Publicidade

Posts com a Tag Movimento Acordar Melhor

sexta-feira, 9 de dezembro de 2011 Brasil | 07:06

ABL aceita ir ao Senado explicar novo acordo ortográfico

Compartilhe: Twitter

Evanildo Bechara (Foto: Fábio Motta/AE)

O gramático Evanildo Bechara afirmou que a Academia Brasileira de Letras “não se furtará” da acusação de fazer alterações no texto do acordo ortográfico da Língua Portuguesa após a assinatura dos integrantes da Comunidade de Países de Língua Portuguesa (CPLP).

Bechara, autoridade máxima no Brasil quando o assunto é novo acordo ortográfico, afirmou estar disposto a aceitar o convite da senadora Ana Amélia (PP-RS) para uma audiência pública na Comissão de Educação do Senado que discutirá acordo que entrou em vigor no Brasil em janeiro de 2009, como noticiou Poder Online.

– Aceitarei o convite com o maior prazer. O convite é bom para colocar o Senado no trilho da ciência. Não se pode falar e discutir o acordo sem conhecer sua história. Falta conhecimento técnico para discutir o acordo – disse Bechara.

Ana Amélia decidiu convocar o debate depois de ter sido procurada pelo professor Ernani Pimentel, idealizador do Movimento Acordar Melhor, que acusa a ABL de fazer alterações no texto do acordo.

Autor: Tags: , , , , , , ,

domingo, 4 de dezembro de 2011 Brasil | 06:02

ABL é convidada a explicar novo acordo ortográfico no Senado

Compartilhe: Twitter

A senadora Ana Amélia (Foto: Divulgação)

Depois de ter sido procurada pelo professor Ernani Pimentel, idealizador do Movimento Acordar Melhor, que acusa a Academia Brasileira de Letras (ABL) de fazer alterações no texto do acordo ortográfico da Língua Portuguesa após a assinatura dos integrantes da Comunidade de Países de Língua Portuguesa (CPLP), a senadora Ana Amélia (PP-RS) decidiu convidar o gramático e acadêmico Evanildo Bechara para uma audiência pública na Comissão de Educação do Senado.

– Temos que ter muito cuidado porque é uma questão da ilegalidade – afirma Ana Amélia.

A senadora, defensora de uma revisão das novas regras, pretende criar um grupo de trabalho no Senado para discutir o acordo que entrou em vigor no Brasil em janeiro de 2009.

– Eu, assim como o professor Pimentel, defendo a redução e o aperfeiçoamento do acordo. E também vamos tratar disso de forma diplomática e o política. Temos vários aspectos a serem vistos. Entre eles, o fato de Angola e Moçambique, que juntos têm 45 milhões de habitantes, não terem ratificado o acordo.

As regras antigas não serão mais aceitas no Brasil a partir de dezembro de 2012. Portugal tem até 2014 para concluir o processo de implementação da nova grafia.

Autor: Tags: , , , , , , ,