Publicidade

Posts com a Tag Ministério da Saúde

quinta-feira, 30 de abril de 2015 Governo | 13:11

‘Crise mais difícil de gerenciar foi a do Zé Gotinha’, diz Ministro da Saúde

Compartilhe: Twitter

Em meio a uma entrevista coletiva para anunciar a nova campanha de vacinação contra a gripe do governo federal, o ministro da Saúde, Arthur Chioro, aproveitou para homenagear o funcionário que há anos veste a fantasia do personagem Zé Gotinha, em ações do ministério.

Bem-humorado, Chioro lembrou um episódio em que outra organização contratou um funcionário para se fantasiar como o personagem, criando uma “crise de identidade”.

“A crise mais difícil que eu tive de gerenciar desde que eu vim aqui, mais do que o Labogen, foi a crise dos dois Zé Gotinhas”, disse o ministro.

Assista:

Autor: Tags: , ,

terça-feira, 28 de abril de 2015 Congresso | 07:00

‘É factoide’, diz petista sobre tentativa do PSDB de expulsar cubanos do Mais Médicos

Compartilhe: Twitter

O deputado federal e idealizador do programa Mais Médicos Odorico Monteiro (PT-CE) reagiu diante da tentativa dos senadores tucanos Cássio Cunha Lima (PB) e Aloysio Nunes (SP) de cancelarem o convênio que permitiu a vinda de cerca de 11,4 mil médicos cubanos para trabalharem no Brasil, por meio do programa do governo federal.

“O programa Mais Médicos hoje é uma realidade, 90% da população brasileira aprovam esses médicos. Os médicos brasileiros que estavam resistindo hoje já percebem que há a perfeita integração entre os médicos cubanos e os médicos brasileiros”, afirmou Monteiro. “Não tem praticamente uma queixa nos conselhos regionais de medicina sobre qualquer tipo de prática desses médicos. Então, isso se trata de uma perseguição política, de criar um factoide político aqui no Congresso, pra fazer oposição”, completou.

Caso aprovado, o projeto de decreto legislativo 33/2015 invalidará o termo de cooperação firmado entre o governo brasileiro e a Organização Pan-Americana da Saúde (Opas), levando à expulsão dos médicos cubanos do programa. O projeto está em tramitação na Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania do Senado.

Assista:

Autor: Tags: , , , , ,

quarta-feira, 4 de fevereiro de 2015 Governo | 17:37

Chioro será segundo ministro a participar de bate-papo na internet

Compartilhe: Twitter
Ministro da Saúde, Arthur Chioro. (Crédito: Agência Brasil)

Ministro da Saúde, Arthur Chioro. (Crédito: Agência Brasil)

Depois de Juca Ferreira, Arthur Chioro vai participar da série de bate-papos na internet organizada pelo PT.

O ministro da Saúde falará aos internautas amanhã, a partir das 15 horas.

Autor: Tags: , , ,

sexta-feira, 8 de agosto de 2014 Eleições | 13:30

Ao lado de Dilma, Eduardo Cunha faz campanha contra legalização do aborto

Compartilhe: Twitter
Eduardo Cunha (foto: divulgação)

Eduardo Cunha (foto: divulgação)

O deputado federal e candidato à reeleição Eduardo Cunha (PMDB-RJ) aproveitou a presença da presidente Dilma Rousseff e de mais de 6 mil pessoas no Congresso Nacional das Mulheres da Assembleia de Deus, nesta sexta-feira, para exaltar a revogação da portaria 415 do Ministério da Saúde, que regulamentava o acesso a mulheres vítimas de violência sexual pelo SUS.

Leia também: Feministas lançam campanha ‘Não estuprem uma mulher duas vezes’

O deputado foi um dos principais articuladores da bancada evangélica no Congresso Nacional pela revogação da portaria e tem usado a conquista como bandeira de campanha contra a legalização do aborto.

No evento, Dilma disse ainda ter “certeza de que no Brasil nunca se apoiou, fortaleceu e investiu tanto na família quanto em meu governo”.

Saiba mais: Após derrubar portaria, Eduardo Cunha tenta revogar lei de atendimento a vítimas de violência sexual

Autor: Tags: , , , , , ,

segunda-feira, 14 de julho de 2014 Governo | 13:42

Mulheres cobram do governo regulamentação do atendimento a vítimas de violência sexual

Compartilhe: Twitter
Ministro da Saúde, Arthur Chioro. (Crédito: Agência Brasil)

Ministro da Saúde, Arthur Chioro. (Crédito: Agência Brasil)

O ministro da Saúde, Arthur Chioro, receberá nesta tarde uma carta assinada por mais de cem organizações feministas pedindo a regulamentação da lei 12.845/2013, que trata do atendimento a vítimas de violência sexual pelo SUS.

Leia também: Após derrubar portaria, Eduardo Cunha tenta revogar lei sobre aborto

O documento questiona a revogação da portaria 415/2014, publicada em maio e revogada uma semana depois após pressão da bancada evangélica.

“Voltaremos a uma situação de dificuldade para as mulheres de acesso ao aborto legal e ao atendimento nos casos de violência sexual pela rede de atendimento do SUS. A redução do aporte financeiro com a revogação da Portaria nº 415 ameaça a qualidade e segurança destes atendimentos na rede pública de saúde”, diz a carta.

Autor: Tags: , , , , ,

quarta-feira, 4 de junho de 2014 Congresso | 07:30

Após derrubar portaria, Eduardo Cunha tenta revogar lei sobre aborto

Compartilhe: Twitter
Reunião entre Eduardo Cunha (PMDB-RJ) e o ministro da Saúde, Arthur Chioro. (Foto: Divulgação)

Reunião entre Eduardo Cunha (PMDB-RJ) e o ministro da Saúde, Arthur Chioro. (Foto: Divulgação)

A derrubada da portaria 415 do Ministério da Saúde – que regulamentava o acesso ao aborto legal pelo SUS – não satisfez o líder do PMDB na Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ).

Leia mais: Ministério da Saúde cede à pressão religiosa e revoga portaria sobre aborto

Nesta semana, Cunha e a bancada evangélica iniciaram uma articulação para revogar a lei 12.845, que garante atendimento imediato pelo SUS a mulheres vítimas de violência sexual, sancionada pela presidente Dilma Rousseff em 2013.

Sem acordo com os líderes partidários para votação do assunto na Comissão de Seguridade Social e Família, a estratégia é tentar levar o projeto direto para o Plenário.

Autor: Tags: , , , , ,

quinta-feira, 29 de maio de 2014 Eleições | 20:27

Com portaria revogada, Pastor Everaldo terá de buscar nova bandeira eleitoral

Compartilhe: Twitter
Pastor Everaldo (PSC)

Pastor Everaldo (PSC)

As comemorações do PSC após a revogação da portaria 415 – que regulamentava a realização do aborto no SUS, nos casos já previstos em lei – foram menores que o imaginado.

Leia mais: Ministério da Saúde cede à pressão religiosa e revoga portaria sobre aborto

O presidenciável Pastor Everaldo (PSC) pretendia usar a crítica sobre uma suposta legalização do aborto para atacar frontalmente a presidente Dilma Rousseff nas eleições e já tinha até uma preparado uma Ação Direta de Inconstitucionalidade para levar ao STF.

A pressão religiosa foi tanta, porém, que o ministro da Saúde, Arthur Chioro, se antecipou e decidiu revogar a portaria antes que o assunto gerasse mais polêmica. Agora, internamente, o partido já está revendo a estratégia midiática.

Autor: Tags: , , , , ,

Governo | 14:35

Ministério da Saúde cede à pressão religiosa e revoga portaria sobre aborto

Compartilhe: Twitter
Reunião entre Eduardo Cunha (PMDB-RJ) e o ministro da Saúde, Arthur Chioro. (Foto: Divulgação)

Reunião entre Eduardo Cunha (PMDB-RJ) e o ministro da Saúde, Arthur Chioro. (Foto: Divulgação)

Após se reunir com o líder do PMDB na Câmara e integrante da bancada evangélica, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), o ministro da Saúde, Arthur Chioro, decidiu revogar a portaria 415 – que regulamentava a realização do aborto no SUS, nos casos já previstos em lei.

Em seu site, Eduardo Cunha agradeceu a Chioro e relatou o telefonema no qual o ministro informou que haveria estudado melhor a portaria e entendido que “havia falhas, logo resolveu revogá-la para melhor estudá-la”.

Publicada na semana passada, a portaria estabelecia que o governo deveria pagar R$ 443,30, por cirurgia, aos hospitais. Além disso, alterava o nome do procedimento de “curetagem” para “interrupção da gestação ou antecipação do parto”.

De acordo com a bancada evangélica, no entanto, o texto abria margem para realização de aborto em outros casos. Por isso, o PSC chegou a afirmar que iria recorrer na justiça para revogá-la, com o apoio do senador Magno Malta (PR-ES) e outras lideranças religiosas.

Autor: Tags: , , , , ,

terça-feira, 13 de maio de 2014 Congresso | 19:00

Dr. Rosinha entra em bate-boca com enfermeiros sobre jornada de trabalho

Compartilhe: Twitter

Um grupo de enfermeiros que protestavam no Salão Verde da Câmara dos Deputados na tarde desta terça-feira acabou entrando em um bate-boca com o deputado federal Dr. Rosinha (PT-SP). O motivo da discórdia foi o projeto que reduz a jornada de trabalho da categoria para 30 horas semanais.

Rosinha, que é médico, passou pelo grupo na entrada do Plenário e disse ser favorável à redução, mas com a condição de os trabalhadores terem dedicação exclusiva.

Rapidamente, o grupo questionou: “E o senhor, quando era médico, acumulava quantos empregos? Com esse piso salarial, não tem condições.” A partir daí, começou a confusão.

O grupo chegou a ser recebido pelo Ministro da Saúde, em busca de apoio governamental ao PL 2295/00. A mobilização faz parte de uma agenda nacional de mobilização, pelo Dia Mundial do Enfermeiro, celebrado no dia 12 de maio.

Assista ao vídeo da discussão:

Autor: Tags: , , , ,

quarta-feira, 7 de maio de 2014 Eleições | 13:03

Ministro da Saúde planeja fazer balanço do Mais Médicos em todos os estados

Compartilhe: Twitter

O ministro da Saúde, Arthur Chioro, planeja fazer um balanço do Mais Médicos em todos os estados do país. A intenção é que se reúna secretários estaduais e prefeitos em audiências para que o ministério tenha um feedback do programa. Além disso, a atividade fortaleceria uma das bandeiras do governo federal para a campanha à reeleição da presidente Dilma Rousseff.

O primeiro estado a receber Chioro será São Paulo. O secretário de Saúde do estado,  David Uip, representantes do Conselho Estadual de Saúde, da Associação Paulista de Municípios, da Frente Nacional de Prefeitos e do Conselho de Secretários Municipais do Estado de São Paulo serão convidados pelo deputado Edinho Silva (PT-SP) a participar do evento, ainda sem data marcada.

Leia tambémChega a 14 mil o número de profissionais do Mais Médicos

Autor: Tags: , , , ,

  1. Primeira
  2. 1
  3. 2
  4. 3
  5. 4
  6. 5
  7. Última