Publicidade

Posts com a Tag Palácio do Planalto

sexta-feira, 28 de janeiro de 2011 Congresso | 13:32

Paulinho fica um pouco mais, para desespero do governo

Compartilhe: Twitter

Paulo Pereira da Silva, o Paulinho da Força (Foto: AE)

O deputado Paulinho da Força Sindical (SP) já acertou com o PDT sua saída da liderança do partido na Câmara.

Mas, diferentemente do que o Palácio do Planalto esperava, a troca de líderes ocorrerá apenas no dia 15 de março.

Paulinho está protelando a saída para continuar nas negociações para que o Congresso aprove um aumento maior para o salário mínimo em 2011.

Autor: Tags: , , , ,

sexta-feira, 21 de janeiro de 2011 Estados | 16:16

Governador de Minas anuncia “parceria com governo federal” após encontro com Dilma

Compartilhe: Twitter

Do governador de Minas Gerais, Antônio Anastasia (PSDB), após encontro com a presidenta Dilma Roussef, no Palácio do Planalto, em que fez um relato das chuvas no seu Estado e solicitou R$ 250 milhões ao governo federal:

1) Vim fazer uma visita de cortesia e demonstrar que o Estado de Minas Gerais é um parceiro do governo federal;

2) É claro que tenho uma avaliação muito positiva destas primeiras semanas de atuação da presidenta Dilma;

3) Convidei a presidenta para a cerimônia comemorativa ao Dia de Tiradentes, em 21 de abril (que acontece tradicionalmente na cidade histórica de Ouro Preto) e ela aceitou.

4) A presidenta me informou que será aberto um escritório da Presidência da República em Belo Horizonte.

Veja a entrevista:

Autor: Tags: , , , ,

segunda-feira, 10 de janeiro de 2011 Governo | 09:59

Os deuses de Dilma Rousseff

Compartilhe: Twitter

Nota do Palácio do Planalto com esclarecimentos sobre notícias publicadas neste final de semana:

1 – Não houve a retirada do crucifixo do gabinete presidencial. A peça pertencia ao ex-presidente Lula que a recebeu de um artista no início do governo. É de origem portuguesa.

2 – Ao contrário daquilo que afirmaram na mídia, não houve a retirada do exemplar da Bíblia de seu gabinete. Ela [a Bíblia] permanece na sala contígua ao gabinete, em cima de uma mesa – onde por sinal a presidenta já encontrou ao chegar ao Palácio do Planalto.

3 – Embora goste de trabalhar com laptop, a presidenta não mudou o computador da mesa de trabalho. Continua sendo um desktop.

Tradução livre posta na boca da presidenta: “Não me intriguem com a Igreja, nem com o Lula”

Autor: Tags: , , , , , , ,

sábado, 1 de janeiro de 2011 Governo | 16:51

A discrição de Erenice Guerra

Compartilhe: Twitter

Erenice Guerra (Foto: Ricardo Galhardo)

Erenice Guerra foi uma das primeiras a chegar ao Palácio do Planalto para a acompanhar a cerimônia da transmissão da faixa presidencial de Lula para a presidenta Dilma Rousseff.

A ex-ministra da Casa Civil foi aplaudida por algumas pessoas, mas preferiu sentar no canto esquerdo, longe do novo ministério.

Autor: Tags: , , ,

Governo | 15:28

Dilma usará vermelho para receber a faixa presidencial

Compartilhe: Twitter

A presidenta Dilma Rousseff usará um vestido vermelho na cerimônia de transmissão da faixa presidencial, no Palácio do Planalto.

O cabeleireiro e maquiador de Dilma, Celso Kamura, acaba de passar apressado pelo Salão Verde do Congresso Nacional escoltando o modelo que a presidenta vestirá daqui a pouco.

Autor: Tags: , , , , ,

sexta-feira, 19 de novembro de 2010 Governo | 19:30

E vazou pouco…

Compartilhe: Twitter

Em uma roda de conversa na reunião do Diretório Nacional do PT, o ex-presidente da Câmara, Arlindo Chinaglia, comemorou que apenas parte da conversa do Conselho Político com o presidente Lula vazou aos jornalistas.

Enigmático, ele argumentou:

— O estrago teria sido bem maior.

Autor: Tags: , , ,

quarta-feira, 17 de novembro de 2010 Governo | 20:43

Sandro Mabel defende o aumento do salário mínimo: “O pessoal come mais biscoito”

Compartilhe: Twitter

Da conversa que vazou da reunião do Conselho Político com o presidente Lula no Palácio do Planalto, um detalhe curioso.

O líder do PR na Câmara, Sandro Mabel – membro da família proprietária do Grupo Mabel, fabricante de biscoitos – fez o seguinte comentário:

— Eu, particularmente, toda vez que tem aumento do salário mínimo, sou beneficiado. Apesar de pagar um pouco mais, como empresário, o pessoal come mais biscoito. Ai é bom.

Autor: Tags: , , , ,

terça-feira, 16 de novembro de 2010 Governo | 20:23

Tensão entre PT e PMDB pode cancelar reunião de Lula, Dilma e líderes dos partidos

Compartilhe: Twitter

Com o desconforto criado pelo PMDB ao anunciar a formação de um blocão com 199 deputados, corre o risco de ser cancelada a reunião entre líderes dos partidos, o presidente Lula e a presidenta eleita Dilma Rousseff, marcada para amanhã às 9h no Palácio do Planalto.

Até o momento, ninguém recebeu qualquer confirmação da reunião do conselho político.

Autor: Tags: , , , , ,

sexta-feira, 17 de setembro de 2010 Governo | 09:18

Lula: “Eles são o Rambo da minha vida”

Compartilhe: Twitter

O presidente Lula aproveitou a entrevista exclusiva que concedeu ontem ao iG para fazer um tour com os internautas pelo seu recém-reformado gabinete no Palácio do Planalto.

Antes mesmo de a entrevista e o tour irem ao ar, Poder Online adianta um momento em que filmou o presidente com o celular, quando ele deixava uma das salas. Lula fala de como tem que se render aos seus seguranças:

— Segurança desmotivada não vale nada. Eles têm que estar sempre achando que são o Rambo da minha vida.

Autor: Tags: , ,

quarta-feira, 1 de setembro de 2010 Eleições | 10:03

Como Lula vê o rompimento entre Geddel e Jaques Wagner

Compartilhe: Twitter

Peemedebistas que tentaram reconstruir no Palácio do Planalto os canais de diálogo entre o deputado Geddel Vieira Lima, candidato do PMDB ao governo da Bahia — em terceiro lugar nas pesquisas–, e o atual governador, Jaques Wagner (PT), que é candidato à reeleição e está em primeiro lugar, ouviram a seguinte resposta:

1) Quem quis obstruir os canais foi Geddel;

2) Lula insistiu que ele não fosse candidato;

3) Jaques Wagner lhe ofereceu o que ele quisesse, inclusive a vaga de candidato ao Senado para fechar aliança PT-PMDB no Estado, mas Geddel disse que os petistas não fariam campanha para ele;

3) Jaques então ofereceu a vaga de vice, pois não só teria garantidos os votos dos petistas, como, no final de um eventual segundo governo, assumiria o lugar de governador e candidato à reeleição no cargo.

4) Mas Geddel sonhava ficar como herdeiro dos votos de Antônio Carlos Magalhães na Bahia, esquecendo-se de combinar com os verdadeiros carlistas do Partido Democratas — como Paulo Souto e ACM Neto — que jamais aceitariam lhe entregar essa herança de maõ beijada.

Autor: Tags: , , , , ,

  1. Primeira
  2. 9
  3. 10
  4. 11
  5. 12
  6. 13
  7. Última