a bancada federal se juntou ao coro, reclamando do fato de Moreira não ser deputado –, Henrique Eduardo Alves então propôs a troca das pastas.

Com isso, também acenou com um gesto de boa vontade para o PP, partido que tentava seduzir na época, quando ainda pensava em disputar com o PT a presidência da Câmara.

Moral da história: não foi Dilma que passou a perna nos deputados peemedebistas; foi o PMDB da Câmara que se embaralhou nas próprias pernas e trocou Cidades pelo Turismo.

Autor: Tags: , , , , ,

Partidos | 18:22

Pedro Novais (PMDB-MA) é o mais cotado para o Turismo

Compartilhe: Twitter

O líder do PMDB na Câmara, Henrique Eduardo Alves, apresentou oficialmente seis nomes da bancada de deputados do partido para o comando do Ministério do Turismo.

Mas, nos bastidores, informou a Antônio Palocci que o nome de sua preferência pessoal é o do colega do Maranhão, Pedro Novais.

Autor: Tags: , , , , , ,

quinta-feira, 2 de dezembro de 2010 Congresso | 10:52

Fechado acordo com o PMDB: PT fará o presidente da Câmara

Compartilhe: Twitter

Henrique Eduardo Alves (Foto: AE)

O líder do PMDB na Câmara, Henrique Eduardo Alves (RN), disse ao Poder Online que está fechado o acordo de rodízio com o PT na presidência da Câmara.

O próprio líder é o candidato do PMDB, mas só assumirá daqui a dois anos. O presidente da Câmara no primeiro biênio do governo Dilma Rousseff será um petista.

O deputado explica:

— Já que o PT tem a maior bancada, nós do PMDB daremos a eles o direito de decidir se querem comandar a Casa neste primeiro biênio ou no próximo. Provavelmente eles vão querer agora. Ficaram de até terça-feira decidir o nome que o PT indicará. Aí faremos um documento, assinado pelo presidente do PMDB e pelo presidente do PT, selando o apoio de uma bancada à eleição do presidente de outra bancada em cada biênio. E pronto, o acordo estará formalizado. Está tudo combinado.

Autor: Tags: , , , ,

terça-feira, 30 de novembro de 2010 Congresso | 15:50

PT e PMDB tentam acordo sobre presidência da Câmara

Compartilhe: Twitter

Depois de ameaçar lançar candidatura à presidência da Câmara já nesta semana, o líder do PMDB, Henrique Eduardo Alves, se reúne neste momento com o líder do Governo, Cândido Vaccarezza (PT). Os dois são candidatos ao comando da Casa durante o governo de Dilma Rousseff.

O objetivo da nova rodada de negociações é definir quem vai ocupar o primeiro biênio na presidência da Câmara, e o que o partido que cedeu a vez levará em troca.

O almoço acontece na casa do líder do PP, João Pizzolatti, e conta com a presença de líderes de partidos que compõem o blocão do PMDB formado por mais de 200 parlamentares.

Autor: Tags: , , , , , ,

quarta-feira, 24 de novembro de 2010 Congresso | 20:10

Henrique Eduardo Alves ameaça lançar candidatura já na próxima semana

Compartilhe: Twitter

Em conversa agora a pouco com o presidente do PMDB e vice-presidente eleito, Michel Temer, o líder do partido na Câmara, Henrique Eduardo Alves (RN), disse que não aceitará esperar muito tempo para o PT decidir assinar um documento se comprometendo com o rodízio entre as duas legendas na presidência da Casa. 

Henrique Eduardo Alves vinha ameaçando lançar sua candidatura no início de janeiro, mas agora já fala em lançar-se na próxima semana.

Autor: Tags: , , , , ,

Congresso | 15:58

O cabo-de-guerra do PMDB com o PT na Câmara

Compartilhe: Twitter

O líder do PMDB na Câmara, Henrique Eduardo Alves (RN), disse ao presidente do seu partido, Michel Temer (SP), que está disposto a entregar ao PT os primeiros dois anos de comando da Câmara, ficando para os peemedebistas a presidência da Casa nos dois últimos anos de mandato de Dilma Rousseff.

Mas Henrique Eduardo Alves só aceita o acordo se o PT assinar um documento comprometendo-se com o rodízio.

O problema é que os petistas não querem assinar, na expectativa de que a presidência do Senado também entre no rodízio — PMDB no comando agora e PT nos dois anos seguintes.

Daí o cabo de guerra entre os dois partidos.

Mas, segundo Henrique disse a Temer, se o PT não assinar o documento até o dia 1º de janeiro, ele lançará sua candidatura a presidente da Casa pelo bloco com PP, PTB, PR, etc. E aí não poderá mais voltar atrás.

Autor: Tags: , , , , ,

quarta-feira, 17 de novembro de 2010 Partidos | 06:02

Os motivos de cada um para entrar no bloco do PMDB

Compartilhe: Twitter

A formação do bloco parlamentar pelo PMDB contou com a habilidade do deputado Henrique Eduardo Alves (RN) para fechar um acordo um dia depois de um feriado nacional – para espanto de muitos. Mas contou também com a insatisfação coletiva dos partidos em relação ao PT.

O PMDB ficou por conta porque o PT foi reivindicar à presidenta eleita Dilma Rousseff as pastas das Comunicações e da Saúde.

O PP também estrilou com o avanço do PT sobre o Ministério das Cidades. E o PR sentiu-se ameaçado caso o PT ganhasse o PMDB perdesse a pasta da Saúde e passasse a mirar no Ministérios dos Transportes.

O PTB, de olho em participar desse xadrez e garantir o Turismo ou o Desenvolvimento, Indústria e Comércio, acredita que é mais fácil partir para a guerra com aliados de peso.

Autor: Tags: , , , , , ,

terça-feira, 16 de novembro de 2010 Congresso | 20:55

PT vê no bloco do PMDB um gesto de disputa, com risco de azedar relações na Câmara

Compartilhe: Twitter

O deputado Arlindo Chinaglia (SP) é um dos nomes do PT que disputam a indicação do partido para a Presidência da Câmara.

No vídeo abaixo, ele afirma ao Poder Online que o fato de o PMDB anunciar a formação de um grande bloco parlamentar com outros partidos governistas tem o evidente objetivo de ultrapassar o PT na corrida pelo comando da Câmara. Para Chinaglia, isso pode azedar as relações entre os partidos governistas:

Mas o líder do PMDB, Henrique Eduardo Alves (RN) — ele próprio candidato a presidente da Câmara –, jura que não tem nada a ver. Ele dá a entender que o tal bloco visa garantir espaços para os partidos na repartição do ministérios do governo de Dilma Rousseff.

Autor: Tags: , , , ,

Congresso | 19:31

O jogo de recados do PMDB

Compartilhe: Twitter

Henrique Eduardo Alves

O deputado Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN) definiu assim o bloco com 199 deputados formado hoje pelo PMDB com PSC, PTB, PR e PP:

– Este bloco não irá confrontar, e sim organizar o trabalho na Câmara e fora dela na composição do governo.

Quem entende a linguagem pemedebista garante que apesar do bloco o PMDB mantém o acordo com o PT de ocupar a presidência da Câmara apenas no segundo biênio (2013-2014), mas deixou claro que os petistas só levam o comando da Casa se se comportarem muito bem na composição do ministério do governo Dilma Rousseff.

Autor: Tags: , ,

  1. Primeira
  2. 10
  3. 20
  4. 21
  5. 22
  6. 23
  7. 24
  8. Última