Publicidade

Posts com a Tag João Dias

quarta-feira, 7 de dezembro de 2011 Brasil | 16:49

PM João Dias é preso depois de invadir o Palácio do Buriti

Compartilhe: Twitter

O policial militar João Dias, autor de denúncias contra os ex-ministros do Esporte Orlando Silva e Agnelo Queiroz, atual governador do Distrito Federal, foi preso agora há pouco em Brasília.

Dias invadiu o Palácio do Buriti, sede do governo do DF, e agrediu o secretário de governo, Paulo Tadeu. Ainda não se sabe o motivo da invasão.

Atualização 22h45: O governo do DF divulgou a seguinte nota às 20h55: “A equipe de segurança do Palácio do Buriti teve que retirar do prédio, na tarde de hoje, o policial militar João Dias após ele agredir duas servidoras da Secretaria de Estado de Governo. João Dias teve que ser contido pelos seguranças, já que apresentava comportamento agressivo, e foi encaminhado à Polícia Civil, que tomará as medidas legais pertinentes ao caso. Quanto ao secretário de Governo, Paulo Tadeu, ele não se encontrava no Palácio durante o episódio. O secretário e outras autoridades do GDF participavam de reunião com os governadores do Centro-Oeste na Residência Oficial de Águas Claras. A segurança do Palácio do Buriti abriu procedimento para apurar como se deu o acesso de João Dias ao prédio. O Governo do Distrito Federal também vai apurar com que objetivos escusos o policial apareceu nesta tarde, de forma despropositada, no Palácio do Buriti.”

Autor: Tags: , , , ,

sexta-feira, 21 de outubro de 2011 Governo | 07:01

João Dias emplacou indicação no governo Agnelo

Compartilhe: Twitter

Manoel Tavares, que já ocupou dois cobiçados cargos no governo de Agnelo Queiroz no Distrito Federal – Codeplan e Corretora do Banco de Brasília – disse, em nota, que o PM João Dias foi quem o indicou para os postos.

— Meu currículo profissional é adequado o suficiente para ocupar os cargos que ocupei, mas (digo) que realmente houve a indicação de João Dias.

Na nota, que fala sobre a crise que teve início com as denúncias de João, Tavares faz a defesa de seu padrinho político – “Dias nunca me pediu para que fizesse qualquer coisa errada” – e provoca o governador:

— Não cabe a mim justificar o porque da minha indicação ter sido aceita, já que isso é prerrogativa de quem decidiu.

Autor: Tags: , , , , , ,

quinta-feira, 20 de outubro de 2011 Governo | 20:18

As gravações de João Dias, segundo o PCdoB

Compartilhe: Twitter

O PCdoB informou aos ministros do Palácio do Planalto que, diferentemente do que foi divulgado pela imprensa, o ex-secretário-executivo do Ministério dos Esportes e atual secretário de Esporte Educacional, Wadson Ribeiro, nunca se reuniu com o policial João Dias. Portanto, o partido não acredita que haja qualquer gravação de conversas entre os dois.

Para o PCdoB, o policial João Dias, que denunciou um suposto esquema de arrecadação no Ministério, pode ter feito duas ou três gravações de áudio, que teria entregue à imprensa e estariam sendo periciadas em Campinas.

Na avaliação dos comunistas, estas gravações não teriam nada de concreto contra o atual ministro dos Esportes, Orlando Silva.

Seriam:

  • Alguma reunião administrativa no Ministério sobre seu convênio com o  Programa Segundo Tempo, ou uma gravação dele próprio falando;
  • Um possível conversa com Julio Cesar Monzu Filgueira — ex-secretário nacional de Esporte Educacional;
  • E, mais provavelmente, conversa com Ralcilene Santiago — ex-coordenadora-geral de um dos programas do ministério e antiga militante do PCdoB, mas que hoje trabalha com o governador Agnelo Queiroz (ex-PCdoB, hoje no PT).

Agnelo antecedeu Orlando Silva no comando do Ministério. Ralcilene hoje chefia a Gerência de Regularização de Condomínios (Grupar), diretamente vinculada ao governador.

Cabeçalho do Blog de João Dias

E João Dias, no dia 8 de outubro, já postou em seu blog, chamado “Rota de Colisão – Operação Angelo Agnada”,  ameaças contra a funcionária.

Veja aqui o post no blog de João Dias

Autor: Tags: , , , ,

Congresso | 18:15

João Dias promete depor na Câmara com, ou sem, a queda do ministro

Compartilhe: Twitter

Delator de suposto esquema de corrupção no Ministério dos Esportes, o policial militar João Dias prometeu aos partidos de oposição que prestará depoimento na Câmara na próxima semana. Com, ou sem, a queda do ministro que comanda a pasta, Orlando Silva.

Autor: Tags: , , , ,