Publicidade

Posts com a Tag Mônica Valente

domingo, 15 de dezembro de 2013 Partidos | 07:00

‘Mulher de Delúbio é militante histórica’, diz vice-presidente do PT

Compartilhe: Twitter

A decisão de alocar a mulher do ex-tesoureiro do partido Delúbio Soares, Mônica Valente, na nova executiva nacional do PT foi tomada por ela ser “militante histórica” do partido. É o que afirma o vice-presidente da legenda, Alberto Cantalice, que na semana passada foi reconduzido ao posto, como resultado da eleição interna realizada em novembro.

Na montagem da nova direção petista, passou a valer a mudança no estatuto que prevê obrigatoriedade na maior participação de mulheres, jovens e minorias étnicas na executiva.

“Não tem problema com isso, absolutamente. Ela é militante histórica”, afirma Cantalice. Mônica Valente será secretária de Relações Internacionais do PT/

Alberto Cantalice, vice-presidente do PT (foto: divulgação)

Alberto Cantalice, vice-presidente do PT (foto: divulgação)

O principal objetivo da nova diretoria, segundo ele, é criar as condições para reeleger a presidente Dilma Rousseff. Leia abaixo a conversa de Cantalice com o Poder Online:

Quando vai ser a primeira reunião da executiva e quais os objetivos da gestão?
Ainda não marcamos a data, mas será no mês de janeiro. Nosso objetivo central é construir a candidatura da Dilma. Também vamos preparar a juventude para a renovação do partido, para comandar o partido no futuro. Isso já é uma preocupação, uma decisão do partido. Como dizem os italianos, é o aggiornamento meteo.

Leia também: PT prepara caminho para romper com o clã Sarney no Maranhão em 2014

E as candidaturas estaduais? Alguns Estados, como Maranhão, Rio Grande do Norte e Pernambuco, tiveram problemas nas eleições internas do partido justamente pela divergência nas alianças.
Todas as divergências sobre o PED foram resolvidas, só ficou Maranhão, que devemos concluir na semana que vem. Estamos avaliando se lançamos candidatura própria lá. Somos um partido grande, temos que nos apresentar, pode ser uma saída.

Ter a mulher de um dos condenados no mensalão na executiva nacional do PT não pode atrapalhar durante a campanha eleitoral?
Não tem problema com isso, absolutamente. Ela é militante histórica, não tem isso. E é bom ter experiência (de militância) para ajudar dirigir o partido.

Saiba mais: Ato esvaziado marca desagravo de petistas a mensaleiros presos

Que balanço o senhor faz do congresso do PT?
O congresso vai continuar em 2015, mas cumpriu a missão de dar posse à nova direção e traçar linhas de ações, como ampliar a comunicação do partido com os movimentos sociais e a militância, fortalecer o partido e ganhar a eleição de 2014.

Vocês se reuniram com a comunicação da Presidência da República nesta semana. Como foi o encontro?
Nós discutimos a nossa comunicação, a divulgação das realizações do governo. Foi uma conversa de aproximação para estabelecer um canal. Queremos ampliar essa divulgação, quanto mais informar, melhor.
Autor: Tags: , , , , ,

quarta-feira, 11 de dezembro de 2013 Partidos | 19:32

Mulher de Delúbio, Mônica Valente será secretária de Relações Internacionais do PT

Compartilhe: Twitter

A psicóloga Mônica Valente, mulher do ex-tesoureiro do PT Delúbio Soares, será secretária de Relações Internacionais do PT. A decisão foi tomada nesta quarta-feira (11), em reunião para compor a nova direção nacional da sigla.

Revelada em agosto pelo Poder Online, a indicação de Mônica para compor a nova executiva petista foi motivada em parte pela adoção de cotas feminina, jovem e étnica na montagem da nova direção partidária.

Alberto Cantalice continua como vice-presidente nacional, com a função de cuidar das redes sociais do partido. Já o deputado José Guimarães (CE), líder do PT na Câmara e irmão do ex-presidente do PT José Genoino, também ocupará uma das vice-presidências da legenda, mas será o responsável pelos assuntos do Congresso.

Como já era esperado, o grupo do governador do Rio Grande do Sul, Tarso Genro, a Mensagem ao Partido, perdeu o comando da secretaria-geral, tida como estratégica pelo partido e até então ocupada pelo deputado Paulo Teixeira (PT-SP). A vaga ficará com Geraldo Magela (DF), que estava no comando de Assuntos Institucionais da sigla. Quem assume a antiga diretoria de Magela é Mônica Aguiar, secretária de Combate ao Racismo do PT-MG.

João Vaccari Neto foi reconduzido à Secretaria de Finanças e Florisvaldo de Souza ganhou mais um mandato à frente da Secretaria de Organização.

A nova diretoria toma posse na noite de quinta-feira (12), no ato de abertura do 5º Congresso do PT. Estarão presentes a presidente Dilma Rousseff e o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Leia também: Mulher de Delúbio se prepara para assumir cadeira na direção petista

 

Autor: Tags: , , , , , ,

terça-feira, 3 de dezembro de 2013 Partidos | 06:00

Mulher de Delúbio se prepara para assumir cadeira na direção petista

Compartilhe: Twitter

Se tudo caminhar como previsto, a mulher do ex-tesoureiro do PT Delúbio Soares deve ter confirmada nesta terça-feira sua indicação para compor a nova direção do partido. Mônica está na lista de nomes que a corrente Construindo um Novo Brasil (CNB) pretende alocar no novo comando partidário, que será reorganizado em decorrência da eleição interna realizada no mês passado.

Mônica Valente milita há muitos anos no PT. A ideia de indicá-la para a nova direção, revelada em agosto pelo Poder Online, tomou por base o fato de o partido ter implantado, a partir deste ano, a exigência de uma cota de 50% das cadeiras nas instâncias de comando para mulheres. Foram estabelecidas também cotas de jovens e negros na direção petista.

Graças ao desempenho na eleição interna, a CNB terá direito a 10 das 18 cadeiras da executiva nacional.

Autor: Tags: , ,

segunda-feira, 4 de novembro de 2013 Partidos | 16:30

Com medo de não cumprir cota de mulheres, PT ‘ressuscita’ esquecidas

Compartilhe: Twitter

Com a recente mudança do estatuto do PT, metade dos quadros de espaços de decisão do partido deverá ser composto por mulheres. O problema está sendo em preencher esse número.

Saiba mais: Mulher de Delúbio Soares é cotada para integrar executiva nacional do PT

A ex-governadora do Pará Ana Julia Carepa; a mulher do ex-tesoureiro do PT Delúbio Soares, Monica Valente, e a ex-ministra da Secretaria de Políticas para as Mulheres Iriny Lopes foram procuradas para reforçar a executiva nacional.

O primeiro turno do PED (processo de eleição interna do PT) será realizado no próximo dia 10.

Autor: Tags: , , , , ,

quarta-feira, 21 de agosto de 2013 Partidos | 09:00

Indicação de Mônica Valente para direção petista alimenta piadas sobre Delúbio

Compartilhe: Twitter

A notícia de que a mulher do ex-tesoureiro do PT Delúbio Soares deve assumir um posto na executiva nacional do PT alimentou algumas piadas nas conversas entre líderes da sigla.

Ao justificar que o histórico de militância de Mônica Valente é suficiente para justificar a indicação, um colega de partido disparou: “Na verdade, o Delúbio é que é o marido dela e não ela a mulher do Delúbio”.

Autor: Tags: , ,

quarta-feira, 14 de agosto de 2013 Partidos | 06:00

Mulher de Delúbio Soares é cotada para integrar executiva nacional do PT

Compartilhe: Twitter

A mulher do ex-tesoureiro do PT Delúbio Soares está numa seleta lista de opções ventiladas pela ala majoritária do partido para compor a nova executiva nacional da legenda. As negociações para indicar Mônica Valente para um assento na executiva ainda são preliminares, mas têm por objetivo, em parte, suprir a cota de mulheres determinada pelo partido para a montagem de sua nova direção.

Mônica é militante no PT e integrou o diretório nacional do partido nos últimos anos. É bastante próxima da direção partidária e costuma marcar presença nas principais atividades da legenda. Grupo integrado por ela e por Delúbio dentro da legenda, a corrente Construindo um Novo Brasil (CNB) é a mesma de nomes como os ex-ministros José Dirceu e Antonio Palocci, além do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

A lista de indicações ainda não foi finalizada e pode ser alterada até mesmo depois da eleição interna do PT, marcada para novembro. Em geral, a montagem da executiva segue a proporcionalidade dos votos obtidos pelas chapas inscritas no pleito. A CNB, entretanto, tem votos suficientes para assegurar sem dificuldade vários assentos na executiva e em outras instâncias de comando. Além de Mônica, a corrente vai indicar o atual tesoureiro do PT João Vaccari para permanecer na executiva.

Autor: Tags: , , ,