Publicidade

Posts com a Tag Marconi Perillo

quarta-feira, 13 de junho de 2012 Congresso | 14:50

Para deputado, ao disponibilizar sigilo, Agnelo vira o jogo e constrange Perillo

Compartilhe: Twitter

O deputado Luiz Sérgio (PT-RJ) disse que para ex-parlamentares e hoje governadores fica fácil tanto para Marconi Perillo (PSDB), Goiás, como para Agnelo Queiroz (PT), Distrito Federal, comparecer à CPMI e fazer discurso político.

Entretanto, o deputado diz que Agnelo se diferenciou ao disponibilizar a quebra de seu sigilo bancário, fiscal e telefônico.

Segundo Luiz Sérgio, a medida constrange Perillo, se ele não adotar a mesma iniciativa.

Assista:

Autor: Tags: , , , ,

Partidos | 13:26

Coordenador nacional da maior corrente interna do PT elogia Collor por críticas à Veja

Compartilhe: Twitter

Francisco Rocha, o Rochinha, é integrante do diretório nacional do PT, militante histórico, fundador do partido e coordenador nacional da maior corrente interna petista, Construindo um Novo Brasil (CNB).

Hoje, no Facebook, Rochinha perdeu o pudor e postou mensagem rasgando elogios ao senador Fernando Collor (PTB-AL) pelas críticas à “Veja” feitas ontem durante o depoimento de Marconi Perillo (PSDB) à CPI do Cachoeira.

Confira a mensagem postada por Rochinha:

“Mensagem de reconhecimento para o Senador Fernando Collor de Melo. Senador Fernando Collor, independentemente das nossas divergências políticas, quero sinceramente lhe parabenizar pela sua atitude corajosa na intervenção feita ontem na CPMI do Cachoeira no que se refere à ação criminosa da revista Veja e na minha opinião a omissão do procurador-geral da República. O senhor com certeza expressou o que muita gente têm a vontade de falar, mas não fala: ou por medo ou por covardia. Um abraço.”

Autor: Tags: , , , , ,

Congresso | 08:25

Expectativas para o depoimento de Agnelo

Compartilhe: Twitter

O ex-líder do governo na Câmara Cândido Vaccarezza (PT-SP) acredita que o governador de Brasília, Agnelo Queiroz (PT), não tem muito o que dar explicações hoje na CPI do Cachoeira. E o líder do PSDB na Câmara, Bruno Araújo (PE), jura que o partido vai jogar limpo contra o petista.

Assista:

Autor: Tags: , ,

terça-feira, 12 de junho de 2012 Congresso | 16:47

Veja o momento de maior tensão no depoimento de Marconi Perillo

Compartilhe: Twitter

A CPI do Cachoeira vinha mansa até o momento em que o relator Odair Cunha (PT-MG) perguntou ao governador de Goiás, Marconi Perillo (PSDB), se ele abria mão de seu sigilo bancário.

A bancada tucana subiu nas tamancas e proporcionou o momento de maior bate-boca na sessão.

Poder Online filmou dois pequenos trechos. Assista:

Autor: Tags: , , ,

Congresso | 14:05

Telões do Senado são disputados como em jogo de Copa do Mundo para depoimento de Perillo

Compartilhe: Twitter

Por onde há telões no Senado, as pessoas se aglomeram para assistir ao depoimento do governador de Goiás, Marconi Perillo (PSDB).

A situação lembra muito o que costuma acontecer pelo país em dias de jogos do Brasil em Copa do Mundo.

Autor: Tags: , ,

Congresso | 13:51

Veja a cópia de um dos cheques que Perillo alega ter sido dado como pagamento pela casa em que Cachoeira foi detido

Compartilhe: Twitter

O governador de Goiás, Marconi Perillo (PSDB), apresentou na manhã desta terça-feira cópias dos cheques que alega ter recebido como pagamento por uma casa vendida por R$ 1,4 milhão.

Com isso, Perillo contradiz a versão apresentada na semana passada pelo empresário Walter Paulo Santiago, que disse à CPMI do Cachoeira ter pago o valor em dinheiro.

Foi nesta casa vendida por Perillo que o contraventor Carlinhos Cachoeira foi detido pela Polícia Federal em fevereiro.

Os cheques estão em nome de Excitant Indústria e Comércio e Confecções, empresa que teria recebido dinheiro de uma companhia ligada a Cachoeira.

O deputado Cândido Vaccarezza (PT-SP) obteve na Junta Comercial dados a respeito da linha sucessória de sócios da Excitant. E consta como um últimos dos sócios da empresa um sobrinho do bicheiro Carlos Cachoeira, de nome Leonardo de Almeida Ramos.

Autor: Tags: , , , ,

Congresso | 12:08

Multidão lota depoimento de Perillo

Compartilhe: Twitter

Uma multidão de assessores, jornalistas e curiosos tomou o plenário onde acontence o depoimento do governador de Goiás, Marconi Perillo (PSDB), à CPI do Cachoeira.

É tanta gente que o Senado liberou outras duas salas para que as pessoas acompanhem a oitiva.

Assista:

Autor: Tags: , ,

Congresso | 11:21

Caciques da oposiçao acompanham depoimento de Perillo

Compartilhe: Twitter

O presidente do PSDB, Sérgio Guerra (PE), e o líder do DEM no Senado, José Agripino (RN), acompanham de perto o depoimento do governador de Goiás, Marconi Perillo (PSDB), na CPI do Cachoeira.

Até então, os dois caciques vinham mantendo distância das oitivas da CPI.

Diante da ameça de quebra de sigilo de Perillo, no entanto, Guerra improvisou uma cadeira na ponta da primeira bancada da comissão.

Já Agripino sentou-se na segunda fila, entre os senadores Pedro Taques (PDT-MT) e Kátia Abreu (PSD-TO).

Autor: Tags: , , , ,

Congresso | 08:36

PT do DF torce para os petistas não baterem muito em Perillo

Compartilhe: Twitter

O PT do país inteiro torce para que o o governador de Goiás, Marconi Perillo (PSDB), se dane no depoimento de hoje na CPI do Cachoeira.

Mas os petistas de Brasília cruzam os dedos para que seus colegas de outros estados não batam muito no tucano.

É que amanhã será a vez de o governador de Brasília, Agnelo Queiroz (PT), prestar depoimento.

E seus correligionários no Distrito Federal temem a virulência com que os membros do PSDB na CPI reagirão, amanhã, aos ataques de hoje dos petistas a Perillo.

Autor: Tags: , , , , ,

segunda-feira, 11 de junho de 2012 Congresso | 08:28

Depoimento de Perillo pode resultar na quebra de seu sigilo bancário e fiscal

Compartilhe: Twitter

O PT está decidido a pedir a quebra dos sigilos bancário e fiscal do governador de Goiás, Marconi Perillo (PSDB), que depõe nesta terça-feira na CPI do Cachoeira.

O pedido só não ocorrerá se Perillo convencer durante o depoimento os parlamentares, especialmente do PMDB, sobre a normalidade da operação de venda de sua casa num condomínio de Goiânia onde foi preso o banqueiro do bicho Carlinhos Cachoeira.

O requerimento de quebra do sigilo deve ser apresentado na sessão administrativa de quinta-feira. Mas se o presidente da CPI, Vital do Rego (PMDB-PB), marcar uma sessão administrativa logo após o depoimento, o requerimento pode ser antecipado.

Para a quebra do sigilo ser aprovada, no entanto, os petistas não precisam apenas dos votos dos peemedebistas.

Precisarão também do apoio dos integrantes de outros partidos da base aliada, assim como dos chamados “independentes” na CPI — liderados pelos senadores Pedro Taques (PDT-MT) e Randolfe Rodrigues (PSol-AP) e pelo deputado Miro teixeira (PDT-RJ).

Esses dois grupos foram decisivos ao votarem pela convocação do governador de Brasília, o petista Agnelo Queiroz, que irá depor na quarta-feira.

O PSDB sabe disso e já começou uma operação de aproximação junto aos independentes e aos partidos aliados ao PT na base governista para tentar blindar o governador.

Mas isso também depende do depoimento. Porque até entre os tucanos que integram a CPI diz-se que, se Perillo não convencer, ele será entregue às feras.

Autor: Tags: , , ,

  1. Primeira
  2. 1
  3. 2
  4. 3
  5. 4
  6. 5
  7. Última