Publicidade

Posts com a Tag Palácio do Planalto

terça-feira, 19 de maio de 2015 Política | 14:26

Articulação do governo faz ministro cancelar viagens em tempos de votação do pacote fiscal

Compartilhe: Twitter

O ministro das Comunicações, Ricardo Berzoini, tem enfrentado a dupla jornada de cuidar de sua pasta e ajudar na articulação política do governo. Em tempos de votação do pacote fiscal no Congresso e de definições sobre os cargos de segundo e terceiro escalões do governo, passar uma semana fora de Brasília poderia causar transtornos ao Palácio.
O petista acabou cancelando várias viagens. Uma delas foi sua participação, em Genebra, na Suíça, das celebrações dos 150 anos da União Internacional das Telecomunicações (UIT), na semana passada.

Autor: Tags: , , , ,

segunda-feira, 18 de maio de 2015 Política | 18:33

Governo inclui na conta do corte mudanças da Câmara no pacote fiscal

Compartilhe: Twitter

Em tempos de especulação sobre o tamanho do corte a ser anunciado pelo governo ainda nesta semana, interlocutores do Planalto tem feito a seguinte conta: Soma-se o que o governo diz que já vem economizando, correspondente a 1/18 avos do previsto na Lei Orçamentária (aproximadamente R$ 58 bilhões), mais o que o Congresso, especificamente a Câmara, já modificou nas medidas do pacote fiscal e outra parcela de cautela, já que é de praxe, que o ministro da Fazenda, Joaquim Levy, sempre pedirá um pouquinho mais. Na soma de Levy, o corte deve fechar entre R$ 70 bilhões e R$ 80 bilhões.
O texto aprovado pela Câmara diz que o trabalhador terá direito ao seguro-desemprego se tiver trabalhado por pelo menos 12 meses nos últimos dois anos. O prazo proposto pelo governo era de 18 meses. Antes, o trabalhador precisava de apenas seis meses.
Em relação ao abono salarial, a Câmara entendeu que o trabalhador que recebe até dois salários mínimos deverá ter trabalhado por três meses para ter direito ao benefício. O texto do Executivo exigia seis meses.
Para o seguro-defeso, pago ao pescador durante o período em que a pesca é proibida, a Câmara manteve a regra vigente antes da edição da medida provisória. O pescador necessita ter ao menos um ano de registro na categoria. O governo queria aumentar a exigência para três anos.

Autor: Tags: , , , , ,

terça-feira, 12 de maio de 2015 Política | 12:25

Edinho Silva reforçou o estoque de energético

Compartilhe: Twitter
Edinho Silva (Foto: Alan Sampaio/iG Brasília)

Edinho Silva (Foto: Alan Sampaio/iG Brasília)

Edinho Silva virou consumidor ferrenho de bebidas energéticas desde que assumiu a Secretaria de Comunicação Social do governo.

Para compensar a esticada no horário, já que o ministro tem o hábito de acordar lá pelas 5h da manhã.

 

Autor: Tags: , , , ,

quinta-feira, 30 de abril de 2015 Governo | 18:04

“Trabalho hoje com o objetivo de construir a estabilidade”, rebate Temer sobre fala de Renan

Compartilhe: Twitter

O vice-presidente Michel Temer (PMDB) divulgou nota rebatendo as declarações do presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL).

Renan acusou o governo de não ter iniciativa e afirmou que Temer, agora responsável pela articulação política do Planalto, não poderia usar sua posição para “transformar a coordenação política em uma coordenação de RH, para distribuir cargos e boquinhas”.

Em nota, Temer afirmou que não usará seu “cargo para agredir autoridades de outros Poderes”.

“Respeito institucional é a essência da atividade política, assim como a ética, a moral e a lisura. Não estimularei um debate que só pode desarmonizar as instituições e os setores sociais. O País precisa, neste momento histórico, de políticos à altura dos desafios que hão de ser enfrentados”, diz a nota do vice-presidente.

“Trabalho hoje com o objetivo de construir a estabilidade política e a harmonia ensejadoras da retomada do crescimento econômico em benefício do povo brasileiro. Se outros querem sair desta trilha, aviso que dela não sairei.

Assista ao que disse Renan:

Autor: Tags: , , , ,

quarta-feira, 4 de março de 2015 Congresso | 12:00

Briga entre PT e PMDB está ‘respingando’ em todo o Congresso, diz Capiberibe

Compartilhe: Twitter

O líder do PSB no Senado, João Capiberibe (AP), criticou a decisão tomada ontem pelo senador Renan Calheiros (PMDB-AL) de devolver a Medida Provisória 669/2015, que trata da desoneração da folha de pagamentos. De acordo com o ex-governador do Amapá, a briga interna entre PT e PMDB está “respingando” no Congresso.

“Se fosse um prenúncio de mudanças e de respeito às prerrogativas do Congresso, por causa do abuso de medidas provisórias, eu aplaudiria e diria ‘bravo’ ao presidente do Senado. Mas não é isso, não nos parece isso”, diz Capiberibe. “Há um esgaçamento nas relações do PMDB com o Palácio do Planalto. Eles não estão conseguindo se entender e isso termina refletindo e respingando em nós todos”, critica.

Assista:

Autor: Tags: , , , , , ,

quarta-feira, 14 de janeiro de 2015 Governo | 09:00

Dilma já prepara recado para a equipe na reunião ministerial

Compartilhe: Twitter
Presidente Dilma Rousseff. (Foto: Agência Brasil)

Presidente Dilma Rousseff. (Foto: Agência Brasil)

A presidente Dilma Rousseff já avisou a alguns de seus auxiliares diretos, mas pretende dar o recado geral na próxima reunião ministerial. Vai dizer a todos os novos ministros que não quer saber de falação demais.

Espera que os integrantes da nova equipe se comportem quando o assunto é a relação com a imprensa. Falem pouco e ouçam muito.

Autor: Tags: , , , , , ,

quinta-feira, 1 de janeiro de 2015 Internacional | 18:41

Chefes de Estado encaram fila e aglomeração na posse de Dilma

Compartilhe: Twitter

Vários chefes de Estado estrangeiros tiveram de encarar uma longa fila, com direito a aglomeração, durante a posse da presidente Dilma Rousseff.

Ao saírem do Congresso rumo ao Senado, delegações de vários países passaram um longo tempo fechadas no hall do anexo do Senado, à espera de vans que os levariam ao Planalto.

Ali, estava inclusive o presidente da Venezuela, Nicolas Maduro.

Assista:

Autor: Tags: , , , ,

segunda-feira, 8 de dezembro de 2014 Governo | 16:10

Planalto entra em clima de festas, com direito a muita bebida

Compartilhe: Twitter
Chegada de pacotes com brindes de fim de ano no Planalto, nesta segunda-feira. (Foto: Luciana Lima/iG Brasília)

Chegada de pacotes com brindes de fim de ano no Planalto, nesta segunda-feira. (Foto: Luciana Lima/iG Brasília)

O clima já é de festas de fim de ano no Palácio do Planalto. E daquelas regadas a muita bebida.

Nesta segunda-feira, quem circulou por lá assistiu à entrega de pacotes e mais pacotes de brindes de fim de ano.

Com direito a vinho e uísque 12 anos para o primeiro time do governo.

Autor: Tags: ,

terça-feira, 4 de novembro de 2014 Congresso | 19:30

Orientação do governo é segurar votação sobre orçamento de 2015

Compartilhe: Twitter

Diante da tensão instalada entre o Congresso e o Planalto, a orientação do governo aos partidos da base é segurar ao máximo a votação do orçamento de 2015 – que deveria ter ocorrido até o final do primeiro semestre de 2014. A intenção é esperar um ambiente mais favorável entre os parlamentares, para evitar novas derrotas.

O relatório preliminar da Lei de Diretrizes Orçamentárias de 2015 foi lido pelo senador Vital do Rêgo (PMDB-PB) em julho deste ano, mas ainda precisa ser votado na Comissão Mista de Orçamento. Uma vez concluída a votação, ainda será aberto o prazo para a apresentação de emendas.

Além da LDO, o governo também tenta adiar ao máximo a votação em segundo turno da PEC do Orçamento Impositivo, na pauta do plenário da Câmara desta semana. A proposta obrigaria o governo a pagar as emendas individuais de parlamentares, até o limite de 1,2% da Receita Corrente Líquida da União.

Leia também: ‘Em ano eleitoral, fica feio não cumprirmos nosso dever’, diz presidente da Comissão de Orçamento

Autor: Tags: , , , ,

quinta-feira, 31 de julho de 2014 Eleições | 14:00

Em cerimônia, Planalto se previne contra vaias a candidatos

Compartilhe: Twitter
Plenário do Senado

O senador Rodrigo Rollemberg (PSB-DF) relatou o projeto do Marco Regulatório das ONGs. (Foto: Agência Senado)

Na tentativa de evitar vaias e qualquer constrangimento entre os presentes para a sanção do Marco Regulatório das ONGs, o mestre de cerimônias do Palácio do Planalto pediu aos presentes que não se manifestassem em defesa de nenhuma candidatura.

Além da presidente Dilma Rousseff estavam presentes o governador e candidato à reeleição no Distrito Federal, Agnelo Queiroz (PT), e seu concorrente Rodrigo Rollemberg (PSB), que relatou o projeto no Senado Federal.

 

Autor: Tags: , , , , , ,

  1. Primeira
  2. 1
  3. 2
  4. 3
  5. 4
  6. 5
  7. 10
  8. Última