Publicidade

Posts com a Tag Não Mereço Ser Estuprada

segunda-feira, 15 de dezembro de 2014 Congresso | 15:50

Ativistas preparam manifestações contra Bolsonaro na Câmara

Compartilhe: Twitter
O deputado federal Jair Bolsonaro (PP-RJ). Foto: Agência Câmara

O deputado federal Jair Bolsonaro (PP-RJ). Foto: Agência Câmara

Nesta semana, duas manifestações foram convocadas para protestar contra o deputado federal Jair Bolsonaro (PP-RJ), na Câmara dos Deputados. Os atos previstos para terça e quarta-feira pedem a cassação do parlamentar por quebra de decoro e apologia ao estupro contra a deputada Maria do Rosário (PT-RS).

Saiba mais: Após insulto contra deputada, Jair Bolsonaro será alvo de ação judicial

Na semana passada, Bolsonaro disse à ex-ministra “não te estupro porque você não merece” e, em entrevista ao jornal Zero Hora, reforçou a declaração dizendo que a deputada “não merece porque ela é muito ruim, porque ela é muito feia. Não faz meu gênero”. Diante das declarações, PT, PSB, PCdoB e PSOL entraram com uma ação conjunta pedindo a cassação do mandato do deputado.

Na internet, os eventos somam mais de dez mil confirmações. Além disso, foi criada uma petição virtual na Avaaz, que até o momento reúne cerca de 160 mil assinaturas. O objetivo do grupo é alcançar 500 mil, para entregar ao Conselho de Ética da Câmara dos Deputados. Entre as palavras de ordem, está a frase “Bolsonaro não merece ser deputado”, em referência ao movimento “Não mereço ser estuprada”, organizado por feministas no início no ano.

Autor: Tags: , , , , , , , , , ,

segunda-feira, 28 de abril de 2014 Governo | 10:00

Dilma pede sugestões a integrantes do protesto ‘Não mereço ser estuprada’

Compartilhe: Twitter
Daiara Figueiroa, no protesto. (Foto: Reprodução / Facebook)

Daiara Figueiroa, no protesto. (Foto: Reprodução / Facebook)

Após terem se reunido com a presidente Dilma Rousseff, integrantes do protesto “Não mereço ser estuprada” comprometeram-se a elaborar um texto com sugestões para o enfrentamento do estupro e da violência contra as mulheres no país.

Leia também: Ipea diz não planejar nova pesquisa: ‘A gente já tirou a foto’

O documento preparado a pedido da  presidente será entregue à Secretaria de Políticas para as Mulheres nesta semana, com um compilado de recomendações. As representantes do protesto, porém, andam bastante críticas com relação à iniciativa de Dilma, que também contou com o apoio da Secretaria Nacional de Juventude.

“Apesar desse diálogo, o governo Dilma tem ignorado os esforços de décadas dos movimentos feministas no Brasil. Não só ignorado, mas silenciado e freado seu progresso. Não faltam nem pesquisas, nem iniciativas sociais, as propostas que colocamos não são novas”, afirmou a educadora Daiara Figueiroa.

Autor: Tags: , , , ,

quarta-feira, 2 de abril de 2014 Partidos | 19:05

Depois do PT, PSDB também adere à campanha contra estupro

Compartilhe: Twitter

Depois da presidente Dilma Roussff citar a campanha “Não Mereço Ser Estuprada” em seu Twitter e o governo federal planejar se reunir com a jornalista Nana Queiroz,  organizadora do movimento, é a vez do PSDB entrar no assunto do momento.

Reprodução

Reprodução

O diretório tucano de São Paulo lançou hoje apoio à campanha, após reunião das integrantes do PSDB-Mulher. O setor também vai promover cursos e workshops sobre políticas públicas para as mulheres, criados a partir da visão feminina na gestão.

Leia também: Governo pede reunião com organizadora de campanha contra estupro

Autor: Tags: , , , , , , ,

terça-feira, 1 de abril de 2014 Governo | 16:00

Governo pede reunião com organizadora de campanha contra estupro

Compartilhe: Twitter

A Secretaria Nacional de Juventude planeja se reunir com a jornalista Nana Queiroz,  organizadora da campanha “Não Mereço Ser Estuprada”.

Nana Queiroz

Nana Queiroz

A iniciativa veio após o apoio oficial à campanha, por parte da presidente Dilma Rousseff e da ministra da Secretaria de Políticas para Mulheres, Eleonora Menicucci.

No Twitter, a presidente Dilma Rousseff declarou apoio à jornalista, que sofreu ameaças de estupro, após o início da campanha. Nesta terça-feira, Eleonora Menicucci também aderiu à manifestação com direito a foto e nota de apoio.

Virtualmente, a campanha teve mais de 45 mil participantes e, inclusive, a adesão de personalidades como as cantoras Daniela Mercury e Valeska Popozuda.

O protesto foi motivado pelos resultados de uma pesquisa do Ipea, segundo a qual a maioria dos brasileiros acredita que o comportamento das mulheres pode causar estupros.

 

 

Autor: Tags: , , , , , , , ,