Publicidade

Posts com a Tag Kátia Abreu

quinta-feira, 10 de dezembro de 2015 Congresso | 13:56

Acusado de comentário machista, Serra divide andar com secretaria de mulheres do DEM

Compartilhe: Twitter
José Serra (Foto: Alan Sampaio, iG Brasília)

José Serra (Foto: Alan Sampaio, iG Brasília)

Como ironia e política parecem caminhar juntas, isso não deixa de ser verdade nem quando os bastidores do poder presenciam suas desavenças.

Acusado de fazer um comentário machista pela ministra Kátia Abreu (PMDB-TO), que resultou numa reação da titular da Agricultura, José Serra (PSDB-SP) poderá ter contornar constrangimentos para manter a política da boa vizinhança.

É que como seu gabinete está em reforma e só deve ficar pronto em março do ano que vem, Serra foi acomodado num gabinete provisório no 26º andar do anexo 1 do Senado.

Ao lado do gabinete de Serra fica o escritório da Mulher Democrata, braço feminista do DEM.

Autor: Tags: , ,

segunda-feira, 14 de setembro de 2015 Governo, Política | 13:45

Katia Abreu desfalca viagem à Rússia após machucar o pé

Compartilhe: Twitter
Senadora Kátia Abreu (PMDB-TO). Foto: Pablo Valadares / Agência Senado

Senadora Kátia Abreu (PMDB-TO). Foto: Pablo Valadares / Agência Senado

A ministra da Agricultura, Katia Abreu, acabou desfalcando o grupo de ministro do PMDB que acompanha o vice-presidente Michel Temer, em sua viagem à Russia nesta semana.A ministra torceu o tornozelo e precisou imobilizar o pé.

Acompanham Temer na viagem os ministros Eduardo Braga (Minas e Energia), Edinho Araujo (Portos), Henrique Eduardo Alves (Turismo), Helder Barbalho (Pesca) e Eliseu Padilha (Aviação Civil). O único petista da comitiva é o ministro da Defesa, Jaques Wagner.

Autor: Tags: ,

segunda-feira, 7 de setembro de 2015 Brasil, Governo, Partidos, Política | 10:51

Ministros do PMDB não comparecem a desfile de Sete de Setembro

Compartilhe: Twitter

Desfile de Sete de Setembro -  Agência BrasilEm meio aos rumores de conspiração e de afastamento do PMDB da presidente Dilma Rousseff, a ausência dos ministros peemedebistas no palanque das autoridades, neste Sete de Setembro, não passou despercebida.

O único peemedebista presente no desfile de sete de setembro foi o vice-presidente Michel Temer, um dia depois de divulgar nota negando a tese de que age nas sombras contra a presidente.

Além de Temer, que anunciou deixar parte da Articulação Política no mês passado, o PMDB comanda mais cinco pastas na Esplanada, com Kátia Abreu, na Agricultura; Eduardo Braga, no Ministério de Minas e Energia; Helder Barbalho, na Pesca; Eliseu Padilha, na Secretaria de Aviação civil; Edinho Araujo, na Secretaria de Portos, e Henrique Eduardo Alves, no Ministério do Turismo.

Estiveram presentes os ministros petistas José Eduardo Cardozo (Justiça), Aloizio Mercadante (Casa Civil), Miguel Rosseto (Secretaria Geral), Edinho Silva (Comunicação Social), Tereza Campello (Desenvolvimento Social), Luís Inácio Adams (Advocacia Geral da União), Pepe Vargas (Direitos Humanos), Ricardo Berzoini (Comunicações), e Carlos Gabas (Previdencia), além de Mauro Vieira (Itamaraty),  Gilberto Kassab (Cidades), do PSD, e Renato Janine Ribeiro (Educação).

Autor: Tags: , , , , , , ,

terça-feira, 2 de junho de 2015 Política | 15:45

“Vá perguntar para seu patrão”, responde Kátia Abreu sobre denúncias

Compartilhe: Twitter

A ministra da Agricultura, Kátia Abreu, passou a adotar uma resposta única para se livrar das perguntas sobre suspeitas de favorecimento em um esquema de distribuição de terras no estado de Tocantins, na década de 1990.

“Vá perguntar para seu patrão”, disse a ministra, ao ser indagada pelo Canal Rural, veículo de propriedade do grupo JBS.

O patrão, no caso, é Joesley Batista, presidente da rolding que controla a JBS e principal desafeto da ministra.

A ministra usou a estratégia durante a entrevista coletiva, no Palácio do Planalto, após o lançamento do Plano Safra 2015/2016, que pretende destinar R$ 187,7 bilhões para o agronegócio. Um dia antes, a ministra usou o mesmo recurso de devolver a pergunta em uma entrevista coletiva, após visitar a bancada ruralista.

Reportagem do Canal Rural diz que a ministra recebeu 1268 hectares de terras pertencentes a agricultores familiares que foram tomadas pelo estado com a alegação de serem improdutivas. Após a desapropriação, o então governador do Tocantins, Siqueira Campos (PSDB-TO), teria distribuído as terras a políticos do Estado. O caso teria acontecido em 1997.

A briga de Kátia Abreu com a JBS não é nova.O bilionário foi um dos principais doadores de campanha e se viu contrariado diante da indicação para a pasta. Ela respondeu na época: “sinto muito”.

Autor: Tags: , , , , ,

terça-feira, 20 de janeiro de 2015 Governo | 15:00

Pepe Vargas manda recado a Kátia Abreu sobre demarcação de terras

Compartilhe: Twitter
Pepe Vargas (Foto: Agência Brasil)

Pepe Vargas (Foto: Agência Brasil)

Pepe Vargas, ministro responsável pelo diálogo entre o Planalto e o Congresso Nacional, mandou um recado claro para sua colega de Esplanada, Kátia Abreu (PMDB), titular da Agricultura.

Ao falar sobre a polêmica PEC 215, que transfere para o Congresso a decisão sobre demarcação de terras indígenas, Vargas afirmou que a colega não deverá se pronunciar sobre o tema.

“Esse tema não envolve o ministério da Agricultura. Envolve o Ministério da Justiça, a Funai e ao Incra. Então os órgão diretamente envolvidos são esses. A ministra Kátia Abreu, como ministra, não deverá ter manifestação do seu ministério em torno dessas questões”, disse o ministro da Secretaria de Relações Institucionais.

Quando ainda ocupava uma cadeira no Senado, Kátia declarou publicamente sua posição favorável à PEC 215 e, apesar de ser do partido que é o principal parceiro do Planalto no Congresso, afirmou que votaria contra o governo nessa matéria.

“A ministra Kátia Abreu é uma mulher inteligente, uma grande liderança. Ela sabe com certeza quais são as funções do Ministério dela. Outra coisa quando ela era líder sindical. Hoje ela é a ministra da Agricultura, que vai pensar a produção, a elevação da renda dos médios produtores, que é uma coisa importante que ela tem citado”, afirmou o ministro.

Autor: Tags: , , , , , , , ,

quinta-feira, 15 de janeiro de 2015 Governo | 16:30

Ideli Salvatti também entra na Ravenna

Compartilhe: Twitter
A ministra de Direitos Humanos, Ideli Salvatti. (Foto: Agência Brasil)

A ministra de Direitos Humanos, Ideli Salvatti. (Foto: Agência Brasil)

A ministra de Direitos Humanos, Ideli Salvatti, é mais uma das que aderiram à dieta do doutor Ravenna, famosa entre as autoridades.

Empolgada com os resultados obtidos pela presidente Dilma Rousseff e os colegas ministros Eleonora Menicucci, Kátia Abreu, Miriam Belchior e José Eduardo Cardozo, Ideli pretende perder 20 kg.

Leia também: José Eduardo Cardozo perdeu 5kg com a Ravenna

Autor: Tags: , , , , , ,

sexta-feira, 9 de janeiro de 2015 Partidos | 14:30

Esquerda petista reclama de posts do partido sobre Kátia Abreu, Levy e Barbosa

Compartilhe: Twitter

A publicação de posts sobre os ministros da Fazenda, Joaquim Levy, da Agricultura, Kátia Abreu, e do Planejamento, Nelson Barbosa, na página oficial do PT, irritou grupos mais à esquerda do partido. Em nota, a corrente Articulação de Esquerda chegou a dizer que os interesses dos três seriam “opostos” aos do partido.

“Que tenhamos que conviver com eles no mesmo governo, é uma coisa. Que difundamos suas opiniões como se fossem nossas, é uma fronteira que, se ultrapassada, afeta a natureza do PT”, diz o grupo que afirmou ainda que “partido é partido, governo é governo”.

A nota pede também a “retificação” formal quanto às publicações, consideradas uma “iniciativa desastrada”.

Autor: Tags: , , , ,

quarta-feira, 7 de janeiro de 2015 Política | 14:30

Valmir Assunção promete desmentir Kátia Abreu

Compartilhe: Twitter

Indignado com as declarações da nova ministra da Agricultura, Kátia Abreu, de que não existem latifúndios no Brasil e que o povo indígena tem invadido terras produtivas, o deputado Valmir Assunção (PT-BA) disse que pretende entregar à nova ministra dados do próprio governo que desmentem as declarações.

“Eu me comprometo em  entregar a lista dos latifúndios existentes no Brasil, dados que o INCRA possui, assim que as atividades da Câmara forem retomadas”, disse o deputado. O petista ainda sugeriu que a ministra desse uma olhada no relatório da Comissão Nacional da Verdade, na parte que trata sobre o massacre ao povo indígena.

“Aproveito o ensejo para entregar dados e publicações, como o relatório da Comissão da Verdade, também elaborado pelo governo, que tratem do massacre ao povo indígena diante da invasão ao seu território pelo latifúndio e pelo agronegócio”, disse.

Autor: Tags: ,

segunda-feira, 5 de janeiro de 2015 Política | 17:10

Até ministros pularam a cerca na posse de Kátia Abreu

Compartilhe: Twitter

imageO cerimonial do Ministério da Agricultura escorregou no plano de circulação do local escolhido para a posse da nova ministra Kátia Abreu. O resultado foi que vários convidados, entre eles autoridades e até ministros, tiveram que pular a cerca para ter acesso à solenidade.

Aldo Rebelo foi um deles.

Autor: Tags: ,

sábado, 3 de janeiro de 2015 Governo | 06:00

‘Não terá nenhum glamour’, diz Kátia Abreu sobre cerimônia de casamento

Compartilhe: Twitter

Após o anúncio de que a presidente Dilma Rousseff será madrinha do casamento entre a recém-empossada ministra da Agricultura, Kátia Abreu (PMDB-TO) e o engenheiro agrônomo Moisés Pinto Gomes, a peemedebista tem dito que a cerimônia será “bastante simples”.

“Não tem nenhum glamour”, explica Kátia, “é apenas uma cerimônia para selar uma relação.”

Nos últimos meses, a ex-senadora também aderiu à dieta Ravenna – responsável pelo emagrecimento de Dilma Rousseff, José Eduardo Cardozo e Miriam Belchior, entre outros. Nas festas de fim de ano, Kátia disse ter furado a dieta mas garantiu que pretende perder quatro quilos até o casamento, em fevereiro.

Assista:

Autor: Tags: , , , , ,

  1. Primeira
  2. 1
  3. 2
  4. 3
  5. 4
  6. 5
  7. Última