Publicidade

Posts com a Tag Marconi Perillo

quarta-feira, 30 de maio de 2012 Congresso | 09:16

Aneurisma deve impedir testemunha de depor na CPI

Compartilhe: Twitter

O Presidente da Agência Goiana de Transportes e Obras (Agetop), Jayme Rincón, não deve comparecer na reunião de amanhã da CPI do Cachoeira.

Ele entregou um atestado de saúde ao presidente da comissão, senador Vital do Rêgo (PMDB-PB), no qual relata sofrer de aneurisma cerebral, diagnosticado há cerca de um ano.

Rincón foi um dos principais arrecadadores da campanha que elegeu Marconi Perillo (PSDB) para o governo de Goiás em 2010.

Ele teria participado de conversas envolvendo imóvel de Perillo, que a Polícia Federal suspeita ter sido usado pelo bicheiro Carlinhos Cachoeira para repassar dinheiro ao tucano.

A ausência de Rincón preocupa parlamentares da CPI, porque ele era o único dos cinco depoentes que compareceria amanhã como testemunha, não como acusado. O que aumentaria a chance de que detalhasse o esquema de Cachoeira.

Autor: Tags: , ,

terça-feira, 29 de maio de 2012 Congresso | 18:10

Perillo comparece à CPMI do Cachoeira: “tenho minha vida limpa e estou tranquilo”

Compartilhe: Twitter

O governador de Goiás, Marconi Perillo (PSDB), se antecipou ao pedido de convocação à CPMI do Cachoeira e foi até a comissão nesta terça-feira.

Na sessão de hoje, os parlamentares governistas colocaram na pauta um requerimento para quebrar o sigilo do governador.

O requerimento de convocação de Perillo e dos governadores do Distrito Federal, Agnelo Queiroz (PT) e do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral (PMDB), foram adiados.

Perillo disse estar a disposição dos integrantes da CPMI, declarou ter uma vida limpa e estar tranquilo.

Assista:

Autor: Tags: , , , ,

segunda-feira, 28 de maio de 2012 Congresso | 08:38

Gilmar Mendes e governadores apontam para semana de radicalização na CPI do Cachoeira

Compartilhe: Twitter

A semana promete na CPI do Cachoeira.

Primeiro, porque o PSDB já estava decidido a empunhar armas contra o PT e oPMDB na votação amanhã dos requerimento de convocação de governadores para depor.

Conforme Poder Online antecipou, peemedebistas e petistas decidiram não admitir que sejam chamados os governadores Sérgio Cabral (PMDB-RJ) e Agnelo Queiroz (PT-DF), mas exigem a convocação do governador tucano de Goiás, Marconi Perillo.

Para piorar o clima na CPI, apareceu agora na revista Veja uma acusação do ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal federal, segundo a qual o ex-presidente Lula teria lhe pedido para adiar o julgamento do mensalão em troca de blindagem na CPI.

O PSDB já marcou reunião para decidir como levar o assunto para à CPI nesta semana.

E petistas da CPI ouvidos pelo Poder Online prometem retaliar: devem discutir esta semana como desenterranr requerimentos contra a revista e investigar o que Gilmar Mendes tanto teme que poderia ser objeto de blindagem.

Autor: Tags: , , , , ,

sexta-feira, 25 de maio de 2012 Congresso | 08:23

PT e PMDB rejeitam acordo e só aceitam convocar governador tucano à CPI

Compartilhe: Twitter

O comando do PSDB na CPI  acenou para os governistas com o seguinte acordo: a aprovação por consenso, na próxima terça-feira, da convocação dos governadores Marconi Perillo (PSDB-GO), Sérgio Cabral (PMDB-RJ) e Agnelo Queiroz (PT-DF).

Mas o PT e o PMDB não aceitaram.

Os dois partidos avaliam que têm votos suficientes para  passar o trator sobre os tucanos.

Colocadas em pauta as convocações, vão derrubar qualquer pretensão contra Cabral e Agnelo. E obrigarão apenas o tucano Marconi Perillo a depor na CPI.

Daí porque o clima esquentou ontem no depoimento do ex-vereador Wladimir Garcez, do PSDB de Goiás. A sessão de votação sobre a presença dos governadores promete um clima ainda mais pesado.

Autor: Tags: , , , , , , , ,

quinta-feira, 17 de maio de 2012 Congresso | 18:54

Tucanos se arrependem de dar vaga para Randolfe em CPMI

Compartilhe: Twitter

Parte da bancada do PSDB passou a lamentar ter dado uma vaga do partido para o senador Randolfe Rodrigues (PSOL-AP) integrar a CPMI do Cachoeira.

Isso porque ele tem sido um dos maiores defensores da convocação do governador de Goiás, Marconi Perillo (PSDB), que apareceu em conversas constrangedoras com o bicheiro.

Na semana passada, a substituição de Rodrigues chegou a ser aventada. Os tucanos, porém, tiraram o pé do acelerador ao avaliar que a mudança teria uma péssima repercussão na imprensa.

Autor: Tags: , , , ,

quarta-feira, 2 de maio de 2012 Congresso | 07:01

Denúncias contra Cabral aproximam PT e PMDB na CPI do Cachoeira

Compartilhe: Twitter

O comando nacional do PT está instruindo os representantes do partido na CPI do Cachoeira a darem total apoio ao PMDB.

Os peemedebistas, antes, estavam a cavelheiro na CPI e pretendiam vender caro seu apoio ao PT.

Afinal, ainda não tinha aparecido nenhuma denúncia contra políticos expressivos do PMDB, e a expectativa era de convocação de dois governadores apenas — o de Brasília,  Agnelo Queiroz (DF), e o de Goiás, Marconi Perillo (PSDB).

Mas agora o governador do Rio, Sérgio Cabral (PMDB), também entrou na berlinda, com as denúncias de que privilegiou a Delta Engenharia devido à sua amizade com o dono da empresa, Fernando Cavendish.

Os petistas acreditam que, com isso, ficará mais fácil e natural uma aliança entre os dois maiores partidos da base do governo no Congresso — PMDB e PT — contra os partidos da oposição.

A preocupação no PMDB em refazer sua estratégia é tanta que o líder do partido no Senado, Renan Calheiros (AL), e o presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP), convocaram o presidente da CPI do Cachoeira, senador Vital do Rego (PB), para uma reunião  ontem mesmo, durante o feriadão do Dia do Trabalhador.

A dificuldade de Renan & Cia será com o seu próprio partido. Representante da legenda na CPI, o senador Ricardo Ferraço (PMDB-ES) já declarou alto e bom som, aqui no Poder Online, que não vê como se evitar  depoimento.

Autor: Tags: , , , , , ,

quinta-feira, 26 de abril de 2012 Congresso | 08:47

Fitas da PF sugerem que Marconi Perillo recebeu R$ 500 mil de Cachoeira

Compartilhe: Twitter

O blog Quid Novi, do jornalista Mino Pedrosa, divulgou parte do processo da Operação Monte Carlo, da Polícia Federal, segundo a qual o governador de Goiás, Marconi Perillo, teria recebido do bicheiro Carlinhos Cachoeira um pacote  de R$ 500 mil, acondicionado numa caixa de computador.

O intermediário da negociação teria sido, segundo o blog, o ex-vereador de Goiânia Wladimir Garcês.

Para ouvir os áudios com as gravações clique aqui: http://quidnovi.com.br/novo/mino/detalhe.asp?c=404

Autor: Tags: , ,

quarta-feira, 25 de abril de 2012 Congresso | 09:25

PSDB e PT já consideram inevitáveis os depoimentos de Agnelo e Perillo à CPI

Compartilhe: Twitter

O PT se rendeu ao anúncio feito ontem pelo líder do PSDB na Câmara, Bruno Araújo (PE), de que o partido apresentará requerimento à CPI do Cachoeira para convocação de dois governadores: o tucano Marconi Perillo (GO) e o petista Agnelo Queiroz (DF).

Conforme a coluna antecipou no dia 16, PSDB e PT já estavam dispostos a entregar as cabeças de Perillo e Agnelo, se este for o preço a pagar pelo desgaste que acreditam que uma investigação aprofundada na CPI irá causar no partido adversário.

Agora com o anúncio público feito pelo PSDB, o PT também já dá como inevitável o depoimento de Agnelo na CPI.

Aliás, o presidente do partido, Rui Falcão, disse isso ao próprio governador de Brasília no encontro que tiveram esta semana.

O mesmo comunicado o presidente do PSDB, deputado Sérgio Guerra (PE), fez ao governador de Goiás.

Autor: Tags: , , , , ,

segunda-feira, 16 de abril de 2012 Congresso | 06:01

PSDB e PT estão dispostos a entregar as cabeças de Agnelo Queiroz e Marconi Perillo

Compartilhe: Twitter

Agnelo Queiroz (Foto: Agência Estado)

Marconi Perillo (Foto: Agência Senado)

Deputados e senadores do  PSDB e o do DEM afirmam publicamente — e parecem acreditar nisso — que a CPI do Cachoeira levantará escândalos em obras e em jogatinas no país inteiro. E que isso acabará ferindo de morte parte significativa da cúpula do PT.

A cúpula do PT, por sua vez, decidiu apostar na CPI sem nem mesmo consultar o Palácio do Planalto. Isso porque acredita que as investigações comprometerão figuras carimbadas da oposição. E, sobretudo, vão revelar as fontes das principais denúncias contra o partido que apareceram na imprensa até hoje.

Mas nos dois lados tem gente preocupada e sofrendo os primeiros baques com o notíciário.

Na oposição, além do DEM de Demóstenes Torres, o PSDB já está vendo entrar no fogo cruzado o governador de Goiás, Marconi Perillo.

Na área do PT, o governador do Distrito Federal, Agnelo Queiroz, se transformou no alvo do momento.

Publicamente, o PT saiu em defesa de Agnelo; e o PSDB, em defesa de Perillo.

No bastidores, no entanto, cabeças coroadas dois partidos afirmam que estão dispostos a entregar esses governadores, se tiverem como recompensa o estrago que imaginam que farão no adversário.

Autor: Tags: , , , , , ,

quinta-feira, 12 de abril de 2012 Estados | 12:01

“Cachoeira de Lágrimas” vira trilha sonora do escândalo em Goiás

Compartilhe: Twitter

Em Goiás, a oposição ao governo do Estado escolheu até trilha sonora para infernizar a vida de partidos como PSDB e DEM: trata-se da música “Cachoeira de Lágrimas”, cantada pela dupla Carlito e Baduy.

O refrão não poderia ser mais emblemático:

“Cachoeira, cachoeira… Cachoeira de lágrimas, cachoeira!”.

Ouça:

Autor: Tags: , , , ,

  1. Primeira
  2. 2
  3. 3
  4. 4
  5. 5
  6. 6
  7. Última