Publicidade

Posts com a Tag Ministério da Fazenda

quinta-feira, 20 de novembro de 2014 Economia | 21:55

Vai-vém na definição da equipe econômica recoloca atenções em Nelson Barbosa

Compartilhe: Twitter

Depois de idas e vindas nas negociações para a indicação da nova equipe econômica, integrantes do governo ainda apostam escolha pode caminhar novamente para o ex-secretário-executivo da pasta Nelson Barbosa. Dilma convidou sem sucesso Luiz Carlos Trabuco para a vaga e incluiu na lista de cotados Joaquim Levy, respectivamente presidente do banco Bradesco e ex-secretário do Tesouro.

Barbosa que figurou desde o início na lista de favoritos de Dilma. Além de ser um nome da confiança da presidente, ele se mostrou resistente à linha seguida pelo atual titular Guido Mantega, o que, na visão do governo, representaria uma boa sinalização de mudança para o mercado.

As conversas, entretanto, prosseguiram hoje em São Paulo, para onde a presidente e o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva viajaram nesta quinta-feira, por causa do velório do ex-ministro Márcio Thomaz Bastos. Há quem avalie ainda que Dilma pode surpreender e escolher um nome que até agora não apareceu na lista de cotados.

A expectativa é de que o anúncio ocorra, no máximo, até o começo da semana que vem. Pode acontecer já nesta sexta-feira.

Autor: Tags: , , , , , ,

quarta-feira, 29 de outubro de 2014 Governo | 09:00

Para oposição, Dilma faz cortina de fumaça em torno da indicação para a Fazenda

Compartilhe: Twitter
A presidente Dilma Rousseff. (Foto: Alan Sampaio / iG Brasília)

A presidente Dilma Rousseff. (Foto: Alan Sampaio / iG Brasília)

Integrantes da oposição avaliam que a presidente Dilma Rousseff decidiu criar uma cortina de fumaça em torno do Ministério da Fazenda. A tese é que a presidente decidiu deixar correr solta a especulação de que a vaga poderia ir para nomes como o ministro da Casa Civil, Aloizio Mercadante, ou o ex-secretário da pasta Nelson Barbosa, justamente para desviar as atenções das articulações que estão em andamento.

A aposta é que a presidente estaria pensando mesmo em um nome menos político e mais ligado ao mercado para o posto.

Autor: Tags: , , ,

quarta-feira, 5 de fevereiro de 2014 Política | 14:29

Governo rejeita pedido de prefeitos por desoneração dos transportes

Compartilhe: Twitter

O secretário-executivo-interino do Ministério da Fazenda, Dyogo Henrique de Oliveira, deu sinais de que o governo não vai mesmo endossar a campanha pela aprovação do Regime Especial de Incentivos para o Transporte Coletivo Urbano e de Caráter Urbano de Passageiros, o Reitup, projeto que tramita no Congresso e cria um sistema tributário diferenciado para o setor.

Leia também: Para segurar tarifa de ônibus, prefeitos pedirão a Dilma nova desoneração

Prefeitos fizeram nesta semana uma romaria a Brasília, na esperança de conseguir apoio para a desoneração. O argumento colocado é o de que, sem a aprovação do projeto, será impossível conter o aumento das passagens de ônibus no ano eleitoral.

Segundo o presidente da Frente Nacional de Prefeitos (FNP) e prefeito de Porto Alegre (RS), José Fortunati (PDT), Oliveira afirmou que “o momento seria complicado” para esse tipo de ação.

Saiba mais: Estudo do Ipea resgasta proposta de desoneração do transporte

Autor: Tags: , , ,

quinta-feira, 29 de agosto de 2013 Congresso | 08:00

Petista diz que desoneração de remédios faria preços recuarem 34%

Compartilhe: Twitter

Francisco Chagas (PT-SP) protocolou na noite de quarta-feira uma PEC propondo a desoneração de toda a cadeia produtiva de remédios.

Segundo o petista, a PEC 301 retirará os 34,5% de impostos que incidem sobre medicamentos. Ele diz que o repasse poderá ser integralmente repassado para o consumidor uma vez que o projeto pretende abranger a cadeia produtiva como um todo.

Chagas diz que um estudo do Ministério da Fazenda estimou que a desoneração resultaria numa perda anual de R$ 3 bilhões para os cofres do governo.

Ele acredita que o impacto possa se minimizado. “O governo é o maior comprador de remédios, gasta R$ 8 bilhões com remédios. Então o próprio governo seria beneficiado pela queda no preço”, defendeu ele.

Autor: Tags: , , ,

quinta-feira, 12 de janeiro de 2012 Economia | 13:54

Fazenda avalia o custo PMDB na Comissão de Finanças e Tributação

Compartilhe: Twitter

A troca de comando da Comissão de Finanças e Tributação da Câmara do PT para o PMDB está preocupando quem é responsável pela chave do cofre do governo, ou seja, o Ministério da Fazenda.

É que no primeiro ano de governo Dilma, o PT estava à frente da comissão e o PMDB atuou, nas questões que mais ameaçavam o caixa da União, ao lado da oposição.

A principal delas foi o reajuste dos salários do Judiciário, quando parlamentares peemedebista chegaram a sair do plenário da comissão no dia da votação.

A questão agora é se, na presidência, o PMDB estaria disposto a contribuir para o superávit primário ou para eleger prefeitos Brasil afora.

Autor: Tags: , ,

quarta-feira, 11 de janeiro de 2012 Governo | 13:54

Dilma interrompe férias de Mantega

Compartilhe: Twitter

O ministro da Fazenda, Guido Mantega (Foto: Ernesto Rodrigues/AE)

A presidenta Dilma Rousseff convocou uma reunião, de surpresa, com ministro da Fazenda, Guido Mantega, que estava de férias até o dia 15.

O Diário Oficial de hoje publica a interrupção do descanso do ministro, segundo o despacho até amanhã. A reunião entre os dois não foi divulgada oficialmente pela pasta. Na agenda de Dilma, estava prevista apenas uma reunião com o secretário-executivo, Nelson Barbosa, às 10h15.

Autor: Tags: , , , ,

terça-feira, 2 de agosto de 2011 Governo | 14:56

Governo aumentou em cima da hora devolução em dinheiro para exportadores

Compartilhe: Twitter

O percentual a ser devolvido ao exportador de bens industrializados foi discutido até o último instante pelos ministros que elaboraram a nova política industrial, chamada Plano Brasil Maior, lançada hoje pela presidenta Dilma Rousseff.

Tanto que alguns releases entregues durante o lançamento do plano ainda traziam a devolução de 0,5% da receita da exportação. Na versão final, o Ministério da Fazenda cedeu e a alíquota subiu para 3%.

Autor: Tags: , , ,

terça-feira, 14 de junho de 2011 Estados | 09:02

Cid Gomes e Déda entregam carta com reivindicações ao ministro da Fazenda

Compartilhe: Twitter

Os governadores do Ceará, Cid Gomes, e de Sergipe, Marcelo Déda, se encontram hoje com o ministro da Fazenda, Guido Mantega, para entregar a Carta de Fortaleza, resultado do II Fórum dos Governadores do Nordeste, que ocorreu na última sexta-feira.

Os estados nordestinos pleiteiam uma situação fiscal mais igualitária em relação aos estados do centro-sul, mais desenvolvidos.

Em um dos pontos da carta, os governadores pedem que o ICMS (Imposto Sobre Circulação de Mercadoria e Prestação de Serviço) sobre o comércio eletrônico seja recolhido onde está o consumidor, e não onde está a empresa.

* Colaborou Danilo Fariello

Autor: Tags: , , , , ,

sexta-feira, 27 de maio de 2011 Governo | 19:04

Eunício e José Guimarães se impacientam com demora para serem atendidos por ministro

Compartilhe: Twitter

A assessoria de comunicação do governo do Ceará informou que, diferentemente do noticiado por Poder Online, o governador Cid Gomes foi recebido pelo ministro da Fazenda, Guido Mantega.

O senador Euníco Oliveira (PMDB-CE) e o deputado José Guimarães (PT-CE) — que acompanharam Cid em sua visita ao ministério — é que, depois de um tempo na sala de espera, deram meia-volta.

Quando Cid e o assessor de Mantega voltaram à sala para chamá-los para a reunião, os dois já tinham voltado para o Congresso.

Autor: Tags: , , , ,

quinta-feira, 26 de maio de 2011 Governo | 17:11

Cid Gomes e Eunício são impedidos de falar com ministro da Fazenda

Compartilhe: Twitter

Acompanhado pelo senador Eunício Oliveira (PMDB-CE) e pelo deputado José Guimarães (PT-CE), o governador do Ceará, Cid Gomes (PSB), bem que tentou fazer uma visita ao ministro da Fazenda, Guido Mantega, na semana passada.

Cid queria tratar de um anteprojeto de reforma tributária e de levantamento da miséria no Ceará.

Mas, ao chegar no ministério, foram impedidos pela assessoria de falar com o ministro, porque “não haviam agendado a audiência”.

Tiveram que dar meia-volta. 

Em tempo: Mantega já telefonou para os três. Pediu desculpas.

Autor: Tags: , , , , , , ,

  1. Primeira
  2. 1
  3. 2
  4. Última