Publicidade

Posts com a Tag Kennedy Alencar

sábado, 11 de agosto de 2012 Partidos | 07:06

Na TV, Fernando Henrique admite reaproximação com Lula

Compartilhe: Twitter

O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso é o entrevistado deste domingo no programa “É Notícia”, da Rede TV.

Mostrou-se bastante propenso a uma reaproximação com o ex-presidente Lula, especialmente quando o apresentador, Kennedy Alencar, perguntou:

O senhor e o Lula não poderiam se unir, por exemplo, para pressionar em conjunto por medidas importantes, como a reforma política, uma política de combate às drogas e a questão do aborto, por exemplo?

FHC — Nessas áreas, eu acho que cabe. Ele sabe qual é meu pensamento, deve ser público. Uma conversa de interesse nacional, não precisa ser secreta.

Kennedy — Ou essa coisa de ele ser um líder político do PT e o senhor ser um líder político do PSDB vai impedir que possam abraçar juntos algumas causas?

FHC — Do meu ponto de vista, não. Eu gostaria e já expressei isso. Agora mesmo vai vir uma campanha sobre educação, vamos todos falar sobre a necessidade de melhorar a educação, acho que é importante. Em certas circunstâncias, cabe. Eu acho que no terreno do Estado a gente pode conversar, deve conversar. No terreno eleitoral, não. Aí cada um tem seus interesses. E na visão da democracia ou mesmo da economia pode haver diferenças. Você mencionou uma questão que para mim é muito importante que é a reforma eleitoral. Essa reforma só pode ser feita se houver previamente a eleição, um acordo.
Kennedy — Fica o convite, então, do É Notícia para fazer a reforma política.

FHC — Está convidado desde já. Não tenho dúvida.
Kennedy — No Instituto Fernando Henrique ou no Instituto Lula.

FHC — Eu não tenho dúvida.
(Colaboração de Bia Sant’Anna)
Autor: Tags: , , , , , ,

terça-feira, 19 de junho de 2012 Eleições | 15:53

De Paulo Maluf sobre aliança com os petistas: “Quem mudou foi o PT”

Compartilhe: Twitter

O ex-prefeito de São Paulo e deputado federal Paulo Maluf (PP) tornou-se o centro da polêmica nas eleições de São Paulo nos últimos dias, desde que declarou apoio à candidatura de Fernando Haddad (PT) para prefeito.

No ano passado, Maluf deu uma entrevista ao programa “É notícia”, da Rede TV, em que comentava seu apoio ao governo da petista Dilma Rousseff.

O deputado disse ao jornalista Kennedy Alencar que quem mudou não foi ele, mas o PT, partido que, segundo disse, defende juros altos.

Não contente, Maluf ainda arrematou:

— Perto do que o PT ajudou os banqueiros, eu me sinto um comunista.

Veja só:

Autor: Tags: , , , ,

terça-feira, 6 de dezembro de 2011 Brasil | 09:59

Ciro Gomes fará comentários políticos em rede nacional

Compartilhe: Twitter

O ex-deputado Ciro Gomes (PSB-CE), o homem-bomba da política, está de volta.

E, desta vez, com um canhão na mão.

Ele declarou ao site cearense “No Pátio” que aceitou convite do jornalista Kennedy Alencar para integrar o novo programa da Rede TV! chamado “Tema Quente”.

Como comentarista político.

Autor: Tags: , , ,

sexta-feira, 30 de setembro de 2011 Congresso | 17:04

Maluf bate-boca com Kennedy Alencar

Compartilhe: Twitter

O clima esquentou na gravação do “É Notícia”, da RedeTV!, na tarde dessa quinta-feira (29). O programa, apresentado pelo jornalista Kennedy Alencar, tinha como entrevistado o deputado federal Paulo Maluf, agora réu em uma ação penal por lavagem de dinheiro.

Kennedy perguntou a Maluf o que ele achava de ter virado verbete de dicionário, dizendo que popularmente “malufar” significava afanar. O deputado minimizou e, bem humorado, disse que se começasse a dizer por aí que Kennedy era um pederasta, todo mundo também iria acreditar.

Kennedy devolveu: “Mas ninguém fala isso de mim, senhor Paulo, e falam isso do senhor. Pode falar que eu sou pederasta, viado, o que tiver, porque não cola, porque eu não sou”. E Maluf: “E pra mim também não cola porque eu também não sou. Eu sou honesto, correto, moro na mesma casa há 46 aos e trabalho na mesma empresa”.

No intervalo, os dois apertaram as mãos e Maluf sugeriu cortar o “embate”, que durou mais alguns minutos, na edição. O programa, no entanto, deve ir ao ar na íntegra no outro domingo (9).

Autor: Tags: ,