Publicidade

Posts com a Tag mensalão

quarta-feira, 6 de maio de 2015 Governo | 13:36

‘Estamos confiantes de que Pizzolato será extraditado’, diz Adams

Compartilhe: Twitter
Luís Inácio Adams (Foto: ABr)

Luís Inácio Adams (Foto: ABr)

O ministro da Advocacia-Geral da União, Luís Inácio Adams, disse não ver motivo de preocupação para o governo brasileiro na decisão do Tribunal Administrativo Regional de Lácio, na Itália, ter suspendido a extradição do ex-diretor do Banco do Brasil Henrique Pizzolato.

Ao Poder Online, Adams disse que a decisão é parte do processo de julgamento e que não há motivo algum para esperar que prevaleça a posição de um tribunal administrativo que vá contra o que já determinou a Corte de Cassação do país europeu.

“Não há motivo algum para preocupação. Nós estamos confiantes de que o Pizzolato será extraditado. Esta decisão apenas faz parte do processo de julgamento. Mas não há razão para uma decisão de um tribunal administrativo se sobrepor a outras decisões”, disse Adams.

Leia mais: Tribunal da Itália suspende extradição de Henrique Pizzolato

 

Autor: Tags: , ,

quarta-feira, 4 de março de 2015 Política | 17:22

Aos amigos, Genoino mostrou-se animado em retomar ‘vida normal’

Compartilhe: Twitter
José Genoino

José Genoino

Aos mais próximos, o ex-deputado José Genoino não disfarçava nos últimos dias a ansiedade com a possibilidade de ter a pena extinta por um indulto, que se concretizou nesta quarta-feira.

A interlocutores, o ex-presidente do PT, condenado no julgamento do mensalão, disse estar ansioso para retomar a vida normal.

Leia também: STF extingue pena de José Genoino

Autor: Tags: , ,

quarta-feira, 11 de fevereiro de 2015 Internacional | 12:15

Governo torce por extradição de Pizzolato, mas considera julgamento imprevisível

Compartilhe: Twitter
Henrique Pizzolato (Foto: Antonio Cruz/Abr)

Henrique Pizzolato (Foto: Antonio Cruz/Abr)

O Planalto tem esperanças de conseguir a extradição do ex-diretor do Banco do Brasil Henrique Pizzolato, cujo caso será analisado nesta quarta-feira na Corte de Cassação de Roma. Mas a decisão que será tomada pela Justiça italiana, diz o ministro da Advocacia-Geral da União, Luís Inácio Adams, é imprevisível.

A defesa de Pizzolato conseguiu manter o réu do mensalão em solo italiano até agora, ao apontar a precariedade das condições precárias do sistema prisional brasileiro. Uma preocupação em relação ao julgamento de hoje é que uma vitória de Pizzolato possa dificultar todos os pedidos de extradição futuros feitos pelo Brasil.

 

Autor: Tags: , , ,

quarta-feira, 21 de janeiro de 2015 Partidos | 09:00

Críticos de Marta agora relembram o mensalão

Compartilhe: Twitter
Marta Suplicy (Foto: Agência Senado)

Marta Suplicy (Foto: Agência Senado)

Quem não gostou nada das recentes críticas de Marta Suplicy à presidente Dilma Rousseff e ao PT remonta ao escândalo do mensalão para dar o troco.

Marta, na época, era dirigente do PT. E, segundo colegas de partido, mal aparecia nas reuniões do diretório nacional no auge do escândalo. Era na porta do prédio da Rua Silveira Martins, no centro da capital paulista, que líderes petistas davam a cara para bater no auge das denúncias.

Ou seja, se Marta queria mesmo mudar o que havia de errado no partido, diz um petista, poderia ter começado por ali.

Autor: Tags: , ,

sexta-feira, 5 de dezembro de 2014 Governo | 20:24

Roberto Jefferson acompanha atentamente denúncias da Lava Jato

Compartilhe: Twitter
O ex-deputado federal Roberto Jefferson (PTB-RJ).

O ex-deputado federal Roberto Jefferson (PTB-RJ).

O delator do mensalão petista e ex-deputado federal Roberto Jefferson (PTB-RJ) tem acompanhado atentamente os desdobramentos da Operação Lava Jato da Polícia Federal. Embora preso desde fevereiro, Jefferson publica análises diárias sobre o tema, por meio de sua assessoria.

Hoje à tarde, por exemplo, seu blog trazia um comentário sobre as denúncias de que o pagamento de propina ocorreriam não apenas na Petrobras, mas em diversos outros setores de infraestrutura.

Diante disso, dizia o texto, a solução seria uma só: “É tão claro como a luz do sol: é preciso privatizar as estatais, cujas burocracias se aliam a políticos indicados pelos partidos pra sangrar os cofres públicos. Que o desinfetante da privatização ajude a limpar a corrupção, hoje generalizada”.

Leia também: Justiça aplica critérios diferentes para cobrar multas do mensalão

Autor: Tags: , , , , ,

sexta-feira, 28 de novembro de 2014 Política | 06:00

José Dirceu vai de táxi

Compartilhe: Twitter
José Dirceu (Foto: Alan Sampaio/iG Brasília)

José Dirceu (Foto: Alan Sampaio/iG Brasília)

Quem conhece bem o ex-ministro José Dirceu estranhou a informação de que ele anda circulando por Brasília de taxi.

Antes de ser preso, o ex-chefe da Casa Civil só andava em carro com motorista.

Autor: Tags: , ,

terça-feira, 11 de novembro de 2014 Política | 16:30

Blog de José Dirceu pode ganhar novo layout

Compartilhe: Twitter

A equipe que cuida do blog do ex-ministro José Dirceu na internet anda pensando na possibilidade de dar à página um novo layout.

Por enquanto, o site, seguirá sendo alimentado pela equipe de colaboradores que abasteceu a página desde a prisão do petista, após sua condenação no julgamento do mensalão.

Autor: Tags: , ,

Política | 06:00

José Dirceu está em ‘fase de transição’

Compartilhe: Twitter

O ex-ministro José Dirceu  vai tirar as próximas semanas para fazer uma “transição” para sua nova rotina, agora que entrou no regime aberto. O petista já poderia retomar diversas atividades, como a prestação de serviços de consultoria.

Dirceu tem dito que está, primeiro, se recuperando do período que atravessou. Por enquanto, não pretende retomar sequer os posts em seu blog na internet, que desde sua condenação no julgamento do mensalão foi alimentado por uma equipe de colaboradores.

Ainda assim, ele continua empolgado com os planos de se casar com sua namorada Simone Tristão Pereira.

 

Autor: Tags: , , ,

quarta-feira, 29 de outubro de 2014 Justiça | 11:32

Governo vê cidadania como chave para Pizzolato, mas não descarta influência do caso Battisti

Compartilhe: Twitter
Henrique Pizzolato (Foto: Antonio Cruz/Abr)

Henrique Pizzolato (Foto: Antonio Cruz/Abr)

A avaliação feita pelo governo diante da decisão da Itália de negar a extradição ao ex-diretor do Banco do Brasil Henrique Pizzolato é a de que o fator determinante foi mesmo o fato de o réu condenado a mais de 12 anos de prisão por seu envolvimento no mensalão ter cidadania italiana.

Mas, em reservado, integrantes do governo reconhecem que pode ter havido uma influência de todo o desgaste que marcou a relação entre Brasil e Itália no caso do ex-ativista Cesare Battisti. Após um longo processo, pautado por um acirramento dos ânimos entre os dois países, o ex-integrante do grupo Proletários Armados pelo Comunismo teve sua extradição negada pelo Brasil em 2011.

Esse “rancor”, aponta um interlocutor da presidente Dilma Rousseff, pode ter se manifestado em algumas etapas do processo, contribuindo para a decisão final das autoridades italianas de negar a extradição e soltar o ex-diretor do BB. De qualquer forma, a orientação dada pela presidente à equipe é a de que evitar qualquer tipo de atrito diplomático e seguir os trâmites jurídicos cabíveis para recorrer da decisão.

Leia também: Cesare Battisti leva vida modesta no Rio de Janeiro

Autor: Tags: , , , , , ,

terça-feira, 28 de outubro de 2014 Justiça | 17:31

‘Temos presídios com perfeita capacidade de assegurar direitos humanos’, diz ministro da Justiça

Compartilhe: Twitter
Ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo. (Foto: Agência Brasil)

Ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo. (Foto: Agência Brasil)

O ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, fez coro ao titular da Advocacia-Geral da União, Luís Inácio Adams, ao comentar a decisão da Justiça italiana de negar a extradição ao ex-diretor do Banco do Brasil Henrique Pizzolato.

Ao Poder Online, Cardozo confirmou que o governo vai recorrer da decisão e disse que o argumento fundamental será o de que o país tem como oferecer condições adequadas para que ele cumpra a pena em um presídio brasileiro.

“A decisão da Justiça italiana deve ser respeitada. Agora, eu sou e sempre fui um crítico da situação dos presídios brasileiros. Reconheço que há problemas. Mas isso não significa em momento algum que não tenhamos presídios com condições adequadas. Temos presídios com perfeita capacidade de assegurar o respeito aos direitos humanos”, disse Cardozo.

Ele reiterou que o governo brasileiro insistirá em oferecer as estruturas disponíveis em Brasília e Santa Catarina, para receber o réu condenado do mensalão.

Leia também: ‘Temos como garantir que Pizzolato cumprirá pena em condições adequadas, reage Luís Inácio Adams

Autor: Tags: , , , ,

  1. Primeira
  2. 1
  3. 2
  4. 3
  5. 4
  6. 5
  7. 10
  8. 20
  9. 30
  10. Última