Publicidade

Posts com a Tag Jorge Picciani

sexta-feira, 20 de agosto de 2010 Eleições | 07:01

Bispo da Igreja Universal em fase de Paz e Amor, Marcelo Crivella pede o voto da Assembléia de Deus

Compartilhe: Twitter

Depois que o presidente Lula apareceu em seu programa de TV, o bispo da Igreja Universal do Reino de Deus e candidato à reeleição para o Senado pelo Rio, Marcelo Crivella (PRB), está em fase de “Marcelinho Paz e Amor”.

Crivella nem sequer reclama do fato de a candidata do PT à Presidência, Dilma Rousseff, estar percorrendo outras denominações evangélicas em busca de apoio.

Muito pelo contrário. No vídeo abaixo, pede ao pessoal da Assembléia de Deus que está apoiando seu adversário, Jorge Picciani (PMDB), que lhe brinde com o segundo voto:

Autor: Tags: , , , ,

quarta-feira, 18 de agosto de 2010 Eleições | 12:44

Lula pede votos para Crivella no horário eleitoral

Compartilhe: Twitter

O presidente Lula acaba de entrar no horário eleitoral do Rio de Janeiro e pedir votos para o senador Marcelo Crivela.

Quando reuniu Jorge Picciani e o petista Lindberg Farias para tentar apaziguar os dois candidatos de sua chapa, o governador Sérgio Cabral (PMDB) acreditava que Lula não fosse chegar a tanto.

Agora tumultuou ainda mais a corrida ao Senado no Rio.

Autor: Tags: , , , , ,

sexta-feira, 13 de agosto de 2010 Eleições | 08:02

Picciani versus Lindberg

Compartilhe: Twitter

Nesse negócio de eleição, os maiores adversários têm estado mesmo dentro das próprias chapas. Especialmente nos Estados e nas disputas pelas vagas de senador.

Veja o caso do Rio de Janeiro, em que  Jorge Picciani (PMDB) e Lindberg Farias (PT) são os candidatos ao Senado pela chapa do governador Sérgio Cabral (PMDB).

A reunião que o prefeito da capital, Eduardo Paes (PMDB), promoveu ontem para Picciani na churrascaria Porcão Rios, com outros 73 prefeitos do interior, foi organizada em apenas dois dias. E no maior sigilo.

Motivo: evitar que Lindberg tivesse tempo de se queixar com Cabral para estar também presente. Cabral não foi ao encontro para não se queimar com o petista. Mandou o vice, Pezão, representá-lo.

E Lindberg ficou mesmo de fora.

Autor: Tags: , , , , ,

segunda-feira, 2 de agosto de 2010 Eleições | 10:02

Picciani e Lindberg, nem tão juntos assim

Compartilhe: Twitter

A situação entre os candidatos ao Senado pela chapa “Juntos pelo Rio”, Jorge Picciani (PMDB) e Lindberg Farias (PT), estava tão feia, tão feia que o governador Sérgio Cabral teve que colocar panos quentes na contenda.

Em conversa recente, Cabral disse aos dois que não adiatava nada eles ficarem brigando, mas sim trabalhar para um ser o segundo voto do eleitor do outro.

No entanto, segundo as pesquisas, enquanto Picciani e Farias brigam, César Maia (DEM) e Marcelo Crivella (PRB) vão sendo eleitos.

Autor: Tags: , , , , , ,

sexta-feira, 16 de julho de 2010 Eleições | 08:00

Inimigos íntimos no palanque de Lula-Dilma

Compartilhe: Twitter

Os três candidatos ao Senado pelo Rio que apoiam Dilma Rousseff para presidente da República estarão hoje no palanque, disputando a tapas um espaço mais visível ao lado da petista e do presidente Lula.

Lindberg Farias (PT), Jorge Picianni (PMDB) e Marcelo Crivella (PRB), como se sabe, são inimigos de longa data. Só não sairão se chutando porque, afinal, são todos muito bem educados.

Autor: Tags: , , , , , , , ,

quinta-feira, 15 de julho de 2010 Estados | 06:03

Pedido de vistas une Garotinho, Rosinha, Eduardo Cunha e Jorge Picciani

Compartilhe: Twitter

Há mais de um mês o conselheiro Aloísio Neves, do Tribunal de Contas do Estado do Rio de Janeiro (TCE-RJ), pediu vistas ao relatório que apurou rombo de R$ 300 milhões no PRECE, o fundo de pensão da Companhia de Águas e Esgotos (Cedae), durante os governos de Anthony Garotinho e Rosinha Matheus.

 Neves é o mais novo conselheiro do TCE. Foi chefe de gabinete do presidente da Assembleia Legislativa do Rio (Alerj) e candidato ao Senado pelo PMDB, Jorge Picciani. E é considerado muito amigo do deputado federal Eduardo Cunha (PMDB).

Em tempo: Eduardo Cunha chegou a protocolar ação no Supremo Tribunal Federal contra a ex-deputado Denise Frossard, que, segundo ele, o  “acusou de ter causado rombo nas contas” da Cedae e do Prece

Autor: Tags: , , , , , , , , , , ,

terça-feira, 13 de julho de 2010 Eleições | 14:50

Distorções em declarações de bens vão para a campanha

Compartilhe: Twitter

Ontem Pezão, vice-govenador do Rio e candidato à reeleição, fez um périplo com o candidato o senado Jorge Picciani (PMDB), que começou às 8h em Volta Redonda e terminou às 17h, em Angra dos Reis. E soltou a seguinte pérola contra o ex-prefeito Cesar Maia, candidato ao Senado pelo DEM:

— A primeira coisa que o Cesar fez quando deixou a Prefeitura do Rio foi se desfiliar da Associação dos Prefeitos do Estado. Deve ser porque ele não tem dinheiro para pagar mensalidade. Afinal, segundo declarou ao TRE, o Cesar tem um patrimônio de apenas R$ 73 mil reais.

Autor: Tags: , , , , ,

sábado, 12 de junho de 2010 Estados | 12:50

Cabral faz Boicote de metirinha à convenção do PMDB

Compartilhe: Twitter

Como prometeu – em represália à aprovação da redistribuição dos Royalties do pré-sal entre todos os estados – o governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral, de fato não apareceu na convenção nacional do PMDB.

Mas lá estavam os convencionais do Rio em peso, incluindo o pré-candidato ao Senado, presidente da Assembleia Legislativa e amigo de Cabral, Jorge Picciani, e o vice-governador Luiz Fernando Pezão, braço direito de Cabral. E o próprio Pezão revelou:

– O governador não veio, mas fez questão de estarmos todos aqui.

Perguntado se não existia uma contradição, respondeu:

– Bem, foi uma homenagem que o Cabral quis fazer ao presidente Lula.

Autor: Tags: , , , , , , , , ,

quinta-feira, 3 de junho de 2010 Eleições | 12:32

Popularidade de Dilma pode forçar Cabral e o PMDB a cederem espaço no Rio de Janeiro

Compartilhe: Twitter

"Podemos ter palanque duplo no Rio em favor de Dilma Rousseff"

O governador do Rio, Sérgio Cabral (PMDB), fechou sua chapa à reeleição com outro peemedebista como candidato ao Senado, Jorge Picciani.  Deixou de fora um aliado de Lula, o senador Marcelo Crivella (PRB).

Mas, com o crescimento da popularidade de Dilma Rousseff no Rio, Crivella está tentando convencer o presidente Lula a impor a Cabral uma segunda chapa governista no Estado: Crivella e o petista Lindenberg Farias para o Senado, sem candidato ao governo; e o PMDB de Cabral e Pcciani com outro qualquer candidato ao Senado.

— Seriam os pequenos partidos de esquerda de  um lado, e o PMDB, o PP, o PDT de outro. Ambas as chapas apoiando a ministra Dilma, sem atrapalhar a reeleição de Cabral —  explica Crivella no vídeo ao lado.

Autor: Tags: , , , , , , , , ,

  1. Primeira
  2. 1
  3. 2
  4. Última