Publicidade

Posts com a Tag Magno Malta

terça-feira, 12 de agosto de 2014 Eleições | 13:52

Com 70 segundos, Pastor Everaldo promete espaço para todos aliados na TV

Compartilhe: Twitter
Presidenciável Pastor Everaldo (PSC). Foto: Divulgação

Presidenciável Pastor Everaldo (PSC). Foto: Divulgação

Apesar do pouco tempo de televisão, o presidenciável Pastor Everaldo (PSC) garante que abrirá espaço dentro do seu 1 minuto e 10 segundos a todos os aliados que quiserem pedir votos para ele, nas gravações que começam a ser feitas nesta tarde.

Leia também: Tucanos já esperam desempenho de Everaldo na faixa de 10%

“Tem um bocado de gente querendo gravar comigo e eu vou abrir espaço para todos eles”, diz Everaldo. “Magno Malta, Mario de Oliveira (da Igreja Quadrangular), Silas Malafaia e Manoel Ferreira (ambos da Assembleia de Deus), todos eles vão participar das gravações.”

Os programas de Everaldo começam a ser gravados em estúdio nesta tarde e, por enquanto, o pastor afirma que deve apostar no “desejo de mudança” do eleitorado.

Autor: Tags: , , , , , ,

quarta-feira, 4 de junho de 2014 Congresso | 19:25

Com neto de Renan Calheiros no colo, Xuxa assiste à votação da Lei da Palmada

Compartilhe: Twitter
Xuxa ao lado do presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL) e seu neto Enzo.

Xuxa ao lado do presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL) e seu neto Enzo.

A presença de Xuxa conseguiu, novamente, acelerar o debate sobre a Lei da Palmada no Congresso Nacional. Após uma votação relâmpago na Comissão de Direitos Humanos na tarde desta quarta-feira, o projeto foi ao plenário do Senado no mesmo dia.

Leia também: ‘Quem é Eduardo Campos?’, pergunta Xuxa após pedido de desculpas

Desta vez, para compensar qualquer mágoa sobre o incidente na Câmara dos Deputados, o presidente do Senado, Renan Calheiros, garantiu lugar de honra para Xuxa assistir à votação: na mesa diretora, com o pequeno Enzo, neto do próprio Renan, no colo.

Até mesmo o senador Magno Malta (PR-ES), que fez de tudo para adiar a votação, agradeceu à presença de Xuxa e ao seu empenho na causa. Mário Couto (PSDB-PA) foi outro senador que aproveitou para pedir desculpas à apresentadora, a quem chamou de “autêntica”.

 

Autor: Tags: , , , ,

terça-feira, 21 de maio de 2013 Partidos | 07:00

PR trabalha para definir posição em “Estados problema”

Compartilhe: Twitter

Com acordo fechado para apoiar a reeleição da presidente Dilma Rousseff (PT), o PR trabalha para azeitar a situação nos Estados. Há aqueles em que a coisa está mais do que definida, como Rio de Janeiro, onde o partido lançará Anthony Garotinho, e Espírito Santo, onde o plano é Magno Malta.

Leia também: PR fecharia com PT em SP se Mercadante disputasse, diz senador

Mas há Estados fortes em que o partido está longe de uma definição, casos de São Paulo, Minas Gerais, Paraná e Pernambuco.

Autor: Tags: , , , ,

terça-feira, 18 de setembro de 2012 Congresso | 09:59

Paim não pretende entregar ao evangélico Magno Malta relatoria do projeto que criminaliza a homofobia

Compartilhe: Twitter

A Comissão de Direitos Humanos (CDH) do Senado decide hoje o substituto da petista Marta Suplicy (SP) na relatoria do Projeto de Lei Complementar (PLC) 122, que criminaliza a homofobia.

Contrário ao projeto, o senador evangélico Magno Malta (PR-ES) declarou ao Poder Online que está requisitando formalmente a relatoria.

Mas o presidente da CDH, Paulo Paim (PT-RS), defende que o substituto de Marta seja indicado pelo PT, já que o partido ocupava a vaga.

Por sugestão do Movimento LGBT (Lésbicas, Gays, Bissexuais e Travestis) Marta Suplicy indicou a senadora Lídice da Mata (PSB-BA), mas o partido  tem, além do próprio Paim, mais dois senadores como titulares na Comissão — Ana Rita (ES) e Wellington Dias (PI) —  e outros quatro suplentes.

Autor: Tags: , , , , , ,

sexta-feira, 14 de setembro de 2012 Congresso | 05:01

Evangélico aproveita saída de Marta Suplicy para tentar derrubar projeto que criminaliza a homofobia

Compartilhe: Twitter

O senador evangélico Magno Malta (PR-ES) enviou ontem ofício ao presidente da Comissão de Direitos Humanos do Senado, Paulo Paim (PT-RS), solicitando tornar-se relator do chamado projeto de lei complementar 122 que criminaliza a homofobia.

A relatora era a senadora Marta Suplicy (PT-SP), que acaba de assumir o comando do Ministério da Cultura.

Malta é contrário ao texto, que Marta defende com unhas e dentes. Ao Poder Online, o senador explica porque reivindica a relatoria:

— Primeiro, porque acho que ela caberia ao suplente da Marta, o vereador paulistano Antônio Carlos Rodrigues, que é do PR e evangélico como eu, mas não irá assumir no Senado. Depois, porque o Paulo Paim é pai e sogro de pastores evangélicos e tem o compromisso conosco de não favorecer a aprovação deste projeto.

Autor: Tags: , , , , ,

quinta-feira, 13 de setembro de 2012 Congresso | 19:09

Primeiro suplente de Marta informa a senador que não pretende assumir a vaga no Senado

Compartilhe: Twitter

O senador Magno Malta (PR-ES) é amigo pessoal do vereador, Antonio Carlos Rodrigues (PR-SP), primeiro suplente na cadeira de Marta Suplicy (PT) no Senado.

Malta informa ao Poder Online que conversou nesta quinta-feira com Antônio Carlos e que o vereador lhe antecipou que não irá assumir a vaga no Senado.

— Ele está no exercício do mandato não quer que seus eleitores pensem que abandonou os compromissos que havia assumido quando se candidatou à Câmara Municipal apenas por ambição pessoal de se tornar senador.

Nesse caso, deve assumir o segundo suplente, Paulo Frateschi, secretário nacional de Organização do PT e um dos dirigentes mais influentes do partido.

Autor: Tags: , , , ,

terça-feira, 4 de setembro de 2012 Congresso | 17:27

Magno Malta elogia policiais federais, mas tiro quase sai pela culatra

Compartilhe: Twitter

Com a presença do ministro da Justiça, José Eduardo Cardoso, no Congresso para discutir novo Código Penal, o senador Magno Malta (PR-ES) resolveu fazer um elogio a policiais federais em greve presentes na sessão.

Só que Malta começou sua fala saudando os delegados federais. Na mesma hora o clima fechou. É que a relação entre delegados e as demais carreiras da PF anda pra lá de tensa.

Malta acabou tendo que se corrigir a saudar “a todos” os policiais federais.

Autor: Tags: , ,

terça-feira, 17 de abril de 2012 Congresso | 06:01

Senador governista xinga Mantega de arrogante e diz que governo vai “passar o rodo” na guerra dos portos

Compartilhe: Twitter

Hoje a Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) do Senado deve votar a chamada Resolução 72, uma proposta do governo para unificar a alíquota do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) em 4% como mecanismo de extinção da guerra dos portos (incentivos fiscais estaduais para produtos importados).

Ontem o assunto foi discutido entre o ministro da Fazenda, Guido Mantega, e os governadores de Espírito Santo, Renato Casagrande (PSB); Goiás, Marconi Perillo (PSDB); e Santa Catarina, Raimundo Colombo (PSD). Eles argumentam que seus estados — que se beneficiavam de serem os únicos a praticar a alíquota reduzida — perderão o incentivo e, com isso, sofrerão queda abrupta de arrecadação.

Não houve acordo. Os governadores propuseram um período de transição, mas Mantega quer a unificação imediata.

O senador governista Magno Malta (PR-ES) subiu à tribuna e contou que os governadores saíram com a certeza de que “o governo vai passar o rodo”,  hoje na CAE, contra os três estados.

Malta chamou Mantega de arrogante e disse que sua reunião com os governadores parecia “conversa de bêbado com delegado”.

Comparou o ministro ao antecessor, Antonio Palocci, demitido em meio a denúncias, e vaticinou:

— Olha, seu Guido Mantega, a arrogância precede a ruína.

Veja:

Autor: Tags: , , , , , , ,

quarta-feira, 15 de fevereiro de 2012 Congresso | 14:24

Magno Malta perdoa Gilberto Carvalho

Compartilhe: Twitter

O senador Magno Malta (PR-ES) disse ao Poder Online que perdoou o secretário-geral da Presidência da República, Gilberto Carvalho, a quem havia xingado de safado por ter declarado que a próxima grande batalha do governo seria superar os conservadores evangélicos na influência sobre a chamada nova classe média

Hoje, Carvalho reuniu-se com a Frente Parlamentar Evangélica e declarou ter sido mal interpretado nas suas declarações..

Para Magno Malta, o mea culpa  “não foi satisfatório, mas foi suficiente” para perdoar o ministro.
Veja:

Autor: Tags: , ,

Governo | 07:59

Gilberto Carvalho vai se explicar à bancada evangélica na Câmara

Compartilhe: Twitter

O secretário geral da Presidência da República, Gilberto Carvalho, é esperado esta manhã na Frente Parlamentar Evangélica para se justificar das declarações dadas em palestra no Fórum Social de Porto Alegre.

Os evangélicos o acusam de ter defendido que o governo promova uma disputa contra pastores conservadores pela influência ideológica junto à  nova classe média.

O senador Magno Malta (PR-ES) chegou a subir à tribuna para xingar o ministro de safado. E Gilberto Carvalho se justificou, aqui mesmo no Poder Online, afirmando que suas declarações foram mal interpretadas.

Mas os parlamentares evangélicos cobraram sua presença dele no Congresso, sob pena de passarem a fazer oposição ao governo.

Segundo o vice-presidente da frente parlamentar, deputado Anthony Garotinho (PR-RJ), Gilberto Carvalho será bem recebido “se souber se justificar”.

Autor: Tags: , , ,

  1. Primeira
  2. 1
  3. 2
  4. 3
  5. Última