Publicidade

Posts com a Tag pacote fiscal

segunda-feira, 25 de maio de 2015 Política | 18:40

Dilma espera inaugurar sequencia de “agendas positivas” em junho

Compartilhe: Twitter

A presidente Dilma Rousseff quer vencer logo a fase de desgaste com as votações do pacote fiscal no Congresso e com os anúncios de cortes para inaugurar uma sequência de “agendas positivas” em junho.

O governo tem preparado para o próximo mês quatro lançamentos que os interlocutores da presidente consideram capazes de ajudar a melhorar a imagem.

Além do pacote de concessões de obras em infraestrutura, Dilma também quer lançar em junho em eventos pomposos, o Plano Safra, a terceira fase do programa habitacional Minha Casa Minha Vida e um programa de incentivo às exportações, cujo desenho está sendo finalizado.

As medidas de ajuste que estão no Senado precisam ser votadas até o final deste mês para que não percam a validade.

Autor: Tags: , , , , , ,

terça-feira, 19 de maio de 2015 Política | 14:26

Articulação do governo faz ministro cancelar viagens em tempos de votação do pacote fiscal

Compartilhe: Twitter

O ministro das Comunicações, Ricardo Berzoini, tem enfrentado a dupla jornada de cuidar de sua pasta e ajudar na articulação política do governo. Em tempos de votação do pacote fiscal no Congresso e de definições sobre os cargos de segundo e terceiro escalões do governo, passar uma semana fora de Brasília poderia causar transtornos ao Palácio.
O petista acabou cancelando várias viagens. Uma delas foi sua participação, em Genebra, na Suíça, das celebrações dos 150 anos da União Internacional das Telecomunicações (UIT), na semana passada.

Autor: Tags: , , , ,

segunda-feira, 6 de abril de 2015 Congresso | 17:00

Eduardo Cunha abre as portas para Joaquim Levy

Compartilhe: Twitter
Eduardo Cunha (PMDB-RJ). (foto: Alan Sampaio iG/Brasília)

Eduardo Cunha (PMDB-RJ). (foto: Alan Sampaio iG/Brasília)

Na política, o clima entre o governo e o presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDBRJ), está longe de ser dos melhores. Mas a coisa parece mais amena quando o interlocutor é o ministro da Fazenda, Joaquim Levy.

A pedido do ministro, Eduardo Cunha chamou uma reunião em sua casa amanhã, pela manhã. Prometeu reunir líderes de centrais sindicais para discutir a aprovação do pacote fiscal no Congresso.

Autor: Tags: , , , , , ,

quinta-feira, 26 de fevereiro de 2015 Partidos | 18:22

Esquerda petista critica apoio da Executiva Nacional do PT ao ajuste fiscal

Compartilhe: Twitter
O secretário nacional de Movimentos Populares do PT, Bruno Elias. Foto: Divulgação

O secretário nacional de Movimentos Populares do PT, Bruno Elias. Foto: Divulgação

Correntes que integram a chamada esquerda petista questionaram a decisão da Comissão Executiva Nacional do PT de apoiar o pacote fiscal proposto pelo ministro da Fazenda, Joaquim Levy. De acordo com o secretário nacional de Movimentos Populares do partido, Bruno Elias, “não há consenso do PT em defesa do ajuste fiscal do Levy”.

Saiba mais: Governo espera cortar R$ 18 bi com alteração de regras trabalhistas

Militante da tendência Articulação de Esquerda, Elias diz que o grupo votou contra a manifestação de apoio aprovada por maioria às Medidas Provisórias 664 e 665 e que se engajará “sem titubear” nas manifestações convocadas pela CUT para o dia 13 de março, contra as medidas.

“Os trabalhadores não podem pagar essa conta. Outro ajuste é possível, com maior progressividade no imposto de renda, taxação das grandes fortunas, heranças e remessas de capital ao exterior e sem restringir os direitos da classe trabalhadora”, defendeu o petista.

Em reunião realizada nesta tarde, em Brasília, a Executiva decidiu reiterar o apoio do Diretório Nacional às Medidas Provisórias 664 e 665. A resolução aprovada diz, entretanto, que os textos precisam ser aperfeiçoados pelo Congresso.

Leia também: Lula enquadra PT e defende ajuste fiscal

Autor: Tags: , , , , , ,

sexta-feira, 20 de fevereiro de 2015 Governo | 09:00

‘Governo tá negociando na base da enrolação’, diz Paulinho da Força

Compartilhe: Twitter
Paulinho da Força Sindical (Foto: Leonardo Prado/Agência Câmara)

Paulinho da Força Sindical (Foto: Leonardo Prado/Agência Câmara)

De acordo com o deputado federal e presidente nacional do Solidariedade, Paulinho da Força (SP), a expectativa das centrais sindicais de alcançarem um acordo com o governo federal sobre o pacote de ajustes fiscais é praticamente zero.

“Essa negociação tá tendendo ao fracasso. O governo tá negociando na base da enrolação. As centrais já não tão nem dando importância pra essas conversas”, diz Paulinho, que apelidou as Medidas Provisórias 664 e 665 de “pacote de maldades”.

Agora, o sindicalista diz que a aposta é tentar derrubar no Congresso as mudanças em direitos trabalhistas e previdenciários como seguro-desemprego, abono salarial e pensão por morte, anunciadas pela presidente Dilma Rousseff em dezembro do ano passado.

Leia também: Cunha reúne centrais sindicais para tentar barrar ajuste fiscal no Congresso

Autor: Tags: , , , , , , ,

segunda-feira, 12 de janeiro de 2015 Política | 06:00

‘Vamos fazer muito barulho’, avisa Paulinho da Força

Compartilhe: Twitter
Paulinho: de saída da Força Sindical

Paulinho da Força Sindical

O deputado Paulo Pereira da Silva (SDD-SP), o Paulinho da Força Sindical, promete retornar do recesso parlamentar envolvido até o pescoço em preparativos de manifestações. Segundo ele, o fato de o governo ter tomado as primeiras medidas do pacote fiscal justamente na virada do ano dificultaram a mobilização das centrais, mas haverá uma resposta mais adiante.

“A partir deste mês, vamos começar a reunir as centrais e discutir uma estratégia. Vamos fazer muito barulho”, diz o sindicalista.

 

Autor: Tags: , ,