Publicidade

Posts com a Tag luciana genro

sábado, 14 de fevereiro de 2015 Partidos | 08:00

‘Pedido de impeachment é desprezível’, diz Luciana Genro

Compartilhe: Twitter

Embora acuse o governo federal de cometer “uma espécie de estelionato eleitoral”, a ex-presidenciável do PSOL Luciana Genro (RS) critica a campanha travada por integrantes da oposição em defesa de um impeachment contra a presidente Dilma Rousseff.

“Esse pedido de impeachment, pra nós, é desprezível”, diz a presidente da Fundação Lauro Campos. “Nós não nos alinhamos com a oposição de direita. Nós queremos que o povo vá às ruas para lutar por mais direitos.”

De acordo com Luciana, os partidos que aderiram à mobilização pró-impeachment e convocaram manifestações pelo Brasil, neste domingo, também estão “comprometidos com esse mesmo modelo econômico e com todo esse escândalo de corrupção que toma conta do país, particularmente no caso de Petrobras e das grandes empreiteiras”.

Assista:

Autor: Tags: , , , , ,

quarta-feira, 22 de outubro de 2014 Eleições | 20:01

Apoiado por Luciana, Tarso Genro diz que amor dos dois é incondicional

Compartilhe: Twitter
O governador do Rio Grande do Sul, Tarso Genro (PT). Foto: Divulgação

O governador do Rio Grande do Sul, Tarso Genro (PT). Foto: Divulgação

O governador e candidato à reeleição gaúcho, Tarso Genro (PT-RS), usou o Facebook para agradecer o apoio de sua filha e ex-presidenciável, Luciana Genro (PSOL), no segundo turno, mas disse que, independentemente da declaração, o amor entre os dois não seria afetado.

“Fiquei orgulhoso da Luciana ter declarado seu voto para mim. Se não o fizesse, não afetaria em nada nosso amor recíproco, mas me dá ainda mais orgulho de ser seu pai”, disse o governador na rede social.

No primeiro turno, Luciana apoiou a candidatura do ex-marido Roberto Robaina, também do PSOL. Já na disputa presidencial, a ex-candidata defendeu que seus apoiadores não deveriam votar no tucano Aécio Neves, mas sim optar pelo voto nulo ou na presidente Dilma Rousseff.

Leia também: ‘PSOL é um passo à frente do PT’, diz Luciana Genro

Autor: Tags: , , ,

quarta-feira, 1 de outubro de 2014 Eleições | 10:30

Semelhança de nomes entre Levy Fidelix e candidato do PSOL gera confusão

Compartilhe: Twitter
O candidato a governador Fidélis Alcântara (PSOL-MG). Foto: Divulgação

O candidato a governador Fidélis Alcântara (PSOL-MG). Foto: Divulgação

O PSOL de Minas Gerais foi pego de surpresa após a repercussão negativa das declarações do presidenciável Levy Fidelix (PRTB), no último domingo, contra a união homoafetiva.

É que, pela semelhança dos nomes, muita gente passou a confundir o candidato a governador Fidélis Alcântara (PSOL-MG) com o presidenciável que, além de tudo, também é mineiro. A partir daí, vieram as críticas ao aliado da presidenciável Luciana Genro (PSOL), que historicamente defende o combate à homofobia.

Autor: Tags: , , , , , ,

segunda-feira, 29 de setembro de 2014 Eleições | 18:00

Petição online propõe excluir Levy Fidelix de debate na Globo

Compartilhe: Twitter
O presidenciável Mauro Iasi (PCB). Foto: Divulgação

O presidenciável Mauro Iasi (PCB). Foto: Divulgação

Internautas iniciaram, nesta tarde, uma mobilização para pedir a exclusão do presidenciável Levy Fidelix (PRTB) do debate que será realizado entre os candidatos pela Rede Globo, na próxima quinta-feira. O debate será o último encontro televisivo entre os candidatos, até as eleições de domingo.

Saiba mais: Discurso agressivo de Levy Fidelix contra gays gera revolta nas redes sociais

Com mais de 1,5 mil assinaturas, o abaixo-assinado afirma que Fidelix sugere “a união e combate contra as pessoas LGBTs, banalizando, incentivando e fortalecendo o preconceito, a homofobia e os crimes de ódio em decorrência da diversidade sexual”.

Nas redes sociais, o texto recebeu o apoio do também presidenciável Mauro Iasi (PCB). “É absurdo que uma voz fascista e homofóbica tenha liberdade para estar nos debates e nós estejamos excluídos. Que democracia é essa? Excluam Levy Fidelix dos debates!”, disse Iasi.

Após a fala de Fidelix, Eduardo Jorge (PV), Luciana Genro (PSOL) e Zé Maria (PSTU) também reagiram publicamente às declarações e reforçaram a defesa pela aprovação da lei que criminaliza a homofobia, assim como ocorre com crimes de racismo.

Leia também: Parlamentares temem inflar Levy Fidelix após declaração antigay

Autor: Tags: , , , , , , ,

quarta-feira, 24 de setembro de 2014 Eleições | 15:00

Luciana Genro cola no movimento feminista

Compartilhe: Twitter
A presidenciável Luciana Genro com a cantora Marina Lima. (Foto: Guilherme Prado / Divulgação)

A presidenciável Luciana Genro com a cantora Marina Lima. (Foto: Guilherme Prado / Divulgação)

Na reta final da campanha, a candidata do PSOL à Presidência, Luciana Genro (PSOL), tem buscado uma aproximação mais forte com o movimento feminista. Só nesta semana, Luciana teve duas agendas focadas nesse tema, em São Paulo e em Pernambuco.

Nos encontros, ela tem se apresentado como a “primeira candidata feminista” ao Planalto, ao fazer a defesa de temas como a legalização do aborto, ampliação das creches, inserção do casamento homoafetivo em lei e enfrentamento ao conservadorismo religioso.

A aproximação rendeu o apoio de mulheres como a cantora Marina Lima, a filósofa Márcia Tiburi e as blogueiras Clara Averbuck, Aline Valek e Maíra Kubík Mano, referência na pauta feminista.

Autor: Tags: , , , ,

terça-feira, 23 de setembro de 2014 Eleições | 07:30

Em campanha contra financiamento privado, PSOL veste presidenciáveis com ‘patrocinadores’

Compartilhe: Twitter
Meme produzido pelo PSOL, sobre os presidenciáveis. (Foto: Reprodução / Facebook)

Meme produzido pelo PSOL, sobre os presidenciáveis. (Foto: Reprodução / Facebook)

Militantes do PSOL e apoiadores da presidenciável Luciana Genro (PSOL) começou a divulgar ontem, nas redes sociais, um meme em que os três principais presidenciáveis aparecem como pilotos de Fórmula 1, com o “patrocínio” de seus doadores de eleitorais.

Nas imagens, o partido compara a arrecadação de cada candidato com a de Luciana, que até o momento declarou ter recebido R$ 212,9 mil. O texto ainda afirma “Empresa não doa, faz investimento”, e orienta os eleitores a não votarem “em quem é financiado por empresas”.

A própria Luciana Genro, no entanto, já foi alvo de questionamentos próprio partido em 2008, quando aceitou R$ 100 mil em doações da multinacional brasileira Gerdau, ao disputar a prefeitura de Porto Alegre.

Leia também: Para se diferenciar, candidato do PSOL faz prestação de contas diária

Autor: Tags: , , , , , ,

quarta-feira, 3 de setembro de 2014 Política | 10:30

Plebiscito popular pela reforma política tem 5 mil urnas nos estados

Compartilhe: Twitter

Iniciada na última segunda-feira, a coleta de assinaturas do plebiscito de iniciativa popular pela reforma política conta com 5 mil urnas fixas instaladas pelo país e deve chegar a 15 mil urnas itinerantes, até o dia 7 de setembro, de acordo com a organização do movimento. A votação também pode ser feita virtualmente.

Além do apoio das 400 organizações que participam da construção do plebiscito, a votação também é engrossada pela campanha de candidatos que têm pautado o tema da reforma política durante a campanha eleitoral – como a própria presidente Dilma Rousseff e a presidenciável Luciana Genro (PSOL).

A meta do movimento é alcançar de seis a dez milhões de assinaturas. Na última segunda-feira, o site do movimento chegou a ficar fora do ar, por algumas horas, devido à sobrecarga do servidor. Até o momento, a página já recebeu mais de 2 milhões de acessos e tem uma média de 250 novos visitantes por minuto e 350 pessoas constantemente online.

Autor: Tags: , , , , , ,

terça-feira, 19 de agosto de 2014 Eleições | 10:30

‘A verdadeira terceira via é o PSOL’, diz Luciana Genro

Compartilhe: Twitter
A presidenciável pelo PSOL, Luciana Genro. (Foto: Divulgação)

A presidenciável pelo PSOL, Luciana Genro. (Foto: Divulgação)

Diante da confirmação de Marina Silva como candidata à Presidência da República pelo PSB, a campanha de Luciana Genro (PSOL) já definiu qual discurso será adotado.

“Claro que a substituição do Eduardo pela Marina afeta mais a nossa campanha, pelo simbolismo que a Marina carrega. Mas, na prática, ela não traz nenhuma novidade, é um híbrido de PT e PSDB. A verdadeira terceira via é o PSOL”, afirma Luciana.

Entre as principais críticas que o PSOL fará a Marina, estão a “falta de uma crítica radical à política econômica adotada pelo Brasil desde o FHC”, a influência da “convicção religiosa na elaboração de políticas públicas” e a filiação “pragmática” de Marina ao PSB, para disputar as eleições deste ano.

Autor: Tags: , , , , ,

sexta-feira, 25 de julho de 2014 Governo | 14:11

Deputado pede explicações ao governo de SP sobre ação da PM contra panfletagem do PSOL

Compartilhe: Twitter
O secretário estadual de Segurança Pública de São Paulo, Fernando Grella Vieira (Foto: Agência Brasil)

O secretário estadual de Segurança Pública de São Paulo, Fernando Grella Vieira (Foto: Agência Brasil)

O deputado estadual Carlos Giannazi (PSOL-SP) solicitará amanhã, via Diário Oficial, um pedido de explicações do secretário de Segurança Pública do Estado de São Paulo, Fernando Grella Vieira, sobre a ação policial que interrompeu a panfletagem eleitoral da presidenciável Luciana Genro (PSOL) no centro de São Paulo.

“É ilegal o que eles fizeram. Queremos saber os nomes dos policiais, porque eles estavam lá e jogaram o gás de pimenta”, diz Giannazi. “Além disso, não era uma manifestação, era um ato de campanha presidencial”, completa.

Após o protocolo do requerimento de informação, Grella terá um prazo de 30 dias para responder aos questionamentos formalizados pela Assembleia Legislativa de São Paulo.

Autor: Tags: , , , , ,

quarta-feira, 23 de julho de 2014 Eleições | 14:32

Luciana Genro vai criticar Dilma por não entregar creches prometidas

Compartilhe: Twitter
A presidenciável pelo PSOL, Luciana Genro. (Foto: Divulgação)

A presidenciável pelo PSOL, Luciana Genro. (Foto: Divulgação)

A candidata do PSOL à Presidência, Luciana Genro (PSOL), planeja usar a promessa não cumprida da presidente Dilma Rousseff de construir 6 mil creches como mote na largada da campanha. Luciana pretende inclusive incluir o assunto em seu programa de TV.

O vídeo, além de mencionar que a presidente não cumpriu a meta de creches – como revelou o iG em levantamento divulgado no início do ano – , dirá que a presidente não colaborou para reduzir a desigualdade salarial entre homens e mulheres.

Luciana, que é filha do governador petista do Rio Grande do Sul, Tarso Genro, também tem criticado a presidente por não avançar no debate da descriminalização do aborto.

Os primeiros programas estão sendo gravados nesta semana, em Porto Alegre, e também falarão de temas como taxação de grandes fortunas, dívida pública e direitos sociais relacionados aos protestos de junho. O PSOL terá 51 segundos do horário eleitoral.

Leia mais: Mesmo sem cumprir principal promessa na área, Dilma vai focar programa na educação

 

Autor: Tags: , , , , ,

  1. Primeira
  2. 1
  3. 2
  4. Última