Publicidade

Posts com a Tag Luiz Inácio Lula da Silva

quarta-feira, 17 de dezembro de 2014 Congresso | 16:00

ONG usa Lula e FHC como garotos-propaganda do Estatuto do Desarmamento

Compartilhe: Twitter
Os ex-presidentes da República Fernando Henrique Cardoso (PSDB) e Luiz Inácio Lula da Silva (PT). Foto: Ricardo Stuckert / PR

Os ex-presidentes da República Fernando Henrique Cardoso (PSDB) e Luiz Inácio Lula da Silva (PT). Foto: Ricardo Stuckert / PR

Na tentativa de barrar o projeto de lei que revoga o Estatuto do Desarmamento, ativistas da ONG Sou da Paz recorreram aos ex-presidentes Fernando Henrique Cardoso (PSDB) e Luiz Inácio Lula da Silva (PT), em busca do apoio de diferentes setores. Nesta tarde, o grupo divulgará um material em que reúne posicionamentos recentes de ambos os políticos, favoráveis à política de desarmamento, em vigor desde 2003.

Saiba mais: Estatuto do Desarmamento que bancada da bala tenta revogar ajudou a salvar 121 mil vidas

Se aprovado, o PL 3722/2012 tornará automática a concessão do porte de armas para quem cumprir as exigências legais e permitirá que as pessoas voltem a circular armadas pelas ruas. A iniciativa é de autoria do deputado Rogério Peninha Mendonça (PMDB-SC), com apoio da bancada da bala.

O objetivo dos ativistas e dos parlamentares contrários à revogação do estatuto é impedir que a votação ocorra antes do fim desta legislatura, para que o projeto seja arquivado e tenha de ser rediscutido no próximo ano.

Leia também: “Acidentes acontecem”, diz autor de projeto que permite porte de armas

Autor: Tags: , , ,

terça-feira, 2 de dezembro de 2014 Justiça | 17:03

‘É folclore’, diz Paulo Roberto Costa sobre intimidade com Lula

Compartilhe: Twitter
Ex-diretor da Petrobras Paulo Roberto Costa (Foto: Valter Campanato/Agência Brasil)

Ex-diretor da Petrobras Paulo Roberto Costa (Foto: Valter Campanato/Agência Brasil)

O ex-diretor da Petrobras Paulo Roberto Costa negou que tivesse recebido o apelido carinhoso de “Paulinho”, pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

“É folclore”, disse Costa ao ser questionado pelo deputado federal Izalci Lucas (PSDB-DF) sobre o apelido e uma suposta proximidade com Lula.

Costa – que foi preso pela operação Lava Jato da Polícia Federal – participa de uma acareação com o ex-diretor Internacional da Petrobras Nestor Cerveró, convocada pela CPMI da Petrobras para esclarecer as divergências entre os depoimentos de ambos.

Autor: Tags: , , , ,

sexta-feira, 31 de outubro de 2014 Eleições | 15:00

Jaques Wagner agora é queridinho no PT para 2018

Compartilhe: Twitter
Jaques Wagner

Jaques Wagner

Na bolsa de apostas do PT sobre quem poderia disputar a Presidência da República em 2018, caso o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva fique fora do páreo, um nome parece despontar como favorito. Mais de um líder petista diz que, hoje, quem está melhor posicionado para isso é o governador da Bahia, Jaques Wagner.

Primeiro, por causa do balanço de sua gestão na Bahia e do resultado da estratégia que lhe permitiu eleger seu sucessor, contrariando todas as previsões. Segundo, por se tratar de um nome que agrada tanto a Lula quanto à presidente Dilma Rousseff. Terceiro, por ter apoio interno no PT.

A lista de potenciais candidatos inclui ainda nomes como Aloizio Mercadante e Fernando Haddad.

Autor: Tags: , , , , , ,

domingo, 26 de outubro de 2014 Eleições | 18:44

Lula acompanhará resultado do segundo turno em Brasília

Compartilhe: Twitter
O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e a presidente Dilma Rousseff. (Foto: Divulgação)

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e a presidente Dilma Rousseff. (Foto: Divulgação)

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva já embarcou para Brasília, onde deve participar do ato em que a presidente e candidata à reeleição, Dilma Rousseff, fará seu pronunciamento sobre o resultado final das eleições.

Leia também: PT reforça segurança para receber militância em caso de vitória de Dilma

Autor: Tags: , , , ,

quinta-feira, 16 de outubro de 2014 Eleições | 19:30

Ao lado de Pezão, Dilma faz campanha em feijoada da Portela

Compartilhe: Twitter
A presidente Dilma Rousseff ao lado do candidato a governador Luiz Fernando Pezão (PMDB-RJ). Foto: Ichiro Guerra / Divulgação

A presidente Dilma Rousseff ao lado do candidato a governador Luiz Fernando Pezão (PMDB-RJ). Foto: Ichiro Guerra / Divulgação

Na companhia do candidato a governador Luiz Fernando Pezão (PMDB), a presidente Dilma Rousseff será recebida por sambistas da velha guarda da Portela, para uma tradicional feijoada da escola de samba, em Oswaldo Cruz, zona norte do Rio de Janeiro, no próximo sábado. Em 2010, Dilma também fez campanha entre os sambistas, ao lado do então candidato à reeleição como governador Sérgio Cabral (PMDB-RJ).

Reduto de Dilma e Luiz Fernando Pezão, a campanha petista já apelidou a dobradinha na região de “Dilmão”. Além do candidato a governador peemedebista, atividade contará também com a presença de Eduardo Paes (PMDB-RJ) e outros prefeitos aliados. Na manhã do mesmo dia, Dilma fará campanha ao lado do adversário de Pezão, Marcelo Crivella (PRB-RJ).

Na semana seguinte, Dilma também estará no estado, para um comício na Cinelândia, no centro do Rio de Janeiro. Tradicional desde a vitória do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva em 2002, o ato terá a companhia do metalúrgico e está marcado para a noite da próxima quarta-feira.

Leia também: Violência contra a mulher vira tema de samba-enredo da Mangueira

Autor: Tags: , , , , , , ,

sexta-feira, 3 de outubro de 2014 Eleições | 18:56

Na reta final, Dilma e Lula se dividem entre Minas e São Paulo

Compartilhe: Twitter
Lula e Dilma Rousseff, durante a campanha de 2010 (Foto: Roberto Stuckert Filho)

Lula e Dilma Rousseff, durante a campanha de 2010 (Foto: Roberto Stuckert Filho)

A ordem na campanha da presidente e candidata à reeleição Dilma Rousseff é “dividir para conquistar”, na reta final da campanha. Dilma cancelou sua participação na caminhada que faria no próximo sábado ao lado do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, em São Bernardo (SP), para se dedicar a Minas Gerais. No estado, ela caminhará com o candidato a governador Fernando Pimentel (PT-MG) pela Avenida Afonso Pena, uma das principais vias de Belo Horizonte.

Já Lula seguirá na agenda ao lado do candidato a governador Alexandre Padilha (PT-SP), em São Paulo.  A previsão é de que todos estejam juntos somente no domingo à tarde, para acompanhar a apuração. Dilma votará pela manhã em Porto Alegre e retornará a Brasília, onde aguardará o resultado das eleições, no Palácio da Alvorada. Os petistas já reservaram um hotel nas proximidades da residência oficial, onde a presidente falará com jornalistas após o resultado.

Autor: Tags: , , , ,

terça-feira, 12 de agosto de 2014 Governo | 18:48

Lula critica imprensa que apostou nas manifestações

Compartilhe: Twitter
O ex-presidente Lula (Foto: Heinrich Aikawa/Instituto Lula)

O ex-presidente Lula (Foto: Heinrich Aikawa/Instituto Lula)

Ao participar do lançamento do site “O Brasil da Mudança” o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva usou e abusou da ironia para criticar a imprensa que, para ele, apostou nos protestos na Copa do Mundo e no período eleitoral. Lula se referiu a um bebê que chorou antes do início do evento.

“Eu agora fiquei preocupado porque ouvi uma criança chorar e fiquei com medo de que algum setor da imprensa dissesse que era um protesto”, ironizou.

Leia também: Após polêmica, Gilberto Carvalho evita jornalistas

Autor: Tags: , ,

terça-feira, 5 de agosto de 2014 Eleições | 10:30

Lula e Lindbergh resgatam amizade dos tempos de Fora Collor em programa de TV

Compartilhe: Twitter
Lindbergh Farias e Luiz Inácio Lula da Silva resgatarão amizade histórica durante campanha. (Foto: Divulgação)

Lindbergh Farias e Luiz Inácio Lula da Silva resgatarão amizade histórica durante campanha. (Foto: Divulgação)

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva vai dar uma forcinha para o candidato petista ao governo do Rio de Janeiro, Lindbergh Farias. Nesta semana, os dois gravarão juntos a primeira inserção do partido para as eleições estaduais.

No programa, será resgatada a relação histórica entre ambos, desde a época do movimento Fora Collor, em que Lindbergh era presidente da União Nacional dos Estudantes e Lula, um importante líder sindical.

Ao contrário da presidente Dilma Rousseff, que dividirá o palanque de Lindbergh, Luiz Fernando Pezão (PMDB) e Marcelo Crivella (PRB), Lula prometeu ao companheiro petista que não participará das gravações nem do palanque de nenhum outro candidato no estado.

Autor: Tags: , , , , , , ,

segunda-feira, 28 de julho de 2014 Eleições | 10:30

No Mato Grosso, candidato petista recorre a Lula e JK

Compartilhe: Twitter
Lúdio Cabral é o pré-candidato petista ao governo do Mato Grosso. (Foto: Divulgação)

Lúdio Cabral é o pré-candidato petista ao governo do Mato Grosso. (Foto: Divulgação)

O candidato petista ao governo do Mato Grosso, Lúdio Cabral, tem recorrido aos ex-presidentes Juscelino Kubitschek e Luiz Inácio Lula da Silva para inspirar seus discursos de campanha. Os dois seriam responsáveis pelas principais bandeiras do petista: fortalecimento do Sistema Único de Saúde e investimento na logística e infraestrutura do estado.

De acordo com o deputado federal e presidente do PROS no Mato Grosso, Valtenir Pereira, as semelhanças e os motivos para inspiração são grandes. Assim como Lúdio, diz Pereira, “JK também era médico e foi responsável por feitos importantíssimos, como a construção de Brasília”. Já Lula é usado como inspiração pela sua “preocupação e envolvimento em todas as questões sociais”.

Leia também: Presidente do PROS no Mato Grosso chama Pedro Taques de ‘rei da fraude’

Autor: Tags: , , , , ,

segunda-feira, 28 de abril de 2014 Eleições | 16:15

PR lança manifesto pedindo a volta de Lula

Compartilhe: Twitter

O líder do PR na Câmara, deputado Bernardo Santana (MG), lançou hoje um manifesto do partindo pedindo a volta do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

O deputado, que negou que o manifesto seja um rompimento com a base do governo, diz que reitera os compromissos com da aliança política  das eleições de 2002.

Leia a íntegra:

Nós, brasileiros, filiados ao Partido da República, deputados federais que compõe a maioria da Bancada na Câmara, devidamente representado pelo líder Bernardo Santana, que deve sempre verbalizar a vontade da maioria, vimos em CARTA ABERTA, reiterar nossos compromissos com o desenvolvimento do País, nos termos consignados pela aliança política construída no contexto das eleições de 2002.

Inspirados no ideal de um Brasil mais forte, soberano e socialmente justo, assentamos os alicerces do edifício que celebrou a união do TRABALHO e do CAPITAL produtivo, para a construção de um país novo.

Em nome de uma revolução social que não podia esperar, renunciamos, inclusive, a aspectos programáticos da doutrina que nos orienta. Muitos companheiros pagaram caro pela audácia daquela composição política, inclusive com a renúncia de projetos inviabilizados pela violência da verticalização, criada por um oportunismo sob medida.

Assumimos todos os riscos e o Brasil foi abençoado por um tempo de prosperidade e consenso. Sob a liderança do presidente Lula, o mais importante e prestigiado estadista do mundo emergente, deixamos nossas digitais na profícua obra do governo que mudou a história deste país.

Onde havia desânimo, o governo do presidente Lula e do vice-presidente José Alencar descortinou a esperança. Onde a prostração imperava, a era Lula levou a dinâmica do crescimento econômico que garantia renda mínima onde antes dominava a fome. Até o salário mínimo superou largamente a barreira dos 100 dólares, antes prometidos sem sucesso pelos que hoje se opõem ao legado de Lula.

Certos de que nossos compromissos não se esgotam na obra de um governo, entendemos que o país precisa do reencontro com os princípios daquela aliança de 2002, chancelada pelos compromissos afiançados pelo vice-presidente que surgiu de nossas fileiras.

Coerentes com estes princípios e certos de que o Brasil precisa inaugurar um novo ciclo virtuoso de crescimento pela via da conciliação nacional, entendemos que o momento de crise, dentro e fora do país, reivindica a força de uma liderança política com a experiência e o brilho de Luiz Inácio Lula da Silva, no comando da nação brasileira novamente.

MOVIMENTO UNIÃO BRASIL CAPITAL & TRABALHO

Leia também: A blogueiros, Lula diz que especulação sobre sua volta é ‘ boataria’

Autor: Tags: , , ,

  1. Primeira
  2. 1
  3. 2
  4. 3
  5. 4
  6. 5
  7. 10
  8. Última